13 jan 2014 | Entrevistas
Entrevista Exclusiva – Laís

É, amigos, como eu já havia dito, o ano de 2014 começou com os dois pés no peito. Depois da entrevista completíssima com o Gusttavo Lima, postada aqui na semana passada, o Blognejo tem o orgulho de trazer uma das, senão a melhor cantora brasileira da atualidade: Laís. “Pô, Marcão, que exagero!!!”. Amigos, peço encarecidamente que vocês dêem o play no vídeo abaixo e entendam porque eu e tanta gente temos essa mesma opinião.

Na entrevista que vocês poderão conferir agora, falamos sobre os diversos aspectos da carreira da Laís. Desde o começo, ainda na infância, com o nome Yasmin Gontijo, até essa nova fase, mais inserida no sertanejo, já com o nome “Laís”. Tiramos algumas dúvidas importantes a respeito das suas influências, que são, sim, sertanejas. Falamos também sobre a rapidez com que o seu talento vocal se tornou referência.

Mas o mais importante: rolou muita moda boa. No vídeo abaixo, a Laís interpretou, com o apoio do Marco Abreu, um dos maiores e mais lendários violonistas e guitarristas do segmento sertanejo, algumas versões exclusivas de clássicos como “Caminheiro”, “O Ipê e o Prisioneiro” e “Cabecinha no ombro”, bem como canções do seu próprio repertório, como “Eu só queria te amar” e “Tô mal”, além de uma da Paula Fernandes (“Se o coração viajar”) e uma da Cindy Lauper, o clássico “Time after time”. Sensacional, incrível, magnânimo, perfeito. Só assistindo pra entender.

Divirtam-se e, obviamente, não se esqueçam de comentar.

29 comentários
  • lucas: (responder)
    13 de janeiro de 2014 às 14:55

    Linda e talentosa, sucesso menina. Precisamos de muitas mulheres na música sertaneja. Temos tantas festas e quase todas são ocupadas por homens ou por cantoras de rítmos forasteiros, e incompatíveis/hostis á cultura caipira/sertaneja. Queremos sertanejas nas festas sertanejas e você tem talento para estar em qualquer palco. Torço muito para que você e outras meninas sertanejas se destaquem muito nesse ano e subam nos nossos palcos sertanejos. Sucesso!!!

  • Phaell Cesar: (responder)
    13 de janeiro de 2014 às 15:20

    Laís tem um timbre interessante,o que fica melhor pra ela mesmo é uma pegada mais Pop, ela que regravou uma das melhores musicas do Rionegro & Solimões “Tô Mal” que é uma composição do grande Gabriel da dupla Zé Henrique & Gabriel,e ela canta bonito quem sabe faz ao vivo, cantando um grande clássico de uma das maiores cantoras Pop do mundo Cyndi Lauper, ela vai longe nessa linha que ela está seguindo.

    • Phaell Cesar: (responder)
      13 de janeiro de 2014 às 15:24

      Quero acrescentar que Marco Abreu toca muito, esse sim toca um violão bem tocado.

  • Elane Zeferini: (responder)
    13 de janeiro de 2014 às 15:32

    Demais, eu me emocionei, me arrepiei em todas as musicas!!! virei Fâ

  • Moda Boa: (responder)
    13 de janeiro de 2014 às 16:42

    Marcão entrevista o Leó Magalhaes.

  • Alan: (responder)
    13 de janeiro de 2014 às 16:46

    Baixei o disco dela,ouvi e pude dizer que canta muito bem, e as músicas são muito boas,com um pop legal de se ouvir. Espero que estoure logo.

  • Aline: (responder)
    13 de janeiro de 2014 às 17:49

    Bao demais

  • José Dias: (responder)
    13 de janeiro de 2014 às 18:03

    Laís.. Além de linda, sempre humilde e simpática. já curti o trabalho dela através de amigos em comum, em Cuiabá. E agora, sem duvidas, o grande sucesso da musica sertaneja do brasil. Sou seguidor no Instagran e Facebook. Espero um dia ir em seu Show.

  • Danúbia Dutra: (responder)
    13 de janeiro de 2014 às 19:01

    Desde cedo a Laís sempre se mostrou muito talentosa. Tem uma voz maravilhosa, é humilde e muito simpática!! Ela merece todo esse sucesso que está vivendo e que Deus continue iluminando a carreira dela. Parabéns Laís!!!

  • Reinaldo: (responder)
    13 de janeiro de 2014 às 19:40

    Pô estou ouvindo a primeira música e vc já me convenceu. Boa sorte para ela!

  • LUCIANO SILVA: (responder)
    13 de janeiro de 2014 às 19:52

    Na verdade a Sony quer com a Laís a parte do bolo que a Universal Music produziu com Paula Fernandes. Essa concorrência é boa e só tem a somar para o gênero sertanejo. Já que ela quer música boa, modéstia à parte tenho essa aqui:

    DIGA QUE ME PERDOA

    Te quero nos meus braços
    Agora
    Chega de tristeza e lágrimas
    Não vá embora
    Por tudo que eu falei
    Perdoa
    Não vamos ficar separados
    Por coisa à-toa
    Sei que errei demais
    Não devia ter lhe deixado assim
    Tão triste
    Eu não fui capaz
    De perceber o melhor amor
    Que existe
    Feche a porta não vá
    Não me deixe sozinho
    Nesta solidão
    Diga que me perdoa
    O desprezo só faz
    Acabar com a paixão
    Volte vamos conversar
    Só quem ama insiste
    Em pedir perdão
    Ir embora não é solução.

    Marcão, caso você possa me ajudar tenho a partitura e o áudio dessa música e gostaria que você enviasse para a Laís. Me envie um e-mail que te encaminho os arquivos.

    • Phaell Cesar: (responder)
      13 de janeiro de 2014 às 20:09

      Luciano você é compositor ? me passa seu email, dependendo das suas musicas posso te ajudar.

      • Bruno Sousa: (responder)
        14 de janeiro de 2014 às 15:02

        Phaell eu sou e ia gostar mt se me ajudasse
        bssousa54@gmail.com

      • LUCIANO SILVA: (responder)
        15 de janeiro de 2014 às 00:13

        Phaell, eu componho em parceria com um amigo e geralmente eu faço as músicas e alguns trechos das letras e ele termina. Componho na base da inspiração, por isso disse que faço trechos das letras. Algumas vezes me vem à cabeça um refrão, uma estrofe ou as vezes uma só palavra, mas sempre acompanhada da melodia. Entre em contato nesse email ( fuzzluciano@hotmail.com ) depois te passo outro. Criei esse só para evitar gracinhas.

  • Thiago Elias: (responder)
    13 de janeiro de 2014 às 21:55

    No minuto 27 (e alguns segundos), está o que, pra mim, explica o que é essa artista. Antes de cantar “O Ipê Florido”, ela solta um “Ôôôba…”. Sem pensar, sem forçar, sem ser podada ou programada para isso. Com uma naturalidade abençoada, e com uma delicadeza (quase ‘infantil’) que derruba, encanta. Dá pra ver, dá pra sentir que o que ela está fazendo, vem do coração. E a música sente isso. Quando a música sente que que o seu interprete está cantando com o coração, ela funciona. Eu não tenho dúvidas que ela vai fazer história na música sertaneja. Não bastassem todos os seus atributos, ela transmite verdade. Isso fica, haja o que houver.

    Obrigado Laís, e Marco Abreu (seu bruto).

  • Luciana: (responder)
    13 de janeiro de 2014 às 23:44

    Eu fico cada vez mais maravilhada com a voz dessa menina! Marcão, só podemos te agradecer por nos brindar com essa entrevista, pois, assim como vc, fiquei encantada de vê-la cantando! Ela tem beleza, carisma, simplicidade, cultura musical, educação vocal e, ao lado de um dos maiores violonistas do Brasil, tem tudo pra fazer sua estrela brilhar e merece isso demais! Boto fé, Laís, porque quem sabe faz ao vivo, e vc fez e extremamente bem!

  • Jose Silva: (responder)
    14 de janeiro de 2014 às 01:57

    muito boa a entrevista, principalmente por poder ver o Marco Abreu fazendo um som.. Tive a oportunidade de fazer alguns workshops com ele, inclusive no seu momento antes e pós Europa (incrível o quanto ele evolui a cada dia), sobre a cantora, minha opinião, como um mero estudioso e leigo neste universo musical; é simpática.. com o tempo (se ela realmente tiver) o carisma (que é essencial) vai aparecer, mostrou que tem na essência a humildade. Sobre o vocal, ela semitonou, que eu contei, coisa de 15 ou 20 vezes, mas normal, não eram em i ou u’s (notas agudas) o que dá pra entender que ela estava com o gogó cansado e o canal respiratório sujo (estava fanha, uma inalação ajudava). No mais, tem um timbre muito bonito, uma puta técnica de alongamento, usa os vibratos na hora correta, tem uma potência vocal bacana e é muito bonita… Fica meu grande abraço e boa sorte ao namorado! Aliás.. Marcão.. campanha #marcaofiquerico pq tá complicado viu ?? Sair de Ravelli e vir pra Laís! Repare no contraste!! abraços.

  • Michele: (responder)
    14 de janeiro de 2014 às 08:12

    Fica muito escancarada a superioridade dela cantando a música da Paula Fernandes, Lais é infinitamente superior.
    Repeti milhões de vezes ela cantando Cabecinha no Ombro! Muito bom, de arrepiar! Ela devia gravar…
    E que venha um Roberto Carlos para dar visibilidade à ela pro país inteiro!

  • Renan - SP: (responder)
    14 de janeiro de 2014 às 12:11

    A moça canta bem, mas não é a melhor cantora, nem daqui, nem do Marrocos.
    O rapaz toca bem.
    Mas o principal na carreira de um cantor(a),é o repertório e o carisma.
    E ainda é cedo pra saber se ela tem ou não essas qualidades.
    Volto a frizar, o segredo do sucesso, REPERTÓRIO E CARISMA.

    • artur: (responder)
      14 de janeiro de 2014 às 15:22

      Intrigante. O cara sabe o segredo do sucesso, Mas é um zé ninguem.

      • Renan - Harare (capital do Zimbábue): (responder)
        14 de janeiro de 2014 às 19:18

        Como assim ele não é famoso? Ele é muito famoso aqui no meu país. Né Nanzinho? *____*

        • Renan - SP: (responder)
          14 de janeiro de 2014 às 19:29

          Artur, o problema não é fazer sucesso, quem é verdadeiro e faz com a alma, consegue.
          O problema é chegar até ele, pois há um sistema sujo no meio sertanejo onde só porcaria geralmente consegue entrar, pessoas que fazem de tudo pra te “frear”.
          Falta um capitão Nascimento nesse meio sertanojo, opa sertanejo.
          Fake, vai ver se eu tô lá no Zimbábue.

  • Fabio Roque: (responder)
    14 de janeiro de 2014 às 13:08

    Essa moça é incrível mesmo!
    CANTA PA CARAI! A entrevista foi top, talvez uma das melhores do Blognejo. Marquinho Abreu deveria marcar a volta daquela sessão A BANDA, porque parou com aquela sessão Marcão?!

    #SucessoPraLais #Soufã

  • janete souza nascimento: (responder)
    14 de janeiro de 2014 às 19:45

    linda eu a vi uma vez no show da roberta miranda .ela muito linda alta perguntei no camarim pra alguem quem era ,a pessoa me respondeu Lais o nome dela ¨vc ainda vai ouvir falar muito dela e é verdade logo depois a vi na Fatima Bernardes,parabens pela voz maravilhosa

  • Carlos Eduardo: (responder)
    20 de janeiro de 2014 às 13:17

    Concordo que é uma boa cantora com muita possibilidade de estourar se continuar fazendo um trabalho de qualidade… porem “referencia” e “melhor cantora do pais”…. aiiii forçou demais né Marcão. Eu procurei a agenda dela de shows e não vi nada, sinal de que esse sucesso todo não existe. que é boa é… agora, pra ser a melhor do pais falta muito ainda.

  • Carlos Eduardo: (responder)
    20 de janeiro de 2014 às 13:34

    Obs: melhor cantora do Brasil em todos os segmentos??? E Angela Ro ro, Nana Caimmy, Monica Salmaso, Maria Rita, Ivete Sangalo, ja morreram??? Melhor violonista do pais??? e Helio Delmiro, Romero Lubambo, Yamandu Costa, Guinga, Diego Figueiredo??? Respeite a musica brasileira Marcão, pois não só de sertanejo vive o homem!!!

  • Ludmilla Magnoni Dino: (responder)
    22 de janeiro de 2014 às 20:01

    Linda e mto talentosa…
    Amo!!!
    Sou fã.

  • Nanji: (responder)
    23 de janeiro de 2014 às 16:41

    aooooooooo AUMENTA o violão do Marquinho na mix que aí o sistema é BRUTO Marcãooooooooooooooooooooooooooooo hehehahehaheaa

  • Welington Aquino: (responder)
    21 de fevereiro de 2014 às 23:55

    Muito bom o trabalho da Laís!, parabéns pelo trabalho marcao, estou aqui sempre ligado!
    Mas sua cara de apaixonado por ela cantando foi o melhor, tirando a hora que vc fez a 2ª pra ela, afinadérrimo esse Marcão!!

Redes sociais
Sobre o autor
Marcus Bernardes é bacharel em direito e entusiasta da música sertaneja. Criou o Blognejo com o intuito de falar de maneira séria e digna sobre o segmento. Hoje é o veículo mais respeitado do meio, sendo referência em coberturas de eventos, lançamentos, entrevistas e análise de mercado.