06 mai 2009 | Reviews
Fernando & Sorocaba – Vendaval

Eu sempre elogiei o trabalho da dupla Fernando & Sorocaba. Não porque gosto e tals. Mas é do meu feitio apoiar trabalhos inéditos, duplas que cantam músicas próprias e tals. E a dupla Fernando & Sorocaba se encaixa nesse perfil. Procuram não copiar nenhum estilo padronizado, fugindo à regra da música sertaneja. O CD e DVD “Bala de Prata Ao Vivo” alçou a dupla a uma categoria consideravelmente boa dentro do segmento. Não foi um estouro de vendas, mas colocou a dupla entre as principais da atualidade.

Dando continuidade ao trabalho, a dupla Fernando & Sorocaba lança o novo CD, intitulado “Vendaval”, nome de uma das principais faixas. Como é de praxe atualmente, o disco é “Ao Vivo”. Aliás, quase ninguém mais arrisca lançar um disco de estúdio. Em contrapartida, 3 dos 4 discos sertanejos mais vendidos do ano passado foram gravados em estúdio. Alguma coisa está errada, não? O fato de o disco “Vendaval” ser ao vivo mostra um certo medo de fugir dos padrões ainda mais.

Com relação ao estilo da dupla, nesse disco houve uma certa preocupação em se afastar do rótulo “universitário”, no qual muita gente insere Fernando & Sorocaba. Neste trabalho, a influência da música country é gritante. O violino está numa pegada beeeeeeeem mais puxada para o country do que no último disco. Sem contar a guitarra, que parece ter sido timbrada unicamente para atender a essa intenção de se levar o disco mais para o lado contry e menos para o lado universitário.

Mas isso não quer dizer que o estilão universitário foi totalmente abandonado. As principais músicas do CD ainda são na mesma levada, com os mesmos elementos utilizados hoje em dia. A música “Paga pau”, por exemplo, segue o mesmo macete manjado de inserir uma expressão do cotidiano em alguma música (assim como as músicas “Tô de cara”, cantada pelo Luan Santana, e “A fila andou”, da dupla Maria Cecília & Rodolfo) e a música “Vendaval” também segue outro macete manjado, no caso falar de “eventos da natureza” (assim como “Terremoto”, de João Bosco & Vinícius, e “Meteoro”, do Luan Santana).

Sobre a qualidade do trabalho, é indiscutivel que eles mantém um alto padrão. O fato de o trabalho não ser lançado em DVD, mas apenas em CD, permite uma melhor manipulação de elementos como ambiência e outros. As faixas concebidas há mais tempo, por exemplo, estão com a ambiência num volume muito mais elevado que o das outras faixas, concebidas na ocasião da efetiva gravação do CD. A faixa “Vendaval”, pra se ter uma idéia, já tinha sido lançada há pelo menos uns cinco meses antes do lançamento do CD. Por isso mesmo, tanto ela como a versão apenas em violões e violino de “Bala de Prata” estão, como se diz, com o povão gritando mais alto.

Enfim, muito mais country e muito menos universitário. É assim que pode ser resumido esse trabalho da dupla Fernando & Sorocaba. Não acho que isso favoreça esse disco, se formos levar em consideração apenas o disco anterior, que foi melhor. Mas dentro do segmento, é válido, já que ninguém até agora demonstrou saber usar tão bem a influência do country norte-americano na música sertaneja. Fernando & Sorocaba praticamente abandonam a música sertaneja para se integrar ao country com esse disco. Não fosse pelas músicas universitárias remanescentes no disco, já poderiam ser considerados a primeira dupla 100% country do Brasil. Eu particularmente, não gosto muito de country. Mas pra quem curte, é um prato cheio.

Nota: 8,0

3 comentários
  • Serina Seda: (responder)
    14 de julho de 2013 às 17:20

    I simply want to say I’m all new to blogs and really liked this web-site. Very likely I’m planning to bookmark your blog post . You surely have excellent stories. Thanks a lot for sharing with us your webpage.

  • Mike Veltri: (responder)
    17 de julho de 2013 às 02:12

    If you’re still on the fence: grab your favorite earphones, head down to a Best Buy and ask to plug them into a Zune then an iPod and see which one sounds better to you, and which interface makes you smile more. Then you’ll know which is right for you.

Redes sociais
Sobre o autor
Marcus Bernardes é bacharel em direito e entusiasta da música sertaneja. Criou o Blognejo com o intuito de falar de maneira séria e digna sobre o segmento. Hoje é o veículo mais respeitado do meio, sendo referência em coberturas de eventos, lançamentos, entrevistas e análise de mercado.