12 abr 2016 | Na Estrada
“Clássico”: Bruno & Marrone e Chitãozinho & Xororó eternizam encontro histórico em DVD que celebra o melhor dos dois repertórios

Eis o provável grande evento do ano. O encontro entre Chitãozinho & Xororó e Bruno & Marrone, esboçado em 2013 na festa de Barretos e transformado em turnê no ano passado, ganha enfim seu registro em vídeo e um nome oficial deveras pertinente: “Clássico”. Em um DVD gravado durante os dias 01 e 03/04, no Espaço das Américas, em São Paulo, acompanhamos a celebração do encontro entre duas duplas que são as principais representantes de suas respectivas gerações: Chitãozinho & Xororó da geração 80/90 (e talvez de todos os tempos) e Bruno e Marrone da geração 2000.

O nome do projeto remete, claro, à importância histórica do mesmo, mas gosto de pensar que tem algo a ver também com a linguagem do futebol, na qual a palavra “clássico” é usada justamente para se referir aos jogos entre times do primeiro escalão. E, assim como no futebol, o DVD acabou sendo também um “duelo” de interpretações, já que temos dois dos maiores cantores da nossa música sertaneja, Xororó e Bruno, cantando algumas das músicas de seus respectivos repertórios que mais valorizam as suas qualidades vocais. A diferença é que, ao contrário do futebol, não há perdedor neste caso, apenas vencedores, principalmente o público que assistiu à gravação e que vai assistir ao show em casa quando sair o DVD.

Em que pese a comparação com projetos como o “Cabaré” ou o “Lendas”, que também reúnem dois grandes nomes da música sertaneja cada, o “Clássico” parte para uma outra linha. Não parece haver aqui a intenção de criar um contexto que justifique o encontro como nos projetos citados, mas apenas a de celebrar o melhor dos dois repertórios e, claro, a chance de ver duas das maiores duplas de todos os tempos dividindo o palco e se alternando num belíssimo show. O projeto traz, inclusive, uma quantidade menor de duetos entre as duas duplas do que poderíamos esperar numa conclusão prévia. Não há, por exemplo, nenhuma canção do repertório conhecido de Bruno & Marrone na qual Chitãozinho & Xororó participam, apesar de acontecer o contrário na canção “Página de Amigos” e em outras do repertório da segunda dupla incluídas na gravação, conforme mostra a lista no fim do texto.

Aliás, isso denota também uma outra intenção implícita no projeto: a dos fãs reverenciando os ídolos, isto é, Bruno & Marrone reverenciando Chitãozinho & Xororó. Durante toda a gravação é possível perceber a admiração de Bruno & Marrone e a honra dos dois em dividir o palco com Chitão & Xororó, seja respeitando o repertório dos mestres ou discursando (o Marrone, no caso) a respeito dos mesmos no palco.

E enquanto oportunidade de celebrar algumas das melhores canções tanto de Bruno & Marrone quanto de Chitãozinho & Xororó, o DVD vai trazer momentos jamais registrados em vídeo. Bruno & Marrone, por exemplo, enfim resgataram a incrível “Homem do Meu Tempo”, canção do quarto disco da dupla com uma das letras mais fascinantes já gravadas no gênero sertanejo. Chitãozinho & Xororó, por sua vez, enfim registraram em vídeo as canções “Pago Dobrado” e “Amor a três”, duas das melhores da história da dupla. Eles já haviam cantado “Pago Dobrado” em um DVD do grupo Los Castillos e Bruno & Marrone já haviam cantado “Amor a Três” no DVD “Pela Porta da Frente”.

Além destes, o DVD promete outros momentos incríveis. Chitãozinho & Xororó relembram a mais perfeita versão de “Se Deus me Ouvisse”, gravada no DVD “Irmãos Coragem” há mais de 10 anos e até hoje parte do show da dupla, além de emprestarem as vozes a clássicos como “Boate Azul”, “Estrada da Vida” e “Ainda Ontem Chorei de Saudade”, que não contavam, que eu me lembre, com versões nas vozes dos dois.

Em um outro momento marcante, Bruno & Marrone convidam o músico Marco Abreu, que tocou com a dupla durante boa parte da sua história e é considerado por muitos um dos grandes responsáveis pela sonoridade dos dois, para acompanhá-los em algumas canções apenas em voz e violão, numa seleção com algumas das melhores músicas já gravadas por eles. E para deixar claro o quão bom intérprete o Bruno é, ainda rolou uma versão piano e voz da música “Por um minuto”, com o Dudu Borges acompanhando. É ele que assina a produção musical do DVD, inclusive.

O projeto traz ainda 3 canções inéditas, uma delas incluída apenas no último dia de gravação. E é interessante notar como elas também cumprem uma função peculiar, que é ressaltar as principais características de cada uma das duplas. “Você me trocou”, dos compositores Rafael Torres e Chrystian Ribeiro, toma o cuidado de explorar as principais características da musicalidade das duas duplas num mesmo refrão. Enquanto o trecho com Chitãozinho & Xororó pende para o romântico, com Bruno & Marrone o refrão parte para uma vaneirinha. Entre as inéditas, é sem dúvida a que melhor exemplifica o caráter do projeto e a mais comercial. Em “Palavras são palavras” e “Eu vou te esquecer”, o lado comercial fica um pouco de lado para dar espaço a uma maior exploração do potencial vocal das duas duplas.

O DVD “Clássico” promete ser um dos registros mais importantes de um tempo no qual o interesse por projetos que reúnem dois grandes artistas ou duplas parece aumentar na mesma proporção que a receita gerada por eles. O sucesso que a turnê já vem fazendo, antes mesmo que o DVD fosse gravado, já comprova que este é um projeto nascido para o sucesso, tanto comercial quanto musical, já que tratam-se de duas das maiores duplas da história da nossa música sertaneja. A qualidade do repertório escolhido, então, só aumenta a sua importância. Sem dúvida uma grande e merecida declaração de amor à música sertaneja.

Abaixo, o repertório completo da gravação. As músicas em negrito e itálico trazem as duas duplas juntas. Na sequência, algumas fotos da gravação.

  1. Abertura
  2. Página de Amigos
  3. Inevitável
  4. Choram as Rosas
  5. Deixei de ser cowboy por ela
  6. Alô
  7. Vidro Fumê
  8. Deixa
  9. Sinônimos
  10. Se Deus me Ouvisse
  11. Você me trocou (inédita)
  12. Amor não vai faltar
  13. Homem do meu tempo
  14. Pago Dobrado / Amor a três / Faz um ano / Estrada da Vida
  15. 60 dias apaixonado
  16. Vá pro inferno com seu amor
  17. Galopeira
  18. Agora
  19. Isso cê num conta
  20. Palavras são palavras (inédita)
  21. Eu vou te esquecer (inédita)
  22. Fio de Cabelo
  23. Evidências
  24. Por um minuto
  25. Fruto Especial / Vida Vazia / Amor de Carnaval / Um bom perdedor
  26. Dormi na Praça
  27. Boate Azul / Ainda ontem chorei de saudade
  28. Nascemos pra cantar
  29. Força estranha – Encerramento
7 comentários
  • Luiz Fernando: (responder)
    12 de abril de 2016 às 19:12

    Melhor repertório que já vi na minha vida!

  • Érike Melo: (responder)
    12 de abril de 2016 às 20:17

    “Homem do meu tempo”… gravada a quase 20 anos ( se não me engano em 1998), no disco Viagem… e mais atual do que nunca. Belíssima canção interpretada por Bruno e Marrone. BELÍSSIMA.

  • Erik: (responder)
    13 de abril de 2016 às 12:42

    Estrada da vida com Ch&X só no AMIGOS 3, onde dividiram a música com L&L e ZC&L

  • Renato: (responder)
    14 de abril de 2016 às 15:02

    Década de 90 ngm chegou nem perto do Zezé (fato) e provável que na história tbm (fato)

  • Fábio Roque: (responder)
    16 de abril de 2016 às 18:00

    Bacana pá carai

  • jackson: (responder)
    21 de abril de 2016 às 10:42

    As vezes falta visão pro Bruno, pq regravar “Inevitável”, “Deixa” e “Amor nao vai faltar”? Porra, regrava “Pago Calado”, “Não dar pra viver sem vc” e “Cilada de Amor”, regravações que acrescentariam alguma coisa.

  • Luiz Adriano: (responder)
    27 de maio de 2016 às 23:00

    B&M deveriam ter escolhido um repertório melhor pra esse DVD , ”agora” , ”vidro fumê” , ”isso cê num conta” sao até musicas boas , mas não se encaixam num dvd como esse. ”Bijuteria” , ”Meu Jeito de Sentir” , ”Agarrada em Mim” , ”Como Eu Te Amo” essas sim deveriam ser encaixadas nesse DVD

Redes sociais
Sobre o autor
Marcus Bernardes é bacharel em direito e entusiasta da música sertaneja. Criou o Blognejo com o intuito de falar de maneira séria e digna sobre o segmento. Hoje é o veículo mais respeitado do meio, sendo referência em coberturas de eventos, lançamentos, entrevistas e análise de mercado.