22 jan 2014 | Notícias
Duas polêmicas, duas tempestades em copo d’água

Parece que a bruxa anda solta esta semana na música sertaneja. Dois grandes artistas (na verdade um artista e uma dupla) se envolveram em polêmicas nas redes sociais por conta de situações que, convenhamos, não justificavam tamanha comoção. O cantor Cristiano Araújo se envolveu em um imbróglio com o cantor Márcio Vítor, vocalista da banda Psirico, por conta de uma música que ele apenas pretendia lançar. E a dupla Munhoz & Mariano foi massacrada nas redes sociais por conta de uma simples foto na qual o Munhoz aparecia empunhando um revólver de brinquedo. Ambos os casos receberam, claro, uma atenção incomum dos veículos de imprensa. O primeiro na Uol e o segundo na Globo.com.

A respeito do episódio envolvendo o Cristiano Araújo, ocorreu o seguinte: a banda Psirico vem trabalhando há algum tempo, já para o carnaval, a música “Lepo Lepo”. No entanto, a banda tem apenas uma autorização que lhes permitia gravar a canção, mas não tinha aquela coisinha a respeito da qual eu venho batendo o martelo insistentemente de uns tempos pra cá: a exclusividade.

Todo mundo sabe que no mercado musical de hoje a exclusividade de uma música de trabalho é algo indispensável. Quantos e quantos cantores já não passaram pelo mesmo problema, de ver a música sendo gravada por um artista maior depois que ela começou a fazer um certo sucesso, tudo porque não quiseram bancar a exclusividade da canção? Isso é um problema corriqueiro. Aliás, falei sobre esse assunto com a dupla João Neto & Frederico em entrevista postada aqui na segunda-feira. A dupla passou pelo mesmo problema com a música “Só de você”. E olha que nesse caso eles tinham exclusividade e tudo.

Aproveitando o fato de a música não ser exclusiva da banda Psirico, o cantor Cristiano Araújo cogitou incluir a música em seu repertório, o que faz sentido, já que se trata de um outro mercado, diferente do da banda. Ele inclusive já vem cantando a música em shows e chegou a gravar uma versão de estúdio da canção, lançada apenas de forma paralela através do Youtube e nas redes sociais. Acontece que o vocalista da banda Psirico, o Márcio Vítor, resolveu se fazer valer de um artifício que, embora válido, parece bem questionável. Ao invés de negociar com os compositores da canção, alegando que não entraria em “leilão” pela música, ele utilizou alguns veículos de imprensa e a amizade que tem com muitos artistas de diversos gêneros, até de fora da música, para promover o que pode ser facilmente considerada uma campanha difamatória contra o Cristiano Araújo, alegando que ele estaria tentando “roubar” a música da banda.

Além de uma reportagem veiculada em um grande canal da Bahia, com direito a depoimento do Márcio Vítor, diversos vídeos foram postados por diversos artistas em redes sociais defendendo a banda e a propriedade da música, sempre com frases como “esse sucesso é do Psirico” ou variações. Entre os sertanejos, o Gusttavo Lima e o Israel Novaes chegaram a demonstrar apoio ao Márcio Vítor. A repercussão foi imediata e, no caso do Cristiano, negativa, o que fez com que ele abrisse mão de trabalhar a música e postasse um vídeo ao lado dos compositores da música explicando o ocorrido.

Mas cá entre nós: quem é o mais errado nessa história toda? O Cristiano por querer gravar uma música que é sucesso no axé, os compositores por quererem apenas colher os frutos do seu trabalho, ou o Psirico por simplesmente negar aos compositores esse direito e ainda por cima promover uma campanha difamatória, que sem dúvida prejudicou a imagem tanto dos compositores, os mais prejudicados nessa história toda (principalmente na questão financeira), quanto do Cristiano Araújo? O Psirico utilizou de uma artimanha altamente questionável para se livrar do pagamento de uma exclusividade, algo que é direito do compositor, e ainda saiu como grande vítima da história.

Sobre a dupla Munhoz & Mariano, a polêmica só é mais um capítulo da atual época em que vivemos, onde o politicamente correto é levado a ferro e fogo de forma extrema. Qualquer declaração, imagem, vídeo, música com conteúdo ofensivo ou algo do gênero pode gerar uma interpretação completamente invertida. Pôxa, uma simples arma de brinquedo gerou tamanho bafafá, sendo que o próprio Mariano avisou que a arma era de brinquedo. Pra piorar, o empresário da dupla aparece na foto empunhando uma faca de churrasco.

Nos dois casos, o que se observa é uma comoção exagerada. Sobre o caso “Lepo Lepo”, algo que deveria ser resolvido nos bastidores ganhou a mídia por motivos que estão longe de serem corretos. Mais uma vez, os compositors é que se foderam, com o perdão da palavra. Deixaram de ganhar um dinheiro que provavelmente lhes seria de grande valia, né?

E sobre a história da foto no Instagram do Mariano, que já foi apagada, não dá pra compreender tanta comoção. Ora, todo mundo assiste filmes de ação, todo mundo assiste novela, todo mundo assiste jornal. Armas fazem parte do cotidiano das pessoas através da imprensa e da ficção. Uma foto com um artista empunhando um revólver de brinquedo não deveria causar tanto impacto assim. Sou um extremo defensor da proibição da venda de armas (isso até antes de levar um tiro), mas sou totalmente capaz de discernir uma brincadeira inocente de algo sério. Há muito mais com o que se preocupar, mas pelo jeito pouca gente se dá conta disso.

56 comentários
  • emerson: (responder)
    22 de janeiro de 2014 às 20:44

    -Marcio Vitor ficou com medo de ela estorar
    nacionalmente pelo Cristiano Araujo, que e
    mto mais conhecido

    -Que sirva de licao para CA ai querer gravar uma porcaria dessa, musica fraca.
    E o Gusttavo Lima tao amiguinho do CA eim? Outro que tmb
    regravou sucesso do arrocha “Fui fiel”, deveria ter ficado pianinho.

    -E as musicas sertsnejas q sao lancadas aqui e no dia seguinte ja sai em
    versao de forro?

    • bruno santos: (responder)
      23 de janeiro de 2014 às 09:14

      E as musicas sertanejas q são lancadas aqui e no dia seguinte já sai em
      versão de forro?

      pesquise bem. nos últimos dois anos tem acontecido justamente o contrario.

      • Ronaldo: (responder)
        24 de janeiro de 2014 às 01:32

        Não viaja! Forró é lixo igual funk….

      • emerson: (responder)
        24 de janeiro de 2014 às 07:05

        Vc que esta desinformada, as musicas gravadas por sertanejos todas tem autorização, agora as gravadas em forro nem sempre tem autorização.

        Gustavo Lima mesmo disse eu gravo um cd aqui na semana seguinte ja regravam ele em forro.

    • Fabricio: (responder)
      23 de janeiro de 2014 às 14:29

      QUEM É ESSE CRISTIANO ARAUJO ? SERÁ QUE COM ESSA POLEMICA ELE VAI FICAR FAMOSO ?

  • rafael: (responder)
    22 de janeiro de 2014 às 21:06

    Sobre essa música do Cristiano Araújo, ela é uma bosta, mas parece que pegaram ele para Cristo por ele ser sertanejo. Diversos outros artistas gravaram essa música, e na maioria sem pedir autorização dos compositores. É só dar uma olhadinha por aí. Mas aí vão vir com aquele papo de que não é uyma gravação, e que apenas uma rádio foi transmitir o show e eles cantam no show e por causa dessa gravação a música passou a circular pela internet e rádio. Uma balela não é mesmo? Sem dúvida nenhuma essa foi uma reação por causa do Cristiano ser sertanejo e os caras estarem putos da vida que a gente domina todas as paradas e no final das contas os compositores todos querem que os sertanejos gravem suas música por darem maior retorno para eles. É o comércio. Lamentável é sertanejo atacando sertanejo, principalmente sertanejo que faz esse tipo de regravação constantemente como o gusttavo lima. Eu acho essa música uma merda, e a galera que segue essa linha uma tremenda bosta, mas é sertanejo, mesmo que pela metade ele é sertanejo e a gente tem que se defender, porque esperar que os outros nos defendam é uma coisa completamente ridícula. Sertanejo atcando sertanejo é a coisa que mais me entristeceu nessa história aí. Nós temos que ser unidos sempre.

    • Danny Oliveira: (responder)
      21 de abril de 2014 às 18:46

      Conversando com um amigo meu,ele achou q era exagero da minha parte,mas nessa polêmica toda notei uma coisa:Gusttavo e Israel,q se dizem “companheiros” do Cristiano,o apunhalaram pelas costas.Os três cantaram juntos nos botecos da vida por tempos,o Israel vem de um Estado onde o tecnobrega tem força (o Pará) e ao invés de apoiar seu “companheiro” ele faz isso?O pior de tudo é q ainda sobraram ofensas pessoais contra o Cristiano.Uma “pseudo-apresentadora” de um canal falido (a MTV) q tinha um enorme preconceito contra os sertanejos o chamou de “tampinha”.Mal sabe ela q esse “tampinha” arrasta multidões por onde vai,está estourado no País inteiro e sempre dá força pra quem está começando,enquanto ela…por onde anda mesmo?Pois é…A corda arrebenta do lado mais fraco,mas a gente sabe quem está certo e quem está errado na história toda…

  • rafael: (responder)
    22 de janeiro de 2014 às 21:10

    Munhoz e Mariano já estão entrando nos passos do funk segurando armas por puro exibicionismo. Já profetizei aqui, logo estão defendendo o crime, o roubo e coisa e tal. Esperem para ver. Os caras nem são sertanejos nem nunca foram.

    • Rafael Borges: (responder)
      23 de janeiro de 2014 às 09:01

      Ah tá,…virou profeta agora… rsrsrs só por Deus esses comentários

  • Jaquisson: (responder)
    22 de janeiro de 2014 às 21:11

    Gusttavo Lima muy amigo.

  • rafael: (responder)
    22 de janeiro de 2014 às 21:32

    kkkk fui no twitter ver o que o povo estava falando do munhoz e mariano, e não deu tanta discussão assim por lá, mas encontrei um funkeiro reclamando que se fosse um deles todo mundo estaria os acusando de apologia ao crime. Olha aqui o mimimi do sujeito>>> https://twitter.com/emicida/status/426054178687811584

  • Renan - SP: (responder)
    22 de janeiro de 2014 às 21:40

    No caso do Mariano:
    O problema não é ele, e sim certos fãs retardados que podem levar a foto do ídolo ao “pé da letra”, inclusive as criancinhas que gostam do camaro,e aí fazer alguma bobagem por “pouca coisa”.
    No caso das regravações, já opinei ontem.
    É muito choro, pra pouca verdade musical.
    Os caras cantam o querem nos shows, mas gravar num cd não pode?
    São mais preocupados com o sucesso, do que com a música em si.
    Música é feita para as pessoas, domínio público, compositores, cantores, deixem o orgulho de lado, a música lhe pertence até um certo momento, depois de lançada, aí é de quem gosta.
    Exclusividade é coisa de Rede Globo, todo mundo tem que ter o direito de cantar o que gosta e o que quiser.

  • Valdir: (responder)
    22 de janeiro de 2014 às 22:20

    Parece que a Audiomix se incomoda muito com o Cristiano Araújo. Tá na cara que os depoimentos do Israel e do Gusttavo Lima foram arquitetados pelo pessoal de lá….
    Mais um indício do racha no meio sertanejo.
    Parece que perderam a noção de que juntos eles só fazem reforçar o próprio mercado no qual atuam. Eles que abram os olhos ou o resto engole eles guela abaixo. ou você acha que o GL se contentaria em fazer shows só pelo centro oeste, MG, interior de SP e outros estados verdadeiramente sertanejos!

    • Ana Flavia Santos: (responder)
      23 de janeiro de 2014 às 01:11

      Olha eu sinceramente acho que a Áudio Mix não precisa desse tipo de coisas pra sobreviver não.Nem sempre o que os cantores postam nas redes sociais.Sao por influência deles nao.E tem outra ate onde eu sei.Eles não tem problemas com o Cristiano nao.Ambos os cantores são muito humildes e não precisam de coisas do tipo pra sobreviver não.Acho que as vezes as pessoas tem que analisar o que fala.Pois a ” imprensas existe” e eles so querem ganhar o deles.Tanto que existe uma boa polemica sobre o JeM que é a mais pura mentira do mundo.Vamos analisar as coisas ne.

      • Paulo Ricardo: (responder)
        23 de janeiro de 2014 às 01:28

        Então isso é mentira Ana Flavia? http://instagram.com/p/jaPj5Wiy6d#

      • Cleuber Zago: (responder)
        23 de janeiro de 2014 às 17:49

        Perdão, mas isso só é prova de que você realmente não conhece o meio em a atual música sertaneja se encontra…
        É exatamente como aquele ditado: “Cobra comendo cobra.”

  • teco: (responder)
    22 de janeiro de 2014 às 23:24

    Isto só mostra a maldade corporativa que se tornou este mercado. Alguém aí ainda espera um novo “amigos”, esqueçam !! O b o ” mercado, o produto,o escritório, não deixam ” Sobre a foto eu do falo algo um pouco mais abrangente: estaríamos nos agora na época do “SERTANEJO OSTENTAÇÃO”????

  • OO Violeiro: (responder)
    22 de janeiro de 2014 às 23:39

    Estranho logo gusttavo e israel ambos que cantaram no caldas com o cristiano araujo aprontarem isso… Ou houve algo muito sério entre eles ou então foi pirraça dos membros da audiomix, mt feio Gusttavo lima que se diz tão humilde e tantas coisas mais fazer uma coisa dessa, atitude muito feia, mt mesmo… Eu como fã digo que nao me enche mais tão os olhos depois de tal atitude

    • Paulo Ricardo: (responder)
      23 de janeiro de 2014 às 01:08

      Justamente o Gusttavo Lima que é um dos envolvidos na presepada das regravações da Ponto G. Música que estava há milhões de anos na gaveta, e que os oportunistas resolveram pegar carona depois que Edy Brito e Samuel a estouraram. O Cristiano deveria seguir o exemplo e fazer um video em apoio ao Edy Brito. Decepcionante.

  • Phaell Cesar: (responder)
    22 de janeiro de 2014 às 23:41

    Bom a musica “Só De Você” gravada pelo João Neto & Frederico era uma composição do Jairo Góes, que depois foi gravada pelo Guilherme & Santiago e acabou sendo sucesso com eles, porém não foi a única musica que Guilherme & Santiago ofuscaram cogitando um problema para uma dupla de menor nível não, em 2004 eles gravaram a linda “Magia e Mistério” dos compositores Bob e Joe, que na época iria beneficiar João Bosco e Vinicius.
    Sobre essa musica “Lepo Lepo” aí, eu acho que o Psirico não tem o direito de impedir que um outro artista grave a musica, quem tem o total direito de fazer isso é o autor da obra, que na minha opinião nunca deve ficar em desvantagem, porém nessa caso se os compositores liberaram, ninguém tem que fazer campanha contra e tal não.
    O autor da obra tem o direito de autorizar e não autorizar o uso de sua obra, e tem todo o direito de receber o que lhe pertence, isso é lei.
    Sobre o caso do Munhoz e Marino, pô meu, a arma sendo de mentira ou não, acho que tem que tomar cuido com o que fazem, com o que se expõe, o Mundo perdido do jeito que está hoje em dia, e colocar um foto dessas não é nada agradável, acho que o artistas tem que saber o que faz, afinal eles influenciam pessoas ao redor, e acho que uma foto dessas foi um vacilo total.

    • Paulo Ricardo: (responder)
      23 de janeiro de 2014 às 01:15

      Haha.E o João Bosco e Vinicius aprenderam certinho como se faz, e depois gravaram Falando Sério e Sufoco, atrasando a carreira do Luan Santana.

      • Phaell Cesar: (responder)
        23 de janeiro de 2014 às 09:30

        Pois é mas se bem que Sufoco e Falando Serio são composições do Luan Santana, acho que na época ele nem deve ter ligado, ele queria mesmo é ganhar o seu, acho que se fosse musicas de outros autores e o JB & V gravasse o Luan ficara chateado.
        Acho que nesse caso foi diferente.

        • Marcela: (responder)
          23 de janeiro de 2014 às 11:56

          Está equivocado, “Sufoco” e “Falando Sério” NÃO são composições do Luan Santana. Ele as gravou, as músicas começaram a andar bem, ai veio o JB&V com mais R$R$ e o resto da história a gente já sabe. O mundo gira… e como o outro disse, só serviu pra atrasar o sucesso do Luan Santana. Mas algumas histórias não terminam assim…

          • Paulo Ricardo: (responder)
            23 de janeiro de 2014 às 12:28

            Na verdade a “Falando sério” é da Elizandra e a Sufoco é do Daniel Damasceno com o Fred (ex Fred e Gustavo). E as gravaçoes de JBeV atrasaram sim a vida do Luan. O Sorocaba mesmo vive dizendo que antes da Meteoro, o Luan gravava um trabalho, e artistas maiores vinham e regravavam.

            • Phaell Cesar: (responder)
              23 de janeiro de 2014 às 14:15

              Pois é não tenho o cd do João Bosco & Vinicius que credita os compositores das duas musicas, pois tem muitos sites por aí que informa que o compositor é o Luan Santana, mas obrigado pela correção.

  • Douglas: (responder)
    23 de janeiro de 2014 às 01:15

    DUAS POLÊMICAS, DUAS TEMPESTADES EM COPO D’ÁGUA E DUAS MERDAS.

  • emerson: (responder)
    23 de janeiro de 2014 às 07:11

    Ridiculo a atitude do Gusttavo Lima, do Israel Novaes nem falo pq esse ai nem sertanejo é.

    Engracado que em Novembro estavam todos alegrinhos cantando no Caldas. A falsidade e grande demais.

    Talvez o Gusttavo Lima não seja tão verdadeiro o quanto ele tenta mostrar, e so ver seu distanciamento de certos artistas.

  • Carlos Junior anps: (responder)
    23 de janeiro de 2014 às 07:58

    Pra começar o Israel Novaes não pode entrar em polemica nenhuma, pq Vó to estourado era de uma banda de forró, e outra que ele nem sabe cantar direito.
    Ja o Gusttavo Lima gravou uma musica que o proprio Cristiano Araujo tinha acabado de gravar, mente pra mim.
    Na minha opniao isso é mais um ciume de ver a musica estourar com Cristiano Araujo, depois do que G. Lima fez acabou esse cara, ja achava ele nojento, agora deu pra perceber porque todos artistas citam ele quando tem confusão.

  • alessandro: (responder)
    23 de janeiro de 2014 às 08:24

    Pura idiotice, antes do Cristiano duas duplas sertanejas já haviam gravado esse tal de lepo lepo, uma delas foi o Evandro e Henrique, a outra nao lembro, foi só o CA gravar pra dar essa polemica toda, só pq o cara ta no auge.

  • Fabio Roque: (responder)
    23 de janeiro de 2014 às 08:43

    Tudo palhaçada!

  • lele da cuca: (responder)
    23 de janeiro de 2014 às 09:18

    Fluminense entrou com um recurso e a música lepo lepo não é mais de Psirico nem Cristiano araújo

    • Leonardo: (responder)
      23 de janeiro de 2014 às 11:15

      kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  • Phaell Cesar: (responder)
    23 de janeiro de 2014 às 09:40

    Olha como eu disse acima, quem tem que decidir quem vau gravar a musica ou não é o autor da obra, “os compositores” só eles tem esse direito, quem não é dono da musica tem que ficar no seu canto, “não tem essa de exclusividade” o compositor vive em função de vender o seu peixe, e sobre essa de outros cantores apoiarem a gesto errado do Psirico, é furada, desde quando musica é musica sempre existiu regravações, roubo de musicas, adaptações, sempre existiu,até porque eu pago pra ver se existe no mundo um cantor que nunca regravou uma musica.

  • Leonardo: (responder)
    23 de janeiro de 2014 às 11:14

    Na moral? Gusttavo Lima e o Israel Novaes, mas principalmente o gusttavo, foram dois cuzões por postarem aqueles vídeos, pq no caldas country os 3 eram amigos pra kct, cantaram musicas juntos e tal. E pq principalmente o gusttavo? pelo simples fato de ele ter feito praticamente a mesma coisa com a fui fiel do pablo do arrocha, falando que era música dele, o cristiano não fez nada de errado, psirico não tinha exclusividade, pq outros artistas não podem gravar? É uma pena esses fatos, é como disse o marcão, tempestade no copo d’água.

  • Leonardo: (responder)
    23 de janeiro de 2014 às 11:17

    hm, israel tbm tinha feito isso com vó estourado, bem lembrado, e israel novaes não sei nem porque falou alguma coisa q nem pra cantar ele serve, é só ver um show ao vivo dele pra vc ver q é uma merda

  • Lucas Vitor: (responder)
    23 de janeiro de 2014 às 11:36

    Relutei muito em ouvir a tal “música da discórdia” e….e nada, deveria nem ter perdido o tempo em ouvi-la.

  • danilo: (responder)
    23 de janeiro de 2014 às 12:24

    Munhoz e Mariano estão fazendo pose, é a imagem que eles estão construindo, isso é marketing planejado pela assessoria deles. Eles são funkeiros e não sertanejos e muito me estranha esses caras estarem em festas sertanejas que são absolutamente o oposto desse tipo de comportamento. Pra mim a presença deles nas festas sertanejas mostra que nossas festas não tem tradição e seus promotores não tem nenhuma ligação com Deus e a religiosidade que envolvem nossas festas. Quanto à gravação do Cristiano Araujo mostra bem como os artistas de Axé são unidos e repelem os de fora do mercado deles, diferente dos artistas sertanejos, principalmente os dessa linha funkeira que não tem nenhum compromisso com as tradições e a história da música sertaneja. Eu se fosse o Cristiano botava a música para rodar à toda velocidade, ela vai pegar muito mais com ele do que com esse artista da Bahia, e mesmo sendo uma merda, torço para que ela exploda com ele, para calar a boca dos reacionários que não aceitam o domínio sertanejo da cena nacional de música. Bota pra foder Cristiano, quero ver essa gente chorar quando a música estiver dando 2 mil execuções por semana nos relatórios da corwley.

  • danilo: (responder)
    23 de janeiro de 2014 às 12:29

    E eu tenho pena dos imbecis que acham que o que Munhoz e Mariano fizeram foi sem querer. Essa polemica foi calculada, eles queriam essa repercussão. Só quem não entende de marketing acha que eles foram descuidados. Eles queriam essa polemica pois não estouram mais música nenhuma e a maquininha de gerar views que eles usaram no camaro amarelo não funciona mais. Essa história de views do youtube como base de sucesso não cola em mais ninguém.

  • Juliano Azenha: (responder)
    23 de janeiro de 2014 às 13:22

    Esse Marcio Vitor é um mala, e como sempre quem leva a pior é o compositor, bando de miseráveis que gastar rios de dinheiro com divulgação e não tem a decência de pagar pela exclusividade da música e me espanta saber que o Gusttavo Lima tenha apoiado o Márcio nessa história, afinal ele é mestre nisso, o maior exemplo é a música “Ponto G”, o que nesse caso é do mesmo seguimento, povo podre, não quer que ninguém mais grave a música? então pague pela exclusividade, simples assim, o Cristiano Araújo tá no direito dele.

  • Raphael: (responder)
    23 de janeiro de 2014 às 13:55

    Quem diria o Gusttavo Lima fazendo isso. Sou fã, ou era, essa atitude dele foi ridícula. Vamos aos fatos:
    1º) Cristiano Araújo grava a música “Mente pra Mim”, trabalha ela e posteriormente o próprio GL grava a música e começa a trabalhar a mesma.
    2º) Começa a cantar em seu show a música “Fui Fiel”, dizendo ser SUA música nova, música dele, sem mesmo o Pablo saber, ter autorizado, como disse o próprio em uma entrevista.
    3º) Essa tal de Ponto G, que essa dupla gravou e o Gusttavo Lima já pegou o bonde e gravou também.
    RIDÍCULO! A PESSOA FALA MAL DA OUTRA E FAZ PIOR!!!!

    Agora esse LIXO de Israel Novaes, o PIOR show que eu presenciei!
    Estorou através de uma participação junto com Zé Ricardo e Thiago, gravando a própria música como abertura no seu DVD, além da Alô Vó, que era de uma banda do nordeste.
    OBS: O cara foi fazer o vídeo defendendo o Márcio Vitor, e ainda cantou o refrão errado, LIXO.

    • Carlos Junior anps: (responder)
      23 de janeiro de 2014 às 15:25

      CANTOU MESMO, ELE FALOU RA TATATA, KKKKKK LIXO DEMAIS.

  • ramires: (responder)
    23 de janeiro de 2014 às 15:28

    Vários artistas gravaram essa “lepo lepo” e está divulgando nas redes sociais. A banda de forró ‘Aviões do Forró’ gravou a música, e está espalhando o link para download nas redes sociais. Nem sei se eles tem autorização dos compositores para gravar, mas gravaram, e também não estou fazendo julgamento, só estou chamando a atenção para o fato de que não houve a mesma reação quando artistas que não eram sertanejos gravaram a música. Achei muito forte toda essa reação da classe artístca dizendo “é da Bahia” quase como uma ameaça, “não meche com a gente”. Achei um absurdo que ninguém se atinou para repudiar. Quanto ao Gustavo Lima e ao Israel Novaes é óbvio que eles tomariam essa medida afinal eles vão desfilar com trio elétrico em Salvador e estão tentando se livrar de algum tipo de represária por serem sertanejos e próximos ao Cristiano. Acho que os trios sertanejos são são bem quistos por lá porque a mídia nunca deu uma única vírgula da participação sertaneja nesses últimos anos. Nunca vi nessas transmissões que sempre fazem do carnaval da Bahia aparecer um desses trios sertanejos. Não sei se o boicote aos trios sertanejos é apenas da mídia, ou se os sertanejos também são colocados em alguma rota que passe longe dos camarotes da televisão. A prefeitura de Salvador deveria agradecer pelos sertanejos estarem na festa deles por eles levarem o público sertanejo para salvador no carnaval. É óbvio que essa reação do gusttavo e do israel é por causa disso. E também não sei o que sertanejo tem que ir fazer no carnaval de Salvador, os caras já são putos porque dominamos as paradas do Brasil e quando chega o carnaval eles querem brilhar sozinhos mas aparecem por lá os sertanejos para disputar espaço onde eles gostariam de reinar absoluto. Fica claríssimo nessa história é como os artistas da Bahia são unidos e os sertanejos sempre desunidos e egoistas, incapazes de fazer qualquer gesto de união do grupo.

    • bruno santos: (responder)
      23 de janeiro de 2014 às 21:00

      falou muita besteira brother.
      como no resto do brasil, o sertanejo domina as paradas na Bahia.
      Pena que a maioria dos artistas tem medo de fazer show aqui em salvador.
      o sertanejo é muito bem vindo aqui no carnaval de salvador. não há preconceito nem boicote algum. verdade que os blocos sertanejos não tem muito destaque na mídia, mas não por “boicote”, e sim por quase sempre serem os primeiros a desfilarem e justamente em horários onde não há transmissões.
      e só pra completar, o bloco Pirraça(Jorge e Mateus) é um dos mais vendidos.

    • leandro: (responder)
      24 de janeiro de 2014 às 12:48

      Esse negócio de “é da bahia”se fosse o contrario, “é de Sao Paulo”, “é do Goias” seria preconceito com o povo nordestino…

  • cristiano: (responder)
    23 de janeiro de 2014 às 15:38

    Papo firme com meu xará Cristiano Araujo: quero ver essa música, “Lepo lepo”, explodir com você. Vamos brother, bota pra foder quero ver essa música estourada na sua voz. Sem brincadeira, agora é questão de honra pra você e pra música sertaneja. Vamos atropelar, sertanejo não recua nunca, vai pra cima. Bota pra quebrar. Abraços

    • bruno santos: (responder)
      23 de janeiro de 2014 às 21:04

      já ouviu falar que uma andorinha só não faz verão?
      “Sem brincadeira, agora é questão de honra pra você e pra música sertaneja. Vamos atropelar, sertanejo não recua nunca, vai pra cima. Bota pra quebrar”
      o Cristiano Sozinho vai fazer essa revolução ?
      acho difícil… sou fã dele, mas o Cristiano ainda é peixe pequeno…

    • emerson: (responder)
      24 de janeiro de 2014 às 07:07

      So de raiava a turma deveria ir todo dia la e da um play so pra contar uma visualização, nem escutar deveria, pq a musica e ruim demais haha!

      Mexeram com a turma errada..olha que aquela ridicula da Astrid falou.

  • Tiago Alves: (responder)
    23 de janeiro de 2014 às 21:06

    Era fã do Gusttavo Lima até conhecer pessoalmente a uns anos atras quando nem era tão famoso ainda. Ali percebi o quão falso o cara era.
    E sobre o Israel Novaes nem precisa comentar, o cara não sabe nem cantar, quanto mais dar alguma opinião sobre musica!

  • Divino: (responder)
    24 de janeiro de 2014 às 00:04

    ISRAEL NOVAES?? DEVERIA TOMAR VERGONHA NA CARA E FAZER AULA DE FONOAUDIOLOGIA, PRA VER SE MELHORA O FANHO DE SUA VOZ RIDÍCULA, COM SUA MUSIQUINHA MAIS RIDICULA AINDA!!!!!

  • Divino: (responder)
    24 de janeiro de 2014 às 00:08

    GL?? outro ridículo que so apareceu graças a “mãozinha” de JORGE E MATEUS!! Senão ainda estaria naqueles showsinhos de barzinhos, pq é outro RIDÍCULO e ainda por cima INVEJOSO!!!

    • jeferson: (responder)
      24 de janeiro de 2014 às 21:55

      mãozinha de jorge e mateus assim como foi com o Cristiano Araujo, lembra ?

  • emerson: (responder)
    24 de janeiro de 2014 às 07:20

    Uma coisa e fato, enquanto GL ficou com uma boa reputacao na Bahia ele se queiou de vez no mundo dos sertanejos.

  • Elias Ramon: (responder)
    24 de janeiro de 2014 às 20:51

    Que contradição Marcão. Você esquerdista reclamando do “politicamente correto”.

  • goiano: (responder)
    28 de janeiro de 2014 às 13:44

    veja o seguinte: Olha só a presepada que fizeram com o Cristiano Araújo! E, concordo com o marcão! esse márcio vitor não tem que encher saco pq não detém a exclusividade! leia-se Direito autoral em sentido lato! mas, como toda profissão tem sempre aqueles falsários idem Gustavo lima e Israel novaes que deveriam apoiar o Cristiano! O Gustavo Lima é outro aproveitador lembre-se do Ponto G, e do Fui fiel. já o Israel Novaes “Lixo musical” deveria procurar outra profissão, menos ser crítico musical” Pronto # falei

  • luana: (responder)
    29 de janeiro de 2014 às 20:28

    uma pena o CA se sujar com lepo lepo… mas cá entre nos o israel novaes gravou vo to estourado de garota safada, humberto e ronaldo gravou dia de sorte que é de avioes do forro mateus e kaua regravou segunda opção tbm de garota safada…
    o cris tbm regravou empinadinha e é so chear e beijar do garota safada tbm… eduardo costa regravou os dez mandamentos do amor,que é antiiiiga do mastruz com leite…enfim psirico quer aparecer as custas do cris!!!
    PS- MARCAO FAZ UM POST INTERESSANTE FALANDO DO ESTADO DE SAUDE DO JOAO CARREIRO POR FAVOR!!! BEIJOS

  • Ademar: (responder)
    25 de fevereiro de 2014 às 12:11

    No Paraná tem dupla usando esta Musica LEPO LEPO para promoção pessoas e fazendo sorteios de bones e ingressos de shows, isso pode.

Redes sociais
Sobre o autor
Marcus Bernardes é bacharel em direito e entusiasta da música sertaneja. Criou o Blognejo com o intuito de falar de maneira séria e digna sobre o segmento. Hoje é o veículo mais respeitado do meio, sendo referência em coberturas de eventos, lançamentos, entrevistas e análise de mercado.