17 abr 2009 | Artigos
Diário de um cantor sertanejo – A crise tá braba
A popularização da música sertaneja entre os jovens criou um fenômeno cruel: o aparecimento de cada vez mais duplas, uma “mais pior de ruim” que a outra. Pelo menos 90 % delas. Sempre defendi o surgimento de novos artistas e reconheço abertamente que é possível que tais duplas melhorem com o tempo e até cheguem a fazer sucesso (e não é o que mais acontece?). O problema é que tais duplas, quando no início da carreira, tendem a dominar o mercado dos bares, botecos e similares, pelo simples fato de serem mais baratos.

O que eu quero dizer com isso? Bem, tem acontecido um fenômeno inusitado aqui em Uberlândia. Quando eu e meu irmão começamos a cantar na noite (bares), costumávamos receber cerca de R$ 100,00 por show, e ainda levávamos a tiracolo mais três músicos. No fim das contas sobravam cerca de R$ 20,00 por pessoa. Com o passar do tempo, fomos conquistando respeito e, consequentemente, nosso cachê médio aumentou para R$ 280,00, ou seja, R$ 70,00 por músico (como se isso fosse muito).

Tudo ia bem até começarem a brotar do chão, das paredes, dos esgotos, das ruas, enfim, de todos os lugares de Uberlândia e fora dela, cada vez mais duplas. Assim como a gente no início da carreira, essas duplas também não têm qualquer noção do real valor de seu trabalho. Daí a popularização das boates que costumam apresentar 10 duplas ao mesmo tempo, todas cantando de graça. O fato é que aos poucos os donos das casas foram substituindo duplas “velhas de casa” por duplas novas e que cobram mais barato. Nessa história toda, a minha dupla também acabou sendo prejudicada.

Imaginem a seguinte situação: você quer comprar um achocolatado que vc sabe que é bom, mas o momento financeiro é desfavorável, então você acaba levando o achocolatado mais barato ao invés daquele caro de sua preferência. É mais ou menos isso que acontece. Cada vez mais pressionados a diminuir os gastos, os donos de bares acabam dando preferência a quem oferece preço baixo. A qualidade, sem sombra de dúvida, NÃO é importante.

O que fazer numa situação como essa? Bom, existem algumas opções. A primeira delas é ABANDONAR O BARCO, isto é, os mais afoitos podem simplesmente desistir. Outra opção é DIMINUIR O PREÇO, o que implica voltar a um patamar anterior, isto é, retroceder. Imaginem o quanto é difícil para uma dupla perceber que tem que voltar a um nível anterior na carreira, ao invés de somente continuarem numa escala ascendente.

Isso acontece porque nem toda dupla consegue encontrar um empresário competente pra gerir a carreira. É muito mais complicado que parece conseguir encontrar uma pessoa disposta a ajudar de forma séria. A gente está nos botecos há 4 anos e ainda não conseguimos ninguém, mesmo já tendo gastado o que podíamos e o que não podíamos com a gravação e divulgação de um CD comercial e competitivo. Como podem ver, isso não é garantia de nada. E os botecos estão aí, dispostos a nos receber de volta, mas somente se o preço for menor que o de antes.

9 comentários
  • Wiley Schlender: (responder)
    14 de julho de 2013 às 19:31

    I just want to tell you that I am just new to weblog and definitely savored you’re blog. Probably I’m want to bookmark your site . You surely have remarkable articles. Bless you for sharing with us your web-site.

  • Albertina Espada: (responder)
    17 de julho de 2013 às 07:02

    I was very pleased to find this web-site.I wanted to thanks for your time for this wonderful read!! I definitely enjoying every little bit of it and I have you bookmarked to check out new stuff you blog post.

  • visit this website: (responder)
    17 de julho de 2013 às 20:19

    You need to be a part of a contest for one of the greatest websites online. I most certainly will recommend this blog!

  • super fast reply: (responder)
    17 de julho de 2013 às 22:17

    I am no longer certain the place you’re getting your information, but good topic. I needs to spend some time studying much more or understanding more. Thank you for fantastic information I was looking for this information for my mission.

  • This Site: (responder)
    20 de julho de 2013 às 04:54

    I absolutely love your blog.. Pleasant colors & theme. Did you develop this amazing site yourself? Please reply back as I’m attempting to create my very own site and want to learn where you got this from or what the theme is called. Thanks!

  • experiential marketing jobs: (responder)
    20 de julho de 2013 às 10:01

    Sorry for the huge review, but I’m really loving the new Zune, and hope this, as well as the excellent reviews some other people have written, will help you decide if it’s the right choice for you.

Redes sociais
Sobre o autor
Marcus Bernardes é bacharel em direito e entusiasta da música sertaneja. Criou o Blognejo com o intuito de falar de maneira séria e digna sobre o segmento. Hoje é o veículo mais respeitado do meio, sendo referência em coberturas de eventos, lançamentos, entrevistas e análise de mercado.