17 mar 2011 | Lançamentos
Na batalha do ECAD, deu Victor Chaves de novo

Apesar de algumas tendências regionais inicialmente mostrarem que o ano de 2010 consagraria o compositor Sorocaba, responsável por sucessos da própria dupla e de artistas como Luan Santana e diversos outros, Victor Chaves mantém o primeiro lugar na arrecadação de direitos autorais pelo terceiro ano consecutivo.

Sorocaba vinha mantendo-se em confortável posíção nos últimos rankings sazonais divulgados pelo ECAD, mas no ranking relativo a todo o ano de 2010, divulgado recentemente, Victor Chaves manteve a soberania. Provavelmente devido ao intenso apelo popular da dupla Victor & Leo e à participação ativa na programação da Globo, com participações constantes em trilhas de novela, quase sempre com temas dos protagonistas ou das aberturas.

A lista, aliás, manteve-se razoavelmente estável se comparada à lista referente ao ano de 2009. Na lista de 2010 Sorocaba aparece em segundo lugar. Outro sertanejo presente nos TOP 10 é o compositor Euler Coelho, responsável por canções como “Chora, me Liga”, “Voa Beija-flor” e, mais recentemente, “Abelha”. Dorgival Dantas, conhecido forrozeiro, responsável por diversas canções também gravadas por sertanejos (“Pode Chorar”, “Coração”, “Você não vale nada”), também aparece na lista.

Os 10 compositores que mais arrecadaram direitos autorais no ano de 2010 segundo a lista do ECAD foram, na ordem: Victor Chaves, Sorocaba, Nando Reis, Roberto Carlos, Dorgival Dantas, Euler Coelho, Paul McCartney, Lulu Santos, Erasmo Carlos e Djavan. Mais uma vez comprova-se a soberania da música sertaneja e a preferência do brasileiro pelo segmento. E apesar das constantes reclamações dos profissionais da cultura sobre a distribuição da arrecadação do ECAD, o órgão divulgou a informação de que a distribuição no ano de 2010 foi recorde e que aumentou inclusive a quantidade de compositores recebendo direitos autorais. De 81.250 em 2009 para 87.500 em 2010.

A disputa continua acirrada e o ano de 2011 promete esquentar ainda mais essa “briga”. O ECAD pode ser praticamente um órgão desacreditado e desprestigiado por conta da duvidosa distribuição e métodos pouco ou nada ortodoxos de arrecadação, mas o fato é que tais listas ainda são um importante termômetro, afinal é a mais precisa lista de execução de músicas em nível realmente nacional. A Crowley, por exemplo, só abrange determinadas cidades, mas enfim…

39 comentários

Redes sociais
Sobre o autor
Marcus Bernardes é bacharel em direito e entusiasta da música sertaneja. Criou o Blognejo com o intuito de falar de maneira séria e digna sobre o segmento. Hoje é o veículo mais respeitado do meio, sendo referência em coberturas de eventos, lançamentos, entrevistas e análise de mercado.