02 jun 2010 | Lançamentos
Blognejo na Revista “Shows Ao Vivo”

Fui convidado recentemente a escrever uma coluna para uma nova revista de entretenimento chamada “Shows ao Vivo”. Trata-se de um empreendimento do empresário Paulo Pissoloto. Como se tratava da primeira edição, o pessoal pediu que eu fizesse de início uma apresentação do que seria a coluna. Claro que eles ressaltaram o fato de que me convidaram justamente porque precisavam na revista de um colunista sem medo de dizer umas verdades, hehehe.

A revista já se encontra em circulação (Foram 10 mil exemplares na primeira tiragem) e o texto deste que vos escreve (meio pretensioso, eu reconheço, hehehe) você confere logo abaixo:

capa1

Eu sou o Homem Aranha!!!

Há mais de dois anos escolhi um caminho tortuoso. Como bom amante da música sertaneja, eu ficava com certa inveja do tratamento dispensado pelos órgãos da imprensa a alguns segmentos musicais. Tratamento esse, obviamente, que em nenhuma ocasião tinha sido dado ao estilo cuja bandeira eu levantava. Comecei a fazer aquilo que eu sempre quis que fizessem: falar de música sertaneja de uma forma que a mostrasse com a dignidade que ela merecia.

No começo, tudo lindo. Minhas preocupações com possíveis retaliações se resumiam apenas aos fã-clubes dos artistas cujo trabalho ou postura vez ou outra eu criticava. Pioneiro no hoje forte segmento dos “blogs sertanejos”, o Blognejo foi crescendo exponencialmente. Minhas preocupações com retaliações de repente já não eram mais restritas apenas aos fã-clubes.

Empresários, artistas, produtores, todos pareciam ter medo do que eu poderia escrever a respeito do trabalho que tentavam vender. Dava pra notar que poucos tinham a efetiva coragem de assumir que gostavam do que eu escrevia.

Por admirar o trabalho de muitos artistas dos quais eu costumava falar, é claro que eu sentia falta de uma aproximação. O fato, no entanto, é que fui percebendo que não dava pra ser “amiguinho” de pessoas cuja “venda” uma crítica minha inevitavelmente prejudicaria.

Acontecimentos recentes envolvendo o nome do Blognejo me deram conta de que minha função já parecia ter sido definida. Aliás, uma das vantagens de se manter um blog “párea” como o meu é que sempre ficamos sabendo das notícias ruins. O fato é que eu recebia freqüentes notícias de que meus textos causavam certas reações nos bastidores que até então ninguém tinha causado. Reações favoráveis e contrárias, claro.

O Blognejo tem alguns fiéis leitores que estão conosco há quase dois anos lendo e comentando as postagens, mas que ainda relutam em revelar seus verdadeiros nomes porque trabalham diretamente com aqueles cujo trabalho eventualmente criticamos. Esses mesmos leitores, aliás, são os primeiros a defender nossa iniciativa de tratar a música sertaneja sem a quase inevitável puxação de saco, comum à grande maioria dos sites.

Não era minha intenção inicial, mas acabei levando a fama de “o cara que fala as verdades”, “o cara que não passa a mão na cabeça de ninguém”. Num primeiro momento, fiquei com um pouco de receio das conseqüências que essa “má-fama” poderia me trazer. Mas o tempo foi passando, o Blognejo foi crescendo ainda mais, as notícias sobre as reações aos meus textos nos bastidores se tornaram mais freqüentes, o que me levou a perceber que era isso o que de fato o público ansiava.

“Com grandes poderes, vem grandes responsabilidades”. Quem viu o primeiro filme do aracnídeo da Marvel com certeza lembra-se dessa frase. Enfim, se os leitores imputaram a mim o poder de falar a verdade, doa a quem doer, resolvi, então, assumir de uma vez por todas essa responsabilidade. A diferença é que cá estou eu, sem máscara. Se no caminho as máscaras daqueles que criticarmos também resolverem cair, ponto pra nós.

15 comentários
  • Latrina Swecker: (responder)
    14 de julho de 2013 às 19:44

    I just want to say I am just beginner to blogs and actually enjoyed you’re blog site. Probably I’m planning to bookmark your site . You surely come with beneficial well written articles. Thanks a bunch for revealing your web page.

  • my latest blog post: (responder)
    17 de julho de 2013 às 21:56

    I truly appreciate this post. I have been looking all over for this! Thank goodness I found it on Bing. You have made my day! Thanks again

  • go here: (responder)
    20 de julho de 2013 às 10:26

    If you’re still on the fence: grab your favorite earphones, head down to a Best Buy and ask to plug them into a Zune then an iPod and see which one sounds better to you, and which interface makes you smile more. Then you’ll know which is right for you.

Redes sociais
Sobre o autor
Marcus Bernardes é bacharel em direito e entusiasta da música sertaneja. Criou o Blognejo com o intuito de falar de maneira séria e digna sobre o segmento. Hoje é o veículo mais respeitado do meio, sendo referência em coberturas de eventos, lançamentos, entrevistas e análise de mercado.