27 mar 2014 | Lançamentos
Confiram a performance de Nando Junior em clipe da nova música de trabalho, intitulada “Tá Duvidando”

O cantor Nando Junior disponibilizou no fim do mês passado o clipe da nova música de trabalho, intitulada “Tá Duvidando”, que faz parte do recente CD “Como Tinha Que Ser”. O clipe traz o cantor com duas belas dançarinas e uma coreografia pra lá de sensual.

Influenciado pela moda de viola, música de raiz, sertanejo romântico dos anos 90 e um toque do ritmo sensual do forró e vanerão gaúcho, o cantor deu sonoridade única ao trabalho e carreira artística. O interesse pela música surgiu ainda na infância. Nascido em São Paulo e inspirado pelo pai, que fez conservatório e sempre foi um apreciador nato da música, Nando começou aos 10 anos já se apresentando como calouro no programa Raul Gil, quase sempre com canções sertanejas.

Ja na adolescência, aprendeu violão e piano e criou uma banda de rock com amigos e primos. O encanto pela música sertaneja se fortaleceu neste meio tempo, quando ele acompanhava o pai nas modas de viola da dupla André & Adriano, em meados de 2005. Alguns anos depois, começou a cursar Educação Física. Paralelamente aos estudos, se inscreveu na garagem do Faustão, o que lhe deu a oportunidade de formar sua primeira dupla sertaneja com um de seus amigos, com quem passou a se apresentar em 2009 nos bares, restaurantes e casas noturnas de São Paulo.

Depois desse período passou a fazer parte de outra dupla sertaneja, permanecendo por dois anos, e conquistou diversos fã-clubes pelo Brasil. Chegou a gravar dois discos nesta fase, um deles com produção da lendária Fátima Leão, o que lhe rendeu bastante experiência. Participou de diversos programas de TV e realizou shows por todo o Brasil.

Nando Junior resolveu encarar a carreira solo no final de 2012, com o EP “Não Sai de Mim”, uma produção de Teneson Caldas. Trabalhou a canção que intitulava o EP, composta por Marcelo Melo, Vivi Abreu e por Théo José, em todo o estado de São Paulo durante o ano de 2013. O primeiro CD completo veio em 2014 com o título “Como Tinha Que Ser”, com produção dos renomados Gabriel Jacob e Teneson Caldas, diretor musical do Leonardo e atual empresário de Nando Junior. O artista assina 4 composições neste novo projeto, que traz canções de grandes compositores.

Confira abaixo a primeira aposta desse novo projeto, o clipe da música “Tá Duvidando”, composição de Deny Graciano, música que já está entre as 50 músicas sertanejas mais executadas do país e entre as 100 mais no geral, segundo a Crowley Broadcasts Analysis. Clique AQUI para baixar o CD, incluindo a capa.

24 comentários
  • Marcelo Costa: (responder)
    27 de março de 2014 às 17:39

    Caraca, puta CD bom e o cara me escolhe a pior do CD pra trabalhar, só as dançarinas salvam ahhaha.. mas curti o resto do cd todo, principalmente a guarania! é isso que precisa meu povo, vamo trabalhar guarania, sertão, raiz!!!

  • alessandro: (responder)
    27 de março de 2014 às 17:46

    kkkkkkkk

  • Allan: (responder)
    27 de março de 2014 às 18:34

    Que bosta

  • TONINHO: (responder)
    27 de março de 2014 às 18:41

    LIXO LIXO MUITO RUIM ISSO NÃO E SERTANEJO NEM PAGODE!!!

  • Bruno: (responder)
    27 de março de 2014 às 19:43

    Muito ruim, sério cara, aposenta..

  • Nadson: (responder)
    27 de março de 2014 às 19:51

    nossa só tem corneta aqui! dahora cara sucesso, aqui no nordeste ta tocando bastante essa moda, isso é o que o povo quer ouvir sucesso

  • mila: (responder)
    27 de março de 2014 às 22:33

    kkkkk muito ruim ta parecendo musica do grupo e o tcham kkkkk lixo lixo

  • Lucas Vitor: (responder)
    28 de março de 2014 às 00:25

    Tem gosto pra tudo, porém, na minha humilde opinião o cara é todo ruim, a música é toda ruim, o clipe é todo ruim. Aliás, o cara é todo errado:

    “Influenciado pela moda de viola, música de raiz, sertanejo romântico dos anos 90…”

    “…Nando começou aos 10 anos já se apresentando como calouro no programa Raul Gil, quase sempre com canções sertanejas.”

    “Ja na adolescência, aprendeu violão e piano e criou uma banda de rock com amigos e primos.”

    Sertanejo raiz, romântico, influenciado pelo sertanejo, ai no parágrafo seguinte monta banda de rock…enfim, vai entender né.

    Nunca vi o zezé se aventurar em rock depois de ter nascido sertanejo e voltar pro sertanejo. Mais ou menos assim…

    • Marcelo Costa: (responder)
      28 de março de 2014 às 12:50

      Fui pesquisar o cara no youtube, ele realmente era sertanejo sim https://www.youtube.com/watch?v=9SV6XpNe7T0

      Nada impede do cara passear por estilos, acho ridículo esse preconceito.. Pro cara cantar sertanejo tem que nascer na roça, carpir no mato e comer marmita? estamos nos anos 2000 minha gente, acordem…

      • Lucas Vitor: (responder)
        28 de março de 2014 às 15:08

        Não disse que ele não pode cantar outros estilos, apenas dei um toque em relação ao fato de ser sertanejo romântico isso e aquilo e ai no lançamento dele um lixo musical desses…enfim, vamo q vamo…

  • Felippe Said: (responder)
    28 de março de 2014 às 02:08

    e no arranjo da sanfoooona: “Carrinho de mão pá pá… pá pá pá pá pá” (Terra Samba – Carrinho de mão)

  • Artur: (responder)
    28 de março de 2014 às 11:23

    Kkkkkkkkkkkkkkkkkk
    Todo post nesse mesmo estilo, eu nem ouço! F
    Vou direto nos comentários pra confirmar minha suspeita de lixo! E pra rachar de rir dos comentários.

    • Paulo Ricardo: (responder)
      28 de março de 2014 às 16:58

      Pois então temos a mesma tática de economia de tempo, Artur.

      • Bruno: (responder)
        28 de março de 2014 às 23:14

        São 3 kkkkk

  • Alexandre Vieira: (responder)
    28 de março de 2014 às 13:15

    zuado

  • Dubio: (responder)
    28 de março de 2014 às 15:34

    Tinha que ser lançada antes do carnaval, kkkkkkkkkkkkk

  • Allan: (responder)
    29 de março de 2014 às 13:26

    Creio em Deus pai todo poderoso, criador do céu e da terra, não deixe que esses pseudocantores continuem infectando a musica sertaneja que está destruída desde os anos 80.

  • mila: (responder)
    29 de março de 2014 às 16:35

    o duro e que uma coisa dessa ainda arruma empresario emquanto varias duplas e cantores solos por ai com talento de verdade nao tem oportunidade isso é brasill!

  • Lucas: (responder)
    29 de março de 2014 às 17:54

    AVE MARIA
    TREM RUIM DANADO

  • Allan: (responder)
    29 de março de 2014 às 19:11

    Amigo procura outra profissão, você e a maioria que sempre estão sendo anunciados aqui no blognejo, é só os ruins, os sem talento estão por cima, enquanto os talentosos não aparecem, tem algo de errado com o mundo da musica.

  • Marcelo Costa: (responder)
    29 de março de 2014 às 19:58

    Gente de céu, ouçam o restante do trabalho antes de falar asneira.. Realmente essa musica nao eh mil maravilhas, mas ouçam o restante do CD! Serão 40 minutos bem gastos.. Antes de fazer qualquer analise eu gosto de conferir o trabalho integral dos artistas.. E ta um CD muito bacana.. Na minha humilde opiniao de um bom ouvinte de musica sertaneja.. Agora char de pseudocantot, dizer que nao merece o sucesso, ja acho um pouco demais!

    • Rafael Mendes: (responder)
      30 de março de 2014 às 00:38

      isso ae. musicas 2, 3, 8 e 10 muito boas

  • Adriano: (responder)
    30 de março de 2014 às 15:52

    ai meu deus do ceu,mais um sem nocao na atual fraquissima musica pseudo sertaneja.sera q esse cara acha q vai ser sucesso cantando esse baita lixo?quanta falta de neuronio pra cantar um troço chato desse!nada contra a pessoa,mas o trabalho dele e de fraco nivel,fazer o que ne?e o que ta vindo poa ai.abraco amigos.

  • Renan Carvalho: (responder)
    3 de abril de 2014 às 12:53

    Acho engraçado que não vejo ninguem criticando o Jorge e Mateus pela musica “A hora é agora”, que é uma musica pop, teoricamente não é sertanejo, não vejo ninguem criticando o Luan Santana pela musica “Ce topa”, que é mais samba do que qualquer outra coisa, falaram do solo que parece carrinho de mão, alguem ja reparou no solo da musica “Tudo que voce quiser” do LS, que remete a musica do Rocky Balboa? Dois pesos e duas medidas?

Redes sociais
Sobre o autor
Marcus Bernardes é bacharel em direito e entusiasta da música sertaneja. Criou o Blognejo com o intuito de falar de maneira séria e digna sobre o segmento. Hoje é o veículo mais respeitado do meio, sendo referência em coberturas de eventos, lançamentos, entrevistas e análise de mercado.