20 jun 2009 | Lançamentos
E agora, Zezé? # 1

A festa acabou, a luz apagou… Trocadilhos à parte, vamos ao que interessa.

O nosso correspondente especial para assuntos zezedicamargoelucianísticos, Erik Fernandes, mandou uma notícia interessante. Zezé di Camargo está respondendo a um processo trabalhista movido por um segurança pessoal demitido em 2002. Acontece que a ação ainda está tramitando e continua causando dor de cabeça a ele.

Recentemente Zezé foi considerado revel, já que enviou a esposa Zilu para representá-lo sem um documento de preposição. Isso significa que era para ele comparecer e não foi, mandando uma pessoa que nada tinha a ver com o caso. Tudo bem, desde que ele enviasse o documento de preposição, o que autorizaria a Zilu a participar da audiência.

O caso envolve um ex-segurança pessoal do cantor, contratado após os problemas envolvendo o sequestro do irmão Wellington. O rapaz pede todos os benefícios a que um trabalhador regular tem direito. Acontece que o mesmo é policial militar, o que, segundo a defesa, desconfiguraria o vínculo de emprego entre ele e o cantor. Afinal de contas, trata-se de um bico, a bem da verdade.

É esperar pra ver como o Zezé vai se livrar dessa. Em breve (uns mil anos, já que a justiça é leeeeeeeeeenta), o resultado da ação. Mais detalhes AQUI.

Comente

Redes sociais
Sobre o autor
Marcus Bernardes é bacharel em direito e entusiasta da música sertaneja. Criou o Blognejo com o intuito de falar de maneira séria e digna sobre o segmento. Hoje é o veículo mais respeitado do meio, sendo referência em coberturas de eventos, lançamentos, entrevistas e análise de mercado.