22 mar 2013 | Na Estrada,Notícias
Blognejo na Estrada – Matheus & Kauan gravam primeiro DVD

Depois de cerca de 3 meses de licença paternidade voluntária, rs, voltei a viajar há alguns dias. Comecei com duas viagens não relacionadas a nenhuma ocasião especial como gravação ou lançamento de DVD, mas que renderam mesmo assim bons conteúdos para o Blognejo – uma para São Paulo e uma para Campo Grande. No último sábado, como vocês conferiram aqui na quarta-feira, recomeçamos nossos trabalhos nos grandes eventos ao redor do Brasil na cidade de Curitiba. E nesta quarta estive em Goiânia acompanhando a gravação do primeiro DVD da carreira da dupla Matheus & Kauan. Enfim, o Marcus Blognejo está oficialmente de volta ao circuito, e de forma definitiva. Haters, tremei.

Esta gravação tinha pra mim um aspecto um pouco mais subjetivo. É que até semana passada eu ainda estava cotado para participar do disco de uma forma que não havia participado de nenhum outro disco desse porte antes: como compositor. A música acabou “caindo” poucos dias antes da gravação, mesmo assim isso acabou me estimulando a procurar saber um pouco mais das notícias e do andamento da produção do disco. Fora isso, tem o fato também de eu gostar bastante dos dois protagonistas da gravação. Não só como artistas, mas principalmente como pessoas. E não sou só eu que tenho esse carinho pelos dois. Prova disso é a importância e diversidade das participações especiais do disco.

Convenhamos que é no mínimo inusitado ver o Luan Santana participando de um DVD de um artista Audiomix, né? Sem querer entrar no mérito de rixas entre escritórios, claro. O fato é que desde o começo foi o próprio Luan quem demonstrou interesse em participar da gravação, por conta da amizade que ele já tinha com a dupla. E o Michel Teló também não participou por acaso. A sua participação se deve, entre outros fatores, ao fato de que uma das principais músicas de seu novo DVD é de autoria do Matheus.

Por falar nisso, acho que é importante destacar aqui o talento da dupla Matheus & Kauan como compositores. Isso é ainda mais surpreendente quando se descobre a idade do Matheus, principalmente. 18 anos apenas!!!! E já emplacou diversos hits com artistas como Gusttavo Lima, Henrique & Diego e agora já tem músicas nos próximos discos do Michel Teló, da dupla Jorge & Mateus, e diversas outras. A maioria das músicas do DVD são de autoria própria da dupla.

A linha de composição da dupla, inclusive, já dava mais ou menos a deixa de como seria a linha de produção do disco. Eles tem características que apontam bem claramente para o lado pop. Por conta disso, o Dudu Borges era realmente o produtor mais indicado. E acabou acontecendo justamente o que se imaginou. A linha de arranjos ouvida durante a gravação ficou realmente bem pop. Quase todos eles bem inusitados. Principalmente nas músicas gravadas com as participações.

Acho que foi a primeira vez, aliás, que se viu uma gravação de DVD começar já com uma participação de peso. A primeira música do disco, “Mundo Paralelo”, que começa colada com a abertura, já trouxe de cara a participação da dupla Jorge & Mateus. Ao que tudo indica, essa vai ser a primeira música de trabalho do DVD. O Jorge acabou errando uma frase da letra, mas mesmo assim não houve repetição. Até haveria, mas quando a música foi tocada novamente Jorge & Mateus não entraram na parte que lhes cabia. Talvez o Jorge já tivesse ido embora, não sei, até porque depois disso a música não foi mais repetida. Isso acabou gerando uma cena engraçada, com Matheus & Kauan chamando Jorge & Mateus e eles simplesmente não entrando.

O Mateus (não confundir com o Matheus) ainda participou do disco em outra canção que ele cantou na primeira voz com o Kauan fazendo a segunda, sem a participação do Matheus. Enfim, mais um fato totalmente normal mas que vai servir de pretexto para os argumentos de rivalidade entre Jorge & Mateus e boatos de separação, com toda certeza.

Michel Teló participou da música que provavelmente é a mais diferente do disco. Ele entrou tocando a gaita de ponto e não repetiu a música nenhuma vez. Humberto & Ronaldo participaram de uma das poucas músicas do disco que podem ser interpretadas como “convencionais”. E o Luan Santana acabou sendo a participação mais marcante, com uma música de letra e melodia bem interessantes, que mesmo não sendo tão diferentes quanto as da música do Michel são aparentemente bastante comerciais. Gusttavo Lima acabou cancelando sua participação algumas semanas antes do DVD por conta de um show que não pôde ser adiado.

O cenário do disco, bastante colorido, foi muito elogiado pelos convidados da festa. A cenografia do Zé Carratu valorizou bastante os elementos mais orgânicos, com projeções nos painéis presentes nos móbiles ao invés dos LEDs tradicionais. A quantidade de músicas, um pouco mais reduzida do que de costume, ainda mais quando falamos dos DVDs gravados em Goiânia, deixou a gravação mais dinâmica. Durou no máximo umas duas horas e meia, se muito, com poucas repetições de músicas.

O que se observou na gravação foi uma preocupação em mudar a forma como a dupla vinha se apresentando. O Kauan não usou o tradicional chapéu e o Mateus fez a primeira voz durante quase todas as músicas do disco. Antes, a dupla costumava alternar as vozes na maioria das músicas. Talvez isso demonstre uma preocupação em definir uma identidade de forma mais imediata, apesar de que a voz do Kauan tem muita personalidade e sonoridade pop. Talvez seria um pouco mais interessante vê-lo fazendo a primeira voz em mais músicas.

Apesar das tradicionais reclamações ouvidas durante gravações de DVD, a reação dos convidados foi, no geral, positiva. Ouvi muitos elogios, o que demonstra que há muita expectativa a partir de agora sobre a dupla. Desde o começo da produção do disco e seleção do repertório, já se ouvia dizer que este será provavelmente um dos melhores discos do ano. Pelo que eu vi e ouvi na quarta-feira, concordo com isso. Aguardemos o resultado final para comprovarmos.

Abaixo, duas galerias de fotos. Uma dos bastidores da gravação, com créditos para o fotógrafo Fred Pontes, e uma da gravação propriamente dita, com créditos para o mestre Rubens Cerqueira.

* Bastidores

* Show

Mais tarde eu atualizo este post com o restante das fotos.

12 comentários
  • Fabio Nizza: (responder)
    22 de março de 2013 às 16:12

    Molecada foi chegando na humildade e conquistaram seu espaço com merecimento, que assim seja, sucesso!!!

  • Paulo Ricardo: (responder)
    22 de março de 2013 às 21:59

    Sou fã desses dois. Pela humildade e talento, principalmente em composições. No último disco tem uma música com participação do Luiz Cláudio, e a Sete Mares que são muito bonitas, e eles prezam muito pelo lado do romantismo. E vale lembrar que eles tbm são os compositores de boa parte do repertório do disco de JN e F em Palmas, do qual inclusive eles fazem a única participação especial. Espero que esse disco saia logo.

  • Ana Flavia Santos: (responder)
    8 de abril de 2013 às 02:31

    Marcus como sempre concordo com voce.Tbm estive na gravaçao de dvd da Dupla.E posso dizer que foi perfeita.A pricipio achei que iria ser horrivel,pq ate entao eles nem faz tanto sucesso por aki.Mais me surpreendi muito.Foi a melhor gravaçao que fui nos ultimos meses.

  • Eliana Herkstroeter: (responder)
    14 de julho de 2013 às 16:54

    I simply want to mention I’m very new to blogging and definitely savored you’re blog site. Very likely I’m going to bookmark your blog . You absolutely come with wonderful articles. Many thanks for sharing with us your blog.

  • Cleora Jenkin: (responder)
    17 de julho de 2013 às 02:18

    very nice post, i certainly love this website, keep on it

  • useful site: (responder)
    18 de julho de 2013 às 00:31

    Way cool! Some extremely valid points! I appreciate you writing this post and also the rest of the site is also really good.

  • original site: (responder)
    19 de julho de 2013 às 23:59

    Having read this I thought it was really enlightening. I appreciate you finding the time and energy to put this article together. I once again find myself personally spending a significant amount of time both reading and leaving comments. But so what, it was still worthwhile!

Redes sociais
Sobre o autor
Marcus Bernardes é bacharel em direito e entusiasta da música sertaneja. Criou o Blognejo com o intuito de falar de maneira séria e digna sobre o segmento. Hoje é o veículo mais respeitado do meio, sendo referência em coberturas de eventos, lançamentos, entrevistas e análise de mercado.