30 dez 2013 | Reviews
Mega Review 2013 – DVD’s

Enfim chegamos ao último dia de reviews em 2013. Assim como no ano passado, reunimos alguns DVD’s que não foram analisados em textos solo no decorrer desse ano. Mas desta vez, como já expliquei centenas de vezes, por pura falta de planejamento da minha parte. Ao final deste texto e contando todos os reviews do ano, 52 discos terão sido analisados. O que significa que eu poderia ter escrito um review por semana. Assim teríamos analisado todos os discos e ainda teríamos uma semana com dois reviews. E é isso que pretendo fazer no ano que vem: um review por semana, provavelmente às quartas. Se conseguimos com as entrevistas, por que não com os reviews, né? Se não tivermos review em alguma semana, acumularemos dois na semana seguinte e por aí vai. Tudo pra não passar pelo apuro que passei nesse fim de ano tentando botar tudo em dia.

Bem, vamos aos trabalhos. Perdi algumas horas tentando encontrar as imagens das capas de todos os discos (que vergonha, hein, artistas, procurar e não achar as capas de seus próprios discos em seus próprios sites). Ao invés de 20 como no ano passado, analisaremos 23 DVDs. Alguns de artistas com a carreira sólida ou em ascensão e/ou com DVDs distribuídos por gravadoras, como o Thiago Brava e as duplas Rick & Renner, Conrado & Aleksandro e Rick & Renner, e outros de artistas estreantes, como Denilson & Thiago. Como no Mega Review de DVD’s do ano passado, serão dois parágrafos por disco, mais a nota e uma informação sobre a disponibilidade ou não do projeto no Youtube.

Divirtam-se.

* Thiago Brava – Ao Vivo em Goiânia

Thiago Brava é, ao lado do Lucas Lucco, um dos líderes de reclamações da ala conservadora do público sertanejo aqui no Blognejo. Tudo porque trata-se de um artista com uma proposta diferente. A sua origem no pagode veio de encontro com o momento mais extrovertido da música sertaneja, com o arrocha dominando o mercado há algum tempo atrás. Mas a diferença é que, no caso do Thiago Brava, a coisa é feita da forma certa, com inteligência. Ele compõe muito bem, com uma visão incrível para criar letras que são hits em potencial (“360, o arrocha do Poder”, “Lei do Desapego” e “Arrocha da Paixão” são todas composições próprias), fora as sacadas incríveis em músicas que, mesmo não tendo tanta cara de hit, trazem letras geniais (“Coração Carreira Solo” e “Minha ex” são exemplos disso).

Este DVD valoriza a influência musical do Thiago Brava, com o cavaco presente em boa parte das faixas, destaca o Blenner Maycom como um produtor em quem se deve prestar atenção e explora todo o potencial do Thiago Brava no palco e no arrocha. Visualmente, é o trabalho realizado pelo Rafael Terra no ano de 2013 onde mais se observa a dedicação aos detalhes. Tanto no palco em 360 graus, como analogia ao principal hit do Thiago Brava, como nas câmeras posicionadas para dar o efeito Bullet Time, aplicado em diversos trechos do DVD. Talvez seja o DVD que melhor exemplifica a história recente do arrocha na música sertaneja. E agora, com o mercado partindo para um outro lado, resta ao Thiago Brava mostrar a mesma competência em outras vertentes. Coisa que, a julgar pelas músicas “Cerveja, Vodka, Vinho”, uma boa vaneira, e “Tão Você”, a única romântica do projeto, incluída nos extras do DVD, ele parece ser bem capaz de fazer.

Nota: 9,0

Youtube: apenas algumas faixas disponíveis

* Rick & Renner – Bom de dança – Vol. 2

Com a proposta de trazer à tona novamente um lado de Rick & Renner que era muito marcante anos atrás, o das músicas agitadas, o DVD Bom de Dança Vol. 2 resgata alguns hits da dupla e presta algumas importantes homenagens e reverências, ao mesmo tempo em que consegue dar a Rick & Renner uma cara mais moderna, tanto visualmente quanto musicalmente. Entre as homenagens e reverências, Léo Maia, o filho do Tim, que canta com a dupla uma canção na linha soul; Pablo, o rei do arrocha do nordeste, canta duas canções, incluindo um dos hits da dupla, “Baby”, com roupagem totalmente adaptada ao Pablo e à sua sonoridade; e Luiz Gonzaga, que é lembrado em um pout pourri de xotes.

A falta de cenário, que se resumiu apenas em um palco central com o público em volta, passa bem essa ideia de focar no show e na agitação e menos nos efeitos visuais. O disco reúne 36 músicas distribuídas em 19 faixas. Uma sacada inteligente se deu na adaptação de alguns hits que musicalmente não caberiam num som sertanejo moderno. “Tira a roupa”, por exemplo, virou arrocha. E o repertório é baseado principalmente nas vaneiras do Rick, que fizeram dele o maior arrecadador de direitos autorais do Brasil por três anos consecutivos, e que sem dúvida tem muito mais a ver com o sertanejo contemporâneo. Como cartão de visita para voltar com força ao mercado de shows, o trabalho é muito bom. Consegue mostrar que Rick & Renner ainda estão aí e tem muito a oferecer.

Nota: 8,5

Youtube: disponível na íntegra em canal não-oficial

* Conrado & Aleksandro – Ao Vivo em Maringá

Este é provavelmente o DVD de arena que melhor funcionou no decorrer desse ano. É que mesmo com o cenário não tão pomposo, o disco traz a dupla Conrado & Aleksandro interagindo de forma fantástica com seu público, numerosíssimo, e que responde de forma enérgica durante todo o disco. A mistura do cenário com os fogos de artifício soltos de tempos em tempos no decorrer do show rendeu imagens excelentes. Sem contar a impressionante presença de palco do Aleksandro, que percorre o palco de lá pra cá e de cá pra lá durante todo o show. O cenário faz uma mistura bacana da iluminação em cima das treliças junto com os movings bem distribuídos e valoriza pouco o LED, o que mostra uma forma inteligente de trabalhar o cenário sem gastar tanto, e que é o ideal pra levar pra estrada.

Muita gente fora do eixo Mato Grosso do Sul – Paraná – Interior de São Paulo talvez conheça a dupla da época em que trabalharam com Luan Santana. O problema é que essa fase não faz nem um pouco de jus à importância da dupla, coisa que esse DVD transmite de forma perfeita. Ele devolve a dupla à sua essência original, com um toque country em algumas músicas, dá uma cara moderna em certos momentos, ainda que em músicas polêmicas como “Halls Preto”, tudo isso em um repertório muito bem escolhido e contagiante, e os recoloca na trilha do reconhecimento nacional, coisa que eles devem alcançar rapidinho.

Nota: 9,5

Youtube: Disponível na íntegra no canal oficial

* Henrique & Diego – Ao Vivo

Um DVD competente e bem realizado, mas que esbarrou em diversas questões extra-palco que acabaram tirando o foco do bom trabalho. Devido a toda a história da troca de escritórios pela qual passou a dupla Henrique & Diego, que saíram da FS e foram para a Dut’s, o ótimo repertório que tinham antes desse DVD foi quase todo desperdiçado. Consequentemente, tiveram que se reinventar. E durante essa reinvenção, aproveitaram pouco uma de suas principais características, que é a veia percussiva, o que sempre deixou o repertório agitado da dupla muito mais marcante e próprio. Fora que a voz do Henrique tem um “punch” que combina muito com esse tipo de repertório.

Mesmo assim, é um DVD que entrega canções ótimas da dupla, como “5 horas da manhã”, “Vou me entregar” (com Gusttavo Lima, que também cantou “Festa boa”), “Solteiro é todo dia”, “Oh Delícia”, “Safadim”, entre outras. Traz também momentos emocionantes como o da música “Mãe”, que o Henrique cantou em homenagem à mãe, falecida meses antes da gravação. Além de tudo, é uma rara oportunidade de conferir juntos em ação os produtores Ivan Miyazato, Eduardo Pepato e Bigair Dy Jaime, que co-produziram o projeto e aparecem tocando no DVD, apesar do Bigair ter ficado tão escanteado que quase não aparece no vídeo.

Nota: 8,5

Youtube: Disponível na íntegra no canal oficial

* Henrique & Juliano – Ao Vivo em Palmas

É bem bacana quando um artista consegue explodir a partir de um trabalho feito sem estardalhaço. Este DVD da dupla Henrique & Juliano é provavelmente o mais bem sucedido do ano, com o privilégio de ter colocado a dupla Henrique & Juliano em um patamar invejável no cenário sertanejo. O detalhe é que, quando se assiste o DVD, percebe-se que esse objetivo foi atingido de forma despretensiosa.

Visualmente, é um DVD bem simples, pra falar a verdade. A diferença está mesmo no bom repertório escolhido, no qual a dupla emplacou dois grandes hits em 2013 (“Não tô valendo nada” e “Mistura Louca”) e ainda diversas músicas com ótima repercussão, como “Segundas Intenções”, “Separa, Namora” e “Tá namorando e me querendo”, com o aditivo da escolha inteligente do local para a gravação. Ao escolher a cidade onde a dupla nasceu, Palmas, a dupla não só fez a moral com os conterrâneos como também pegou um público pouco acostumado a gravações, já que recentemente apenas a dupla João Neto & Frederico gravou um DVD por lá. A energia da galera, portanto, proporcionou ainda mais impacto às músicas. Fora o fato de ser o primeiro grande projeto do produtor Eduardo Pepato em “carreira solo”, oportunidade que ele agarrou com unhas e dentes. Acabou fazendo seu nome com esse DVD e com o sucesso das músicas desse projeto.

Nota: 9,0

Youtube: Disponível na íntegra no canal oficial

* Marco & Mário – #ensaio #acústico

Marco e Mário, uma dupla muito querida pelo mercado, mas que por motivos que ninguém consegue explicar ainda não conquistou o reconhecimento nacional que tanta gente tinha certeza que viria bem rapidinho. Mas ainda há tempo. A qualidade incrível deste novo projeto só ressalta a admiração do mercado pela qualidade que eles sempre buscam entregar em seus discos. Um projeto intimista, gravado num galpão com qualidade de videoclipe e que traz a dupla interpretando canções de letras fortes, que valorizam o talento deles, sem ligar para o fato de serem ou não músicas comerciais.

É difícil inclusive enumerar as melhores canções do disco, já que o projeto todo é de um nível muito alto de qualidade. “Nada a dizer”, “Indícios”, “Armadilha do pecado”, “Chuva lá fora” e, principalmente, “Quem é ela”, talvez sejam as melhores desse projeto que só tem coisa incrível. Uma ideia diferente, que pode ajudar a trazer a dupla de volta ao mercado nacional de uma forma que eles deveriam ter trabalhado lá no começo, e de cujo caminho eles acabaram se desviando por pura pressão comercial. Quem conhece a dupla há mais tempo, como eu, sabe que essa é a verdadeira cara delas. E é com ela que eles merecem alcançar o sucesso.

Nota: 10

Youtube: Disponível na íntegra no canal oficial

* João Lucas & Marcelo – A Vida é uma Festa – Ao Vivo em Goiânia

Outro DVD que sofreu um certo revés por ter demorado a sair, devido a questões internas na área administrativa. Uma pena, já que à época da gravação a dupla João Lucas & Marcelo era uma das que mais contava com a atenção da mídia, o que exigia que o DVD fosse lançado o mais rápido possível para aproveitar essa exposição. Mesmo assim, a música “Louquinha”, a primeira de trabalho deste DVD, conseguiu fazer com que a dupla mantivesse um certo status no mercado, mesmo que não tão evidente quanto na época do “Tchu tcha tcha”. O disco “A vida é uma festa” é um dos DVDs mais visualmente bem feitos em 2013. A direção da BenzaDeus Filmes proporcionou imagens incríveis e uma edição bem atenta aos detalhes. Muitos takes em câmera lenta, projeção mapeada no piano em algumas faixas, além de uma preocupação enorme na interação das músicas com o cenário, que domina todo o recinto do Jaó, em Goiânia, e não apenas o fundo da área, como de praxe.

Musicalmente, entretanto, a dupla se preocupou demais em tentar achar um novo “Tchu Tcha Tcha”e distribuiu as músicas no repertório do DVD de forma muito desigual. Do começo até a metade, a busca pela nova “Tchu Tcha Tcha”. Do meio pra frente, as românticas e as vaneiras menos controversas, com a interpretação e a qualidade vocal do Marcelo sendo mais valorizadas, o que torna esta segunda metade do DVD bem melhor que a primeira. Mas desde que as mudanças administratrivas ocorreram na dupla, já se observa um amadurecimento profissional que, aliado ao talento da dupla tanto na voz quanto na composição (o Marcelo é um compositor incrível), pode ajudá-los a enfim conseguirem se provar como artistas que vão além de apenas “Tchu Tcha Tcha”.

Nota: 8,0

Youtube: apenas algumas faixas disponíveis

* Spártaco – Deslumbrante Ao Vivo

Um DVD que prova que é possível trabalhar com bom gosto mesmo quando tudo parece menor em proporção. É o primeiro trabalho solo do Spártaco e de cara já é melhor que tudo que ele lançou enquanto fez parte da dupla Hugo & Gabriel, que ele próprio reconhece ter sido um projeto fadado a ter um fim rápido. O DVD “Deslumbrante Ao Vivo” devolve a ele a titularidade da principal canção que ele lançou durante o projeto anterior e renova o fôlego dele como grande compositor que é, fazendo isso com uma competentíssima direção visual, que entrega um projeto muito agradável de se assistir, com imagens de qualidade muito bem tratadas e uma edição primorosa. Um DVD que prioriza o investimento em coisas importantes, como direção de vídeo e produção musical, ao invés de jogar uma fortuna desnecessária em cima de cenário e gastos em logística de convidados.

Musicalmente, a produção do Wlájones Carvalho coloca o Spártaco em nível, sem dúvida, competitivo. O repertório bem selecionado traz canções ótimas, como “Deslumbrante”, com Cristiano Araújo, “Segredo Oculto”, com Israel & Rodolffo, “Era pra ser nessa vida”, “Do tanto que eu te amei”, e outras. A grande quantidade de participações de peso, mesmo o projeto do Spártaco não sendo gigantesco, corrobora o respeito que ele já havia conquistado no mercado mesmo antes de ter embarcado no projeto anterior. E a qualidade do resultado final do disco permite que ele busque com certa vantagem um espaço bacana no circuito. E não, ele não vai substituir ninguém em nenhum projeto de dupla que está se separando. Primeiro: ele não cometeria o mesmo erro duas vezes. Segundo: este DVD ficou muito bom pra ser desperdiçado assim.

Nota: 9,0

Youtube: Disponível na íntegra no canal oficial

* Chico Rey & Paraná – Cantos & Cordas – Ao Vivo

O DVD “Cantos & Cordas” traz a dupla Chico Rey & Paraná interpretando um repertório predominantemente baseado em músicas dos projetos mais recentes, com uma roupagem mais completa, com cordas e tudo mais, para se adequar ao título do DVD. E ainda com a participação do Zezé di Camargo e das duplas Rionegro & Solimões e João Bosco & Vinícius. Apesar de ser muito bom ouvir os caras cantando, principalmente com uma roupagem musical dessas, seria bem mais interessante se o repertório fosse mais baseado em canções antigas.

O Zezé di Camargo, por exemplo, cantou a música “Saudade de nós dois”, que ele já havia gravado com a dupla há alguns anos. Seria épico, entretanto, se ele cantasse “Tranque a porta e me beija”, uma de suas composições que foram sucesso nas vozes de Chico Rey & Paraná, mas não deve ter sido possível talvez pela falta do arquivo da voz do Zezé, mesmo ele tendo gravado a música anos atrás. Rionegro & Solimões, por exemplo, deram sobrevida à música “Você não sabe amar”, assim como João Bosco & Vinícius à música “De lá pra cá”, o que atiçou ainda mais à vontade de ver o repertório de Chico Rey & Paraná cantado por outros artistas em um projeto desse mesmo naipe. Talvez na próxima.

Nota: 8,5

Youtube: Disponível na íntegra no canal da gravadora Atração

* Luiz Henrique & Fernando – O Clima

Este disco traz a dupla Luiz Henrique & Fernando aproveitando os frutos do sucesso da empreitada como compositores na música “Humilde Residência” e levando todo “o clima” do sertanejo com cara de pagode da música para uma festa à beira da piscina em uma mansão. A ideia é justamente registrar em vídeo uma vertente diferente de música sertaneja nascida na “Humilde Residência”, que é o sertanejo samba rock. A produção ficou a cargo do mesmo cara que produziu a “Humilde Residência”, o Dudu Borges. Visualmente, o intuito era valorizar justamente o clima de uma festa à tarde cheia de playboys e patricinhas de óculos escuros.

O resultado é um DVD com o repertório bem parecido, o que pode ser encarado de duas formas: ou falta de criatividade dos caras ou a tentativa de realmente inaugurar um novo estilo musical, o que parece ser a real intenção. São músicas com letras extrovertidas que quase sempre contam histórias inusitadas. Destaque para “Caipira Mêmo”, “São Francisco” e “Fogueteira”. Mérito da própria dupla e da parceria com os compositores Diego Kraemer e Tiago Marcelo, com quem o repertório do DVD foi inteiramente composto.

Nota: 8,5

Youtube: Disponível na íntegra no canal oficial

* Gilberto & Gilmar – É Chumbo – Ao Vivo

Gilberto & Gilmar resolveram mudar um pouco a fórmula, gravando um DVD composto basicamente de algumas canções inéditas e relembrando bem pouco o repertório antigo da dupla, exceto por algumas canções menos óbvias, ao invés das que a dupla sempre costuma resgatar. O resultado é um projeto bonito, mas gravado com participações desconhecidas, exceto pelo Leonardo, com quem a dupla dividiu os vocais na canção “Choro”. Mesmo assim, a roupagem do projeto garantiu requinte ao disco.

O repertório antigo mais conhecido foi recordado em um trecho acústico do DVD, com a dupla cantando sentada. Um momento interessante fica por conta da dupla cantando “É isso aí”, gravada originalmente pelo Seu Jorge em parceria com a Ana Carolina, e recordando a música “Trem das Sete”, do Raul Seixas, que eles próprios já tinham regravado há mais de 20 anos. Destaque também para os momentos em que a dupla recorda canções do repertório de outros veteranos, como “Fuscão Preto” e “Lágrimas de um homem”, gravadas respectivamente pelo Trio Parada Dura e por Milionário & José Rico.

Nota: 7,5

Youtube: Disponível na íntegra no canal oficial

* Gabriel Gava – Ao Vivo em Goiânia

Assim como no caso do Marcelo da dupla João Lucas & Marcelo, Gabriel Gava parece ter qualidade vocal demais para o repertório que canta. Depois do sucesso da música “Fiorino”, até que era de se esperar que ele buscasse uma canção que desse continuidade ao trabalho e mantivesse o mesmo sucesso. Mas, como é comum em casos como esse, ele caiu no erro de buscar uma canção clone do hit. Trabalhou nesse DVD a música “Vou sair de Kombi”, que conta a mesma história do Fiorino, mas com uma Kombi como protagonista. Fora ela, o DVD traz ainda diversas outras canções que tentam seguir uma fórmula parecida, como “Bala na boquinha”, “Piririm pom pom”, “Papapapow”, “Tunz Tunz”. As mais criativas são “Máquina do amor” e “Carrossel da Birita”, que chama o público para uma brincadeira envolvendo bebida, claro, mas de uma forma divertida.

Mesmo assim, fica claro no vídeo que o Gabriel Gava não tem lá muito gingado para lutar pelo posto de cara do arrocha com os outros competidores. Mas se ele não supera no requebrado, ele consegue fazê-lo na voz. A qualidade vocal do cara é mesmo impressionante. Talvez por isso tivesse sido mais interessante trabalhar canções como “Vai esperar” ou “Pagando promessa”. Mesmo assim, o DVD consegue chamar bastante a atenção na parte visual, com um mega palco que se destaca pelos dois G’s do nome do cantor formando parte da estrutura, tudo aliado a uma bela iluminação.

Nota: 7,5

Youtube: Disponível na íntegra no canal oficial

* Nando Moreno – Descompromissado – Ao Vivo em Uberlândia

Nando Moreno é um dos poucos artistas que conseguem passear entre dois tipos de público: o conservador e o moderno. E ele conseguiu transmitir isso de uma forma muito bem pensada através deste DVD e das inúmeros participações especiais, que vão de Rionegro & Solimões e Gino & Geno a Cristiano Araújo e Humberto & Ronaldo, passando por Zé Ricardo & Thiago e Matheus & Kauan. O repertório também cumpre muito bem esse papel, com músicas que agradarão ao público das antigas, como “Boêmio”, “Choro e Bebo” e Submisso a você”, e outras que vão de encontro à galera mais contemporânea, como “Mesmo longe”, “40 graus de amor” e “Descompromissado”.

Visualmente, o disco peca um pouco na abertura, que mesmo tendo uma sequência bacana, com cenas simuladas da infância do Nando na cidade de Inaciolândia e uma cena aérea do trânsito da cidade de Uberlândia, erra quando traz o Nando à cena através de uma ideia manjada e que não caiu muito bem no vídeo. Do meio da segunda faixa em diante, no entanto, a parte visual flui normalmente e consegue fazer jus à boa qualidade dos arranjos e da boa escolha de repertório, que tem tudo a ver com o cantor.

Nota: 8,0

Youtube: Disponível na íntegra no canal oficial

* Seu Maxixe – Autoral – Ao Vivo em Salvador

A primeira incursão do grupo Seu Maxixe, o principal grupo de música sertaneja do nordeste, em um repertório predominantemente inédito ou próprio. Até então todos os trabalhos da banda eram compostos de regravações de grandes sucessos sertanejos em um formato mais moderninho. E o grupo meio que quebra um paradigma com esse disco. É que quando algum sertanejo “importa” alguma música do nordeste, geralmente ele pega alguma bem picante ou polêmica. O Seu Maxixe, entretanto, trabalha com um repertório mais sério, mostrando que o Nordeste é mais do que mera quebradeira. Este disco traz, além das canções que o grupo já trabalhava, uma guarânia e uma série de músicas tocadas com o apoio de um conjunto de cordas, além de valorizar bem os instrumentos de sopro.

A melhor música do disco, inclusive, é também a mais romântica do projeto. A excelente “O tempo meu e seu” traz a participação do Tomate. Mas mesmo se aventurando em um repertório novo, a banda mantém algumas de suas características mais marcantes, como os bordões repetidos sempre durante as músicas, a mesinha cheia de whisky e a voz de locutor baiano do Fabrício, complementando toda canção que o Berguinho canta com um comentário engraçado e sempre mantendo o público aceso. Essa empreitada do grupo contou inclusive com muita coisa levada daqui pra lá, como a direção visual do Rafael Terra. Agora resta ao pessoal daqui de baixo trazer um pouco do Seu Maxixe pra cá, afinal de contas eles são uma das melhores provas de que o Nordeste não é só bagaceira. Tem sertanejo de verdade também.

Nota: 9,0

Youtube: apenas alguns vídeos disponíveis

* Eduardo Melo – Ao Vivo em Goiânia

Taí um DVD que vale o projeto inteiro só por conta de um momento histórico. Mesmo com todo o capricho da produção, com um cenário grandioso e boas ideias nas projeções de LED, além de arranjos bem pensados pelo produtor Guilherme Bicalho, o disco provavelmente não teria a mesma importância sem a faixa “Não aprendi dizer adeus”, que era pra trazer apenas uma participação regular da dupla Di Paulo & Paulino junto com o anfitrião Eduardo Melo, mas que trouxe, como aditivo, o Leonardo e o Marrone, cuja participação nem sequer estava programada. O resultado é um momento épico. O Leonardo ainda canta a música “Confissão” neste DVD.

Apesar da tentativa do Eduardo Melo de se mostrar um pouco mais contemporâneo em músicas como “Passar o rodo”, ainda é nas músicas românticas que ele se destaca mais, principalmente em “Homem que Chora” e “Você vai ficar em mim”, que ele já havia gravado na época do Nechivile e resgatou, com a participação do compositor da música, o Cristiano Araújo. O resultado é um disco bacana, que recoloca de vez o Eduardo Melo no mercado após a fase Nechivile, grupo do qual ele fez parte durante mais de 10 anos.

Nota: 8,5

Youtube: Disponível na íntegra no canal oficial

* Matheus Fernandes – Ao Vivo no Beach Park em Fortaleza

Matheus Fernandes é uma aposta consistente vinda do nordeste que pode, de fato, ser o primeiro grande nome do sertanejo atual nascido no Ceará. O garoto é ultra comercial e resolveu, nesse DVD, juntar tudo o que a música sertaneja de Goiânia tinha pra oferecer, como as participações de Humberto & Ronaldo e Israel Novaes, a produção musical do Bigair Dy Jaime e a direção visual do Rafael Terra, com as ideias de um dos maiores hitmakers do nordeste, o Jujuba, sócio no projeto.

O resultado é um DVD planejado de cabo a rabo pra ser um estouro. E de fato ele tem músicas que podem fazê-lo alcançar esse objetivo, como “Spring Break”, um canhão, e “Sogrinha”, além das próprias músicas do repertório do Matheus que já vinham sendo inseridas em outros artistas aqui pra baixo, como “Mulherada na Lancha”, “Lagoa Azul” e outras. A direção visual do DVD priorizou bastante uma profusão de cores, deixando o DVD bastante exuberante. E musicalmente, a veia nordestina do Bigair na produção já era conhecida e, de fato, casou de forma impressionante com a musicalidade do Matheus.

Nota: 9,0

Youtube: Disponível na íntegra no canal oficial

* Raffael Machado – Ao Vivo em Goiânia

Este DVD de estreia do cantor Raffael Machado, talvez justamente por ser de estreia, já que ele vinha de uma formação em dupla com o tio (curiosidade: ele também foi parceiro do Gusttavo Lima por um tempo), o mostra ainda meio inseguro, mas ainda assim bastante concentrado no projeto. Essa concentração fica evidente até nas músicas agitadas, que ele cantou sem esboçar quase nenhum sorriso. Como eu disse, é bem provável que seja devido ao começo e tals, até porque em um clipe mais recente do seu último lançamento, “Cavalinho”, sua desenvoltura já está bem mais evoluída do que na época do DVD.

Com isso, o que se vê nesse DVD é um repertório que não combina tanto com o estilo do artista para aquela ocasião. As canções em que ele se sai melhor são as mais sérias, principalmente a romântica “Mais que as estrelas”. Boa sacada do Maestro Pinnochio, também, a inclusão de cordas em duas guarânias e na música “Simples detalhes”, mais uma das boas do disco, que ficou marcado também pela simplicidade dos painéis de LED.

Nota: 7,0

Youtube: Disponível na íntegra no canal oficial

* Gustavo Moura & Rafael – Ao Vivo em Goiânia

Uma dupla que tem berço na música sertaneja. O pai é o Financeiro, da dupla Monetário & Financeiro. Este DVD, que inaugurou a preferência dos goianos pela gravação de DVDs no Centro Cultural Oscar Niemeyer, traz a boa dupla Gustavo Moura & Rafael numa produção que talvez seja o trabalho recente do Bigair dy Jaime que mais tem a cara dele. Só neste DVD ele toca três instrumentos, com direito até à bateria na música “Magia e Segredo”.

O DVD entrega um bom trabalho tanto no áudio quanto no vídeo, mas o destaque vai provavelmente para as músicas “Quem vê cara não vê coração”, que traz a participação de Edson & Hudson, sempre arrebentando, “Magia e Segredo”, “Fogo e Gelo”, e “Tô namorando não”. O pout pourri de hits sertanejos corrobora a qualidade da dupla e comprova que eles vão melhor nas que exigem um pouco mais da interpretação. Faltou, talvez, um pouco mais de desenvoltura no palco, que teve os cantos muito pouco aproveitados pela dupla, já que eles permaneceram bem mais no centro.

Nota: 8,0

Youtube: apenas algumas faixas disponíveis

* César & Alessandro – Ao Vivo na Sua Casa

César & Alessandro são uma dupla de trabalho consistente. O Alessandro é um compositor de renome, com canções importantes em repertórios de grandes artistas, o que faz com que eles, pelo menos no meio artístico, sejam muito bem quistos. As participações deste projeto ajudam a comprovar isso: João Neto & Frederico, Humberto & Ronaldo e Léo Magalhães. O DVD chama a atenção principalmente na parte visual, onde conta com o mesmo diretor do DVD “A vida é uma festa” da dupla João Lucas & Marcelo. Depois de ver estes dois discos eu passei a considerar o cara um dos mais criativos do momento. É bom ficar de olho.

Neste DVD, que tem o nome bacana de “Ao Vivo na sua casa”, a direção priorizou elementos mais teatrais, com performances roteirizadas de atores e bailarinos em diversas músicas. O destaque vai para a performance feita por um artista naqueles lençóis acrobáticos de circo que ficam pendurados no teto. Mesmo mantendo uma postura musical um pouco antiquada em determinados momentos, a dupla chama a atenção por trocar de voz em diversas faixas do disco, principalmente no pout pourri de hits sertanejos perto do fim do DVD e na última faixa, que condena de forma divertida o sonho de viver uma vida nos EUA.

Nota: 7,5

Youtube: disponível na íntegra no canal oficial

* Maurício & Eduardo – Ao Vivo em Goiânia

Este DVD é provavelmente o primeiro gravado na Villa Mix de Goiânia. E acho até que Maurício & Eduardo foram bem ousados ao decidirem realizar esse projeto lá. É que o espaço é bem reduzido. Como dá pra perceber no vídeo, a dupla teve que tirar um grande espaço do público pra poder montar a estrutura da gravação. Mesmo assim, conseguiram entregar boas canções. Muitas delas, inclusive, já foram para o repertório de outros artistas, coincidentemente até de artistas que gravaram participações neste projeto.

João Neto & Frederico, por exemplo, regravaram depois a música “Engarrafamento”. Israel Novaes regravou “Eu vou pegar você”. “Seu amor sou eu” foi regravada por Guilherme & Santiago (que não participaram deste DVD). O disco ainda traz a participação de Humberto & Ronaldo, Cristiano Araújo (numa das melhores canções do DVD, “Cena de Novela”), Rodolfo & Rodrigo, e o Jessé, da banda Redstones. Apesar das músicas bacanas e do grande número de participações de peso, fica na parte visual a impressão que o disco deveria ter sido gravado num local maior e mais propício.

Nota: 8,0

Youtube: Disponível na íntegra no canal oficial

* Evandro & Agnaldo – Simples de Coração

Um deleite para os fãs de música sertaneja boa. Evandro & Agnaldo gravaram um DVD na sala da casa do empresário, só para alguns familiares, apenas com dois violões e uma sanfona, que nem plugada foi. Tudo valendo, sem click, sem VS, sem fone de ouvido. Dois microfones fizeram a captação do acordeon, tocado pelo grande Nêgo Júlio. Os violões foram tocados pelos irmãos Orlando e Fernando Baron. E o repertório só de modão, com direito a participações especiais de alta qualidade, a começar por Matogrosso & Mathias.

O DVD, aliás, acabou virando uma homenagem à dupla Matogrosso & Mathias, já que eles participaram de 4 faixas das 12 do DVD. Fora eles, participaram também Jorge & Fernando e o cantor Tiago Fernandes. Evandro & Agnaldo puderam imprimir a própria cara a alguns hits. Quem conhece a dupla, sabe a qualidade da voz do Evandro e pode imaginar. O resultado é um disco emocionante, mesmo que curto, e com uma edição de vídeo muito bem feita. De muito bom gosto e, sem dúvida, digno da boa música sertaneja de outrora.

Nota: 9,5

Youtube: apenas uma faixa disponível

* Léo & Marky – Em Férias

Taí um DVD que tinha tudo pra ter dado errado mas que por incrível que pareça superou uma série de dificuldades e acabou se mostrando bem bacana. É que no dia da gravação uma chuva torrencial tomou conta do lugar e praticamente acabou com o projeto. O resultado final, no entanto, acabou ficando mais completo do que a ideia original, que era de apenas um cenário. No fim das contas, foram 3 cenários diferentes: uma prainha em uma ilha em Carmo do Rio Claro, a beira de uma piscina e uma varanda da mesma ilha.

Além de valorizar dois bons compositores de Londrina, o Léo e o Marky, o DVD traz participações interessantes, principalmente a do Alcino Alves, um dos maiores compositores da história da música sertaneja, merecidamente homenageado por Léo & Marky. A ideia do disco era reproduzir as férias em um lugar paradisíaco, e o Maurício Antônio, estreando na direção de vídeo de um DVD, consegue fazer isso muito bem, mesmo com as dificuldades que a chuva impôs. A produção musical do Diego de Souza traz bons músicos como o sanfoneiro Edinho, pai do Diego, e o percussionista Laércio da Costa, além do Luccão no violão.

Nota: 8,0

Youtube: disponível na íntegra no canal oficial

* Denilson & Tiago – Tudo de Boa

Um bom DVD gravado em Goiânia, que traz a dupla Denilson & Tiago, que é primo da dupla Guilherme & Santiago, cantando boas músicas, num disco que se destaca pelo cenário bacana montado pelo Anselmo Troncoso. Ao invés dos LEDs, ele criou um cenário orgânico que imita um sistema nervoso, o que caiu muito bem na tela por conta da iluminação.

O DVD foi produzido pelo Welerson, que atualmente trabalha com o Pinnochio. Apesar de não ter produzido o DVD, o Pinnochio toca sanfona no projeto. O disco traz as participações da dupla Guilherme & Santiago, Humberto & Ronaldo e do Eduardo Melo. O destaque vai para as faixas “Insensato Coração”, “Pede perdão”, “Olhos Negros”, “De boa” e “Um milhão de reais”, bem divertida.

Nota: 8,0

Youtube: Disponível na íntegra no canal da dupla

7 comentários
  • LUCIANO SILVA: (responder)
    30 de dezembro de 2013 às 11:05

    Durante o ano muitas críticas foram feitas e muitas vezes alguns colegas ou os próprios artistas não aceitaram. Para esses que não aceitam opiniões contrárias:
    “…uma ideia só é desenvolvida a partir da critica, primeiramente da própria pessoa que a pensou e depois pela sociedade… criticando ideias em vez de pessoas o mundo expande!!!!”
    Para os artistas que mesmo assim se ofende com opiniões alheias que não são as que eles gostariam de ouvir (ou ler), digo uma coisa: não são ou serão bons profissionais.

  • Alan: (responder)
    30 de dezembro de 2013 às 13:08

    só vi o dvd do conrado e aleksandro e do Rick e Renner. As notas que os dois ganharam foram justas ao trabalho.

  • Renan - SP: (responder)
    30 de dezembro de 2013 às 14:35

    Esse ano só vi dois DVD’s do gênero.
    Trio Parada Dura:
    Muito bom.
    NOTA: 8,0.
    Gilberto e Gilmar:
    Poderiam ter caprichado um pouco mais no repertório.
    NOTA: 5,5.
    Não da pra fazer um TOP FIVE de DVD’s desse ano.
    Portanto vai os 5 + de todos os tempos
    do Sertanejo.

    1 – DVD AMIGOS:
    Um marco da música sertaneja (batendo até os especiais de fim de ano do Roberto Carlos em audiência), responsável por colocar a música “sertaneja” onde ela está até hoje.
    Cenários que dão de goleada em qualquer um feito hoje em dia (palco em formato de estrela, palco em cima de máquinas pá carregadeira…), público e cantores na mesma sintonia, e as duplas e o repertório não precisa nem comentar.
    NOTA: 9,0.
    2 – CHRYSTIAN E RALF – “ACÚSTICO 1”:
    Mudaram totalmente a roupagem das músicas, abusando da guitarra e indicando o caminho por onde a música sertaneja iria percorrer no início dos anos 2000, show de arranjos.
    Cuidaram também da parte visual, contando com uma bailarina na música “Yolanda” e com um casal na música “La Copa Rota”.
    NOTA: 8,5.
    3 – CHITÃOZINHO E XORORÓ – “SINFÔNICO”:
    Bom repertório, excelente escolha do local, excelente os arranjos, só pecou nas participações especiais (Maria Gadú e Alexandre Pires não eram os convidados ideais para o projeto).
    NOTA: 8,5.
    4 – CHITÃOZINHO E XORORÓ – “30 ANOS DE CORAGEM”
    Bons Extras, bom repertório, teatro no meio do show e pedaço mostrado direto do estúdio, fizeram o diferencial.
    NOTA: 8,5.
    5 – CHRYSTIAN E RALF – “ACÚSTICO 2”
    Repertório e arranjos totalmente diferentes do primeiro, nesse abusando mais da sanfona e principalmente do bandolim, dando um ar de música Celta.
    Essa é a dupla que sabe inovar, deveriam estar servindo de referência pra atual música sertaneja, os três últimos albuns da dupla, apontam o caminho.
    NOTA: 8,0.

  • Victor André Lima Barros: (responder)
    31 de dezembro de 2013 às 00:38

    Onde que encontra esse Cd do Evandro & Agnaldo? Só tem no Sound Cloud mas não dá para baixar! Se alguém tiver o link posta, fazendo favor!

  • @ariomester: (responder)
    31 de dezembro de 2013 às 10:21

    Ano vai, ano vem e continuam as mesmas capas de CD e DVD – cada um da dupla olhando pra um lado com a boca aberta ou um olhando para o outro como se não existisse ninguém assistindo. Ou o famoso misturar foto do artista com a foto do palco, o que desfoca os dois (p.ex, Gabriel Gava). As roupas, cortes de cabelo e atitudes nas fotos são muito parecidas. Imagino que muitos arranjos sejam iguaizinhos, ou bem parecidos. Essa eterna repetição do “vamos fazer desse jeito porque fulano deu certo fazendo” não ajuda em nada o mercado, ao contrário. Criatividade menor que zero.
    Eu não ouvi os trabalhos, não entro no mérito do repertório e arranjos, mas o que temos visto ultimamente é uma batalha para todo mundo soar a mesma coisa, o que para o mercado é péssimo, pra dizer o mínimo. Espero que isso mude e cada um busque a sua sonoridade, a sua identidade musical e visual e construa o seu repertório (que não ficaria bom pra mais ninguém além do artista).
    Feliz 2014 pra todo mundo e sucesso pra esses artistas e os demais que estão ai na estrada buscando seu espaço.

  • Gustavo: (responder)
    1 de janeiro de 2014 às 10:40

    Corrigindo. O nome da música do Seu Maxixe com Tomate é “O Tempo Terminou”

  • Moda Boa: (responder)
    3 de janeiro de 2014 às 00:52

    Sempre critiquei o Thiago Brava, mas fui em um show dele e retiro minhas criticas, o cara sabe envolver o publico o show todo da primeira a ultima musica, interage com os fãs, tudo mais, ao contrario do show de Paula Fernandes que parece ser fria no palco, como nao queresse cantar, apesar de ter uma voz no tom belissimo.

Redes sociais
Sobre o autor
Marcus Bernardes é bacharel em direito e entusiasta da música sertaneja. Criou o Blognejo com o intuito de falar de maneira séria e digna sobre o segmento. Hoje é o veículo mais respeitado do meio, sendo referência em coberturas de eventos, lançamentos, entrevistas e análise de mercado.