04 dez 2008 | Lançamentos
Diário de um cantor sertanejo – Divulgar na internet é um ótimo negócio, sim senhor!!!
Eu já vinha querendo abordar esse assunto há algum tempo e vinha adiando não sei porquê. Só que essa semana aconteceu uma coisa que serviu como um sinal para que eu pudesse falar sobre as vantagens de se divulgar o próprio trabalho na internet, quase sempre de graça. Serve como dica para os artistas que, assim como eu, não dispõem dos recursos financeiros necessários para uma divulgação adequada. Também para aqueles que, como eu, não trabalham tanto, mas por vínculo empregatício precisam ficar atrás de suas mesas mexendo na internet o dia todo sem poder sair pra resolver as paradinhas, hehehe.

Pra começar, falemos dos veículos de divulgação de que a internet dispõe. O primeiro e mais acessível deles é, sem dúvida, o Orkut. Através dele, é possível sim atingir um público específico ou nem tanto. Confesso que eu não uso o orkut da maneira que eu deveria. Minha dupla já tem dois perfis oficiais, mas eu quase nunca adicionei ninguém, hehehe. Na imensa maioria das vezes a gente é que é adicionado. Eu atualizo com muito pouca freqüência. Recentemente, no entanto, tirei uma noite só pra ficar fuçando e constatei que o negócio é milhões de vezes mais útil que eu achava. Um dos meus problemas com relação ao orkut é que o servidor proxy do meu trabalho (isso mesmo, eu trabalho além de cantar e blogar, hehehe) bloqueia o acesso. Como eu uso a internet com mais freqüência no trabalho, acabo tendo que deixar o orkut um pouco de lado. Por que vocês acham que o blog até hoje não tem nenhum perfil oficial nem comunidade? Fora o orkut, diversos outros sites de relacionamento têm aparecido por aí. O maior do mundo (My Space), aliás, tem se tornado muito popular no Brasil, sendo inclusive utilizado por gravadoras e artistas graúdos cada vez com mais freqüência.

Uma outra forma de se divulgar pela Internet são os blogs de download. Apesar de serem segregados devido ao teórico desrespeito à lei dos direitos autorais, esses sites têm se mostrado ferramentas importantíssimas de divulgação de artistas iniciantes ou mesmo da cultura sertaneja de uma forma geral. Alguns artistas, inclusive, enviam seus trabalhos para que os moderadores possam postar antes mesmo do lançamento em rádio da música de trabalho. Através desses blogs é possível conhecer muitos artistas independentes que jamais conheceríamos de outra forma. Dentre os principais, podemos citar o MP3 Sertanejo, o Sertanejo Universitário, o Som Sertanejo, o Caipiracity, o Saudade da Minha Terra. Os dois últimos, aliás, contam com um acervo impressionante de discos raros. O ruim é que, para que seja possível postar o próprio CD, dependemos da boa vontade dos moderadores do site. Nem sempre os caras estão dispostos a divulgar o nosso trabalho. Graças a Deus alguns já postaram os meus discos. Só através desses sites pelo menos 3000 pessoas já baixaram os CDs da minha dupla.

Na minha opinião, no entanto, a forma mais eficaz de divulgação grátis, dentro da lei, é a utilização de sites de música independente, como o Garagem MP3, o Bandas de Garagem e, principalmente, o Palco MP3. Nesses sites, apenas o artista (na teoria) ou alguém autorizado pode realizar as atualizações. Apesar de alguns deles permitirem qualquer tipo de postagem, a maioria exige que o artista cadastre apenas músicas inéditas. Como são milhares de artistas cadastrados, é claro que a fiscalização por parte dos controladores do site é quase sempre ineficaz. Mesmo assim o que importa é que nesses sites é possível cadastrar agenda, fotos, vídeos, músicas para download e execução gratuitos e muitas outras coisas. O Palco MP3, o mais completo da categoria, permite inclusive que o usuário que possua domínio próprio registrado (marcusemurilo.com.br, por exemplo) encaminhe o acesso direto para a página do portal sem custo algum. Ou seja, o artista passa a contar com uma página oficial com domínio próprio sem que tenha que gastar nada além da taxa do registro (R$ 30,00 por ano). E olha que essas páginas conquistam cada vez mais adeptos, inclusive gente graúda. A dupla com maior número de acessos no Palco MP3, por exemplo, é a dupla Jorge & Mateus, que por terem contrato com gravadora não são mais “independentes”, conforme o que determina a política do site. Se eles estão utilizando, é prova de que o negócio funciona mesmo.

Uma das provas de que essa divulgação gratuita disponiblizada por sites como o Palco MP3 funciona perfeitamente ocorreu essa semana com a minha dupla. Recebi um e-mail de um locutor dizendo que tinha baixado a nossa música na página do Palco MP3 e passado a executá-la na rádio. A música, segundo ele, conquistou os ouvintes e já estava em sexto lugar na parada da rádio. Detalhe: a rádio é de PORTUGAL!!! Isso mesmo. Dentre os artistas brasileiros com músicas executadas nessa rádio, a nossa dupla estava em terceiro lugar, perdendo apenas para Leonardo e César Menotti & Fabiano, à frente de gente como Amado Batista, Eduardo Costa, Calypso, KLB e até Victor & Léo. Dá pra acreditar? Se não der, clique AQUI e confira com os próprios olhos no site da rádio.

Pra quem é cantor como eu, mas não tem um centavo pra jogar de jabá numa rádio, nada melhor que utilizar esses meios de divulgação gratuita que a internet disponibiliza. Pode ser que o artista não estoure para o Brasil inteiro, porque aí já é querer demais. Mas pelo menos dá pra se surpreender com coisas como essa que aconteceu comigo. Sucesso internacional sem sair do conforto do lar não é pra qualquer um, hehehe. Estou ficando famoso até na Europa. Daqui a pouco vou ter que preparar até uma turnê internacional, hehehe. Humildade, onde está você, minha filha?!?!?!?!?

1 comentário
  • Thayná Gomes: (responder)
    23 de julho de 2014 às 18:29

    Olá pessoal! Estou precisando de seguidores para este blog que eu fiz do mais novo cantor sertanejo Renê Thristan. Espero que vocês gostem!! Obrigado.

Redes sociais
Sobre o autor
Marcus Bernardes é bacharel em direito e entusiasta da música sertaneja. Criou o Blognejo com o intuito de falar de maneira séria e digna sobre o segmento. Hoje é o veículo mais respeitado do meio, sendo referência em coberturas de eventos, lançamentos, entrevistas e análise de mercado.