05 set 2013 | Na Estrada
Na Estrada – Festeja, o novo festival sertanejo da Som Livre

Festivais sertanejos estão ganhando cada vez mais espaço na agenda anual de shows do mercado brasileiro. Num período no qual o contratante tem encontrado cada vez mais dificuldades de realizar eventos, principalmente por conta das descabidas condições impostas pelos escritórios, os festivais acabam sendo uma alternativa interessante, principalmente como opção às grandes feiras. Só um ou dois dias de trabalho, com o pagamento de apenas uma ou duas diárias para todos os profissionais envolvidos e para o aluguel da estrutura e dos equipamentos, entre outros benefícios.

É claro que a receita com certeza deve ser mais baixa, afinal o valor do ingresso proporcionalmente diminui e o lucro acaba sendo dividido com mais artistas, mas o custo também é menor. De toda forma, quase sempre o contratante se estrepa, como de praxe atualmente, mas com vários shows em uma mesma noite e em um mesmo palco pelo menos a dor de cabeça é toda apenas por um dia.

Depois de emplacar por um tempo o Sertanejo Pop Festival, este ano a Som Livre promove pelo menos mais dois festivais diferentes. O Arena Pop, que deve ser realizado em Goiânia, vai promover o encontro de artistas de diversos gêneros populares. Já o “Festeja”, abreviação de “festa sertaneja”, será dedicado apenas a artistas sertanejos. Com edições em diversas cidades diferentes, começando por Contagem e Ipatinga, o “Festeja” acaba mostrando um bom diferencial, que é levar um evento de grande porte para cidades que tradicionalmente não costumam receber festivais assim. Para este ano, ainda estão previstas outras edições em cidades médias mineiras e, em breve, em outros estados. E assim como o Arena Pop, o festeja também dará nome a uma coletânea da Som Livre que deverá ser lançada em breve.

Fui convidado pela Multiplus Shows e Eventos para acompanhar a etapa de Contagem do Festeja, realizada na última quinta-feira, véspera de feriado na cidade. A empresa ficou responsável pela promoção e realização do evento, junto com a Som Livre, nas duas cidades mencionadas. Em Contagem, com público de 15 mil pessoas, as apresentações ficaram por conta do Rafael Machado, Cristiano Araújo, Victor & Leo, Munhoz & Mariano e Gusttavo Lima. Em Ipatinga, com 10 mil pessoas presentes, cantaram Pedro Paulo & Alex, Zé Ricardo & Thiago, de novo Cristiano Araújo, Fernando & Sorocaba e Luan Santana.

Por ter a marca Som Livre por trás de tudo, as coisas acabam acontecendo de uma forma menos anti-democrática, hehe. É que em outros festivais é normal assistir apenas artistas de um único escritório, que ou promove um evento ou fecha uma parceria de exclusividade com o realizador. Fora isso, o carimbo Som Livre ajuda até a trazer artistas que normalmente não são vistos em ocasiões do gênero, como Victor & Leo, que fecharam recentemente um contrato com a gravadora para o lançamento do próximo disco.

Desta vez, fui agraciado com um crachazinho de produção, hehe, o que me permitiu circular livremente por todas as áreas do evento. Mais uma vez, pude testemunhar bem de perto toda a correria da troca de equipamentos de um artista para o outro, comum aos festivais. Mas se nos festivais realizados por um único escritório as trocas costumam ser mais rápidas até porque se reaproveita praticamente a mesma estrutura, no caso do Festeja, assim como no de vários outros festivais, todos os instrumentos são substituídos entre uma apresentação e outra. E tudo isso deve acontecer no mínimo tempo possível, já que ali na frente estão 10 ou 15 mil pessoas que pagaram ingresso e que geralmente não costumam ter paciência entre uma apresentação e outra.

Rafael Machado abriu os trabalhos em Contagem como artista convidado, mas mesmo assim com ótima receptividade do público, apesar dele naturalmente ter cantado poucas músicas do próprio repertório. Digo naturalmente porque essa é a postura mais comum aos artistas iniciantes. Cristiano Araújo veio na sequência com um show que já é um dos mais elogiados pelo público por conta da destreza do cara no palco e do repertório quase 100% agitado. Mesmo mandando bem demais no romântico, o show do Cristiano é quase todo pra cima. A resposta do público é sempre positiva.

Victor & Leo vieram na sequência com a vantagem de ter ali na região de Belo Horizonte uma das suas mais intensas concentrações de fã-clubes. Mesmo com o show tradicionalmente mais light, as fãs acabam fazendo a parte delas. Munhoz & Mariano deram continuidade à festa, que acabou depois das 06 da manhã com Gusttavo Lima. O fato do Gusttavo ter ficado por último acabou segurando boa parte do público presente, que não se incomodou sequer com a demora na montagem do equipamento dele. O intervalo entre o show de Munhoz & Mariano e o do Gusttavo Lima foi, creio eu, o mais longo da noite.

Outro aspecto interessante do evento foi a proximidade entre o artista e o fã. O camarote foi posicionado de forma a permitir que as pessoas acompanhassem a chegada dos artistas ao local do evento e o caminho entre o camarim e o palco. Victor & Leo, por exemplo, demoraram após o show no mínimo uma meia hora entre o palco e o camarim, que não estavam nem a 30 passos de distância, atendendo aos fãs, tirando fotos, etc, etc, etc.

Com toda a diretoria da Som Livre presente, até que foi engraçado testemunhar exemplos de bom comportamento por parte de todos os artistas que se apresentaram em Contagem, hehe. Afinal de contas, não dá pra passar vergonha na frente da gravadora, né? Pelo que eu pude ver pelo menos na edição de Contagem, o Festeja mostrou ter potencial para entrar na agenda anual de festivais, que a cada ano ganha mais eventos e seduzem mais e mais realizadores. Talvez seja essa a alternativa dos contratantes. Mesmo que nem todos tenham o selo Som Livre para fazer valer certas condições perante os artistas.

Abaixo, duas galerias de fotos. A primeira traz 387 fotos do Festeja Contagem, tiradas por este intrépido blogueiro que agora cismou que também é fotógrafo. A segunda traz algumas fotos do Festeja Ipatinga, tiradas pelo Elderth Theza.

Em breve, a gente divulga por aqui a agenda completa do Festeja para os próximos meses.

* Contagem

* Ipatinga

2 comentários
  • Mariana: (responder)
    5 de setembro de 2013 às 23:01

    Bom demaisss

  • Paty: (responder)
    8 de setembro de 2013 às 08:01

    Amei as fotos!

Redes sociais
Sobre o autor
Marcus Bernardes é bacharel em direito e entusiasta da música sertaneja. Criou o Blognejo com o intuito de falar de maneira séria e digna sobre o segmento. Hoje é o veículo mais respeitado do meio, sendo referência em coberturas de eventos, lançamentos, entrevistas e análise de mercado.