24 mai 2010 | Lançamentos
Hora do Bla Bla Bla

Conforme prometido e após questionamentos de alguns fiéis leitores, vamos às explicações sobre o ritmo lento do nosso amado Blognejo nas últimas semanas.

mascote-posicao-padrao

Estamos próximos de completar 3 anos de blogosfera. No dia 10 de agosto de 2007, postamos o primeiro texto, ainda no Blog No Embalo. Até hoje, mesmo sendo um dos mais antigos blogs sobre música sertaneja da Internet, não tenho vergonha de dizer que estamos construindo o nosso perfil. Na verdade, o Blognejo de hoje é o mais parecido com o Blognejo de quase 3 anos atrás. Mas nesse meio tempo, oscilamos entre sermos ou não um blog de notícias misturado com um blog de opiniões, aliado a um blog de humor e por aí vai, tudo extremamente ligado ao mundo da música sertaneja, claro.

Passamos atualmente pela fase de maior sucesso do Blognejo desde sua inauguração. Fechamos o primeiro mês de novo layout com nada menos que 55 mil visitas, o que dá uma quantidade de quase 2 mil visitas diárias em média. E analisando a tabela de visitas do site e os comentários recebidos nas postagens ou via e-mail/msn/twitter, notamos que os dias de pico do Blognejo sempre foram os dias de postagens com textos mais analíticos e não textos com notícias simples e coisa e tal.

Por isso, resolvemos dar cada vez mais espaço para textos com conteúdo e menos para notícias sem importância como “fulano e beltrano lançam site”. Ora, isso é importante, mas não julgamos que seja tão importante quanto as minúcias que envolvem o lançamento do referido site. Tudo tem um porquê na música sertaneja. O Blognejo gosta de tentar desvendar esse porquê. Hoje em dia é fácil encontrar em vááááááários lugares notícias sobre música sertaneja. E convenhamos que essa é uma fórmula fácil de se seguir, não?

De certa forma, essa priorização de textos mais analíticos favoreceu e muito o Blognejo. Até aumentamos o número de colaboradores para abarcar o máximo de opiniões possível sobre os mais diversos assuntos dentro do segmento sertanejo. O reflexo está no constante aumento das visitas e do respeito dos profissionais do segmento. O lado ruim dessa decisão de se priorizar textos com conteúdo, no entanto, é que eles exigem muito mais tempo na hora da concepção. É preciso, em primeiro lugar, gostar de escrever e ter tempo livre para isso.

Chegamos no ponto chave da questão. Tempo. Hoje somos em 5 pessoas. O problema é que TODOS, isso mesmo, TODOS passam por momentos delicados em suas respectivas vidas pessoais, seja na área da saúde, ou na profissional, ou na financeira. Não cabe, obviamente, falar sobre esses problemas de caráter particular de cada um dos nossos colaboradores. Mas como eu sou mais desbocado, pelo menos sobre a minha dá pra falar alguma coisa.

Então. Trabalho 8 horas diárias durante 5 dias por semana em um serviço no qual não dá para me dedicar a escrever textos aprofundados, que costumam levar pelo menos duas horas ou mais para serem escritos. Isso por conta das constantes inteferências, que aliás ocorrem mesmo quando escrevo num local tranquilo, como no conforto do lar. Afinal de contas, eu recebo para trabalhar e não para escrever no Blognejo.

Até umas semanas atrás, a patroa (minha esposa, não a do serviço, hehehe) estava chegando em casa um pouco mais tarde por conta do emprego. Agora, no entanto, chega no mesmo horário que eu. Em casa só temos um computador. Ela precisa utilizar para trabalhar. Não temos grana, no entanto, para comprar outro PC, pelo menos por enquanto. Isso fez com que passássemos a revezar a utilização do computador. Enfim, diminuí o tempo de utilização também em casa.

Aos fins de semana, estou deveras ocupado com compromissos profissionais relacionados à minha outra ocupação (cantor e músico). Só ontem, por exemplo, foram 12 horas seguidas de trabalho. Mais 12 horas seguidas na sexta, isso porque toquei em outra cidade. Enfim, sextas, sábados e, às vezes, domingos são obviamente os dias mais importantes na agenda dos músicos.

Fora toda essa correria na minha vida pessoal, ainda tem a correria na vida dos outros colaboradores e na do Fábio Dornelles, co-administrador do Blognejo, que há 3 meses tem dedicado boa parte de seu tempo à faculdade de jornalismo que está cursando. Fora isso, ele também está das 08:00 às 18:00, diariamente, ocupado com um serviço pelo qual ele recebe remuneração.

O Blognejo, infelizmente, ainda não traz rendimentos financeiros suficientes para suprir as necessidades dos seus administradores e colaboradores. Todas as 5 pessoas de certa forma envolvidas com o Blognejo têm vidas atarantadas, cartões de ponto a serem batidos em horários pré-determinados e vidas extra-profissionais que exigem também muito do tempo de cada um. Nenhum de nós pode, ainda, se dedicar exclusivamente ao Blognejo.

Todos sabemos que o Blognejo merecia sim alguém com dedicação exclusiva. Mas isso, por enquanto, não tem como acontecer. Não recebemos salário de ninguém. O nosso único pagamento é o debate que cada uma de nossas postagens promove. E se o Blognejo não pode dar conta de nossas necessidades financeiras, devemos deixá-lo em segundo plano para priorizar coisas que dêem conta de tais necessidades. Deus sabe como eu queria me dedicar por inteiro ao Blognejo, mas infelizmente ainda não posso. E em períodos mais intensos na minha vida, infelizmente o Blognejo é que vai sentir.

Faremos de tudo para não deixar a peteca cair. Aliás, os números da última semana demonstram que a peteca ainda está longe do chão. A quantidade de visitas não caiu. Aliás, até se elevou um pouco, comparando com a semana anterior. Mesmo com a pouca frequência nas postagens. Sendo assim, mesmo priorizando textos com conteúdo, traremos ainda as mesmas notícias corriqueiras (como o casamento do Daniel), as mesmas matérias copiadas de outras publicações (como os dois últimos textos postados aqui), tudo para pelo menos não deixar o Blognejo sem conteúdo algum. Afinal de contas, ainda é melhor pingar do que secar. A prioridade ainda são os textos com conteúdo, mas enquanto os problemas extra-blog estiverem atrapalhando nossas vidas, a frequência das mesmas vai ter que diminuir. Tentarei ao máximo não deixar que isso aconteça, mas senti que era pelo menos minha obrigação alertar a todos os leitores quanto a essa possiblidade.

Abraço a todos e muito obrigado. É somente por vocês e graças a vocês, leitores, que ainda estamos aqui. Vocês é que fazem o nosso sucesso.

14 comentários

Redes sociais
Sobre o autor
Marcus Bernardes é bacharel em direito e entusiasta da música sertaneja. Criou o Blognejo com o intuito de falar de maneira séria e digna sobre o segmento. Hoje é o veículo mais respeitado do meio, sendo referência em coberturas de eventos, lançamentos, entrevistas e análise de mercado.