27 dez 2013 | Notícias
Maria Cecília & Rodolfo encerram parceria com a Audiomix

A respeito de alguns detalhes do texto que escrevi sobre o novo DVD da dupla Maria Cecília & Rodolfo, parece que o buraco era mesmo mais embaixo. Foi divulgada ontem uma nota oficial do escritório Audiomix informando que a dupla Maria Cecília & Rodolfo não faz mais parte do seu casting e que o contrato foi encerrado em comum acordo. Mais um capítulo do polêmico ano de 2013, que foi marcado por diversos momentos de acertos e desacertos entre artistas e escritórios (aliás, na semana que vem devo postar um texto resumindo toda a bagunça ocorrida esse ano). Sem mais delongas, segue abaixo a nota da Audiomix.  Em tempo: é a primeira vez desde a sua criação que a Audiomix encerra o contrato com um de seus artistas.

7 comentários
  • Alan: (responder)
    27 de dezembro de 2013 às 11:41

    o jeito que estavam sendo tratados, já vão tarde.

  • LUCIANO SILVA: (responder)
    27 de dezembro de 2013 às 14:22

    Como já disse no post anterior é o tipo de coisa que não entendo na música. Uma dupla boa, com nome e trabalhos já reconhecidos e praticamente sem concorrência na sua proposta. Um fim de contrato como esse que só traz prejuízos ao escritório e a dupla. Como entender?

  • Ana Cristina: (responder)
    27 de dezembro de 2013 às 14:31

    Como já disseram acima, a Audiomix já vai tarde. Acho que o único erro de MC&R aí foi terem ficado com o Marquinhos Araújo depois da saída da Dut’s, sendo que esses dois sempre estiveram ligados. No mias, o que vimos desde então foi uma sucessão de descasos, uma espécie de “sabotagem” do escritório com a dupla. Porque só assim pode ser entendido o modo como os dois estavam sendo tratados, trocados na última hora nos festivais que o escritório faz por outros artistas, tendo uma péssima assessoria de imprensa, ocupando apenas as notinhas de rodapé quando poderiam ser destaque, enfim, coisas que só quem acompanha de perto e nos bastidores a carreira de Maria Cecília e Rodolfo sabem. Foi muito desmando, muito descaso. E tem mais: o Marquinhos NUNCA vestiu a camisa de MC&R, ou alguém já o viu “brigar” pela dupla? MC&R se tornaram para a Audiomix uma espécie de filho bastardo que se cansou de ser jogado às traças e resolveu abrir mão desa filiação. E, repetindo, Audiomix já vai tarde…

  • Guilherme: (responder)
    27 de dezembro de 2013 às 18:39

    Marcão, vc nao pensa em fazer uma entrevista com eles pra falar da carreira e desses assuntos mais críticos? Seria bem interessante

  • luciano: (responder)
    27 de dezembro de 2013 às 21:58

    É a crise economica meu povo. Agora é hora de sentar com calma e começar a planejar 2015 porque 2014 vai ser muito difícil. O bom é que vai fazer uma grande peneira e quem tem o que realmente mostrar vai sobreviver e sair forte dessa situação. Não tem segredo, a coisa é baixar cache e ir pra estrada. Gastar com projetos em 2014 vai ser uma burrada, o certo é começar a criar coisa realmente significativas para serem realizadas em 2015 quando a coisa começar a melhorar. No mais 2014 vai ser o ano do trabalho, vão ter que ir pra estrada dispostos à ganhar menos do que estavam ganhando. Se possível for até se manter um pouco fora da mídia para descansar a imagem, tem sertanejo que já encheu de tanto que aparecem na televisão. Dar um refresco é bom, mas nem tanto à ponto de abrir espaço para artistas de outros ritmos. Nossa sorte é que nenhum ritmo é capaz de se renovar com tanta força quanto a música sertaneja. As recentes tentativas de reanimar o pagode foi feita através de reativar antigos artistas que fizeram sucesso na década de 90. Depois de 2014 só ficarão os de pura raça sertaneja, os realmente bons. Vamos trabalhar meu povo sertanejo.

  • João: (responder)
    7 de janeiro de 2014 às 01:34

    Tenho interesse em uma data deles, só que com quem eu falo agora? Poderia me passar o contato? Obrigado!

    • jose luiz: (responder)
      10 de abril de 2014 às 14:11

      me mande data e cidade
      para datas de MC&R
      abs
      62 8506-6222

Redes sociais
Sobre o autor
Marcus Bernardes é bacharel em direito e entusiasta da música sertaneja. Criou o Blognejo com o intuito de falar de maneira séria e digna sobre o segmento. Hoje é o veículo mais respeitado do meio, sendo referência em coberturas de eventos, lançamentos, entrevistas e análise de mercado.