02 jan 2011 | Artigos
Blognejo – Balanço Geral

Esta postagem era para ter entrado na semana passada, mas não deu tempo.

Mais um ano acabou, graças a Deus. Hora de renovar as expectativas, a listinha de promessas (o Blognejo até sugeriu uma dessas recentemente), respirar fundo e se preparar para o ano que começa. Mas não sem antes fazer um balanço de tudo o de bom que rolou em 2010. E, pelo menos para o Blognejo, o ano de 2010 foi sensacional.

De um 2009 atordoante e decepcionante em termos de trairagem excessiva, descrença com os rumos tomados pela blogosfera sertaneja, da qual somos pioneiros, e consequente dúvida sobre o que faríamos em 2010 ou até se teríamos força para continuar com os trabalhos, as expectativas não eram muito boas. Mas por sorte o final de 2009 guardava emoções e surpresas que me fariam mudar um pouco as expectativas.

Pouco tempo antes de encerrarmos 2009, o Blognejo teve a oportunidade de realizar a cobertura de um grande evento: o aniversário da rádio Paranaíba FM e gravação do especial de fim de ano da Record. Teria sido um evento como qualquer outro, mas além de ter sido o primeiro grande evento do qual participamos, foi uma oportunidade de testarmos a influência do Blognejo junto à classe sertaneja e a receptividade quanto ao nosso trabalho. E apesar do Blognejo ainda ser um site novo na época (afinal eram apenas 6 meses de domínio próprio, apesar dos mais de 2 anos e meio de blogosfera), o teste funcionou e trouxe resultados bastante positivos. Até hoje encaro aquela entrevista com a dupla Victor & Leo como uma das mais gratificantes realizadas pelo Blognejo. Naquele momento eu realmente percebi que estávamos no caminho certo e que as rasteiras que sofremos não poderiam nos deixar abater.

Com os ânimos renovados para 2010, pudemos continuar com os trabalhos no Blognejo sem nos preocuparmos tanto com tudo o que tínhamos passado. Claro que a preocupação ainda existe e por incrível que pareça ainda existem pessoas que tentam botar panos quentes e nos fazer esquecer de tudo o que aconteceu. Não dá, galera, sinto muito. Podem parar de tentar, aliás. Tentem o contrário, quem sabe dá certo. “Mas o que é o contrário, Marcão?” Ora, vocês são todos inteligentes, sabem muito bem o que é.

Cerca de 6 meses depois, iniciaríamos também uma série de viagens para participar de outros eventos ao redor do Brasil. E depois de conhecermos São Paulo, Curitiba, Campo Grande, Goiânia e outras grandes cidades, tivemos de vez a certeza da influência e importância atingida pelo Blognejo. Em cada uma destas cidades, o tratamento sempre foi o melhor possível. Por vezes, aliás, cheguei a me sentir uma celebridade, tirando foto e tudo com o pessoal que me reconhecia. Dá pra acreditar nisso? Pois acreditem, realmente aconteceu, hehe.

Os resultados alcançados pelo Blognejo em 2010 não poderiam ter sido melhores, obviamente. O site explodiu. Bombou o ano todo nas rodas de conversa e nas decisões tomadas no mundo da música sertaneja. Me surpreendi com a repercussão dos nossos textos e com a capacidade que os mesmos tiveram de alterar os rumos de muitas coisas que aconteceram com o segmento. Nos consolidamos como um site que acerta uma gigantesca parte de suas previsões. As apostas feitas pelo site quase sempre dão certo, o que faz com que muita gente sonhe em figurar em qualquer uma das listas de apostas do Blognejo.

Hoje em dia, é seguro dizer que o profissional de música sertaneja que não presta atenção nas coisas ditas aqui ou que sequer sabe o que é o Blognejo está completamente defasado. Essa amplitude e coerência nos textos do Blognejo e abordagem única e diferenciada acabou chamando a atenção do maior portal de entretenimento do Brasil, o Vírgula, com o qual fechamos uma grande parceria, fortalecendo ainda mais o assunto “música sertaneja” junto ao grande público da Internet.

A equipe, antes de um homem só, cresceu. Em 2010 passamos a contar com a colaboração do Fábio Dornelles, jornalista em formação e um de nossos primeiros leitores. Ele, que tinha um site próprio (o Território Sertanejo), decidiu deixar o projeto de lado para ingressar como co-administrador no Blognejo. Além dele, passamos a contar também com esporádicas contribuições do Timpin, um dos blogueiros de música mais polêmicos do Brasil, e da Angell Lima, competentíssima repórter goiana. Aproveito aqui para agradecer a cada um deles eternamente pela incomensurável contribuição. Prometo que um dia vou pagar salário pra todo mundo, hehehe.

Para 2011, ao contrário do início de 2010, as expectativas são as melhores possíveis. Depois de tudo o que aconteceu no decorrer do ano passado e de todo o reconhecimento que finalmente conquistamos junto aos profissionais do segmento sertanejo, nos resta apenas continuar com o bom trabalho (afinal um trabalho que alcança tantos resultados positivos só pode ser considerado bom, né, apesar de tudo o que alguns ainda insistem em dizer) e buscando sempre continuar com este caráter original e diferenciado que, a despeito do que possam dizer, é definitivamente nosso ponto forte. Blogs sertanejos agora são uma realidade. E é um orgulho para nós do Blognejo saber que fomos pioneiros e que abrimos espaço para tanta gente. Os bons, com a graça de Deus, vão se destacar. Os ruins vão acabar, uma hora ou outra. Basta trabalhar direitinho e com PERSONALIDADE acima de tudo. Nesse ponto, esperamos sinceramente poder servir de exemplo.

16 comentários
  • Herman Screnci: (responder)
    14 de julho de 2013 às 19:43

    I simply want to tell you that I’m newbie to blogging and site-building and seriously savored this web page. More than likely I’m planning to bookmark your website . You really come with really good posts. Thanks a lot for revealing your web-site.

  • Vasiliki Jenner: (responder)
    17 de julho de 2013 às 05:57

    After study a few of the blog posts on your website now, and I truly like your way of blogging. I bookmarked it to my bookmark website list and will be checking back soon. Pls check out my web site as well and let me know what you think.

  • lancaster county barns: (responder)
    20 de julho de 2013 às 08:41

    Sorry for the huge review, but I’m really loving the new Zune, and hope this, as well as the excellent reviews some other people have written, will help you decide if it’s the right choice for you.

  • patent pending: (responder)
    20 de julho de 2013 às 10:02

    This is getting a bit more subjective, but I much prefer the Zune Marketplace. The interface is colorful, has more flair, and some cool features like ‘Mixview’ that let you quickly see related albums, songs, or other users related to what you’re listening to. Clicking on one of those will center on that item, and another set of “neighbors” will come into view, allowing you to navigate around exploring by similar artists, songs, or users. Speaking of users, the Zune “Social” is also great fun, letting you find others with shared tastes and becoming friends with them. You then can listen to a playlist created based on an amalgamation of what all your friends are listening to, which is also enjoyable. Those concerned with privacy will be relieved to know you can prevent the public from seeing your personal listening habits if you so choose.

Redes sociais
Sobre o autor
Marcus Bernardes é bacharel em direito e entusiasta da música sertaneja. Criou o Blognejo com o intuito de falar de maneira séria e digna sobre o segmento. Hoje é o veículo mais respeitado do meio, sendo referência em coberturas de eventos, lançamentos, entrevistas e análise de mercado.