08 out 2013 | Entrevistas,Notícias
ENTREVISTA – Duplas de BH falam sobre a cena sertaneja na cidade

Conforme eu havia informado quando resolvi fazer do nosso bloco de entrevistas uma sessão semanal, a ideia era trazer não só entrevistas regulares com artistas, mas também com empresários, produtores, compositores, etc, além de bate-papos sobre temas variados não relacionados necessariamente ou apenas aos profissionais entrevistados.

Pois bem. A entrevista de hoje se encaixa justamente nessa última descrição. Com base em uma ideia do meu amigo Boi Brasil, decidi promover esporadicamente bate-papos com artistas emergentes de cidades onde a música sertaneja é forte. Serão conversas com artistas que estão aos poucos conquistando espaço, com o intuito de entender como funciona a cena sertaneja de cada uma das cidades escolhidas e o que falta para que estes artistas possam de fato se sobressair nacionalmente.

Para abrir os trabalhos dessa “subsessão”, escolhemos a cidade de Belo Horizonte, capital de Minas Gerais e berço de artistas como Cesar Menotti & Fabiano e Eduardo Costa. Convidamos diversos artistas que têm ajudado a promover a cena sertaneja de BH para batermos um papo sobre cada um deles e sobre os problemas que eles têm encontrado para romper as barreiras do município e conquistar espaço no restante do estado e em território nacional, haja vista que desde os artistas citados ninguém mais conseguiu de fato conquistar espaço nacionalmente.

Praticamente todas as duplas de renome na cidade foram convidadas. Três atenderam ao convite: João Lucas & Diogo, Fred & Thiago e Marcelo Silva & Ryan. Todas as três têm feito um trabalho bastante consistente. João Lucas & Diogo são residentes na Caribbean, que é uma das principais casas da cidade, e já têm um trabalho consolidado nas rádios de todo o estado de Minas Gerais, principalmente, com as músicas “Água na Boca” e “Pamrampampam”. Fred & Thiago são hoje residentes em uma das casas que ajudou a fortalecer o segmento universitário: o Observatório, que revelou a dupla Cesar Menotti & Fabiano para o restante do Brasil. Marcelo Silva & Ryan já passaram pelo Clube do Cowboy, escritório que revelou Victor & Leo, e lançaram recentemente um clipe que contou com a direção do Junior Jacques. Também estão indo bem nas rádios de Minas com a música “A gente se completa”.

Para fechar o bate-papo, falamos também com o idealizador das entrevistas, o Boi Brasil, que trabalha diretamente com diversos artistas de Belo Horizonte e sabe mais do que ninguém o que deve ser feito para que Belo Horizonte volte a “exportar” artistas para o resto do Brasil como fazia até alguns anos atrás.

Espero que gostem desse nosso bate-papo. Já estou mexendo os pauzinhos para realizar essa conversa também em outras cidades. A próxima provavelmente será Londrina, mas sem uma data definida por enquanto.

5 comentários
  • Catiane c moura: (responder)
    9 de outubro de 2013 às 14:33

    Desejo sucesso pra essa dupla q canta e encanta seus fãs…Adoroooo

  • Regis Pavan: (responder)
    9 de outubro de 2013 às 18:00

    Tarde Marcao, vc prega tanto que gosta de sertanejo, cade assuntos relacionados ao SERTANEJO, mas aquele bom e velho sertanejo que nos gostamos tanto. Vc so tem postado coisa desse pessoal novo que toda isso que insistem em chamar equivocadamente de sertanejo.
    Espero poder ver coisas boas aqui no blog.

  • Luiz Toledo: (responder)
    9 de outubro de 2013 às 19:51

    Perfeito marcão, entrevista bem simples e natural sobre o mundo da galera que ainda não é destaque…. seria ótimo vc ter essa visão de todas as regiões do brasil… aqui em Cuiabá por ex.

    =)

    Abração!

  • Pain: (responder)
    9 de outubro de 2013 às 21:11

    Po, Marcão… Faltou Alan e Alex e Edson e Anderson

    • Marcus Vinícius: (responder)
      9 de outubro de 2013 às 21:24

      Foram todos convidados

Redes sociais
Sobre o autor
Marcus Bernardes é bacharel em direito e entusiasta da música sertaneja. Criou o Blognejo com o intuito de falar de maneira séria e digna sobre o segmento. Hoje é o veículo mais respeitado do meio, sendo referência em coberturas de eventos, lançamentos, entrevistas e análise de mercado.