13 fev 2013 | Notícias
Eles precisam mesmo ser melhores amigos?

Desde que a dupla Jorge & Mateus surgiu, boatos sobre uma possível separação os cercam. Às vezes com maior intensidade, às vezes com menor. Obviamente, os boatos nunca se confirmaram. A semana passada foi uma semana de maior intensidade desses boatos. O motivo foi uma matéria de um site (não me lembro qual) que dizia que Jorge & Mateus teriam acirrado a “briga já existente entre eles” durante o Brazilian Day, em Nova York, com o Jorge deixando o Mateus para trás e voltando ao Brasil sozinho em seu jatinho particular. Desde essa data eles não estariam se falando, segundo a tal matéria.

Desde então, como sempre acontece, começaram as perguntas dos fãs e as cobranças para que eu e outros veículos escrevêssemos algo a respeito. Como em todas as outras ocasiões nas quais os boatos sobre uma separação da dupla estavam se propagando, eu não escrevi nada. Se eu fosse escrever sobre os boatos de separação da dupla Jorge & Mateus, teria que montar um blog só pra isso, porque esses boatos existem desde sempre. O mais legal é que os propagadores destes boatos sempre têm a mais absoluta certeza de que se tratam de fatos reais.

Durante o Carnaval, entretanto, os boatos da semana passada se tornaram ainda mais intensos por conta de uma matéria postada no site Movimento Country, do meu brother Hedmilton, colega no portal R7 (abração, Hed, rs). Segundo a matéria, O Mateus estaria inclusive gravando um disco solo, o que de acordo com o texto “não era segredo pra ninguém”. Ainda de acordo com o texto eles teriam se apresentado no carnaval de Salvador brigados.

Pois bem, algumas horas depois o empresário da dupla, Wendell Vieira, que é quem geralmente responde por eles nas redes sociais, já que o Jorge não tem perfil oficial em nenhuma delas e o Mateus pelo jeito abandonou sua conta pessoal no Twitter (sem contar que a dupla não costuma fazer uso de notas oficiais por meio de assessorias de imprensa em casos como esse), usou sua conta no microblog para ironizar a notícia e desmentir todos os fatos apontados na nota, dizendo que o Jorge não tem jato particular, que o Mateus não está em estúdio gravando o CD e que eles não estão brigados. A dupla está inclusive preparando o próximo disco.

Esse episódio apenas expõe mais um capítulo dessa saga da “separação” da dupla Jorge & Mateus, que está para acontecer, segundo os boatos, há uns 4 anos, mas que nunca acontece. O fato é que a relação entre os dois difere e muito do que o público e os fãs de música sertaneja estão acostumados. A cultura da dupla de “irmãos”, difundida desde os primórdios da música sertaneja, mas evidenciada durante os anos 90 pelos AMIGOS, fez com que o público se acostumasse a enxergar as duplas sertanejas como dois caras absurdamente apaixonados um pelo outro, no sentido fraternal, óbvio. Se tornou praticamente uma obrigação o amor incondicional e escancarado entre parceiros de dupla. Se forem irmãos, melhor ainda. Qualquer coisa fora disso é interpretada como uma relação ruim e prestes a acabar.

O caso da dupla Jorge & Mateus é muito simples. Em várias entrevistas eles já disseram que se conheceram através de amigos em comum com o intuito de formarem uma dupla. Ou seja, Jorge e Mateus se conheceram apenas para formarem a dupla Jorge & Mateus. Não conviveram antes disso. Se conheceram com objetivos profissionais e assim formaram uma das duplas de maior sucesso dos últimos tempos. Ou seja, um modelo diferente do que o público está acostumado. Em teoria, pelo menos na cabeça do público, uma dupla tem que nascer de uma jornada sofrida na lavoura, na roça ou em alguma outra coisa parecida, passar por 10 ou 15 anos de provação nos bares, para só então passar a fazer sucesso.

Jorge & Mateus são de diferentes círculos de amizade. Cada um deles tem seu próprio grupo de amigos, cada um tem suas próprias vontades e cada um deles preza por viver a sua vida pessoal conforme eles próprios querem vivê-la. Nem o Jorge obriga o Mateus a ficar grudado nele e nem o Mateus obriga o Jorge a estar com ele o tempo todo. São pessoas de personalidades diferentes, que sabem respeitar o espaço um do outro. Até hoje, isso tem funcionado muito bem. O único entrave a este tipo de relacionamento entre os dois é a eterna propagação de boatos de separação.

Na própria história da música sertaneja, temos várias situações semelhantes. A mais clássica provavelmente é a da dupla Milionário & José Rico. A lenda de que ambos não se falam é difundida até hoje, mesmo após 40 anos de carreira da dupla. Mesmo assim, os dois continuam com uma agenda intensa de shows. Chegaram a passar um tempo separados, mas voltaram com a parceira e estão aí até hoje. Tião Carreiro & Pardinho chegaram a passar um bom tempo se apresentando um de costas para o outro, segundo reza outra lenda sertaneja. No caso deles, a separação acabou acontecendo não uma mas várias vezes, tanto que o Tião Carreiro faleceu enquanto mantinha uma dupla com o Praiano. Apesar disso, a dupla Tião Carreiro & Pardinho continua sendo a mais importante da carreira de ambos e uma das mais importantes da história da música sertaneja.

Na história recente do gênero, o caso que mais se assemelha ao da dupla Jorge & Mateus é o da dupla Bruno & Marrone. Eles também se conheceram por intermédio de um amigo em comum, no caso o Leonardo, se uniram apenas com o intuito de formarem uma dupla e aí estão, com mais de 20 anos de carreira. Cada um com sua vida pessoal totalmente independente.

Casos como esses apontados acima, que dizem respeito apenas a duplas de enorme sucesso, colocam em cheque o modelo com o qual o público infelizmente se acostumou. Todas as duplas citadas sofreram ou sofrem com eternos boatos de separação. Tudo isso porque o relacionamento entre ambos foge dos padrões fraternais difundidos por duplas como as da era AMIGOS. O sucesso de todas elas, entretanto, prova que esse padrão de relacionamento não é nem de longe obrigatório.

Parceiros de dupla não precisam necessariamente ser melhores amigos um do outro. É óbvio que os boatos não vão desaparecer. Pelo contrário. Toda vez que parceiros de dupla chegarem a um show em carros separados, com certeza vai ter alguém dizendo que aquilo é um sinal de que a relação não vai bem e que a dupla vai se separar. Algumas se separam, claro, mas isso não é regra. O modelo de relacionamento onde cada um dos parceiros têm a sua própria vida deveria ser tão normal quanto o modelo fraternal, no qual a dupla tem que ser formada por irmãos ou pelo menos por duas pessoas que se adoram. No fim de tudo, continua valendo apenas o resultado final: a música. E não, Jorge & Mateus não vão se separar. Fiquem tranquilos quanto a isso.

37 comentários
  • Marlon: (responder)
    13 de fevereiro de 2013 às 14:09

    até que enfim alguem para tocar nesse assunto !!!! Vlws Marcao, otimo post

  • Alex: (responder)
    13 de fevereiro de 2013 às 14:16

    Acho até mais saudável para a dupla que vivam suas vidas pessoais um pouco mais distante, até porque são longas e intensas turnês de shows, e inevitavelmente as relações sofrem desgastes, veja um simples exemplo.

    Nós “Meninos” nos damos mais bem com amiguinhos da rua do que com nossos irmãos em casa. rsrssr Isso não quer dizer que não amamos nossos irmãos, experimenta agredir meu irmão mais novo pra você ver…Só eu posso…hehehe

    Como sempre adorei o texto marcão. hehehe
    Abraços – Alex

  • Lígia: (responder)
    13 de fevereiro de 2013 às 14:26

    É isso aí Marcão!

  • Lucas Vieira: (responder)
    13 de fevereiro de 2013 às 14:54

    Sobre a relação pessoal entre os membros de uma dupla sertaneja, o Marcão matou a pau no comentário. Já deveria ter caído por terra este esteriótipo batido que as pessoas têm sobre a origem e relação de uma dupla sertaneja.
    Quanto à separação de J&M, não acredito que isso vá acontecer por agora, e ao que parece, eles não ficam nem um pouco contentes com esse boato, óbvio.
    Mas todos sabemos que uma notícia de separação envolvendo uma dupla sertaneja de sucesso gera aparições no Faustão, Gugu, Fantástico, Jô Soares, Marília Gabriela, Agora é Tarde, etc, etc, além de aparições em revistas de fofoca e afins. Uma mídia espontânea que, no auge da divulgação de um álbum e próximo ao lançamento de outro, será muito bem vinda pelos meninos!

  • Júlia: (responder)
    13 de fevereiro de 2013 às 15:09

    é necessario parar de dar ibope pra esses que ficam afirmando esses boatos,Acho que é bem obvio que eles são pessoas normais e podem brigar também, essa noticia da briga e da suposta separação é muito sensacionalista

  • sacolé: (responder)
    13 de fevereiro de 2013 às 15:09

    aff perde tempo pra falar desses lixos ai

  • Hugo: (responder)
    13 de fevereiro de 2013 às 15:14

    Na boa não entendo o q vcs veem nesses dois, sinceramente não acho a musica deles nada diferente do que tá vindo ai, é claro que tem cantor ai q quer esculhambar o sertanejo, eles NUNCA mas NUNCA vai superar um Daniel, ZC e L, Ch e X, Bruno e Marrone

    OBS: Não curto aqueles fracotes do Victor e Léo também não.

  • junior: (responder)
    13 de fevereiro de 2013 às 15:16

    Já que o Jorge acha o mercado sertanejo tão podre porque ele não para de cantar então??

    Ele não é bobo né, pra vc ver a “humildade” do cara.

  • Michel Nazar: (responder)
    13 de fevereiro de 2013 às 15:28

    Parabéns Marcão! belo texto, o fato é muitos falam, noticiam mas, poucos são em quem confiar!

    Pelo Amor de Deus, Jorge e Mateus …

  • Romário Victor: (responder)
    13 de fevereiro de 2013 às 15:29

    Se o dois estão mesmo sem se falar, com certeza devem ter seus motivos, afinal, não é fácil a convivência diária com uma pessoa, prova disso é o próprio relacionamento com irmãos ou até mesmo com os pais,que às vezes por conta de determinado atrito também ficam sem se falar por um bom tempo. Para mim, não importa o relacionamento de ambos, desde que, se respeitem no palco e nos respeitem, está tudo bem! No mais, espero realmente que o lance da separação, não passe de um boato, e que os dois continuem brilhando por muito tempo. E a analogia com Bruno e Marrone foi perfeita.

  • Nayara Swarowski: (responder)
    13 de fevereiro de 2013 às 16:01

    Legal, Marcão!

  • Michel Dinato: (responder)
    13 de fevereiro de 2013 às 16:11

    Marcão, só acho que assim como disse ontem, pelo twitter vc ta dando moral desnecessario para o tal blogueiro…

  • Fc Flor do JeM: (responder)
    13 de fevereiro de 2013 às 16:19

    Falou tudo! Sem maais…

  • vanessa brito: (responder)
    13 de fevereiro de 2013 às 17:10

    Obrigada Marcão por trazer fatos reais d convivência pra bazear sua opinião, td pessoa q se diz ‘entendido’ d 1 assunto e se dispõe a opinar ainda + num meio tão meteórico e acessível cm a internet deveria saber usar d meios limpos pra ganhar credibilidade e ñ fazer suposições só pq o artista está bombando. Tentar ganhar destaque com afama alheia é mt feio senhor Hedmilton mamãe ñ te ensinou?

  • Thaís Lorrane Oliveira: (responder)
    13 de fevereiro de 2013 às 18:48

    Perfeito! Não existe outra palavra pra descrever esse post. Outros veículos de comunicação, como por exemplo o que divulgou a nota da separação, deveria se informar um pouquinho melhor e seguir essa ”regra” de que cada um tem suia vida e que não precisam se idolatrar. A verdade é que eles são amigos e muito amigos. Porém não fazem aquela cena que outros artistas comumente fazem para espantar os boatos. Eles são amigos e ponto! Quem acompanha a dupla de verdade sabe disso.

  • Dinho da Loira: (responder)
    13 de fevereiro de 2013 às 18:50

    Estranha essa postagem…a troco de quê, aqui e lá no Universo Sertanejo? Desmentir boato não é característica sua, Marcão. Conta aí QUEM foi o empresário da dupla que pediu o favor.

    • Marcus Vinícius: (responder)
      13 de fevereiro de 2013 às 21:45

      Aproveitei que precisava dar algum tipo de lição no cara que postou essa notícia, afinal ele é meio babaca (não por conta da notícia, mas por motivos diversos), e atendi ao pedido do empresário, que pediu, como um favor, que postássemos, tanto eu quanto o Piunti, o que de fato aconteceu e acontece. Pediu um favor e eu atendi, como faço diversas vezes.

      • Dinho da Loira: (responder)
        13 de fevereiro de 2013 às 22:26

        Justo.
        Acha que os boatos podem prejudicar a dupla? Contratantes, fãs, patrocinadores?
        Por que o empresário desmentiu dessa vez? Porque chegou á TV?

        • Marcus Vinícius: (responder)
          14 de fevereiro de 2013 às 01:54

          Pelo jeito sim, mas até que foi bom ter desmentido dessa vez.

  • Martha Catarina: (responder)
    13 de fevereiro de 2013 às 20:26

    Adorei a sua matéria, Marcão!!! Mas não dê moral pro seu brother Hedmilton, que colocou uma matéria mentirosa no site dele, que depois foi noticiado pela Sonia Abrão (que adora falar mal dos outros), e esse prego ainda veio me mandar um “acorda pra vida, gata”. Que “jornalista” é esse que semeia a maior imbecilidade dessas e ainda se acha o dono da razão!!! Jorge e Mateus não precisam ficar grudados 24hs por dia, mas falar que eles estão brigados, aí é querer requentar marmita!!!!

  • andré freitas: (responder)
    13 de fevereiro de 2013 às 20:51

    Bom, minha opinião é a seguinte as pessoas imaginam uma dupla sertaneja que são dois homens apaixonados um pelo o outro!!! as coisas não sao bem assim EDSON E HUDSON são irmaos e se separaram!!
    Não precisa se odiarem e nem serem melhores amigos, mais pra um trabalho em dupla dar certo eles tem que se completarem e no meu ponto de vista SÃO OS QUE SE COMPLETAM MELHORES!!!(FICOU MEIO GAY HAHAHAH)

    Os caras tão seguindo a vida, fazendo o que gostam, arrastando multidões e digo brigas são normais, separações tbm os fãs smp saem perdendo mais eles não são siameses cada um no seu galho!

    zeze e luciano os eternos filhos de francisco Brigaram ao ponto do luciano beber remedio e whisky…TORÇO PRO JORGE E MATEUS PRQ PRA MIM SÃO OS MELHORES…MAIS DEIXEM OS CARAS EM PAZ!

  • Bárbara: (responder)
    13 de fevereiro de 2013 às 20:58

    Oi Marcus!…tens notícias do casamento do Vitor que acontece hoje em Ubertândia?????

  • Neide: (responder)
    13 de fevereiro de 2013 às 22:04

    Gosto do trabalho da Dupla J&M, adorei a abordagem que o Marcus fez no post. Agora, torço para um relacionamento pelo menos profissional, porque as duplas quando separam jamais voltam com o mesmo pique. Nem precisa enumerar quantos parceiros que no calor do desgaste pessoal separaram, foram e continuam excelentes cantores, mas o sucesso não vem! Fico pensando por que artista tem tanto “assessor” se não conseguem administrar nem um clima saudável no local de trabalho?

  • Adler Gabriel: (responder)
    13 de fevereiro de 2013 às 22:07

    Falou tudoooooo! Por isso é um dos poucos blogueiros sertanejos de credibilidade, por falar a VERDADE!

  • Juliane: (responder)
    13 de fevereiro de 2013 às 23:27

    C

  • Danielle Cruz (@dandancruz): (responder)
    14 de fevereiro de 2013 às 00:23

    Ótimo post, Marcão. O grande problema desses boatos serem difundidos em relação à Jorge & Mateus, é o fato de que eles não são notícia para esse tipo de veículo de comunicação que vive de fofoca. A vida pessoal deles é bem preservada e só se ouve falar do seu trabalho (ponto pra eles). E como você mesmo disse, o que vale é o resultado final, e que por sinal o deles melhorada a cada dia, música TOP!!!

  • Alison: (responder)
    14 de fevereiro de 2013 às 02:50

    Esse “povo” não tem mais o que inventar não aff.. Tudo Inveja pq eles são os MELHORES sertanejos da atualidade!!

  • Cristiane Meireles: (responder)
    14 de fevereiro de 2013 às 08:33

    Marcão concordo em tudo com o que disse e digo mais ainda: além do Wendell e da conta da dupla no tt, a própria Ina que é esposa do Jorge fez questão de usar a conta do blog dela no twitter pra desmentir o caso.

  • Cristiane Meireles: (responder)
    14 de fevereiro de 2013 às 08:47

    Concordo com tudo. Inlusive a Ina esposa do Jorge soltou uma no twitter do blog dela também desmentindo o boato. O povo tem que acostumar que eles tem vida própria e que não precisam ser melhores amigos pra fazer sucesso. Claro que como em todo trabalho um ambiente razoável é suficiente.

  • Jolhir: (responder)
    14 de fevereiro de 2013 às 21:10

    Aff, nao gosto deles, música fracassada pop, disfarçada de sertanejo… ACABAAAAA LOGOOOOO BABAAAAAAAACAAAASSSSSSSS: RANKING DOS MELHORES SERTANEJOS

    1-VICTOR E LEIA – NOTAA ZEROOOOO
    2-ZZ E LUCIANA – NOTAAA ZEROOOOOOOOOOO
    3-PORCO E BURRONE – NOTA MENOS UM
    4-PORCA E MATEUZA- MENOS 20
    5-CHITANIA E XORORAIA – COCO

  • emerson: (responder)
    15 de fevereiro de 2013 às 09:05

    Marcão,

    Mesmo que estivessem brigados, antes de tudo eles são profissionais, não se juntarem por se gostarem e sim por vontade profissional e para vencerem juntos. Cada um leva sua vida, ate pq não são irmãos, ou seja a família e o ciclo de amigos são totalmente diferente. A nova agora e que o Jorge esta chateado com Gustavo Lima devido a aproximação dele ao Zeze e pq segundo o movimento country ele falou pro Gustavo Lima fumar e beber menos e ele disse pra ele cuidar d acarreia dele hehe.

  • Fabio Roque: (responder)
    15 de fevereiro de 2013 às 11:47

    Bom texto! Nego esquece cantar em dupla é trabalho e não relacionamento amoroso.

  • Luciana Scarin: (responder)
    16 de fevereiro de 2013 às 13:25

    Olá Marcus. Excelente texto! Parabéns!
    O ponto de vista apontado por você propõe uma ótima reflexão. Eu mesma não tinha pensando por este ângulo que você expôs.
    Como fã da dupla também fiquei aflita com a notícia do rapazinho aí do R7. Mas quando o dito cujo não aceitou um comentário meio questionador que eu fiz em sua matéria comecei a duvidar do seu profissionalismo e compromisso com a verdade. Cadê a imparcialidade?
    Sobre chegar em carros separados, na hora lembrei do último show dos meninos na Vila Country em dezembro passado, quando o Jorge chegou sem o Mateus. Li a notícia, relacionei com o ocorrido e já comecei a fazer associações, né? hahaha Mas depois de tudo que li aqui fico me perguntando: “quem disse que eles têm que chegar juntos sempre?”. São duas pessoas distintas, com sentimentos e personalidades próprios, unidos por uma finalidade profissional e posterior amizade.
    Mesmo que um dia eles venham a se separar um dia (espero que demore muito rs) tenho certeza que ambos serão muito bem sucedidos em seus projetos, já que cada um tem suas qualidades e talentos.
    Só pra finalizar, o que é aquela pessoa acima questionando a humildade do Jorge?? HAHAHAHAHAHAHA Só posso rir. Não existe um único ser que não se encante com a simplicidade e humildade deste ser humano ao encontrá-lo, mesmo que por alguns poucos minutos. Tem gente que não sabe o que diz…
    Mais uma vez parabéns pela matéria, falou e disse!

  • Mariana Verneze: (responder)
    21 de fevereiro de 2013 às 08:11

    Nossa, falou tudo! É exatamente essas palavras que pede esse assunto.

  • find best prom dresses: (responder)
    4 de julho de 2013 às 03:32

    You’re a very smart individual! lifereaderpsychicspsychics” lifereaderpsychicspsychics

  • Leticia: (responder)
    9 de julho de 2013 às 21:40

    Estou a um bom tempo sem entrar no.blog mas sempre estou de olho, principalmente nos posts relacionados a Jorge e Mateus. Nao me lembro exatamente como fiquei sabendo desses boatos, so sei que nem fui atras, pois antes de saber sobre isso havia ido em uns dois shows da dupla e nao notei nada diferente. Mas tenho alguns amigos que se dizem fã e sempre me perguntam, fui pesquisando e encontrei o post neste blog. Fico imensamente feliz, apesar de ja deaconfiar que tudo estivesse bem. Sao pessoas incriveis que estao onde estao por toda simpatia e humildade de ambos. A unica coisa que estranhei é que eles nao fazem mais o coraçao com as maos, juntos, no final de cada show. Mas enfim, o que realmente importa é que eles estao ai, sobrevivendo firmes e fortes em meio a tantos boatos. E em relaçao a alguns comentarios que vi neste post dizendo que nao gostam deles, que o Jorge nao é humilde entre outros… Eu so tenho uma pergunta: o que fazem aqui ? Se nao gostam e criticam tanto, vao ler materias de quem voces gostem e reapeitem

  • leticia: (responder)
    9 de julho de 2013 às 21:42

    E respeitem os fãs, os artistas e o eacritor. No texto nao esta sendo criticado ninguem, entao por favor vamos respeitar. E um apelo a algumas ‘fas’ que vejo: Mateus é SEM ‘H’ gente, por favor ! Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Redes sociais
Sobre o autor
Marcus Bernardes é bacharel em direito e entusiasta da música sertaneja. Criou o Blognejo com o intuito de falar de maneira séria e digna sobre o segmento. Hoje é o veículo mais respeitado do meio, sendo referência em coberturas de eventos, lançamentos, entrevistas e análise de mercado.