04 jan 2010 | Artigos
ESPECIAL – Afinal, 2009 foi bom ou ruim?

blognejo-logomarca

Não tive tempo de escrever o texto sobre o ano de 2009 antes do fim do ano. Mesmo assim, o ano mal começou, então ainda dá tempo.

Fim de ano. Nada mais propício que um texto com o balanço geral. Uma lista rápida dos pontos positivos e dos negativos, de tudo o que foi bom e ruim no decorrer desse ano. E, claro, a resposta à pergunta: como foi o ano? Claro que não nos atentaremos apenas ao blog em si, mas à música sertaneja de uma forma geral.

Dia desses, postamos um Top Five com os artistas que mais se destacaram esse ano. Na contramão daqueles, no entanto, notou-se um retrocesso de outros, ou apenas uma estagnação. Separações, rompimentos dramáticos de artistas de renome com seus empresários, gripe suína, pirataria e muitas outras coisas fizeram desse ano, infelizmente, um ano a ser esquecido por muita gente. 2010 chega com a evidente tarefa de renovar as energias e criar novas oportunidades para essas pessoas.

Para início de conversa, foi o ano da separação da dupla Edson & Hudson, uma das mais talentosas de todos os tempos. O grupo Tradição também assistiu à saída de seu vocalista de longa data e de seu sanfoneiro, o que ainda não produziu resultados satisfatórios nem para os que saíram e nem para os que ficaram, mesmo com a substituição daqueles por jovens tão talentosos quanto. O prestígio conquistado pelo grupo ainda sustenta boa parte do sucesso do ex-vocalista Michel Teló e dos membros remanescentes, o que ainda significa que muitas águas vão rolar. Afinal falamos do melhor grupo de música sertaneja que o Brasil já viu. Outra grande dupla que chegou ao fim foi Luiz Cláudio & Giuliano, que utilizaram o espaço do Blognejo para expor seus motivos.

Daniel desfez a parceria de 20 anos com o empresário Hamilton Régis Policastro, e de uma forma que surpreendeu muita gente. Declarações rudes de um lado e de outro, veiculadas através de grandes serviços de mailing direcionados a contratantes e à imprensa. Aliás, em matéria de rompimentos não-amigáveis, o ano de 2009 exagerou. Vimos o Hudson declarar que o irmão Edson agredira sua esposa, para dias depois desmentir. Vimos um sempre simpático e discreto Daniel praticamente expor problemas internos e dizer que não cumpriria qualquer contrato celebrado pelo Hamilton a partir de uma certa data, o que também foi contradito logo depois pelo empresário, que praticamente ameaçou o cantor dizendo que faria valer todo e qualquer contrato celebrado. E mais recentemente, através do Blognejo, assistimos à dupla Luiz Cláudio & Giuliano emitir declarações um de cada vez expondo motivos e demonstrando certa mágoa um com o outro.

Morreu o grande Falcão, o homem da voz imponente e aveludada, que brincava com a magnificência de sua voz como quem brinca com uma marionete. O ponto positivo neste triste episódio foi a demonstração da grande força que a Internet tem demonstrado na cobertura dos eventos e dos acontecimentos mais importantes do segmento sertanejo. Vários sites, incluindo o Blognejo, acompanharam o dia-a-dia da estada do Falcão no hospital, que culminou com a morte do cantor após algumas semanas. Recorde de visitas durante a cobertura dos fatos, principalmente no dia da morte do cantor, o que demonstra que a grande mídia perde muito ao deixar de abordar fatos que interessam, sim, grande parte da população.

Um ano absurdamente devastador para os eventos sertanejos. Uma superestimada doença causada pelo vírus H1N1 e popularmente conhecida como gripe suína foi a desculpa esfarrapada usada para o não-cumprimento de contratos, cancelamentos de eventos em cima da hora, e outros desatres comerciais. Sob o manto da proteção governamental, que exigiu o cancelamento ou adiamento de alguns dos principais eventos musicais pelo Brasil afora, a gripe suína foi erroneamente tratada com um vírus ebola, ou como a própria peste bubônica, afinal fizeram parecer que ela seria a devastação mundial, o que acabou não se mostrando frutífero. Os artistas de menor porte acabaram sentindo o baque, com shows cancelados e/ou adiados sem a menor explicação. Até eu tive 3 shows cancelados em cidades do interior do Brasil. O estranho é que a Festa de Barretos, por exemplo, não sofreu qualquer alteração na programação. Essa doença ainda é uma incógnita, um fato que muita gente ainda busca entender, afinal como é possível que tenham feito tanto estardalhaço em cima de algo que mata menos que a gripe comum?

Aqui no Blognejo, estamos atravessando o primeiro Reveillon com o domínio próprio. Há apenas 6 meses estamos em endereço próprio e desde então vimos nossa audiência quadruplicar. De uma média de 200 visitas diárias, estamos com praticamente 900 visitas de média, sendo que frequentemente ultrapassamos a marca das 1000 visitas diárias. Ainda é pouco, claro, mas comparando ao que era antigamente o avanço é bastante significativo. Demoramos até ajustar o site a esse ponto, com a navegação finalmente rápida e quase à prova de falhas. Tive que vender o meu computador pessoal há algum tempo, o que nos deixou sem máquina própria para a manutenção do nosso Blognejo por mais ou menos 2 meses. Mas depois dessa turbulência, podemos dizer que fechamos o ano com um site moderno, rápido e padronizado.

Claro que nem tudo foram flores por aqui. Houve um aumento significativo do número de leitores contrários às nossas idéias. Um racha na blogosfera ocasionou a debandada de vários deles e a formação de dois blocos bastante definidos. Alguns leitores costumam apenas esperar que eu diga qualquer coisa que mereça uma catracada para poderem mostrar as garras e atacar verbalmente este que vos escreve. Seja aqui ou até no Twitter, que se tornou praticamente uma extensão deste nosso espaço. Algumas pessoas pararam até de nos seguir depois que eu disse coisas que aparentemente não agradaram aos seus sensíveis olhos. O Blognejo chegou a ficar de fora de importantes listas de “melhores sites sertanejos” por causa da pouca empatia que as idéias aqui abordadas costumam causar.

Mesmo com a debandada de alguns leitores, o Blognejo se consolidou com importante espaço de discussões, ainda que protagonizadas por anônimos. Costumávamos receber comentários sempre das mesmas pessoas. Hoje em dia, aquelas pessoas nem costumam mais comentar, mas ainda assim o número de pessoas expondo suas opiniões é grande. Na verdade, estou até sentindo falta dos amigos DiPietro, Gaspar, Rafael, Fabinho, Átila e outros que sempre costumavam aparecer por aqui.

Para a música sertaneja, digamos que o ano de 2009 foi 40% positivo e 60% negativo. Afinal apenas uns poucos artistas se consolidaram na fila do sucesso. Os que não conseguiram, amargaram um ano um tanto quanto difícil. Para o Blognejo, digamos que foi meio a meio. Chegamos bem longe num espaço de tempo não muito elevado. Mas poderíamos ter chegado beeeem mais longe, se não fossem os obstáculos que enfrentamos e aos quais sucumbimos. Claro que não foram todos os obstáculos, mas alguns cuja superação seria muito significativa para o site. Claro também que a cobertura de um evento grandioso como o aniversário da Paranaíba FM nos deu toda a redenção de que precisávamos. As quase 20 entrevistas que conseguimos mostraram que estamos no caminho certo e que obstáculos existem para serem superados. Ainda mais quando um trabalho é feito com tanto carinho como o que é realizado aqui.

Para este ano de 2010, pretendo voltar um pouco às origens e me dedicar a textos mais detalhados sobre os mais diversos assuntos. Antigamente costumávamos ter textos desse tipo quase todos os dias, mas a falta de tempo e a desmotivação provocada pelos problemas enfrentados na esfera pessoal e profissional (incluindo o Blognejo) nos fizeram deixar esses textos um pouco de lado. Para quem nos acompanhou durante esse ano de 2009, meus sinceros agradecimentos. Para quem chegou aqui apenas recentemente, sejam bem-vindos. E para quem cansou de aguentar nossa rabugice, chegando ao ponto de abandonar o Blognejo de vez, peço que nos perdoem. Tentaremos voltar aos bons tempos, afinal um novo ano nos traz a motivação necessária para o desenvolvimento do nosso potencial no nível mais alto possível. Continuem conosco, garanto que não se arrependerão.

Essa semana traremos as últimas entrevistas e os últimos textos especiais sobre a cobertura do aniversário da Paranaíba FM. Semana que vem, daremos início a uma série de textos da seção “Impressões de um ouvinte”, afinal o fim de ano foi repleto de lançamentos e até hoje não falamos de nenhum. Sobre as promoções, além da que já está rolando com os DVDs da dupla Jorge & Mateus, teremos várias outras pela frente.

Fiquem conosco e até a próxima.

13 comentários
  • Terence Shippy: (responder)
    14 de julho de 2013 às 17:00

    I just want to tell you that I am all new to blogging and definitely loved this blog. Most likely I’m want to bookmark your site . You definitely come with fantastic articles. Thanks for sharing your web-site.

  • Chu Coskrey: (responder)
    17 de julho de 2013 às 07:26

    OMG JUST PLAYED GRAND THEFT AUTO 5!

  • you can check here: (responder)
    18 de julho de 2013 às 01:52

    Thanks for another informative site. The place else could I am getting that kind of info written in such an ideal means? I’ve a challenge that I am just now working on, and I’ve been at the look out for such info.

  • this month: (responder)
    20 de julho de 2013 às 10:30

    If you’re still on the fence: grab your favorite earphones, head down to a Best Buy and ask to plug them into a Zune then an iPod and see which one sounds better to you, and which interface makes you smile more. Then you’ll know which is right for you.

Redes sociais
Sobre o autor
Marcus Bernardes é bacharel em direito e entusiasta da música sertaneja. Criou o Blognejo com o intuito de falar de maneira séria e digna sobre o segmento. Hoje é o veículo mais respeitado do meio, sendo referência em coberturas de eventos, lançamentos, entrevistas e análise de mercado.