17 jan 2012 | Notícias
A ameaça do pagode

Quando foi anunciada a suspensão dos trabalhos do grupo Exaltasamba, houve uma certa apreensão no cenário musical brasileiro. Num período onde a hegemonia da música sertaneja é incontestável, o Exaltasamba era praticamente o único grupo de pagode que conseguia competir com a música sertaneja, seja em interesse da mídia ou em presença em festas ao redor do Brasil. Com o fim do grupo, o samba e o pagode perderiam o seu maior representante. Mas no cenário sertanejo, ao contrário, a preocupação era com o súbito e compreensivo interesse dos outros grupos em ocupar a vaga deixada pelo Exalta, o que poderia provocar um novo boom do pagode com a consequente queda no interesse pela música sertaneja, dada a quantidade de novos investimentos em prol desse objetivo.

Na própria música sertaneja, alguns pauzinhos começaram a ser mexidos. Coincidência ou não, o escritório do Sorocaba fez a primeira incursão fora do segmento sertanejo e “adotou” o grupo Inimigos da HP. O grupo participou do DVD “Acústico 2” da dupla e o CD, produzido pela mesma equipe da dupla (Laércio da Costa e cia.), acaba de ser finalizado. É claro que a intenção é também conquistar a fatia de mercado deixada pelo Exaltasamba.

No ano passado, também, um outro rumor começou a circular, desta vez com mais força que antes. O Alexandre Pires estaria planejando uma turnê com o “Só Pra Contrariar”, o que também poderia ser encarado como um interesse no mercado do Exaltasamba. Mas aparentemente essa turnê só vai ser realizada depois que um novo disco solo (um DVD Acústico MTV em Miami) for gravado e trabalhado. Enfim, dependendo do sucesso dessa nova turnê internacional dele, o revival com o SPC poderia nem acontecer.

No dia 22 de fevereiro, o Exaltasamba faz o último show da turnê de despedida, apos 25 anos de história. Depois disso, o Tiaguinho segue com sua carreira solo. A música de trabalho já foi lançada. Aliás, o próprio Tiaguinho, que teoricamente assumiria toda a equipe e fatia do público do Exalta, pode acabar encontrando muita concorrência e certa dificuldade em aproveitar o espaço deixado pelo grupo.

Esses são apenas alguns exemplos de artistas que estão aparentemente se movimentando para tentar assumir o espaço deixado pelo Exaltasamba. Não dá pra deixar de mencionar os grupos e artistas que já gozam de certo prestígio junto ao público e cujas jogadas comerciais ainda não realizadas podem exercer influência na possível retomada do pagode e consequente queda de interesse pelo sertanejo, como o Belo, o Sorriso Maroto, o Jeito Moleque, o Revelação e alguns outros.

Mas a preocupação inicial, apontada logo após o anúncio da suspensão dos trabalhos pelo grupo Exaltasamba, já parece ter diminuído. Meses depois, a poeira baixou. Não creio que hoje essa ameaça à hegemonia da música sertaneja é tão preocupante quanto parecia ser quando o Exalta decidiu parar. Não sei se os pagodeiros desistiram da idéia de despejar rios de dinheiro no mercado para movimentar o segmento e tentar, cada um a seu modo, assumir o espaço deixado pelo Exaltasamba, ou se a força do sertanejo atualmente, que já ultrapassa as fronteiras do território nacional, é tamanha que praticamente impede qualquer jogada de artistas de outras áreas.

Acontece que o pagode encontra dificuldade na própria mídia. Veículos como a Globo, por exemplo, estão dando muito mais espaço a sambistas da velha guarda, como Arlindo Cruz, e a artistas do gênero que seguem uma linha mais tradicional, como Diogo Nogueira, do que a grupos que poderiam conquistar o jovem e festeiro público deixado pelo Exaltasamba. Ironicamente, o cariococentrismo da Globo, que historicamente sempre foi prejudicial para a música sertaneja, desta vez está sendo um empecilho para o pagode.

Por mais que essa ameaça à hegemonia da música sertaneja não seja mais tão iminente quanto na época do anúncio do fim do Exalta, não acho que ela deva ser completamente descartada. Apesar de no pagode não parecer haver por agora tanto interesse em utilizar táticas agressivas como no multimilionário mercado sertanejo, essa situação pode mudar. Se o espaço deixado pelo Exaltasamba ainda se mostrar interessante aos demais artistas e grupos de pagode, essa corrida pode de novo ser retomada. E com mais força que antes. E o sertanejo pode talvez começar a sentir as consequências.

42 comentários
  • EBERTH OLIVEIRA: (responder)
    17 de janeiro de 2012 às 11:54

    Matéria excelente! A grande sacada do sertanejo hoje é justamente a de ser um estilo “camaleão”, que passeia por outros estilos musicais como o Forró,pop,funk e inclusive o próprio pagode, mas mantendo seus elementos básicos. O Michel Teló conseguiu traduzir isso na essência ao gravar músicas como “fugidinha”, “se intrometeu”, “humilde residência”. O Sorocaba tbém inovou ao trazer gírias normalmente usadas pelos pagodeiros como “paga pau”, “a casa caiu”, e outras,tornando a linguagem sertaneja mais atrativa a públicos q n consumiam o sertanejo. A participação do exalta no dvd da Maria Cecília e Rodolfo é outra mostra do qto o sertanejo se tornou versátil. Tudo isso me faz crer q dificilmente Ele será desbancado por outro estilo. Realmente, a música popular Brasileira, mais do q nunca é Sertaneja.

  • Fábio Roque: (responder)
    17 de janeiro de 2012 às 11:55

    Eu ainda acho que ameaça maior vem do Axé. Os caras estão muito quietinhos, mas o estilo tem mais identidade com o público jovem que o pagode.
    Vide artistas como Jammil, Eva e Tomate.

    • EBERTH OLIVEIRA: (responder)
      17 de janeiro de 2012 às 12:26

      Irmão, não acredito em ameaça do Axé tbém não. Como eu disse o sertanejo hoje tá na base do “junto e misturado” incorporando elementos de vários ritimos e fundindo nesse “balaio de gato musical” vide a grande tendência p esse ano q será os arrochas, todo TOP praticamente vai gravar pelo menos um.A tendência é o negócio misturar mais ainda! Ah, o grupo RAÇA NEGRA vai ter vários sertanejos no seu próx DVD ok?

    • Anônimo: (responder)
      17 de janeiro de 2012 às 13:17

      Ta zuando neh!? Axé!?

    • beri: (responder)
      13 de fevereiro de 2012 às 14:19

      a musica sertaneja só faz sucesso porque tá grregravando sucessos da bahia como por exemplo: ai se eu te pego e balada…a bahia ainda é o maior celeiro musical … ah se não fossem os baianos…

  • Xico Maxixe: (responder)
    17 de janeiro de 2012 às 12:55

    Marcão,

    Não creio que o pagode tenha mais força pra peitar o sertanejo, mesmo porque, hoje o sertanejo ‘mudernu’, bebe de todas fontes e sertaneja-as. Na verdade o sertanejo já virou um ritmo consagrado e expandiu-se para os grandes centros e já tomou conta das programações de rádio e tv. Basta ver o ‘alvoroço’ que é para, essa ou aquela rádio/emissora, lançar o novo sucesso dos artistas em voga atualmente.

    Esperemos agora a variante gaúcha do sertanejo.

    Abraços,
    Xico Maxixe

  • Thiago Paes: (responder)
    17 de janeiro de 2012 às 15:35

    Ainda bem que a globo não está dando barda para essa pagode de hoje.
    Acho muito dificil o povo trocar o sertanejo pelo pagode, se conseguir será só na ponte aerea Rio/SP. Pois nas outras capitais (fora as do norte e nordeste) reina a cultura sertaneja desde os primórdios!

  • Vinicius Silva: (responder)
    17 de janeiro de 2012 às 15:41

    Tinhamos no Exaltasamba duas figuras muito marcantes e essenciais,que eram o Tiaguinho com a linha mais jovem,baladeira e o Périclés exímio vocalista que defendia como ninguem o lado mais “Velha Guarda” e “tradicional” do pagode.Fato que podia ser notado claramente em quem assumia o vocal principal em determinadas canções,algo que tambem acho que era oque tornava o Exalta atraente e atendia aos mais variados ouvintes,sejam eles tradicionais ou mais modernos.

    Agora com a separaçao tenho minhas duvidas se ambos cantando sollo vão ter a mesma repercussão que tinham juntos,visto exemplos que tivemos nas separaçoes de duplas sertanejas,será que artistas tão talentosos vão brilhar separadamente?Ou a magia da coisa era justamente talentos tão diferentes juntos num mesmo palco?

    Ficam os questionamentos.

    De qualquer forma uma coisa é inegável,o sertanejo hoje,se tornou a verdadeira MUSICA POPULAR BRASILEIRA.(Doa a quem doer)

  • Teco: (responder)
    17 de janeiro de 2012 às 17:48

    Alguem aí quer falar de sertanejo ? E o CD do cesar e paulinho ?

    • Marcus Vinícius: (responder)
      17 de janeiro de 2012 às 20:04

      já está sendo providenciado hehehe.

    • Paulo Ricardo: (responder)
      17 de janeiro de 2012 às 20:07

      Concordo Teco!! E o CD do Cezar e Paulinho?

      • Romero Mandego: (responder)
        17 de janeiro de 2012 às 21:17

        O que menos se fala neste blog é sertanejo, pois sertanejo é muito diferente de “Aí se eu te pego” ou Bruninho & Davi.

  • diogo: (responder)
    17 de janeiro de 2012 às 19:43

    Não tem o que fazer…se amanha o Heavy Metal tiver em alta,
    vai aparecer algum Michel telo ou Gustavo Lima da vida e
    meter uma guitarra com distorção acompanhado de sanfona…

    Ai o de novo o sertanejo atropela…

    O sertanejo desde os anos 80 tem sido o Mcdonalds que
    na entre safra vende Bobs e Burger King…e se o cliente
    quiser eles até fazem um Temaki.

    Estilo camaleão com apetite e agressividade de Dragão de Komodo. Esse é o sertanejo hoje.

  • marcos: (responder)
    17 de janeiro de 2012 às 20:09

    aff tem que ver a nova musica principe encantado de gustavo lima parece Heavy Metal nem é sertanejo como o cara fais uma coisa desa e pa caba

  • Jerônimo Anônimo: (responder)
    17 de janeiro de 2012 às 22:52

    Antes um rockzinho, do que esses axés,pagodes, funks e afins…

  • Eduardo: (responder)
    18 de janeiro de 2012 às 00:25

    Jamais que eles tirariam o espaço da música Sertaneja, por um simples motivo: a música sertaneja está sustentada em questões economicas muito fortes que são o agronegócio. A música Sertaneja é o ritmo de quem produz muito no Brasil, enquanto o Samba e o pagode é o ritmo de quem está encostado e excluído do mercado consumidor. A música Sertaneja precisa fincar firme da cidade de São Paulo, esse é um ponto muito crucial. Precisa fazer ver o Paulistano que a música Sertaneja é um orgulho do estado e que acompanhou todas as conquistas históricas dele. A música Sertaneja é a herdeira dos conquistadores, dos bandeirantes e pioneiros que desbravaram o Brasil, que fizeram das atuais linhas fronteiriças o que o Brasil é hoje. Enquanto a música Sertaneja é a música dos desbravadores e pioneiros o Samba é a música daqueles acomodados que ficaram no litoral, ociosos sem ter o que fazer e nada produzindo para o país, ficando à custa e tutelado pelo Brasil que trabalha. Em miudos o amante da música Sertaneja é aquele que trabalha, produz e paga impostos que bancarão a inércia de uma vida sem rumos e sem perspectivas daqueles acomodados pelos programas assistencialistas, que por acaso são os adeptos do Samba. Mas sem dúvida alguma a Rede Globo é um grande perigo para a música Sertaneja.

  • Eduardo: (responder)
    18 de janeiro de 2012 às 00:45

    E só complementando acho que o pagode vai perder mais espaço pois os Rappers estão surgindo aí nos locais onde o pagode tem espaço que é na periferia da grande São Paulo. E eu um sertanejo acredito que culturalmente e socialmente o RAP é muito mais importante para essa população por ser uma manifestação cultural muito mais questionadora e indagadora da acomodação, inércia perante as suas condições de exclusão social à qual o Samba e o Pagode sempre foram os estimuladores e maquiadores. O Samba e o Pagode sempre foram usados pela grande mídia como forma de amansar essas massas excluídas dando à elas pão e circo e nunca estimulou nelas uma consciencia crítica sobre suas situações. Acho que está aí, nessa parte o grande motivo do Brasileiro ser tão inerte com as injustiças. Para o bem dessas pessoas espero que o RAP prospere sobre o pagode(que é uma subcagoria da música carioca). Mas o Sertanejo vai só crescer, o que não pode é um sorocaba querendo popularizar um grupo pagodeiro onde hoje o público é sertanejo. Isso foi um golpe muito baixo e deve ser repudiado por todos que amam a música sertaneja.

    • diogo: (responder)
      19 de janeiro de 2012 às 03:49

      proprio sorocaba…antes dele aparecer o universitario ate era audivel, quem não lembra do 1ºdvd do JB&V ?

      Depois q sorocaba veio com a bala de prata dele,
      Proliferou essa musica xula sem conteudo…

      Tem duplas como jorge e mateus q tem letras boas,
      Mas F&S tá mudar a cara do cenario pra pior…querendo lucro só

  • Juca do Norte: (responder)
    18 de janeiro de 2012 às 01:55

    Interessante Marcão “Ursinho Puff” by Fábio Roque

  • emerson: (responder)
    18 de janeiro de 2012 às 11:14

    Simplesmente o pagode não tem mercado tão forte no Brasil e mais focado no sudeste e sul, pagode na Bahia e Parangole, Psirico, dificilmente o pagode ocupara um lugar parecido com sertanejo, as radios mais forte deste pais sao sertanejo, as festas que mais bombam são sertanejo, ou vcs acham que grupo de pagode e capaz de levar 80 mil pessoas pra uma arena num fds?E claro que não, o pagode esta no chao e dificilmente ira se levantar, pois o sertanejo e a musica que domina hoje continuara a reina por muitos anos, simplesmente pq o mercado sertanejo e milionario e tem publico consumidor nato. sertanejo ja era forte antigamente, so precisaba conquistar publico jovem que frequenta as baladas, agora que chegou nest e ponto dificilmente ira perder o reinado

  • Augusto Marazini: (responder)
    18 de janeiro de 2012 às 13:18

    Está passando da hora do sertanejo sair um pouco de cena!
    cada dia brotam mais e mais solos, duplas, trios, e bandas, fazendo a mesma coisa e gastando horrores de grana! deixando divulgadores, radialistas e outro do meio cada vez mais ricos. Essa “gastação” sem fim tem que acabar! Hoje não sabemos que vai dar certo! e outros ainda dizem ter certeza q fulano e breltrano vão dar certo pq já gastaram 5 milhões!!! que horror! A qualidade sendo esqucida, e sendo medida pelo numero de zeros da conta bancária do empresário… triste… mas essa boa vida acaba e não demora…

    • diogo: (responder)
      19 de janeiro de 2012 às 03:50

      fato

  • Eunice: (responder)
    18 de janeiro de 2012 às 16:34

    Acha que o público é fiel a essas novas bandas, duplas, cantores sertanejos?
    Essas músicas rapidinhas falando de mulher metida e coisas tais são ondas passageiras. É moda. É só para curtição. Quando passar essa moda vem outra e o público vai atrás. O publico manda bem pouquinho. Se Michel Teló continuar seguindo essa linha do “engraçadinho- agitadinho” logo logo será esquecido. Leonardo, Roberto Carlos, Zezé di Camargo, Chitão, atravessaram décadas por manterem-se fiéis ao seu estilo romântico, apesar de uma ou outra escapadinha para ritmos diferentes, mas como ponto alto as músicas românticas.

  • Gustavo Zanelatto: (responder)
    18 de janeiro de 2012 às 19:56

    Acho bobagem esse medo do crescimento do Pagode.
    Nos anos 90, AMIGOS dominavam o mercado sertanejo e eram os artistas mais popoulares na verdadeira MPB, mas o pagode também tinha uma midia espetacular e movimentava muito dinheiro com Raça Negra, Negritude Jr. e SPC. Lembro inclusive que na epoca, na mesma noite que a Globo passava o especial AMIGOS, o SBT passava um show com SPC, Raça Negra e Negritude no mesmo formato do AMIGOS. Além dessas bandas, tinhamos as outras que vieram na cola como Katinguele, Molejo, Art Popular e Exaltasamba com sua formação original.
    A convivencia entre o Sertanejo e o Pagode nessa época era amistosa, pois a propria banda Raça Negra regravou É o amor, Desculpe mais eu vou chorar, Talismã, etc enquanto que parcerias como “Fricote” entre João Paulo e Daniel e Art Popular venderam muito bem. Pagodeiros também gravaram muitas musicas de compositores “Sertanejos” como rick e Alexandre, Joel Marques, Peninha, etc.

    Portantno, acho esse medo atual desnecessario…na minha modesta opiniao, comprando aos anos 90, a qualidade, tanto dos sertanejos quanto do Pagode cairam demais….e uma queda absurda mesmo!

  • Silvio O Santos: (responder)
    19 de janeiro de 2012 às 00:11

    O que eu sei e que tem tanta gente, mas tanta gente que se arrisca na carreira artística sertaneja, que daqui a pouco vai ter mais gente no palco do que na platéia. Mas o problema maior esta sendo os pé de macaco…ta cheio de dupla ruim de doer o fígado. Papais e mamães, por favor, primeiro vejam se os seus filhos realmente cantam e tem dom pra depois começarem a fazer a cabeça dos meninos. ” Aí, meu filho ainda vai cê famoso, vai canta na Grobo”. Meu Deus, o moleque ou guria desafina mais que taquara rachada e ta lá com o Takamine com a Correia da Torau no pescoco. E falando da ameaça ao sertanejo nao acredito que seja real nao…pois a nossa boa música pode se adaptar aos diversos gêneros musicais e agradar aos descontentes. Mas com qualidade né…quando começa a dar uma dor de cabeça por causa desses “artistas” que só repetem o que já foi feito, eu saco uma boa música de Victor & Leo, Paula Fernandes, Zeze Di Camargo & Luciano, Rick & Renner, Fernando & Sorocaba e muitos outros que tem qualidade para limpar a mente. Abracao pessoal.

  • Jhones de Souza: (responder)
    19 de janeiro de 2012 às 09:05

    A música sertaneja já enferntou barreiras estas derrubadas graças aos Amigos, por isso o seu espaço já foi conquistado, assim como o espaço do pagode também já foi conquistado, nenhum ameaça o outro, isto tudo é uma grande bobagem. O que eu vejo é que estão destruindo a o gênero sertanejo com esta receita: Música fraca de poesia, o que não condiz com o gênero. Acho importante está mudança do sertanejo com novas caras, músicas mais animadas, só não podem é acabar com a poesia, sem poesia não tem qualidade.

  • Rudy: (responder)
    23 de janeiro de 2012 às 10:23

    Boa Marcão!

  • weslei: (responder)
    27 de janeiro de 2012 às 07:23

    Concordo com muita coisa que foi dita,hoje a música sertaneja se tornou apenas comercial,uma grande mesmice,timbres de voz parecidos,figurinos e cabelos idem,uma chuva de duplas aparecendo á toda hora e na maioria das vezes o talento inexiste,lógico que existem exceções,mas há um “endeusamento”muito rápido de artistas que acabaram de aparecer na mídia,por exemplo o Cristiano Araújo,não que ele não seja bom,mas acho que pro cara ser tratado como popstar sertanejo ele deveria ter mais historia e conteúdo dentro do meio.

  • Francisca Claud: (responder)
    12 de julho de 2013 às 16:20

    maybe my letters are planning to Steve C!

  • Ursula Katzner: (responder)
    14 de julho de 2013 às 15:33

    I simply want to mention I’m new to blogging and site-building and truly loved you’re website. Probably I’m likely to bookmark your blog . You surely come with excellent posts. With thanks for sharing with us your web-site.

  • Sheena Flanders: (responder)
    16 de julho de 2013 às 21:39

    my friend sent me this GTA V game, it works great, thank you fury very much

  • Pablo Boor: (responder)
    16 de julho de 2013 às 21:49

    Youre so cool! I dont suppose Ive read anything like this before. So nice to find somebody with some original thoughts on this subject. realy thank you for starting this up. this website is something that is needed on the web, someone with a little originality. useful job for bringing something new to the internet!

  • Alton Polland: (responder)
    17 de julho de 2013 às 07:32

    I needed to thank you for this great read!! I definitely loved every little bit of it. I have got you book-marked to look at new things you post…

  • jordan shoe release: (responder)
    17 de julho de 2013 às 19:50

    Its fantastic as your other articles : D, thankyou for putting up.

  • Dale Goderich: (responder)
    18 de julho de 2013 às 08:19

    an awesome blog. I’ll absolutely encourage this site to my buddy. Thanks.

  • Duane Urry: (responder)
    18 de julho de 2013 às 20:42

    You designed some decent points there. I looked online for the concern and identified a lot of people could go as effectively as employing your internet internet site. 79812

  • Check Out Our Site: (responder)
    19 de julho de 2013 às 01:59

    you’re actually a excellent webmaster. The web site loading speed is amazing. It sort of feels that you are doing any distinctive trick. Furthermore, The contents are masterwork. you have done a magnificent process on this topic!

  • Rikki Zahler: (responder)
    19 de julho de 2013 às 04:13

    Good post. I study one thing tougher on totally different blogs everyday. It can all the time be stimulating to learn content material from different writers and observe just a little one thing from their store. I�d desire to make use of some with the content material on my weblog whether or not you don�t mind. Natually I�ll offer you a hyperlink in your net blog. Thanks for sharing.

  • Read More Listed here: (responder)
    19 de julho de 2013 às 13:07

    Pretty! This was an incredibly wonderful post. Many thanks for providing these details.

  • Suggested Internet page: (responder)
    19 de julho de 2013 às 22:28

    Fastidious answer back in return of this issue with solid arguments and describing everything concerning that.

  • View more facts regarding baccarat: (responder)
    20 de julho de 2013 às 01:34

    I like this weblog so much, bookmarked. “To hold a pen is to be at war.” by Francois Marie Arouet Voltaire.

  • vegina: (responder)
    20 de julho de 2013 às 06:38

    Every weekend i used to check out this web internet site, as i want for enjoyment,br /as this this web site conations genuinely superior funnybr /stuff also.

Redes sociais
Sobre o autor
Marcus Bernardes é bacharel em direito e entusiasta da música sertaneja. Criou o Blognejo com o intuito de falar de maneira séria e digna sobre o segmento. Hoje é o veículo mais respeitado do meio, sendo referência em coberturas de eventos, lançamentos, entrevistas e análise de mercado.