27 out 2008 | Lançamentos
COMENTÁRIOS DA SEMANA
Olá de novo. Já passou da meia noite, então hoje, 27/10, já é meu aniversário, hehehe. 23 anos e mais um, hehehe, ou 25 menos um, como preferirem. Como comemoração, mais um post pra vocês.

Já aproveitando pra agradecer novamente a quantidade de comentários que o blog vem recebendo. É muito legal ver que os assuntos aqui abordados despertam o interesse de muita gente. Muitos novos amigos têm criado o hábito de comentar os nossos posts, o que é primordial para o sucesso dessa empreitada. Agradeço os elogios, principalmente os do meu parceirão Glauber, do Noembalo.com, que foi quem primeiro acreditou nesse projeto.

Pra começar um apelo:

ANÔNIMO, QUEM É VOCÊ?????

Um novo amigo tem deixado comentários muito interessantes e tem chamado a atenção de todos os que tiram um tempinho para lê-los. Só tem um problema: ainda não sabemos quem é você. Eu imagino que talvez seja arriscado divulgar seu nome, haja vista o grande número de cobras peçonhentas que fazem parte dos bastidores. Portanto, proponho aos leitores uma amizade extra-blog. Seria muito bom poder conversar com todos em primeira mão sobre assuntos que podem vir a ser abordados ou que já o foram no blog. Principalmente você, sr. Anônimo. Eu já fiz esse convite em outra ocasião, mas aproveito para reiterá-lo. Quem tiver interesse, pode me adicionar no orkut ou msn (marcusemurilo@hotmail.com). Assim vocês poderão perguntar coisas que talvez receiem perguntar aqui ou simplesmente poderão conversar comigo sempre que quiserem. Espero ser adicionado por todos, hein.

Agora sim, os comentários dos comentários.

* VICTOR & LÉO – BORBOLETAS

O post sobre o CD Borboletas bateu o recorde de post que mais comentários recebeu em menos de uma semana no ar. Incrível como a dupla Victor & Leo suscita os mais diversos sentimentos. Tem quem os ame e quem os odeie. Geralmente, com relação à música da dupla, a maioria ama. Nos bastidores é que a dupla causa um certo desconforto em algumas pessoas.

Eu preferi não abordar no post a postura dos dois fora do palco ou do disco, mas concordo com a maioria que diz que os dois (mais o Victor) devem se policiar quanto aos comentários feitos ou quanto às notas divulgadas no site oficial. Confesso que isso me deixa um pouco chateado, mas não consegue acabar com a admiração que tenho pelo trabalho da dupla, que pra mim é fenomenal. Lembremos que a alcunha “sertanejo universitário” nada mais é que um apelido. Na essência, é tudo sertanejo. Alguns são bons, outros não.

E não é a primeira vez que uma dupla tenta se dissociar do termo. César Menotti & Fabiano, por exemplo, tentaram claramente isso ao gravar o CD “.Com_VC”, que fugia totalmente do estilo que a dupla tinha ajudado a consagrar. Só que, ao contrário de Victor & Leo, eles não publicaram nenhuma nota no site oficial repudiando o termo.

Além disso, todo mundo já sabe que eles controlam todas as etapas da produção de seus trabalhos. Não tem porque ficar falando isso toda hora. Na verdade, eles consolidaram um método que caras como o Rick (Rick & Renner), o Bruno (Bruno & Marrone), o Giuliano (Luiz Cláudio & Giuliano) e outros já vinham adotando. Ou seja, Victor & Leo não são os únicos a terem total controle sobre suas produções.

A necessidade da regravação não é mais tão presente. Até bem pouco tempo atrás só se destacava quem tinha regravações em pelo menos metade do disco. Hoje, isso acabou. Regravar já não é mais primordial. Finalmente o povo tem dado mais valor a quem canta músicas inéditas.

A título de curiosidade, Victor & leo chegaram a Uberlândia no finalzinho de 2005, com a canção “Sinto Falta de Você”. O primeiro show foi no Coliseu, numa sexta-feira, com casa lotada. Alguns dias depois eles participaram, como atração surpresa, de um evento chamado “Sertão Fest”, que contou também com a presença de outra dupla estreante: João Neto & Frederico. Os shows principais da noite ficariam a cargo de Chrystian & Ralf e Gino & Geno, mas a força da dupla Victor & Leo já pôde ser sentida naquela ocasião. Desde então, passaram a fazer show em pequenas cidades da região. Depois disso, eles só voltariam a fazer um show na cidade na gravação do DVD, em 30 de junho de 2006.

Ivy, quando eu disse “alguém lá em cima”, eu me referi na verdade a forças sobrenaturais, de acordo com a crença de cada um, mas já aproveito para dizer que muitas duplas (se não todas) recebem ajuda de alguns caras “costas quentes”. Victor & Léo foram agraciados com o apoio do Luiz Antônio, que era o diretor artístico da Paranaíba FM e hoje é o empresário (ou sócio) da dupla. Talvez algum dia eu faça um Top Five com os maiores “costas quentes” da música sertaneja. Só tenho que pesquisar mais um pouco. Notem que é muito raro uma dupla dar certo por ter tido o apoio de outro artista. A bem da verdade, nenhuma dupla quer fazer propaganda da “concorrência”. É claro que alguns caras, como o Bruno, sempre levam duplas novas no Faustão, ou no Terra Nativa e fazem questão de apoiar novos talentos. Mas são fatos isolados. A imensa maioria não está nem aí para os novos artistas. Acho até que é por isso que Victor & Leo não se dêem muito bem com os outros artistas mais veteranos (pelo menos é o que parece). Provavelmente eles não tiveram o apoio que gostariam por parte deles no início da carreira e agora preferem agir por conta própria.

* DIA DO ÁUDIO E VÍDEO – ESPECIAL COMPOSITORES DAS ANTIGAS

Obrigado pelos comentários acerca dos vídeos. Foram uma sugestão do André, do Universo Sertanejo. Muito em breve traremos um TOP FIVE com o mesmo tema.

* TOP FIVE ESPECIAL COMPOSITORES – OS MAIORES DOS ÚLTIMOS ANOS

Outro post polêmico, hehehe. Infelizmente o que o sr. Anônimo disse é a mais pura verdade. Compôr dá muito dinheiro pra quem sabe se valer disso. O ECAD existe justamente por isso. Só que os menores acabam pagando o pato. Conheço muita gente que vende músicas por merreca para os grandões, que acabam registrando em seus próprios nomes. Algumas se tornam, inclusive, grandes sucessos. Dentre os compositores citados, tenho notícias de que pelo menos quatro deles utilizam essas artimanhas. Convenhamos: não é meio difícil acreditar, quando alguém diz ter mais de 1500 músicas gravadas, que todas as músicas foram realmente compostas por ele?

Ah, e eu só não coloquei o Zezé na lista porque, apesar de não ter tido acesso a dados oficiais, creio que ele não tenha tantas músicas gravadas quanto os que eu incluí no Top Five. Mas adivinhem quem vai encabeçar a lista dos melhores dos últimos anos na minha opinião…

* DIÁRIO DE UM CANTOR SERTANEJO – MAIS DE 12 HORAS CANTANDO

Obrigado pelo apoio à minha carreira musical. Realmente é foooda essa vida de cantor, hehehe. Aliás, eu não pretendo parar de postar no blog quando eu ficar famoso. Já até me imagino indo no Jô Soares contar como escrever o blog me ajudou a alcançar o sucesso. Vou inclusive lançar um livro com todos os posts do nosso “diário de um cantor”, hehehehe.

Ainda bem que sonhar é grátis, hein!!!

* NOTÍCIAS DA SEMANA

Respondendo a algumas dúvidas do nosso amigo Rafael…

É comum no segmento as duplas procurarem, para a gravação de CDs e DVDs ao vivo, cidades que não recebam tais tipos de evento com frequência. Talvez Ataíde & Alexandre pensaram nisso ao escolher Vitória, no Espírito Santo. Afinal, não me lembro de nenhum CD ou DVD sertanejo que tenha sido gravado lá.

Sobre o projeto da TV Rionegro & Solimões, realmente é muito interessante. Na verdade, eu só não postei os vídeos no blog porque o site da dupla não disponibiliza os vídeos para incorporação em outros sites. César Menotti e Fabiano aparentemente vão adotar um projeto semelhante, mas teremos que espertar o site entrar no ar pra conferir.

DICA DA SEMANA – TONY FRANCIS

É como eu já disse em outros posts. Tem caras que eu não sei porque não estouram. O Tony Francis é um dos melhores cantores sertanejos que eu já ouvi, já participou do programa FAMA, da Rede Globo, e do Faustão, com sua dupla até pouco tempo atrás, Tony Francis & Diego. Ele já fez parte também da dupla Max & Michel. Eu confesso que não entendo o que falta pra ele dar certo. Talento, ele tem e muito. Agora, ele voltou a cantar sozinho, mas a qualidade vocal é a mesma. Cliquem na imagem e dêem uma conferida.

4 comentários

Redes sociais
Sobre o autor
Marcus Bernardes é bacharel em direito e entusiasta da música sertaneja. Criou o Blognejo com o intuito de falar de maneira séria e digna sobre o segmento. Hoje é o veículo mais respeitado do meio, sendo referência em coberturas de eventos, lançamentos, entrevistas e análise de mercado.