27 jul 2012 | Artigos,Notícias
Crise? Que crise? – Parte 1: uma introdução

De acordo com o que andam dizendo por aí em entrevistas, em fofocas de bastidores e em discussões de backstages durante festivais de música sertaneja, o segmento está passando por uma crise como poucas já vistas na história. A julgar pelo tom apocalíptico das declarações (isso até me lembrou o Gaspar, um dos mais ilustres comentaristas do Blog, que infelizmente anda sumido), o fim realmente está próximo e a música sertaneja dá seus últimos suspiros antes da descarga total rumo a um esgoto profundo do qual, segundo essas declarações desesperadas, dificilmente conseguiremos sair. Mas será que a coisa está mesmo tão grave assim?

O estopim foi acendido pelo Jorge durante uma entrevista dada ao jornalista André Piunti, do site Universo Sertanejo. A frase marcante e que ditou o tom das declarações por si só já demonstra o grau de estresse ou decepção (ou talvez um misto das duas) do cara que é o artista sertanejo mais respeitado da atualidade: “o mercado sertanejo é podre e eu tenho nojo“. A declaração, que assim como o restante da entrevista dizia mais respeito às relações comerciais no segmento sertanejo do que às músicas propriamente ditas, acabou desencadeando uma série de eventos e levando também a uma discussão em torno do que se ouve e o que se canta hoje.

Eu não pretendia falar tão cedo sobre os fatos desencadeados pela repercussão desta entrevista, até porque não é segredo pra ninguém que o Blognejo e o Universo Sertanejo há anos são vistos como sites concorrentes. Mas fechar os olhos para os efeitos que ela causou não seria condizente com a minha luta em levantar a bandeira da música sertaneja enquanto manifestação artística. Eu até elogiei publicamente a entrevista no dia de sua publicação. E não, eu não vou aqui responder às declarações do Jorge. Muito pelo contrário. O intuito é analisar os fatos ocorridos desde então para tentar entender porque essas declarações tomaram uma proporção tão atordoante.

Percebam como o Jorge se tornou importante para o desenrolar das coisas no segmento sertanejo. Há bem pouco tempo, declarações deste tipo eram proferidas à exaustão por um Zezé di Camargo raivoso e indignado com os rumos da música sertaneja, e em outras ocasiões por um Victor Chaves descrente e também indignado. E nunca nenhuma das declarações do coronel ou do Victor repercutiram tão ferozmente no mercado quanto as declarações do Jorge. E houve quem me criticasse quando, neste texto, eu exaltei a importância do Jorge para a música sertaneja contemporânea. Nem o Zezé e nem o Victor Chaves chegaram a causar tanto rebuliço quanto ele. E talvez justamente por ter sido o Jorge e não qualquer outro, a música sertaneja passou a ser palco dos mais variados tipos de declaração negativas, na onda do rebuliço causado pelo Jorge e aproveitando a brecha que ele abriu.

A crise desencadeada pelas palavras do Jorge se deu em duas frentes: a princípio uma crise de mercado, financeiramente falando. O tom das declarações do ilustre cidadão de Itumbiara, como eu disse acima, foi mais para o lado comercial do que para o da qualidade. O Jorge escancarou uma coisa que todo mundo que lida com a música sertaneja está cansado de testemunhar, mas que sempre se manteve oculta aos olhos do público: a música sertaneja se tornou um mero negócio e perdeu quase toda a sua essência, convertendo-se apenas em uma grande rinha de galos, onde o mais forte sempre tenta derrubar o mais fraco.

Dias depois, as declarações do Jorge ganharam o apoio público de outras personalidades respeitadas do segmento. A dupla Marco Aurélio & Paulo Sérgio lançou uma canção (“Tá na hora”) que, assim como as palavras do Jorge, escancarava muito mais os problemas relacionados às relações interpessoais na música sertaneja (principalmente no lado comercial) do que os problemas relacionados à qualidade das músicas, mas que também pendiam um pouco para esse lado.

Paralelamente, centenas de artistas, radialistas, contratantes e demais profissionais da música sertaneja demonstraram apoio às declarações do Jorge através das redes sociais. Publicamente, o jovem cantor Gusttavo Lima também deu declarações pesadas a respeito do segmento pouco antes da gravação de seu DVD no Hard Rock em Orlando, Flórida, há poucos dias. E para fechar o ciclo de declarações públicas de artistas consagrados, Victor Chaves usou a palavra “caótico” para definir o momento da música sertaneja.

Estranhamente, a crítica à música sertaneja enquanto mercado acabou dando lugar rapidamente à crítica à qualidade das músicas. Acontece que as palavras do Jorge respingaram em 10 de cada 10 profissionais do segmento sertanejo, movidos principalmente pelo ganho desenfreado de dinheiro. Para que o estrago e a cuspida na cara não fosse levada tão a sério, ou para tentar diminuir os efeitos desse tapa de mão aberta, trataram logo de mudar o tom das críticas. O Jorge disse “o mercado sertanejo é podre e eu tenho nojo” e a resposta dos profissionais da música sertaneja foi “concordo, as músicas estão uma merda”. Ora bolas, não foi só isso que ele quis dizer. Incrível como agora tem tanta gente fungindo da própria responsabilidade pela rise que alguns estão tentando escancarar. Com o claro intuito de tirarem os próprios rabos da reta, a briga pelo dinheiro se transformou em questão de minutos numa briga pela qualidade. Como se o dinheiro em primeiro lugar não fosse o principal e talvez único responsável por toda essa crise que agora tanta gente diz que a música sertaneja está enfrentando.

Na terça-feira, pretendo me aprofundar mais nesse assunto e continuar este texto que, obviamente, não acabou ainda, abordando a teórica crise da qualidade. E na quarta (ou talvez na quinta) a parte 3, com a crise das relações comerciais no mercado sertanejo. Em ambos os textos, aliás, sempre vou tentar abordar o paradoxo evidente na maioria das declarações recentes, bem como a minha humilde opinião a respeito de tudo isso que está acontecendo. Se necessário, escreverei uma “parte 4”. Vai depender de quantas linhas vou utilizar para abordar todos estes temas.

106 comentários
  • Tiago Romão de Oliveira: (responder)
    27 de julho de 2012 às 03:01

    Aê Marcão!!!
    Agora gostei Potchon!!!
    Pera aí que vou te mandar uma DM, algo que pode ser abordado no próximo texto!!!

    • Jessy: (responder)
      27 de julho de 2012 às 15:59

      Já que vc tem intimidade pra falar com o blogueiro por DM, pergunta pq tamanha puxação de saco pra cima desse Jorge aí? Pra mim ele não é droga nenhuma, a declaração dele só bombou pa foi a primeira nesses estilo mais escrachado de alguém que aparentmente era mais reservado. E tbm pq deve ter sido linkada em algum grande portal. Não é todo dia que vemos um sertanejo falando que tem nojo do próprio meio e que ele é podre. Mas fora isso, outros posts sobre Jorge e Mateus nunca bombam. E como disse um amigo aí. Jorge dá moral pra cantor fuleira e vive cantando essas mer-dinhas em shows. ELE NÃO TEM MORAL!

      Já o Victor Chaves tem moral. NUNCA desceu o nível. NUNCA traiu os princípios artísticos. Mas Vcitor&Leo/assessoria/equipe não devem estar “envolvido$” com ess blog né? Por isso essa puxação de saco pra quem nem merece.

      • Eduardo: (responder)
        27 de julho de 2012 às 16:28

        Não acho que seja por aí, não achei que ele puxou saco de ninguem, simplismente porque teve mais comentários no blog do Piunti, não quer dizer que tenha tido mais repercusão, até porque a matéria com o Jorge foi pra primeira página do UOL, coissa que não aconteceu com o Victor. Simples assim. Sem dúvida Victor e Leo estão em outro patamar de toda a música sertaneja. Um patamar não,alguns patamares de vários, e de vários vatamares da maioria aí. Victor e Leo é outro patamar mesmo.

        • Elis...: (responder)
          28 de julho de 2012 às 00:10

          Realmente a dupla V&L estão em outro nível!! E a ‘indignação’ do Jorge, na verdade não passa de uma ‘rixa’ entre escritórios o dele com o do Fernando e Sorocaba, que por sinal estão ‘monopolizando’ as festas e feiras de todo país. É só por isso, e nada mais!!!

          • Eduardo: (responder)
            28 de julho de 2012 às 04:17

            Eu vi uma entrevista do Sorocaba mas não me lembro mais onde foi. Acho que no Faustão. Ele disse: nós estamos morando em londrina e dando uma força pra aquela galera de lá, e do mato grosso do sul, pra mudar essa coisa de só de uma região aí ter artista sertanejo. Foi mais ou menos assim que ele disse. Óbvio que ele estava falando de artistas de Minas e de Goiás. Foi a coisa mais estúpida e idiota que eu já ouvi na minha vida. Os caras tem tudo, ganhando fortunas e quererem dividir regiões?

          • Eduardo: (responder)
            28 de julho de 2012 às 04:30

            Eles quase tiraram a Paula Fernandes da Exposete da própria cidade dela. A Talismã está sofrendo muito com isso. Sem falar que a Paula Fernandes está sofrendo com a inveja da claudia leite e as pessoas que ela tem na mídia como a fabíola reipert e o portal r7 que detona ela todos os dias em todas as matérias. A Paula está enrascada. A claudinha está dando pancada diária nela, em blogs, sites, redes sociais… montou uma rede de difamação contra ela que me lembra as de campanhas políticas.

            • Elis...: (responder)
              28 de julho de 2012 às 18:38

              Hummm…vc sabe muito, heim!? Não sou fã da Paula Fernandes, mas gosto de algumas músicas, tem voz boa e tem talento. Eu tbém percebi uma enorme cobrança e críticas excessivas por parte da mídia, mas fazer o que, né!? O meio ‘artístico’ é muito ‘tenso’!!! E, esse negócio de ‘Cráudia Milk’, não sabia, e outra, p q?? Pois, ela é cantora de ‘axé’ e a Paula é sertanejo!! Vc, ‘delirou’ um pouco agora, né Eduardo!? Ah…a divulgação do novo Encantos da Paula está muito devagar, heim!?

          • Eduardo: (responder)
            28 de julho de 2012 às 04:34

            consedere o “claudinha” entre aspas… essa mulher não vale nada.

      • Jessy: (responder)
        27 de julho de 2012 às 16:37

        O Jorge é tão influente que nem a PAULA FERNANDES que é do meio sertanejo e já cantou com eles sabe diferenciar quem é quem.

        Nos bastidores do “Melhores do Ano” Paula viu o Jorge fumando e perguntou “É o Mateus? E responderam: ‘Não, é o Jorge”. Aí a Paula falou: “Fumando pra caralh*” nos ultimos 10 segundos desse vídeo http://www.youtube.com/watch?v=SQb6uwQFHBU

        Agora eu pergunto: Se ele fosse esse cooronel aí que vc fala, tivesse essa influência toda, não era Pra PAULA FERNANDES, maior cantora sertaneja da atualidade admirá-lo e ser influênciada por ele? Mas ao contrário disso, ela nem sabe qual deles é o Jorge. Que prestígio né? (Quero ver você postar isso).

        Agora Victor e Leo e Paula Fernandes sim têm o prestígio e a admiração de todos da velha guarda do sertanejo. Esses sim são de tirar o chapéu.

        • Eduardo: (responder)
          27 de julho de 2012 às 19:50

          A Paula demitiu o cara que filmou isso.

        • Eduardo: (responder)
          27 de julho de 2012 às 19:54

          Mas vai me desculpar meu amigo, a Paula conhece muito os dois. Ela não reconheceu quem era porque o cara estava dentro da van. Ela sabe sim quem é quem. Vc só tá querendo criar intriga e arrumar o que não existe.

        • Eduardo: (responder)
          27 de julho de 2012 às 19:56

          Mas vai me desculpar meu amigo, a Paula conhece muito os dois. Ela não reconheceu quem era porque o cara estava dentro da van. Ela sabe sim quem é quem. Vc só tá querendo criar intriga e arrumar o que não existe. Jorge e Matheus é o maior cache do país, são os caras de maior sucesso disparado na música sertaneja atual. Isso todo mundo sabe. Mas Victor e Leo são melhores, talvez os melhores de toda a história da música sertaneja.

          • Érike Melo: (responder)
            28 de julho de 2012 às 18:18

            Victor e Léo são ótimos msm… agora dizer que são os melhores da historia da música sertaneja??? kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk…

            • Eduardo: (responder)
              29 de julho de 2012 às 00:48

              Sinceramente acho que sim. É claro que cada fase da música sertaneja teve alguém muito importante, e talvez impeça de afirmar isso agora. Mas pra mim eles caminham pra isso sim. Só queria que eles fossem um pouco mais para o lado da temática rural em novos trabalhos. Tanto eles quanto a Paula o que mais gosto é do lado mais regional. Como eles são os únicos que fazem esse tipo de música, é quase tudo o que consumo de música Sertaneja. Afinal tem uma galera aí muito boa, não produzido nada original, mas muito melhor do que se vê na música Sertaneja atual. Mulheres tenho ouvido Tiê(muito fã dela), Mallu Magalhães, Tulipa Ruiz, até Maria Gadu estou ouvindo. Como já disse aqui pro Marcão tem uma galera de música Folk do Mato Grosso chamado Vanguart, que são muito mais sertanejos que essa galera toda aí que temos visto surgir(a única coisa ruim é o vocalista que imita aquele charope do marcelo camello), tem o Marcelo Jeneci, muito bom, pupilo do Dominguinhos, tem o Felipe Catto, que é gaúcho, tem o Felipe Cordeiro do Pará que não é tão bom cantor mas é um cara muito inteligente, tem o Chico Teixeira filho do Renato Teixeira… essa galera que eu tenho ouvido ultimamente. Além de Almir Sater, Renato Teixeira, Dominguinhos… dos antigos o que eu gosto muito é de Cascatinha e Inhana. Além é claro do virtuoso violeiro Tião Carreiro e seus companheiros Pardinho. Pois é meu amigo, alguma coisa vai acontecer com a música Sertaneja, e quando acontecer vai ter uma galera muito boa e pouco valorizada querendo espaço. E outra coisa interessante, essa galera toda é apoiada pela ‘Som Livre’ que não tem assim tanto carinho quando escolhe o que vai promover na música Sertaneja. #ATENTO

            • Jessy: (responder)
              29 de julho de 2012 às 01:15

              Eduardo, vc só pode ser da equipe da Paula né? Claro que ela reconheceu, todos os caras que estavam com ela responderam que era o Jorge. Até pq Jorge e Mateus são BEM diferentes, a começar pelo peso. Paula não sabia qual era qual e isso é muito comum.

            • Jessy: (responder)
              29 de julho de 2012 às 01:16

              Pra quem não viu o vídeo. Tá aqui: http://www.youtube.com/watch?v=RFypT1SrYLU

              Nos ultimos 10 segundos (isso se não retirarem).

            • Juh: (responder)
              29 de julho de 2012 às 02:35

              Tbm acho Victor e Leo os melhores da história.

              • felipe diniz: (responder)
                5 de agosto de 2012 às 11:13

                kkkk falam tanto da dupla sertaneja victor e leo , que eles ja deram uma entrevista falando que não se consideram sertanejos e sim voltados a MPB

    • Dinho da Loira: (responder)
      27 de julho de 2012 às 20:22

      MUITO ALÉM DO CIDADÃO KANE – Assistam, (no YouTube tem). Eu vou dizer quem está por trás de tudo isso, não é o Jorge, não é o Victor, não é o Gusttavo Lima. Ele se chama ANDRÉ PIUNTI. O cara está testando o poder de fogo do veículo de comunicação dele.

      O cara tem dado muito ênfase a essa questão, parece que de propósito. A pergunta é: por quê, ou melhor, para quê se ele também vive dessa merda toda? Se ele é um incentivador que recebe (e grana alta) para falar bem desse sertanejo lixo que está aí.

      Acho que por ser jornalista, ele está sendo muito parcial.Os bastidores da música estão como sempre estiveram, cheio de urubus carniceiros que só pensam no dinheiro, mas por que ninguém diz isso, será que ninguém pensa assim?

      HÁ ALGO DE PODRE NO REINO DA DINAMARCA – E eu digo onde é: NOS MEIOS DE COMUNICAÇÃO ESPECIALIZADOS EM SERTANEJO.

      • Marcus Vinícius: (responder)
        27 de julho de 2012 às 23:45

        Uai? Vc leu meu pensamento? Rsrs

        • Boré Loureiro: (responder)
          28 de julho de 2012 às 01:37

          Elementar, meu caro especialista!haha!

          • Dinho da Loira: (responder)
            28 de julho de 2012 às 09:25

            Música ruim há (e muita) e está uma droga ouvir sertanejo. Essa porra toda uma hora vai acabar (como tudo acaba), mas tentar criar um factóide no mercado, de que há uma crise, ahhh…isso não há mesmo. Os números nunca estiveram tão bons.

            Mas usar seu veículo, que é um formador de opiniões para o mal, potencializando declarações ou até buscar a opinião de quem sempre foi contra o atual momento(vide Victor, Zezé, Renato Teixeira) é foda. A única opinião realmente analisável é a do Jorge, a dos outros todo mundo já sabia. Qual a novidade?

            E qual o intuito do Sr. ANDRÉ PIUNTI com tudo isso? Mudar o curso da música sertaneja? Poder nas mãos dos loucos, Adolf Hitler também teve sua oportunidade.

      • Eduardo: (responder)
        28 de julho de 2012 às 04:20

        Não concordo. Não acho que seja isso. Desculpa. Muito além do cidadão kane sim diz o que está acontecendo com a música sertaneja, mas o piunti nada tem á ver com isso.

        • Dinho da Loira: (responder)
          28 de julho de 2012 às 09:30

          Hahahahaha…ele tem a ver com isso sim, só não sei qual a motivação, mas tem a ver sim.

          • Dinho da Loira: (responder)
            28 de julho de 2012 às 09:41

            Está duro ouvir música sertaneja, mas o mercado NÃO está em crise, o Marcão tem razão.

            Agora, para que potencializar as declarações de quem historicamente é contra o atual momento da música? (Victor, Zezé, Renato Teixeira, etc.)Para que tentar criar um FACTÓIDE de que há uma crise?

            A opinião do Gusttavo Lima não conta, ele entrou de gaiato, a opinião do Jorge é sobre os bastidores, puxadas de tapete, não sobre a qualidade. MA e PS pegaram carona na polêmica.

            Para mim o Sr. ANDRÉ PIUNTI está tentando criar um factóide, usando seu veículo que é sim um formador de opiniões. O que ele quer? Mudar os rumos da música sertaneja ou apenas testar o poder de fogo de seu blog?

            Poder nas mãos de loucos costuma ser devastador. Vide Adolf Hitler.

            • Eduardo: (responder)
              28 de julho de 2012 às 15:31

              kkkkk… se ele conseguir estimular pelo menos alguns desses novos talentos aí à seguir um outro caminho, uma caminho de qualidade. Vai ser muito bom. Acho que esse é o melhor momento de todos os tempos da música sertaneja para surgirem mulheres. Mas mulheres cantando música de qualidade, seguindo a linha de uma paula fernandes, victor e leo e coisa e tal. Mas não, só vejo mulher surgindo na linha da pegação que está todo mundo apostando. Digo e repito, vai ter muito espaço para a galera que está se preparando com coisas de qualidade, e a galera que está se jogando na modinha do momento vai ficar marcada como os bois de corte e com o momento do abate marcado.

    • carlos cesar: (responder)
      29 de julho de 2012 às 22:48

      A musica sertanejo hoje em dia na sua maiorai tá um lixo,dificil de ouvir,mas ouve quem quer,engraçado que o publico podre que hoje escuta sertanejo universitario que de “universitario” não tem nada,é um publico que até pouco tempo ouvia fresno,nxo,restart e o caramba mais,as pessoas que presam pela qualidade e principalmente pelo que realmente gostar de ouvira,jamais vai baixar ou comprar um cd do lixo sertanejo que toca hoje por ai,os artistas de hoje são artistas fabricados em escritorios feito amadores,o jorge falou,criticou mas é um cara que é da panela tambem,já o victor (victor e léo) tem moral pra falar do atual lixonejo,pois ele é uma cara que não mudou as suas essencias por causa do sucesso,eu falo isso porque conheci eles tocando em barzinhos e ja segui essa linha da boa qualidade musical,agora o jorge? surgiu sem mais nem menos pegando carona em uma musica que ja era sucesso? dificil né?

  • Carvalho: (responder)
    27 de julho de 2012 às 03:11

    Belo texto Marcão, esperando as outras partes.

  • Roberto Bueno: (responder)
    27 de julho de 2012 às 04:15

    É triste ver o quão comercial as coisas têm se tornado de um tempo pra cá no mercado da música que se tem chamado de Sertaneja. O foco no sucesso, no dinheiro, e não na vocação, nos valores ou na musicalidade tem empobrecido dia a dia o cenário. Alguns dirão que o cunho comercial sempre existiu; pode ser verdade, mas antigamente, ao menos, não era tão escancarado.

    O fato é que o rumo que a música está tomando apenas revela traços de como as coisas funcionam na sociedade como um todo, nos mais diversos setores. Um exemplo é o mercado do futebol, onde a paixão pela camisa está descaradamente em segundo plano há tempos, em detrimento do comercial. A triste ilusão de acreditar que a felicidade é função do sucesso financeiro; não poderia ser diferente com a música, especialmente a sertaneja, que está em alta.

    Acredito que exista espaço para todos. Existirão fãs tanto para o músico em essência, quanto para o aventureiro de xadrez e bota; muitas vezes, os mesmos fãs assistirão a um e também a outro, uma vez que a música representa estado de espírito. A canção elaborada não é concorrente da canção produto, e não há mal nenhum na convivência das duas, contanto que sejam respeitadas as relações humanas, e é aí que mora o problema, motivo que me parece ser o causador de tanta discórdia.

    Ótima iniciativa e ótimo texto, Marcão. Aguardo cenas dos próximos capítulos!

    Abraço!
    Roberto

  • Pablo Pacheco: (responder)
    27 de julho de 2012 às 06:36

    Meu medo é o sertanejo atual virar tipo uma nova lambada. Daqui alguns anos o pessoal estar rindo do estilo e fazendo piada…

  • Marcos: (responder)
    27 de julho de 2012 às 07:00

    Manda o link deste texto pro Marquinho e o Nuxx da audiomix. Vai ser útil p eles.

  • Eduardo: (responder)
    27 de julho de 2012 às 08:23

    Todas as questões sobre a atual situação da música Sertaneja, deveria passar também pela gravadora ‘Som Livre’, das organizações Globo. Empresa do Rio de Janeiro que tem ligações históricas com o Samba carioca. Não quero aqui tecer teses conspiratórias, mas não é bom analisar isso sim. É PRECISO E URGENTE.

    • Eduardo: (responder)
      27 de julho de 2012 às 10:00

      eu quis dizer: … mas é bom analisar isso sim… . E quero logo os outros textos, tenho bastante coisa para falar.

  • mileciano: (responder)
    27 de julho de 2012 às 08:50

    O Gusttavo lima e cínico, ele q põe estas musicas q degrada o sertanejo nas rádios e depois fica se lamentando, o sertanejo ta parecendo uma mistura de forró com axé, ninguem tem estilo próprio. A paula fernandes e o victor e léo q ainda salvam. otima matéria, parabéns.

    • Eduardo: (responder)
      27 de julho de 2012 às 11:01

      Exatamente.

  • Eduardo: (responder)
    27 de julho de 2012 às 09:16

    E outra coisa, não acho que o Jorge esteja preocupado. Pra mim ele só esta jogando pra galera. Lavando as mãos. Ele é um dos caras que mais ganham com a atual situação da música Sertaneja. Gusttavo Lima idem. Eles só estão tentando se livrar do julgamento quando a maré baixa vier. E VIRÁ.

    • gustavo: (responder)
      27 de julho de 2012 às 19:11

      quem estrago esse mercado foi a AUDIOMIX que coloco aquele israel novaes que nao canta NADA so que compôs uma musica peguete, dai pra frente a desg….so foi aumentando com o Michel telo, cara que na época do tradiçao eu admirava mais hoje em dia tenho raiva plena dele.mandando a ai se eu te pego pro mundo e estragando a musica brasileira, alem do que na minha opinião hoje em dia o mercado nao tem sertanejo, e sim músicas do nordeste, arrochas e outras levadas que as pessoas estão considerando sertanejo, mais na verdade o sertanejo de verdade nao esta mais tocando “INFELIZMENTE”, graças a algumas empresas de shows e algumas produtoras de artistas que não pensam no passado de musicas bonitas e musicas de verdade, e pensam sim em ganhar dinheiro, um bando de empresário de Mer… que querem ganhar dinheiro encima da idiotice do povo que gosta das coisas fáceis e que aparecem na novela.
      e gostei muito do seu post marcão, so discordo do ponto que você falou que o seu e o universo competem. na minha opinião os dois blogues se completam, eu curto muito os postes dos dois.
      Parabens Marcão

      • Eduardo: (responder)
        28 de julho de 2012 às 15:26

        Acho que o Michel Teló… sei não. Acho que ele estará nas páginas de: você se lembra? rsss Tem toda a pinta disso. O Michel Teló fez exatamente o contrário do que fez os Los Hermanos com a música Ana Julia(que era um pouco melhor que ‘Ai se eu te pego’), eles se afastaram para não ficar tão marcados com uma música ruim, de corno mesmo… Já o Michel Teló trabalhou para que a música ‘Ai se eu te pego’ ficasse grudada nele. Vai ser impossível ele se livrar dessa música. Ela perseguí-lo para o resto da vida. rsss

  • ZE DO RADIO: (responder)
    27 de julho de 2012 às 09:38

    Na verdade quem ta preocupado com a musica sertaneja é somente os SERTANEJOS, pois o publico em geral, não ta nem aí.. querem saber é de ver o artista que ta tocando no rádio.. ou seja, os grandes pagam as radios… elas tocam.. consequentemente o publico vai querer ir ao show.. salvo dos sucessos regionais.. essa tal crise, que ao meu ver não vai acontecer tão logo, se chegar a prejudicar alguém, vai ser somente os “pobres”

  • Renan: (responder)
    27 de julho de 2012 às 09:42

    è engraçado ver esses caras dando esss declarações e andando de lamborghini,namorando a Xuxa e voando de jatinho,pura hiprocresia querer acabar com um estilo que eles mesmo criaram,o Gustavo dá uma declaração dessas e lança “Gatinha assanhada” esses caras só pódem estar de brincadeira.

    • felipe: (responder)
      27 de julho de 2012 às 09:57

      bem lembrado cara

      • Juh: (responder)
        27 de julho de 2012 às 15:23

        Namorar a Xuxa. Oi? O que isso tem a ver com a carreira deles? Vida pessoal é uma coisa. Musicalidade é outra.

    • Rixx: (responder)
      27 de julho de 2012 às 15:46

      Esse Renan é doente mental, em todas as matérias sobre Victor e Leo ele ataca eles sem nexo nenhum. Acho que é paixão recolhida.

      • Jessy: (responder)
        27 de julho de 2012 às 16:08

        Só pode. Victor Chaves é o cara! Preserva a vida pessoal, só imprensa que fica especulando. Mas ele não sai se exibindo e dando uma de garanhão que nem o Gusttavo Lima. E olha que as supostas do Victor (Xuxa, Paula Fernandes, etc) são superiores a essas dançarinazinhas que o GL sai comprando. Mas Victor não sai tirando vantagem. Se preserva sempre. Ele é profissional, o que ele tem a oferecer é música. O que ele faz de melhor. Exemplo de caráter e profissionalismo.

  • Fernando: (responder)
    27 de julho de 2012 às 09:55

    Com dinheiro é mole, quero ver é duro! rs..rs

  • Eduardo: (responder)
    27 de julho de 2012 às 10:24

    Perguntas que eu não consigo responder sozinho. Como é essa história de comprar festa? Não entendi isso. O cara paga para se apresentar? Acho que isso pode acontecer com novas duplas que queiram se apresentar para grandes públicos e pagam para se fazer o aquecimento dos artistas “maiores” é isso mesmo? Ou até os grandes estão pagando para se apresentar?

    • emerson: (responder)
      27 de julho de 2012 às 23:17

      Tmb quero entender que uma festa como americana que da mais de 60mil pessoas so pode ter jorge matheus pra cantar…sendo ue festa menores leva dois ou tres cantores na noite

      • Eduardo: (responder)
        27 de julho de 2012 às 23:38

        Não é que tenho visto algumas pessoas falarem que os caras compram a festa, compram a exposição? Quem compra? O artista? Eu não entendi a lógica disso.

  • Eduardo: (responder)
    27 de julho de 2012 às 10:45

    E outra questão que precisa ser vista aí. Vem crise para o país. A China não está mais crescendo como estava, isso tem significado econômico muito grande para a música Sertaneja. A grande pauta de importações da China com o Brasil, é o minério de Minas e produtos agrícolas das nossas regiões. E pra esse é o grande motivador, na minha opinião, do Boom da música sertaneja nos últimos anos. Os preços de commodities estão caindo, por falta de compradores, a grana que jorrou no agronegócio e esparramou para a música Sertaneja vai estar cada vez mais escassa de agora em diante. Se preparem.

  • Eduardo: (responder)
    27 de julho de 2012 às 10:52

    Só completando sobre o que disse da crise: aos sertanejos que estão investindo seus caches em genética, em melhoramento genético vão passar aperto mas no fim vão se dar bem, se tiverem grana para aguentar uma crise de 4 à 5 anos. Perde no começo mas se tiverem paciência recuperam no futuro. Agora aqueles que estão investindo em boi de corte… sei não. Acho que esses vão perder uma grana e não vão recuperar.

  • Letícia Dutra: (responder)
    27 de julho de 2012 às 11:06

    Prezo por músicas de qualidade, músicas que me emocionem!Por isso admiro tanto o trabaho de Victor e Leo!!…Adorei a entrevista do Victor Chaves, ele tem atitude, e sabe se expressar super bem!…Falou tudooooooooo!!

  • Gaspar: (responder)
    27 de julho de 2012 às 11:45

    Oi, Marcão.

    • Fabio Roque: (responder)
      27 de julho de 2012 às 12:02

      KKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

      • Gaspar: (responder)
        27 de julho de 2012 às 13:06

        Tô aí, e tenho novidades de profecias para breve…kkk

        Pior, que já até sei e vou adiantar (PROFETIZAR..hehe) os argumentos do Marcão dos próximos posts:

        ——————-

        1) Artisticamente: nunca na história do sertanejo tivemos tanta ruiqueza deritmos, estilos, duplas diferentes. Gravam funknejo, arrocha, musica romantica, modão.

        VERDADEIRO, porém ILUSÓRIO. Meça a qualidade artística individual das duplas e cantores é infinitamente INFERIOR a de outros tempos. Não há vozes marcantes nem cantores artisticamente tão competentes como antes neste novo mercado.

        2) Comercialmente: A música setaneja nunca esteve tão bem comercialmente em toda sua história, os mais altos cachês pagos por quantidade enorme de duplas, muito diferente de outros tempos…etc, etc.

        VERDADEIRO, porém o verdadeiro motivo do APOLIPSE musical. Suicídio da classe devido ao aumento constante de jabas desenfreado e investimentos cada vez mais altos…
        Ou seja, no momento que os investidores se frustarem por não terem retorno desejado (os artistas tem e os empresarios sim, já os investidores geralmente não) e migrarem para outros lados. Tchau sertanejo, bemvindo nova onda do momento…

        ——————–

        Tenho mais a dizer, mas me calarei por hora. Vamos aguardar o Marcão.

        • Eduardo: (responder)
          27 de julho de 2012 às 14:21

          Por aí mesmo. Se o investimento estivesse sendo feito em coisas de qualidade, isso teria retorno em algum momento, mas os investimentos parecem estar sendo feitos para o retorno imediato, e acho que muita gente vai quebrar a cara com isso. Acho que tem gente botando grana e não irá recuperá-la. Ninguém aí dessa galera nova, talvez nem 5 artistas\duplas, estejam fazendo algo que mereça respeito, admiração ou louvor. Talvez nem os que gritam nesse momento.

        • Roberto Bueno: (responder)
          28 de julho de 2012 às 23:37

          Bem colocado!

  • Fabio Roque: (responder)
    27 de julho de 2012 às 12:02

    Ê Marcão, voltou a escrever aqui no Blognejo, hein!?
    O problema é aguentar a ansiedade de ler os outros textos.

  • Eduardo: (responder)
    27 de julho de 2012 às 12:24

    Libera logo os outros textos. Vamos debater logo essa coisa toda.

  • Thiago Elias: (responder)
    27 de julho de 2012 às 12:35

    Você é o cara ! Parabéns meu brother! Baita texto..

  • André Freitas: (responder)
    27 de julho de 2012 às 12:37

    O problema de todo o mundo em geral se chama GANANCIA, e aquela bendita frase TODO MUNDO TEM SEU PREÇO!

    Se as pessoas nao valorizassem tanto a bosta do dinheiro garanto q as pessoas seriam mais felizes… NAO SOU UM ET Q NAO GOSTA DE DINHEIRO, GOSTO E MUITO mais é isso que vejo.

    O dinheiro se infiltro em tudo ESPORTE,MUSICA,POLITICA e aonde pararemos? NUM MUNDO VAZIO E SEM PERSPECTIVA!
    Igual está acontecendo agora!

  • Juca: (responder)
    27 de julho de 2012 às 14:12

    Só sei de uma coisa, Victor Chaves tem muita moral pra falar, diferente de muitos por aí que quer dar liçãozinha de moral.

  • Boré Loureiro: (responder)
    27 de julho de 2012 às 14:32

    Excelente texto Marcão!Parabéns!
    Bom vamos lá!
    Esses dias eu estava me perguntado pq algumas músicas novas me incomodam tanto.É sério cara, tem algumas que chegam a me dar uma imensa tristeza.
    Me incomodava e ficava olhando um monte de gente aplaudindo e venerando certo artista e dando um monte de views pro cara.
    Eu, saudosista que sou, tinha certeza que essa gurizada num bate bem da cachola!
    Mas como condenar um jovem de 16 ou 17 anos que gosta do atual sertanejo??
    É isso que eles tem!Eles não participaram de nenhuma grande revolução na música sertaneja!
    Eles conhecem o sertanejo antigo mas consomem o que toca hoje!Não que eles não gostem do antigo, mas eles não se lembram da primeira aparição do Zezé di Camargo e Luciano no Faustão cantando “É o amor” ao vivo e levando a galera a loucura com aquela nova forma de se cantar Sertanejo.
    Era muito diferente para o que tocava na época, assim como foi com Bruno e Marrone quando estouraram com aquele Piratinha e consequentemente mudando o rumo de tudo de novo.Não que estejamos velhos, mas participamos de tudo isso, então a opinião não vai ser igual mesmo.
    Onde esse novo sertanejo vai parar eu não sei, mas não podemos condenar quem gosta.
    Talvez daqui a 15 anos esse jovem esteja puto também, incomodado com a moda do momento e dizendo:
    “No meu tempo é que se ouvia sertanejo de verdade”.

    • Luiz: (responder)
      30 de julho de 2012 às 20:05

      Nesse ponto, eu posso concordar com você. Tenho 15 anos e escuto sertanejo universitário, mas não gosto. Principalmente com a incrível falta de letra das atuais músicas sertanejas que existem por aí. Já ouvi Munhoz & Mariano, Gusttavo Lima e outros cantores atuais (Logicamente, sou dessa geração atual). Ouço essas duplas e não discuto. Mas caras como Victor & Leo, Paula Fernandes e João Carreiro & Capataz (citando cantores atuais, para não falar CHX, ZCL e Tião Carreiro & Pardinho) tem minha total admiração, principalmente pela musicalidade. Sou compositor e vejo como o Mundo Sertenejo está atualmente. E torço para uma mudança e evolução de letras urgentemente!!

      Abraços

  • Neyzinha Lago: (responder)
    27 de julho de 2012 às 14:46

    Eu como fã da música sertaneja tenho vergonha das atuais canções que estão sendo feitas sinto muita saudade dos discos dos anos 1990 de chitãozinho & xororó mais estes sim ainda continuam fazendo esses discos de qualidade é só ver o DVD e CD sinfônico é simplesmente maravilhoso falar é fácil tentar mudar é que é difícil quando um desses artistas pararem pra pensar e em vez de criticar fazerem seu trabalho bem feitos vão chamar a atenção do publico e dos outros artistas para melhorarem os seu trabalhos ai acredito eu que voltaremos aos belos anos 1990 em qualidade profissionalismo e respeito aos fãs da música sertaneja

  • Teco: (responder)
    27 de julho de 2012 às 15:14

    Tudo que todos queriam com essas declarações de merda, eles alcançaram com este resultado. Pura demagogia !

  • Dalton Troncoso: (responder)
    27 de julho de 2012 às 15:15

    Gostei do texto!Só achei muita puxação de saco pro lado desse Jorge, ele reclama, mais tá sempre junto dessa turminha que canta músicas baixo nível,inclusive até canta algumas em seus shows!…Me poupe!Acredito que o mais coerente,foi o Victor Chaves, por que nunca fugiu dos padrões poéticos de suas canções.

    • Roberto Bueno: (responder)
      28 de julho de 2012 às 23:40

      Lembrando que no repertório atual de J&M tem “gatinha, cê gosta mais… de Red Label ou Ice?”

  • J.: (responder)
    27 de julho de 2012 às 15:21

    Também gostei do que o Victor falou, ele tem moral sim pq nunca desceu o nível e nunca se misturou. Agora esse Jorge vive ajudando um monte de porqueira a crescer. Agora é a vez de se misturar e ajudar esse Israel Novaes. Que moral ele tem? E Jorge e Mateus cantam várias dessas merdas nos shows, essas putarias da moda. Já Victor e Leo não. E Gusttavo Lima?? Sério que Gusttavo Lima ousou abrir a boca? O Gusttavo Lima do TCHERETCHETCHÊ e “Gatinha Safada”? Esse tá com a moral no esgoto. Só tem que calar a boca. Só.

    Viva Victor e Leo. Viva Paula Fernandes. Poetas do sertanejo.

  • Fabio: (responder)
    27 de julho de 2012 às 15:40

    Victor foi muito coerente no que disse. Eu sei que isso traz ira de muitos, principalmente de quem vive de merchandising de música lixo. Jorge é coronel da segunda classe, apesar dele cantar várias músicas boas, mas ele dá moral pra muito cantor fuleira. Engraçado disso tudo, que este post começou a ser feito depois da declaração do Victor Chaves, porque não quando Jorge disse? Será que Dudu Borges não iria gostar? Será birra contra Victor? Todos sabemos que há uma birrinha do blogueiro contra a dupla Victor e Leo. Vamos aguardar próximos episódios da hipocrisia burra.

  • Aspirante: (responder)
    27 de julho de 2012 às 16:19

    Já ficou ainda mais claro de que hoje a música, independentemente do estilo empregado, se tornou negócio. Em 95% dos casos, é puro business, ROI, marketing factoide, e,COMÉRCIO. Literalmente.

    Antigamente quem tinha bastante dinheiro investia em cabeça de gado, em imóveis, em fundos da Bolsa de Valores. Atualmente a onda de alguns “investidores” (em sua maioria aventureiros de plantão) é investir em música, especialmente no segmento Sertanejo que continua em efervescência, com o ÚNICO objetivo de obter LUCRO. Simples assim. Não há valorização da arte em sua essência, não há intuito em fazer música para cumprir o seu verdadeiro papel.

    Já compartilho dessa opinião de que a onda irá abaixar e só ficarão os verdadeiros. Pode ser que leve mais um ano, dois talvez. Mas a virada de mesa ocorrerá. É um tipo de processo que também ocorreu com o Axé e com Pagode e não há como reverter.

  • Daniel Assis: (responder)
    27 de julho de 2012 às 16:21

    Muitos comentarios puxando o assunto pra outro lado!

    Ou é erro de interpretação ou é má-intenção mesmo! :P

    • Tiago Romão de Oliveira: (responder)
      29 de julho de 2012 às 02:57

      Percebi o mesmo meu amigo!!!

  • Joseane Riqueira: (responder)
    27 de julho de 2012 às 19:59

    Se eles andam de jatinho ou de lamborghini seu Renando, é porque ralaram muito, fruto do trabalho sério e competente que fazem,não queira denegrir o nome de Victor e Leo, pois eles sim,fazem músicas sem apelações ou apologia ao sexo!!!É isso ai Vitinho, bota a boca no trombone, que você pode!!!!!!!!

  • emerson: (responder)
    27 de julho de 2012 às 23:08

    Grande texto Marcão, quando a concorrencia dos blogs isso e besteiro eu acho, mercado e grande e espaco pra todos, assim como vc ja fez grande entrevista e blognejo na estrada e sensacional o Piunti e grande jornalista tmb….

    Como ja dito eles incentivam a porcaria me desculpe como alguma musicas que gravam, principalnente Sr Gusttavo Lima, Marco aurelio mesmo criou a camaro amarelo, entao tem alguns ai que estão cuspindo no prato que come..veja se eduardo costa, zeze, joao carreiro se dobra a ma qualidade? Os caras ja tem seu publico nao tem mais o que conquista, ta na hora de visar a qualidade e fechar o mercado para as porcarias….

    Abracaaooo marcaooooo

  • Edilson: (responder)
    27 de julho de 2012 às 23:25

    Até o Zé Henrique (Zé Henrique e Gabriel) se rendeu a essa porcaria de “novo sertanejo” lançando um tal de Ziriguidum e Coisa de Louco duas musicas chatas e horriveis !!!

  • emerson: (responder)
    27 de julho de 2012 às 23:28

    Falta somente uma entrevista do Joao Carreiro, ja que vc e maigo dos caras vc poderia se encaminhar de fazer isto, o dia que o homi falar vai ser o arregaço total

  • Amanda Navarro: (responder)
    28 de julho de 2012 às 01:16

    Galera, vou tentar esclarecer um pouco pra quem tá por fora do meio.
    1º Para as rádios, os artistas viraram anunciantes, que devem pagar para tocar o seu “anuncio” de 3 minutos, muitos discordarão, mas ao meu modo de ver, pode se compor uma grade organizada e do que realmente vai ter exposição a midia (o que não quer dizer sucesso, isso vem depois com muito talento, carisma, respeito aos fãs e trabalho), pois realmente precisa se ter uma boa verba para promover um artista.
    Rádio não é jabá, é formato de anúncio. Mudou.
    2º Marquinho da Audiomix arrebenta em promoção, bota pra rodar um produto facilmente, mas acho que ele deu uma tacada errada com o Israel. Tenho Crowley (Relatório diario de radios do Brasil), e na promoção que ele deu 10 caminhonetes dodge ram para as rádios, as rádios não tocaram o numero desejado de execuções, em algumas sequer foi para o TOP 10 do site. 1 milhão de reais em promoção pro ralo do banheiro.
    Tudo bem, ele tá investindo pesado no menino porque ele obtém 100% da carreira em contrato, paga um saláriozinho pro rapaz e vai investir até estourar.
    Cobrar pelo “anuncio” no caso da rádios é normal, o problema é se cada rádio achar que um novo artista tem que dar 150 mil de jabá pra tocar, sei lá, 1 ano, 6 meses. Dai compraremos os diretores de emissoras igual se compram PUTAS por aí: grana no cash, só que dessa vez em maior quantidade.
    Novamente volta daí o prestígio imediato das majors (gravadoras) que não pagam valores astronomicos e tem a mesma exposição (ou até mais) que esses artistas. Victor e Leo e Paula Fernandes tem um pouco mais de respeito dos profissionais por conta disso: A gravadora (Sony, Universal) vem na linha de frente para a promoção, e não o escritório oferecendo mundos e fundos e deixando de lado a qualidade do artista.
    3º Pergunte a qualquer artista que grava arrocha, ou funknejo ultimamente se esses foram os estilos que eles sempre sonharam em cantar…óbvio que não, ninguém gosta de cantar este estilo, mas são forçados pelos empresários/investidores a fazer o que está dando certo, o que teoricamente daria retorno. Aí está o grande erro. O empresário FODA é aquele que consegue extrair o melhor de seu produto, e não forçá-lo a fazer algo no qual ele não acredita. Será que foi assim nessa maré de fugir do estilo próprio que o Jorge estorou? Victor e Leo? Edson e Hudson? Bruno e Marrone? Paula Fernandes? Todos seguiram a sua verdade e isso foi o que atraiu um publico cada vez maior, independente do jabá que foi pago. O que é sucesso, é o que está acima da compra, acima do dinheiro. É Deus, trabalho, FOCO, auto-critica gigantesca, e é claro, muito talento e carisma.
    O conceito básico pra repertório, que no caso tem se falado muito, é: Artista, Você cantaria essa mesma música daqui a 40 anos? Ou teria vergonha do que fez? Legado e carreira é coisa séria, pense em história, o sucesso vem para aquele que acredita. Você acredita na música que estás a fazer? Procure a resposta.

    Obrigado.

    Atenciosamente

    ……

    • Eduardo: (responder)
      28 de julho de 2012 às 12:36

      Caramba, 1 milhão só pra tocar música é uma cifra que eu jamais imaginei. Esse valor é correto? E o que significa comprar festa? Compra exposição? Como isso acontece?

    • Lucas Vieira: (responder)
      28 de julho de 2012 às 16:42

      Parabéns pelo comentário! Principalmente as últimas linhas, refletem muito bem meu pensamento do que acredito ser importante para o ARTISTA, de fato! Esse negócio de ‘estourar’, tocar em rádio, é fácil, basta ter dinheiro. Carreira de sucesso é outra coisa!

  • Elias do Nascimento: (responder)
    28 de julho de 2012 às 14:38

    O JORGE O SERTANEJO MAIS RESPEITADO DO MOMENTO???ONDE??POR QUANTOS ANOS ELE ENCABEÇOU OS PRIMEIROS LUGARES NA LISTA DO ECAD?QUANTOS MILHÕES DE CD E DVDS ELE VENDEU??AGORA SE FOI O ARTISTA QUE MAIS PARTICIPOU DE DVDS DESSA TURMINHA DE CANTORES FULEIRA QUE FAZ ESSAS MÚSICAS DE DUPLO SENTIDO, CONCERTEZA É ELE!!AINDA RECLAMA…….

  • Dennis: (responder)
    28 de julho de 2012 às 16:38

    O Jorge pra mim não passa de UM BOSTAAAAAAAAAAAA!

  • Elis...: (responder)
    28 de julho de 2012 às 19:09

    Marcus,
    faz uma entrevista com o João Carreiro e Capataz!! Please!!! Acho a letra dessa música fantástica!!

    NÃO TOCA EM MINHA VITROLA
    (João Carreiro & Capataz)

    Esquecendo da cultura;
    tão mudando a postura só pra fugir do lugar;
    É o sertanejo moderno brinco de argola e terno;

    SÓ CANTA COMERCIAL;

    MODINHAS sem fundamento;
    deixando no ESQUECIMENTO toda nossa TRADIÇÃO;
    NÃO SE FALA EM BOIADA é só MODA BAGUNÇADA;
    e o assunto é traição;
    Pode até fazer sucesso mas se tem brinco de argola;
    e se dança e rebola, não toca em minha vitrola;

    Tem quem USA da VIOLA pra LEVANTAR sua BOLA;
    me DÓI no fundo da ALMA;
    Só PENSANDO em ter LUCRO;
    o SERTANEJO FAJUTO não sabe o VALOR da palma;
    Nunca viu fã de verdade;
    que até chora de SAUDADE quando escuta um MODÃO;
    CAIPIRA é sem ESCULACHO não EMPURRA GOELA ABAIXO;

    ESCUTA QUEM TEM PAIXÃO;

    Pode até fazer sucesso;
    Mas se tem brinco de argola e se dança e rebola,
    Não toca em minha vitrola;

    MODA BOA faz sentido;
    NÃO PRECISA de GEMIDO pra DEMONSTRAR SENTIMENTO;
    Fã da moda verdadeira tem a coleção inteira;
    Não só modinha do momento;
    É ignorância minha mas
    Igual galo de rinha meto a espora e firmo a asa;

    ENQUANTO EU TIVER VIVO E DEUS ME DER JUÍZO;

    isso NÃO TOCA lá EM CASA;
    Pode até fazer sucesso
    Mas se tem brinco de argola e se dança e rebola,
    Não toca em minha vitrola

    OBS: MÚSICA PERFEITA!!

  • Fabio Roque: (responder)
    28 de julho de 2012 às 21:42

    Marcãozinho, adoro você meu gordinho fofo ^^. Muito muito fofinho, meu Ursinho Puff.

  • Leo: (responder)
    29 de julho de 2012 às 07:02

    Há muito o que se analisar sobre os fatos. O que houve a concordância de muitos e discordância de alguns foi a seguinte declaração dada por Victor.
    “””Acho que TUDO TEM QUE SER RESPEITADO. Não existe escolher algo para respeitar, você tem que RESPEITAR TUDO, INDEPENDENTE DO GOSTO. Música é uma expressão sua, e a forma com a qual você se expressa pode mostrar quem você é. Esse talvez seja o ponto a se prestar atenção. EU JÁ COMPUS COISAS QUE EU OUVI E PERCEBI QUE JAMAIS GRAVARIA, QUE NÃO TINHA O PERFIL DA MENSAGEM QUE EU GOSTARIA DE PASSAR.

    Só que falando claramente, a realidade é que, no momento, o sertanejo vai muito mal, completamente em baixa. O MOMENTO DA MÚSICA SERTANEJA É CAÓTICO. O termo sertanejo está lá em cima, a música está lá no chão. Pelo que nós sabemos, O CONTEÚDO POÉTICO É PRESENTE NA HISTÓRIA DA MÚSICA SERTANEJA, E HOJE ELE ESTÁ PRATICAMENTE MORTO. Nós tentamos segurar as pontas, fazer nossa parte, colocar um traço poético nas nossas letras. Só que o mercado está atrás de sucessos extremamente fáceis, e isso está sendo a bola da vez. Nós não embarcamos nesse mercado. Quem não sabe de onde veio, não sabe onde está.””””
    Victor claramente expressa que NÃO É CONTRA as músicas atuais, ele só disse que compõe música que expresse verdade. Ele afirma que a música sertaneja é poética isso eu concordo também, a história e a essência da música sertaneja diz isso. Victor e Leo afirmam que não fazeriam esses hits pois não é o perfil deles, não é a verdade deles. Lembrando sempre, eles não são contra.
    Infelizmente o Piunt colocou um pedaço da frase que desvirtuou a sentido do mesmo e que desencadeou esse reboliço todo, não sei se foi por má intenção, ibope ou por outra coisa.
    Tome cuidado Marcão! Para não entrar na onda. Não publique nada sem apurar fatos, cuidado em expressar gosto pessoal, isso pode tirar a credibilidade, sei que você vive de anúncios musicais e muitos deles é hits de momento e que não são considerados teoricamente sertanejos. Deixe de lado rixas, seja bem coerente e imparcial nas suas afirmações.

  • Gaspar: (responder)
    29 de julho de 2012 às 10:52

    Muitíssimo bom comentário, Amanda.

    De certa forma confirmando uma parcela do que já venho alertando e falando há alguns anos.

    Uma pena que já seja tarde para os incautos começarem a perceber o que tanto alertei…

  • Renata Gabeira: (responder)
    29 de julho de 2012 às 12:19

    Victor Chaves tem atitude e gabarito pra falar!Respeita seu público!Realiza seu trabalho com toda dedicação, e muita qualidade, sem se deixar levar por esse modismo dos infernos!……

  • Lucas: (responder)
    29 de julho de 2012 às 16:43

    Jorge pra mim é uma bosta [2]

    Marcão sempre tentando deixar a moral desse povo da audiomix lá em cima. Pq $erá né…

    Merda que se mistura com merda e dá moral pra merda é a mesma merda. Ou melhor, Jorge é o rei das merdas, admirado por todos esses merdas que surgem aí.

    Victor Chaves é respeitado e admirado pelos que fizeram HISTÓRIA e ORGULHARAM o sertanejo. Aí sim dou valor.

  • Rafa: (responder)
    29 de julho de 2012 às 18:56

    Galera votem em Victor e Leo para abertura da copa de 2006 na uol

  • Luana Dunka: (responder)
    29 de julho de 2012 às 22:11

    Leo seu comentário foi perfeitoooo!!!É isso ai,é só ler a entrevista completa do Victor!!O pessoal sempre querendo deturpar tudo que o Victor fala!!Por que será???Despeito??Ou por que ele sempre procurou focar seu trabalho naquilo que ele acredita, e respeitando o seu público!!Victor chaves você é íncrível!!!

  • Maurício Ernandes: (responder)
    30 de julho de 2012 às 14:13

    O André colocou uma parte da entrevista Victor só pra criar polêmica!…Lendo a entrevista inteira, percebe-se o quanto Victor se saiu bem…….falou e disse tudo em poucas palavras!!Acho que esse André também é outo puxa saco do xarope do Jorge!………..

  • Lucas M.: (responder)
    30 de julho de 2012 às 22:36

    O Piunti só queria Ibope meu povo, por isso colocou a entrevista incompleta e daquele jeito, pra criar polêmica. Depois dá uma de santinho.
    Só sei de uma coisa. Victor Chaves tem moral pra falar. VICTOR CHAVES É FODA!

  • Rafa: (responder)
    31 de julho de 2012 às 11:05

    Pessoal! Confiram os bastidores da gravação de Victor e Leo :)

    http://www.youtube.com/watch?v=gqZVpGfhnoA

  • Guilherme(gui): (responder)
    31 de julho de 2012 às 11:07

    Concordo plenamente!!Victor subiu no meu conceito, e o André desceu ladeira abaixo.

  • TÂNIA REGINA MARTINS: (responder)
    31 de julho de 2012 às 14:41

    ACHO QUE TUDO TEM QUE SER RESPEITADO.NÃO EXISTE ESCOLHER ALGO PARA RESPEITAR,INDEPENDENTE DO GOSTO.MÚSICA É UMA EXPRESSÃO SUA,E A FORMA COM A QUAL VOCÊ SE EXPRESSA PODE MOSTRAR QUEM VOCÊ É.EU JÁ COMPUS COISAS QUE EU OUVI E PERCEBI QUE JAMAIS GRAVARIA,QUE NÃO TINHA O PERFIL DA MENSAGEM QUE EU GOSTARIA DE PASSAR.(SÁBIAS PALAVRAS DE UM POETA CHAMADO VICTOR CHAVES!!!)ESSE SIM É O CARA!!

  • Cands: (responder)
    1 de agosto de 2012 às 00:04

    PARA TUDO!!

    Alguém citou ai pra cima que a China tá em crise e não cresce mais, que ela vai parar de comprar minério de Minas….e vcs tão discutindo Jorge, Audiomix, Victor, Piunte e afins?

    hahaha fala sério!!

    Não existe crise de nda…a única crise é esse povo querendo aparecer mais e mais e monopolizando as festas!!

    Já não tem mais graça nenhuma ir a festas de rodeio….são sempre os mesmos artistas…um dia Jorge e Mateus, arrastando Humberto e Ronaldo (que deram o bolo no Sertanejo Pop Festival em BH), no outro Fernando e Sorocaca, carregando Thaeme e Thiago….

    O Brasil tem uma produção de música sertaneja muitissimo maior que esses dois escitórios…mas só se fala deles, só se discute sobre eles…a rixa que existe, as músicas ruins, as músicas boas…quanto pagam ou deixam de pagar!

    Eu insisto….mais importante que ficar repercutindo o que eles falam é comentar e dar espaço pros talentos que não tão nessa leva aí….

    Tem muite gente talentosa pelo Brasil.

    Deixo bem claro que gosto de todos esses artistas que citei, mas não fico refém só do que eles prouzem…como já disse, tem gente muito talentosa que não tá debaixo da aba deles…

    É só procurar….e ser feliz!

    Ps: gostaria muito de ganhar muito dinheiro com meu pequeno blog. Se alguém quiser investir…eu falo bem a rodo, até do Israel Novaes!!! – fica a dica!! ;-)

  • Carlos Alberto Sobrinho: (responder)
    1 de agosto de 2012 às 11:04

    O problema é que esse Jorge e o Sorocaba, são os maiores compradores de eventos grandes, por isso estão em todos, e carregando junto essa turminha que eles apadrinham!!É de causar nojo mesmo!!

  • Maria Emília: (responder)
    2 de agosto de 2012 às 09:43

    Meu amor Vitão como é difícil falar a verdade!!!!Você pode tudo poeta lindo!!Você é transparente e muito cabeça!Sucesso sempreeeeeeeeeeeeeeeee!!

  • Nilda Intur: (responder)
    3 de agosto de 2012 às 11:03

    O cd ao vivo em Floripa de Victor e Leo, em 10 dias vendeu 40mil, e o dvd ao vivo em Floripa que está em pré venda vendeu 20mil, o dvd chegará as lojas apartir do di 06/08.Estou louca pra comprar o meu!!…Vocês são d+++++++++++!!!Victor você é muito inteligente, fala lindamente como ninguém querido.

  • felipe diniz: (responder)
    5 de agosto de 2012 às 09:57

    voces são todos uma cambada de hipocritas vem aqui dizer meter o pau nessas musicas modinhas , mas duvidooo que vcs nunca colocaram as mesmas no carro para sair a noite DUVIDO ! não estou defendendo esse tipo de musica é que a maioria vem comentar aqui se diz o amanate da boa musica ahh para vai se quer esse tipo de musica vai ouvir chico buarque , caetano veloso e esqueça do sertanejo , outra coisa victor e léo são feras como jorge e mateus tbm são , mas agora compara o show das dua duplas e ve quem realmente esta estourado a mais de 5 anos , claro que é jorge e mateus eles não são tão poeticos como victor e léo mas fazem o tipo de musica que quem gosta novo sertanejo adora e quem gosta do tchetcherere tambem agrada quanto a gregos e troianos ja fui no show de ambas as duplas e uma das poucas que todos cantam TODAS as musicas são jorge e mateus e isso é o sucesso tem muito poeta que num sai do feijão com arroz e muitos cantor modinha levando rios de dinheiro pq ? pq tem gente que gosta isso é o sucesso

  • Evelyn Cordeiro: (responder)
    5 de agosto de 2012 às 18:45

    Tal fãn, tal ídolo!!!Não é a toa quem curte essas modinhas rídiculas e voltadas pra cena obcenas, curte também Porche e Chateus!!Em seus shows o Porche(Jorge)também canta essas músicas, por isso todos cantam juntos o show inteiro!!Um copo de cachaça na mão, e um esfrega,esfrega geral!Ao contrário do show de Victor e Leo, um show mais voltado pra família,cheio de energias positivas!!

  • Lara Lemos: (responder)
    6 de agosto de 2012 às 12:03

    O show de Victor e Leo deixa a gente extasiada!!Na moral, só de ver aqueles dois belíssimos em cima do palco, a vontade que se tem é de ficar só admirando eles!O lindo do Victor tocando violão meu Deus, me deixa paralisada!E o Leo com sua voz suave, me deixa encantada!!Já fui em 14 shows deles e não me canso nunca,em cada show sempre o gostinho de quero mais,pois eles são tudo de bommmmmmmmmmm!!

  • Jairo Gonçalves: (responder)
    7 de agosto de 2012 às 14:03

    É isso aí show de bola o show de Victor e Leo!

  • Pyetra Garcia: (responder)
    12 de agosto de 2012 às 17:35

    LINDO! MUITO LINDO O NOVO DVD DE VICTOR E LEO!!……….ELES SE SUPERARAM E ARRASARAM!!!!!!!

Redes sociais
Sobre o autor
Marcus Bernardes é bacharel em direito e entusiasta da música sertaneja. Criou o Blognejo com o intuito de falar de maneira séria e digna sobre o segmento. Hoje é o veículo mais respeitado do meio, sendo referência em coberturas de eventos, lançamentos, entrevistas e análise de mercado.