11 dez 2013 | Na Estrada
Na Estrada – João Neto & Frederico corroboram experiência em gravações com mais um grande DVD

Eu estava fazendo as contas dia desses. João Neto & Frederico são provavelmente a dupla sertaneja com mais DVDs no curriculum. O primeiro, inclusive, chegou a ser refeito na época porque o HD com todas as pistas do áudio gravado estragou após a primeira gravação. Sem contar a primeira gravação do primeiro DVD, a gravação realizada na semana passada em Vitória foi a sexta da carreira dos dois. E o Blognejo teve a oportunidade de estar lá para acompanhar.

Por ser a sexta gravação da carreira (a sétima, se contarmos a primeira perdida, rsrs), era de se esperar que a dupla João Neto & Frederico conduzisse o evento com total desenvoltura. Não deu outra. A gravação durou menos de duas horas e o único contratempo, que mencionaremos mais adiante, sequer aconteceu por culpa dos dois.

A gravação aconteceu num mega ginásio de Vitória, no Espírito Santo. Apesar do calor arrebatador, que me renderam algumas milhares de calorias a menos, o ginásio escolhido é um espaço incrível para esse tipo de evento. A imagem formada pelas pessoas abanando as mãos com panfletos para se refrescar do calor nos intervalos entre as músicas também produziu uma efeito bacana, apesar de eu achar que esse tipo de imagem não vai ser usada na edição final, hehe.

O DVD contou com um palco bem diferente do padrão, também. Ao invés da banda distribuída no fundo do palco e tudo mais, foram montadas diversas ilhas, uma para cada músico, e uma ilha principal no centro, para a dupla. O cenário, criado pela HIT Music, comprovou mais uma vez o talento dessa empresa nesse tipo de trabalho. Ao centro, um painel circular projetava com uma qualidade fantástica as imagens escolhidas para ilustrar cada música. Atrás do painel, um elevador trouxe a dupla no começo da gravação e levou embora no final.

O repertório do disco foi bem balanceado entre canções românticas e canções agitadas com temas pré-definidos, como já é praxe no repertório da dupla. Tem a música que conta a história do cara que pede pra melhor amiga do seu interesse romântico ajudá-lo na conquista, outra que conta a história da menina santinha mas que se transforma quando bebe (o que vai provavelmente desagradar os puritanos, principalmente por conta do nome: “Bebeu, Fudeu”) e por aí vai. Canções agitadas, mas sempre contando alguma historinha inusitada.

Um dos diferenciais deste DVD vai ser a presença de uma música na qual o João Neto faz a primeira voz, coisa que nunca aconteceu em nenhum outro DVD da dupla. E não fez feio, pelo contrário. Escolheu uma das mais românticas do disco para gravar e mandou benzaço.

Entre as participações, a primeira dupla provocou a histeria do público, mesmo o público ainda não conhecendo, hehe. Gregory & Gabriel gravaram uma das diversas composições do Gabriel Agra (o Gabriel da dupla, hehe) presentes no DVD. São 8, se não me engano. Cesar Menotti & Fabiano gravaram também uma agitada. A perda de peso do Cesinha, aliás, chamou bastante a atenção. Henrique & Juliano gravaram a música “Pode isso Produção”, composição do Diego Kraemer, do Tiago Marcelo, do Marcos (o do Belutti) e do Caco Nogueira, que já postamos aqui no Blognejo com o Guilherme Valim.

Bruno & Marrone fizeram a participação mais celebrada da noite. A música escolhida para a gravação, “Chamam isso de traição”, é uma das melhores do disco e provavelmente vai ser a primeira música de trabalho do projeto, dada a reação dos presentes à gravação.

A participação do Cristiano Araújo acabou quase não acontecendo. É que a gravação durou apenas uma hora e cinquenta minutos e no fim da mesma o Cristiano não tinha chegado ao local ainda. João Neto & Frederico chegaram inclusive a gravar a música que gravariam com o Cristiano sem a participação dele e as luzes já estavam quase sendo desligadas quando ele enfim chegou ao local. Aí foi só repetir a gravação da música para enfim finalizar o projeto.

Mais uma vez a dupla João Neto & Frederico comprovou ser uma das mais experientes nesse tipo de evento. Lembro até hoje da gravação do DVD “40 anos – Nova Geração” da dupla Chitãozinho & Xororó, quando eles foram a única dupla que não teve que repetir a participação. Na gravação de quarta-feira, souberam inclusive trabalhar muito bem o tempo entre o final da gravação e a chegada do Cristiano, para que o público não perdesse o pique. Não repetiram quase nada, exceto algumas das músicas gravadas com participações especiais, e finalizaram a gravação antes que alguém pudesse reclamar da demora.

Escolheram uma equipe incrível para o projeto (Pepato na produção musical, Catatau na direção de vídeo e cenografia da HIT Music) e mais uma vez provaram que gravar um DVD em cidades não tão acostumadas com esse tipo de evento é sempre, repito, SEMPRE, a melhor decisão. Basta rever os DVDs que eles gravaram em São José do Rio Preto e em Palmas. O público participou ativamente e cantou tudo o que sabiam cantar, principalmente a música de trabalho “Crime Perfeito”. Com certeza, o resultado final vai ficar bastante satisfatório.

Abaixo, uma galeria com 400 fotos da gravação, tiradas por mim. Confiram.

30 comentários
  • Rafael Cesar: (responder)
    11 de dezembro de 2013 às 14:31

    João Neto & Frederico é uma dupla que admiro muito, são talentosos demais, e de uns anos pra cá eu não tenho mais seguido a dupla, porque começaram a gravar muita coisa descartavel depois da fraquissima “LÊ Lê Lê” , adoro os albuns mais antigos deles, principalmente o segundo “Acústico Ao Vivo” que é o melhor da carreira, inclui musicas lindas como:
    Só De Você , Filme De Amor, Pura Magia, Meu Anjo, traz as vaneiras excelentes como:
    Bebo E Dou Trabalho, Pega Fogo Cabaré, Por Favor Reza Pra Nóis.
    Naquela época o Sertanejo universitario era uma coisa muito boa.
    Eu acho que João Neto & Frederico tem muita coisa boa, e deveria fugir dessas musicas que o Mercado prega hoje.Eles deveriam seguir a linha de antes, os arranjos de antes, é uma dupla muito boa.

  • Mauro Ronaldo: (responder)
    11 de dezembro de 2013 às 15:00

    Primeira vez que escuto esse nome, João Neto e Frederico, serio mesmo.

    • artur: (responder)
      11 de dezembro de 2013 às 15:11

      De onde você veio? Cuba??? Ou talvez da selva?

  • Alan: (responder)
    11 de dezembro de 2013 às 15:33

    Essa mauro tá tirando da nossa cara kkk…eu gosto de umas músicas da dupla, mas pra mim tinham que ter gravado mais um disco de estúdio pra juntar um repertório maior sem contar com repetiçoes do “ao vivo em palmas”…no caso desse novo álbum indecifrável só vai ter umas 4 músicas. Mas parece ter ficado o máximo o dvd.

    • Rafael Cesar: (responder)
      11 de dezembro de 2013 às 15:39

      Alan tem cantores que se cantarem em estudio a musica meio que perde a identidade, cantores como Jorge & Mateus, João neto & Frederico, e outros devem priorizar a musica ao vivo, geralmente odeio ao vivo mais esses cantores já tem essa identidade.
      Os ultimos trabalho da dupla não vem me agradando, os anteriores são muito bons.

  • CARLOS: (responder)
    11 de dezembro de 2013 às 16:03

    Essa Dupla Gregory e Gabriel, eles são da minha cidade e a facilidade do Gabriel de compor uma musica top atras da outra é incrível, sem contar que o Gregory canta muito, voz bem parecida com a do Eduardo Melo.

  • Renato Murakawa: (responder)
    11 de dezembro de 2013 às 16:43

    Primeiramente, já queria deixar claro que respeito qualquer e toda opinião que divergem da minha.

    Mas, alguns ouvintes da música sertaneja, acabam criticando por desconhecer todo o trabalho dos artistas João Neto & Frederico.

    Obviamente, que JN&F já erraram em repertório, já erraram em escolhas de determinadas músicas, enfim, normal.

    Musicalmente, criticam a Lê Lê Lê. Pô, mas no mesmo DVD, eles gravaram Te Amo e Nada Mais, Mais um Sonhador, Minha Herança… que são músicas românticas, que remetem ao que eles fazem desde 2007, que é a mescla de músicas animadas com modas românticas.

    A parte comercial PRECISA existir. Precisa-se vender show para se viver. E o que vende hoje? Não preciso nem responder. Como um artista como Michel Teló pode se virar para o AI SE EU TE PEGO, Gustavo com o Tche rere, e JNeF pro seu LE LE LE ???

    E quem fala que JN&F é somente o LE LE LE, é novamente, desconhecedor do repertório e histórico da dupla. Quem das novas duplas já fez um DVD somente com modas antigas? Que sabe cantar guarânias, que sabe fazer boleros.

    Enfim, não é pq são meus amigos, mas eles são sem dúvidas uma das duplas mais COMPLETAS da nova geração. E não sou eu que digo isso. Chitãozinho e Xororó já disseram isso. Zezé e Luciano assinam embaixo, o Bruno e Marrone agora gravaram uma moda com eles que é uma baita de uma moda sertanejaaaa….

    Enfim… JN&F sempre vão ter um apelo COMERCIAL muito forte, porém, JAMAIS eles se esquecem do que realmente é o Sertanejo!!!

    E o Marcão, sabe disso!

    Abraços a todos! e Aguardem a moda cm B&M, Cristiano Araújo! Q vcs vão ver o que é moda derramada kkkkk

    • Rafael Cesar: (responder)
      11 de dezembro de 2013 às 17:33

      João Neto & Frederico é sim uma das duplas mais completas do genero, como voce dissertou eles erraram sim,não existe repertorio perfeito, mas tem nem comparação as musicas animadas que se faziam antes com essas de agora, as de antes as letras envolviam situações engraçadas, duplo sentido, os bailões e forró, até mesmo o jeito de cantar, hoje em dia abordam a ostentação, a pegação, a bebidas e temas sem sentido, até mesmo nos arranjos animados de antes batiam 100% os de hoje que tem aquela safona chata e enjoativa, uma bateria que é a mesma em todas as musicas, antes a sanfona era bem usada, tinha solos longos, e tinha sua parte complementar, não to citando isso no João Neto & Frederico não, foi uma oportunidade de falar da musica animada no geral de antes para o depois.
      Eu gosto demais do João Neto & Frederico, tem musicas deles que eu não escuto essa Lê Lê Lê é uma delas, ai já é uma visão minha em relação de gostos, eu acho que eles tem uma carreira brilhante, mais musicas boas que ruins, mas tem musicas que eles andaram fazendo de 2011 pra cá que eu não me simpatizei, até pelas caracteristicas que gosto.

    • Paulo Ricardo: (responder)
      11 de dezembro de 2013 às 20:33

      x____________________________

      assino embaixo

    • emerson: (responder)
      12 de dezembro de 2013 às 22:16

      Disse tudo, os caras nao precisam provar nada, tem a sua identidade no mercado, comercial todo mundo tem que gravar, e o que o mercado consumidor pede….Esses caras gravaram dois dvds de modoes que falam por si so…escutei o cd e gostei…mesclou bem as musicas agitadas com as romanticas…vai fazer sucesso mais uma vez..quero mto escutar essa gravacao com Cristiano Araujo e BeM

  • Alan: (responder)
    11 de dezembro de 2013 às 18:31

    O Zezé disse uma vez “gravamos música românticas, mas precisamos das animadas pra vender e animar show”. Ta aí a descriçao de joão neto e frederico e de vários artistas sertanejos atuais e antigos. Claro que existe o lado comercial do LE LE LE, mas são ótimos cantores e tem músicas romanticas muito boas.

    • Rafael Cesar: (responder)
      11 de dezembro de 2013 às 18:43

      Todos os artistas tem musicas animadas, exceto Chrystian & Ralf que gravam um repertorio 100% serio.
      Mas acho que tem uma diferença nas musicas animadas, eu gosto das musicas animadas dos mestres Teodoro & Sampaio e Gino & Geno, gosto também das do Rick & Renner, Daniel,Gilberto & Gilmar,etc.Acho que musica animada tem que ter seriedade,fazer uma coisa bacana, não igual as de hoje que são descartaveis, musicas animadas tem que ser criativas, compositores que sabem fazer isso:
      Alcino Alves, Jovelino Lopes, Rick, Pinochio, Waldir Luiz, Chico Amado, Jairo Goes,etc.
      Acho que é questão de saber fazer uma musica boa, e saber colocar um arranjo ideal.

  • LUCIANO SILVA: (responder)
    11 de dezembro de 2013 às 18:48

    Pra quem não foi ao show o jeito é apelar para o youtube. Quem quiser conferir:
    http://www.youtube.com/watch?v=Eulck2sIKxg

    Assim como Munhoz e Mariano, perderam a chance de usar o dinheiro do “sucesso” (Lê Lê Lê) para produzir um trabalho de maior qualidade. Como a dupla referida preferiram seguir pelo caminho do “mais do mesmo” ou “o mesmo novamente”.
    Para que a galera possa sentir o que vem por aí resolvi transcrever algumas frases das músicas.

    Estão engarrafando uma cerveja atrás
    da outra
    Os homens estão chapados…

    BEBEU FUDEU
    Ela é linda, ela é top, ela é gama
    Mas bebeu, fudeu…
    Ela já virou tequila
    Ela já virou cerveja
    Ela já virou whisky
    Já dançou em cima da mesa…

    PODE ISSO PRODUÇÃO
    Mas eu dei um jeito
    pra ninguém ficar na mão
    duas de cada vez…

    PAREI
    Parei senti o drama
    Já começou fim de semana…

    A música com o Cesar Menotti e Fabiano
    Faltou ensaio e o Fabiano estava perdido pensando no medida certa.

    A música com o Bruno e Marrone.
    A melhor do DVD, mas como sempre o Marrone avacalhando com aquela 2ª de 2ª.

    Assim como Marcos e Belutti, João Neto e Frederico têm potencial, são duplas de verdade com 1ª e 2ª vozes, mas de repertório…

    • Rafael Cesar: (responder)
      11 de dezembro de 2013 às 19:19

      Pois é essa musica só pela letra que apresenta pra mim é carta fora do baralho, eu sempre disse isso, eles poderiam optar e apostar em musicas como as de antes, mas por que não fizeram isso ? porque só estouraram quando colocaram um repertorio lado B.
      E depois que explode segue a mesma linha, eles poderiam estar num patamar maior se tivesse seguido a mesma linha do inicio da carreira, estaria no topo junto com Jorge & Mateus, da pra fazer musicas boas e animadas sem perder o bom senso.
      Não estou dizendo que não gosto de musicas animadas, o cd pode ser 100% só de musicas animadas desde que faça boas escolhas, vou citar um cd lado B do Rick & Renner “Rick & Renner – Bom De Dança” 2006 , das 15 faixas tem 2 Country para os peões, e as 13 só vaneirão, só teve musicas criativas, muito boas, situações engraçadas, duplo sentido, souberam fazer um trabalho bonito com esse cd, vale ressaltar que todos os arranjos desse cd foram criadas pelo Pinochio.
      Tem coisas que se forem bem pensadas, bem trabalhadas nossa sai 100%.
      João neto & Frederico poderiam fazer um trabalho assim evitando essas musicas que falam de bebidas, ostentação, pegação, e se for o caso de gravar musicas animadas escolherem musicas que dê bons frutos para todos os gostos.

      • Renan - SP: (responder)
        11 de dezembro de 2013 às 21:01

        Letra sem baixaria e falando a verdade.
        Os melhores do gênero no quesito “animação”.
        “Está provado que assinar papel
        Já virou comércio em todo lugar”

        http://www.youtube.com/watch?v=iPtoMCqo-HQ

        • Rafael Cesar: (responder)
          11 de dezembro de 2013 às 21:16

          Não, o cara fazendo um album de musicas animadas contendo conteudo já basta.Os melhores do genero em quesitos animação é Teodoro & Sampaio.
          Eles sim tem a voz pra esse tipo de musicas, bons musicos e arranjadores, e letras com muito humor.

          Eles até hoje fazem musicas animadas e não tem uma musica com aquele Acordeom enjoativo, aquele mesmice de bateria, as musicas deles são muito bem arranjadas, com longos solos de Acordeom, gosto demais daquelas vaneiras que hoje não se fazem mais:
          http://www.youtube.com/watch?v=_gDefXgtuqg

          • Renan - SP: (responder)
            11 de dezembro de 2013 às 21:32

            Rafael, discordo, conforme citei acima, não curto muito animadas de baixaria, Teodoro e Sampaio, Gino e Geno, apelam muito pra esse lado.
            E o mais dificil, fazer animada com certo conteúdo, volto a citar:
            “Está provado que assinar papel
            Já virou comércio em todo lugar”

            Composição do crítico José Fernandes.

            • Rafael Cesar: (responder)
              11 de dezembro de 2013 às 21:53

              Não essa que eu postei foi pra te dar um exemplo do estilo que eu gosto, vaneirão, fala verdade o arranjo dela é bom, não é ? a Safona é muito bem utilizada e os solos são ótimos.
              Tipo Teodoro & Sampaio e Gino & Geno tem esse estilo e é bem natural, essas musicas deles são duplo sentido, acho que eles são os unicos com autoridade pra fazer esse tipo de musica, outras cantando essas musicas ficariam muito vulgar.
              Eu entendo o ponto de musicas animadas que voce curte, tem muita coisa animada boa, eu já prefiro as duplo sentido.

  • Valdir: (responder)
    11 de dezembro de 2013 às 21:42

    Aposto que metade dos que criticam as musicas comerciais nunca ouviram um cd do trio parada dura! Música de apelo comercial sempre existiu e continuará existindo… Ou alguém acha que “Submarino Amarelo” dos Beatles era uma poesia musicada ?
    Acho que JN&F são muito bons e se mantem em alto nível a muito tempo, o que precisa ser louvado em tempos onde um artista surge e desaparece no mesmo ano. Em um país onde a fidelidade do público com o artista inexiste ou se resume ao que a mídia diz que deve ser ouvido ou não.

  • Rafael Cesar: (responder)
    11 de dezembro de 2013 às 22:03

    Renan, separei uns vaneirão pra voce sem ser duplo sentido,queria ter colocado outras a mais mas não achei no youtube,mas escute elas ai:
    Rick & Renner – Peão Que É Peão
    http://www.youtube.com/watch?v=2AOFO_YfWoo
    Gian & Giovani – O Trem É Bão
    http://www.youtube.com/watch?v=IzRZJEv7syU
    Guilherme & Santiago – Se Essa Moda Pega
    http://www.youtube.com/watch?v=mK2Q9-8dmpI
    Daniel – Carro e Mulher
    http://www.youtube.com/watch?v=9vY9lrtf-a4

    • Renan - SP: (responder)
      12 de dezembro de 2013 às 00:54

      Rafael, entendi.
      Gosto é gosto, das animadas eu sou mais da linha “Moreninha Linda” (Tonico e Tinoco), daquelas que remetem mais ao campo:
      “Em toda festa de São João
      Tem fogueira, tem balão
      No “arraiá” muito quentão
      E a sanfona não pára, não”

      http://www.youtube.com/watch?v=Z1UdJrU_gSw

      “É gera-gera
      Geração anos 60
      Que quase arrebenta
      De tanto se esfregar

      Então requebra, esfrega,
      requebra
      Esfrega no cumpade
      Que ele levanta e acende e acende
      O fogo da cumade ”

      http://www.youtube.com/watch?v=-2Rt9Re7DBo

  • @ariomester: (responder)
    11 de dezembro de 2013 às 22:20

    JN&F era um tipo de genérico do João Bosco e Vinícius uns 7 anos atrás, até onde eu me lembro. Seguiram nessa onda e encontraram um repertório muito bom, na época do Pura Magia, mas logo começaram a virar pra onde o mercado virava.
    Não sou contra música comercial, mas acho que a força do artista é a sua identidade. JN&F são massa, cantam até bem, tem boa musicalidade, mas ficam nessa de cada hora gravar uma coisa diferente pra atender o mercado e acabam sem personalidade.
    O público ouve Leonardo e sabe que é Leonardo. Ouve Daniel e sabe que é Daniel. Ouve João Bosco e Vinicius e sabe que é João Bosco e Vinicius. E assim por diante. Apesar dos estilos diferentes, são artistas que bateram o pé e mantiveram-se num estilo que pra eles funciona.
    Acho que falta a JNF uma identidade musical clara e não apenas vocal até porque a voz deles é legal, mas não a ponto de se bastar. É a minha opinião.

    • Rafael Cesar: (responder)
      11 de dezembro de 2013 às 22:29

      Então cara um pouco do que citei acima voce complementou, eles tem bons repertorios principalmente o “Acustico Ao Vivo” 2007 , que é o melhor deles, tem as vaneiras “Por Favor Reza Pra Nóis”, “Bebo e Dou Trabalho”, “Pega Fogo Cabaré” , as romanticas “Pura Magia”, “Só De Você”, “Meu Anjo”, “Filme De Amor”, os caras são bons mais depois da explosão da Lê Lê Lê eles começaram a atender o Mercado e seguir a linha de hoje em dia.Se eles tivessem deixado as coisas acontecerem naturalmente, sem duvidas estariam no topo com Jorge & Mateus.
      Mas não é só eles que começaram a atender o Mercado não, outras duplas da geração anos 90, grandes nomes também seguem a linha que é o caso do Bruno & Marrone, e Guilherme & Santiago, essas duplas praticamente seguiram uma trajetoria parecidas, e ficaram nessa de tentar agradar os dois tipos de publico, mas no momento que eles tão ganhando o publico recente, eles podem estar perdendo o publico que gosta do que era feito antes.

      • LUCIANO SILVA: (responder)
        11 de dezembro de 2013 às 23:03

        Resumindo, eles vão perder o público que ainda compra os CD/DVDs e pede música nas Rádios voluntariamente.

        • Rafael Cesar: (responder)
          12 de dezembro de 2013 às 13:10

          Pois é Luciano, eu particularmente não compro mais os cds recentes nem do Bruno & Marrone e nem do Guilherme & Santiago, sou fã mesmo das duas duplas, mas de uns anos pra cá…

  • Mauro Ronaldo: (responder)
    12 de dezembro de 2013 às 10:33

    Canta bem, tem futuro, sou do MS,aqui nunca teve shows deles, tava ouvindo as musicas deles, mas lembro que as melhores, foi regravadas, pelo Bruno e Marrone e Guilherme e Santiago, agora vou prestar atenção nessa dupla também.

  • Alan: (responder)
    12 de dezembro de 2013 às 14:37

    O Bruno e Marrone não estão tão ruins assim, seu último dvd foi muito bom, e um cara falou do “Yellow Submarine” dos Beatles, nem dá pra comentar, já que foi feita à base de muitas “Dorgas Mano!”

  • Goiano: (responder)
    12 de dezembro de 2013 às 16:24

    Esses caras são bons! Mas, estragam o talento investindo nos últimos trabalhos naquilo que o mercado tem de pior! uma pena#

  • Daniel Assis: (responder)
    13 de dezembro de 2013 às 13:26

    Eu sempre fui contra essa dupla, até assistir a um show deles na cidade de Herval D´oeste (SC)!!!

    Dupla extremamente humilde, carismatica e que canta muito bem no AO VIVO!

    Realmente os meninos calaram minha boca e hoje são uma das duplas que mais me agradam!

  • Renato Murakawa: (responder)
    14 de dezembro de 2013 às 08:41

    em especial ao companheiro Luciano,

    http://www.youtube.com/watch?v=h5C9yIp2gyI

    Hahaha…

Redes sociais
Sobre o autor
Marcus Bernardes é bacharel em direito e entusiasta da música sertaneja. Criou o Blognejo com o intuito de falar de maneira séria e digna sobre o segmento. Hoje é o veículo mais respeitado do meio, sendo referência em coberturas de eventos, lançamentos, entrevistas e análise de mercado.