12 out 2010 | Artigos,Lançamentos
#blognejofacts

Não, essa não é uma tentativa de popularizar uma hashtag no Twitter. Não somos importantes a esse ponto ainda.

Ultimamente tenho percebido nos comentários deixados no Blognejo que alguns ainda não entenderam muito bem o que ele realmente é. O nosso amado site se popularizou bastante de uns meses pra cá e ganhou muitos leitores assíduos. E muitos desses não se preocupam em conhecer o Blognejo desde os primórdios, dando uma zapeada nos arquivos antigos.

Diante disso e aproveitando o feriadão prolongado, resolvi fazer uma lista com os principais fatos sobre o Blognejo (ou #blognejofacts), a fim de esclarecer a metodologia do nosso polêmico mas respeitado espaço. A idéia era fazer um Top Five, mas a quantidade de “fatos” superou a quantidade numérica necessária, hehe. Vamos lá, então.

* O Blognejo é um palco de debates sobre o segmento

Mesa redonda do sertanejo, como alguns também gostam de dizer. Aqui, eu e os colaboradores escrevemos opiniões sobre música sertaneja e abrimos o espaço de comentários para que todos os que se interessarem possam debater. Como eu disse e faço questão de ressaltar: são OPINIÕES, nunca verdades universais. Tanto eu, Marcus, como qualquer um dos outros que aqui escrevem temos total consciência que não somos os donos da razão. Muito pelo contrário, somos ouvintes de música sertaneja como qualquer leitor do Blognejo. Portanto, é absurdo utilizarem argumentos como “você não sabe nada, é um invejoso e bla bla bla, cantor frustrado” quando escrevemos opiniões que desagradam um ou outro leitor. Nós realmente não somos estudiosos do assunto. Mas tentamos colocar o debate sobre música sertaneja no nível que ela ela merece. E modéstia parte, estamos conseguindo.

* A cobertura de eventos não é a prioridade, mas se tornou parte importante do Blognejo

Ao contrário do que muita gente imagina, fazer coberturas de eventos não é nossa função principal. Mas essa tarefa é importante para fazer contatos, trazer informações de bastidores para os leitores, estar em contato com artistas, empresários, produtores e demais profissionais da área. Mas nem por isso temos que nos matar para estar em diversos lugares ao mesmo tempo ou nos deslocarmos para qualquer cidade do território nacional só para assistir um show. Coisas como a que eu fiz dia desses (sair de Uberlândia meio-dia, assistir a um show em São Paulo à noite e voltar a tempo de trabalhar no dia seguinte) só devem ser feitas em casos de eventos de extrema importância. Além disso, o dinheiro que arrecadamos com os anúncios no Blognejo ainda não é suficiente para bancar tantas viagens assim. Uma ou outra, bem de vez em quando, ainda vai. Mas nem sempre.

* O Blognejo não é um site de divulgação de artistas

A proposta do Blognejo, como dito no primeiro item, é debater a música sertaneja. Nossa função não é fazer divulgação de artistas. Mesmo porque toda vez que nos propomos a divulgar alguém através das sessões “De olho Neles”, “Novas Músicas da Galera” ou de promoções, aparece algum babaca fazendo um comentário maldoso ou algum outro artista com ciúme porque não foi ele o divulgado. Sendo assim, é bom deixar claro que a função primordial do Blognejo não é divulgar um artista novato, mas sim falar de música sertaneja. E falar de artistas que já estão estourados é, sim, falar de música sertaneja, afinal de contas é o trabalho deles que influencia os artistas novatos por aí.

* A opinião aqui é livre e os textos são pessoais

Somos eu e o Fábio Dornelles os administradores do Blognejo. O Timpin e a Angell Lima são colaboradores ocasionais. Cada um de nós temos o direito e a liberdade de expressar a própria opinião quando escrevemos um texto. E as opiniões nem sempre são coincidentes com as dos outros colaboradores. Sendo assim, não é correto atacar um dos colaboradores pelas opiniões expressadas por outro. Antes de atacar e de reclamar, basta prestar bastante atenção a uma informação preciosa que SEMPRE é trazida após os textos: a data da postagem e o nome do escritor do texto. Se todos tivessem o hábito de ler as informações postadas após o texto, evitaríamos muitos contratempos relacionados a ataques a um colaborador por conta da opinião de outro. E não adianta dizer que se está postado no Blognejo então não interessa para quem é direcionado o ataque. Ora bolas, como eu disse antes, o Blognejo é um palco de debates apenas. As opiniões de seus administradores e colaboradores são de responsabilidade deles próprios e não do site. Que tipo de veículo de informação seríamos se obrigássemos cada colaborador a seguir uma mesma linha de pensamento?

* Os textos são longos. Acostumem-se.

Sério isso. Já está ficando chato essa história de toda vez alguém comentar dizendo que os textos estão longos. Se olharmos o Blognejo desde seu início, quando ainda era o blog do site No Embalo, veremos que os textos seeeempre foram assim. E seeeempre foram detalhados. Aliás, a proposta inicial do site era justamente criar um espaço em que a música sertaneja fosse respeitada da forma que ela merece. Sem o desdém de veículos da grande imprensa, que sempre trataram o segmento como algo “brega” e sem importância para a cultura do país. E isso inclui a criação de textos detalhados e a veiculação de informações que, mesmo parecendo fofoca, são importantes para o segmento. Além do mais, não faz mal a ninguém exercitar a leitura, não é mesmo? Ora, vamos deixar de preguiça. Textos curtos e teoricamente objetivos sobre p assunto existem às pampas por aí. Mas com essa abordagem detalhada, asseguro que o Blognejo é o único.

* O Blognejo só conta com uma fonte de renda

Anúncios. Essa é a única forma que o Blognejo tem de se manter. Esses anúncios aí de cima, logo abaixo do cabeçalho, são todos pagos. Ninguém anuncia de graça, afinal essa é nossa fonte de renda. Temos também essas palavrinhas em cor vermelha espalhadas pelo site, que também são anúncios (pelo sistema do Hotwords). Não fazemos postagens pagas e não cobramos para realizar promoções. Aliás, o Blognejo é responsável até pelo envio de todos os prêmios sorteados. Nem isso os artistas da promoção precisam fazer. Tudo para que eu tenha um melhor controle do envio dos prêmios. Se fazer uma promoção é uma forma de jabá, aí vai da opinião de cada um. Jabá, que eu saiba, é um benefício dado pelo artista à rádio, TV, site ou outro veículo, em troca de divulgação. Com as promoções, os artistas são divulgados, sim. Mas que eu saiba o benefício recebido (no caso o prêmio) vai para o leitor e jamais para o Blognejo, não é mesmo?

* O Blognejo é pé-quente e quase sempre acerta nas apostas

Alguns artistas sertanejos, hoje estourados, começaram a ser conhecidos do grande público depois que o Blognejo trouxe matérias sobre eles. Não “por causa” disso, claro, mas “depois” disso. Basta dar uma pesquisada ali nos arquivos. Se olharmos as listas de apostas, tradicionais no início de cada semestre, veremos nomes que na época não eram conhecidos por muita gente, mas que hoje são artistas do primeiro time. Luan Santana, Maria Cecília & Rodolfo, Marco & Mário, Marcos & Belutti, todos eles artistas que receberam o apoio do Blognejo logo no início da divulgação nacional e que, logo depois, passaram a ser conhecidos em todo o Brasil. Alguns mais que os outros, é verdade, mas ainda assim é importante reconhecer o papel do Blognejo nessa fase das carreiras desses artistas.

* O Blognejo não tem “amizade” com nenhum artista.

Não, não sou amigo de artistas. Nem de produtores e empresários. O máximo que tenho com alguns é uma certa proximidade porque vários  são leitores assíduos do Blognejo e vez ou outra comentam o que está escrito aqui. Acontece que não dá pra confundir essa promixidade com amizade. Amizade, que eu saiba, é uma coisa muito mais profunda do que apenas uma relação cordial, que inclui entrevistas e troca de idéias sobre os rumos do segmento. Quando eu “puxo o saco” de alguns deles aqui, não é porque sou amigo ou coisa parecida. É, sim, porque admiro o trabalho. Amigo eu seria se frequentasse a casa desse pessoal. Se conversasse assuntos pessoais e não falasse só de música. E desde antes da fama, aliás. Porque é difícil considerar “amigo” uma pessoa que só passou a se interessar por outra depois que esta subiu na vida. Isso é coisa de gente interesseira. E os artistas, empresários e produtores com certeza estão de saco cheio desse tipo de gente. Eu jamais vou querer parecer uma dessas pessoas interesseiras. Se alguns deles se aproximaram de mim, podem ter certeza que não foi porque eu implorei atenção. No Twitter, por exemplo, eu jamais sigo alguém antes que esse alguém me siga. Eu sempre estarei aberto a criar um laço de amizade com quem quer que seja, artista ou não. Mas tratando-se de artistas, acho necessário um distanciamento da minha parte. Afinal, como eu disse, não quero parecer interesseiro. Agora, se eles quiserem fazer amizade comigo, que fiquem à vontade. E os leitores também, hehe. Pode até não parecer, mas eu também tenho outros interesses além de música sertaneja.

* O Blognejo é um site ultra-direcionado.

Dia desses alguém comentou aqui dizendo que o Blognejo ainda não é muito visitado. Ora, e não é mesmo. A média é de 2 mil visitas diárias, o que parece muito, mas se pararmos pra pensar na grande repercussão que o site tem, ainda é pouco. No entanto, somos um site com um público extremamente direcionado. Dentre os fãs de música sertaneja, há os que buscam apenas informações sobre seus artistas favoritos e sobre o segmento na Internet e os que buscam um espaço para debater idéias sobre música sertaneja e divulgar opiniões. Os primeiros nem sempre querem um lugar para debater. Os segundos nem sempre querem apenas um site de informações. Mas o fato é que os primeiros são em número bem maior que o segundo. Mesmo assim, é para um público mais interessado no debate e na troca de idéias que o Blognejo fala. Não é interesse nosso começar a postar toda e qualquer notícia sobre os artistas do segmento apenas para atrair leitores.Existem dezenas de sites que fazem isso e não queremos ser apenas mais um. Fora que o Blognejo é lido por boa parte dos profissionais da área, sejam eles artistas, produtores, compositores, etc, o que faz do público do Blognejo um público extremamente seleto e de alto nível.

* Fazemos tudo o que está ao nosso alcance pela satisfação do leitor

Eu faço o que está ao meu alcance na busca pela informação e pela satisfação do leitor. Por isso me arrisco em viagens, fico esperando e arriscando ser humilhado em porta de camarim, banco o envio de tantos prêmios pelos correios (cujas taxas estão cada vez mais caras). O problema é que nem sempre dá pra fazer tudo. Não dá, por exemplo, para participar de todos os eventos sertanejos ao redor do Brasil e nem enviar os prêmios sorteados nas promoções no dia seguinte ao sorteio. O dinheiro não é suficiente, ora bolas. Como eu disse, aqui o dinheiro é meio escasso, então temos que ficar controlando o que podemos gastar e o que não podemos.

* Promoções também não são nossa prioridade

Apesar de realizarmos promoções constantes, esta não é uma das nossas prioridades. As promoções são uma das formas que o Blognejo tem de retribuir aos leitores um pouco de sua paciência e do apoio que eles sempre deram ao site. Por isso sorteamos vários prêmios de uma vez (Só na última promoção, foram 30 CDs). Assim, mais pessoas são contempladas.

* É aceitável que uma mesma pessoa ganhe prêmios em várias promoções

É claro que algumas pessoas são sorteadas com muita frequência. É que essas pessoas já entenderam como devem proceder para ganhar os prêmios aqui sorteados e desenvolveram macetes que outras pessoas ainda não conseguiram entender. Escrever centenas de comentários, por exemplo, é um dos macetes mais eficazes.

* O Blognejo não é fonte de renda de nenhum de seus colaboradores

Todos os escritores do Blognejo são assalariados, cada um numa área que às vezes nada tem a ver com o trabalho que desempenhamos aqui. Eu, por exemplo, sou funcionário do Departamento Municipal de Água e Esgoto da cidade de Uberlândia. E ainda trabalho à noite como músico. O que conseguimos com os anúncios nem de longe é o suficiente para que abandonemos nossos empregos e nos dediquemos ao site da forma como ele realmente merece. Esse dinheiro dos anúncios, aliás, mal dá para a manutenção do site. Todos nós somos trabalhadores comuns, com famílias a sustentar e contas a pagar. É importante que isso fique bem claro, para que todos os leitores entendam que nem sempre podemos nos dedicar da maneira ideal ao Blognejo. Se ele fica sem atualizações por um espaço de tempo maior que o normal, é porque estamos ocupados com nossos outros compromissos profissionais.

* O Blognejo faz críticas e elogios, doa a quem doer

É comum que o público se derreta em elogios ao Blognejo quando um texto é favorável ao seu artista preferido, mas também é comum esse mesmo público descer o sarrafo e criticar a qualidade do Blognejo quando um texto contém uma crítica a esse mesmo artista. Ora, a qualidade de um texto nada tem a ver com o fato de ele ser crítico ou elogioso. É necessário saber separar as coisas quando se lê um texto aqui publicado. Um texto não pode ser considerado bom apenas porque vai de acordo com a opinião do leitor, nem ruim porque vai contra a opinião. Não escrevemos para fãs, mas para quem gosta de debater a música sertaneja. Então, não esperem textos postados apenas para agradar aos fãs deste ou daquele artista específico. Se necessário for, criticaremos da maneira que acharmos necessária. E quando elogiamos, estamos realmente sendo sinceros.

* Sim, apagamos alguns comentários de vez em quando

Depois de muito aborrecimento, enumeramos algumas palavras que, se citadas em algum comentário, fazem com que o mesmo seja automaticamente enviado para a caixa de spams e fique lá até que aprovemos sua publicação. Infelizmente, tivemos que tomar essa atitude porque alguns idiotas inconvenientes não conseguem entender que isto aqui é apenas um Blog, com opiniões de caráter pessoal, que nunca ataca ninguém, apenas emite opiniões. Esses mesmos idiotas partem para a ignorância, com o uso de palavrões, xingamentos gratuitos, o que estava tornando a caixa de comentários do Blog um espaço sem qualquer respeito. Sendo assim, todo e qualquer comentário que contiver palavrões, xingamentos e propagandas de sites não listados entre os parceiros do blog está sendo excluído. Se alguém comentar e não tiver o comentário aprovado de imediato, basta aguardar alguns minutos ou poucas horas, até que os administradores acessem o painel de controle e aprovem o referido.

Por enquanto é isso. Este texto receberá atualizações toda vez que eu julgar que um fato novo sobre o Blognejo precisa ser colocado aqui. E o link desse texto ficará fixado na aba “Conheça”, situado logo abaixo dos anúncios. Espero que muitas dúvidas tenham sido esclarecidas e que alguns comentários tenham sido devidamente respondidos.

22 comentários
  • Damion Mcelhenney: (responder)
    14 de julho de 2013 às 21:04

    I simply want to say I’m all new to weblog and seriously savored this web blog. More than likely I’m likely to bookmark your blog post . You definitely have amazing article content. Regards for sharing your blog site.

  • Nicolette Pikula: (responder)
    17 de julho de 2013 às 00:39

    Can I just say what a relief to find someone who actually knows what theyre talking about on the internet. You definitely know how to bring an issue to light and make it important. More people need to read this and understand this side of the story. I cant believe youre not more popular because you definitely have the gift.

  • official source: (responder)
    17 de julho de 2013 às 20:26

    Very good article! We are linking to this great post on our site. Keep up the great writing.

  • More hints: (responder)
    18 de julho de 2013 às 19:05

    I must thank you for the efforts you have put in penning this blog. I really hope to check out the same high-grade content by you in the future as well. In truth, your creative writing abilities has motivated me to get my own, personal blog now ;)

  • uk seo company: (responder)
    19 de julho de 2013 às 05:08

    I couldn’t resist commenting. Well written!

  • click here: (responder)
    20 de julho de 2013 às 09:59

    Between me and my husband we’ve owned more MP3 players over the years than I can count, including Sansas, iRivers, iPods (classic & touch), the Ibiza Rhapsody, etc. But, the last few years I’ve settled down to one line of players. Why? Because I was happy to discover how well-designed and fun to use the underappreciated (and widely mocked) Zunes are.

Redes sociais
Sobre o autor
Marcus Bernardes é bacharel em direito e entusiasta da música sertaneja. Criou o Blognejo com o intuito de falar de maneira séria e digna sobre o segmento. Hoje é o veículo mais respeitado do meio, sendo referência em coberturas de eventos, lançamentos, entrevistas e análise de mercado.