04 jul 2013 | Na Estrada,Notícias
Na Estrada – Marcos Paulo & Rulian e um DVD à moda antiga

Semana intensa. Cheguei de Cuiabá no domingo e já na segunda-feira parti rumo a Goiânia para a gravação do DVD da dupla Marcos Paulo & Rulian. Recebi o convite com bastante satisfação, haja vista que acompanho a dupla há algum tempo e eles deixaram claro desde o começo do processo de produção do DVD que estavam fazendo tudo sozinhos e que justamente por isso não fariam como a maioria dos artistas e chamariam aquele monte de gente, mas apenas alguns poucos amigos que acreditam no trabalho deles, como eu, meu diretor comercial Everton Albertoni, entre outros. Mais legal ainda o fato de a própria dupla fazer o convite, a própria dupla buscar no aeroporto e a própria dupla acompanhar os convidados durante todo o período de estadia.

Quem já conhece Marcos Paulo & Rulian sabe que os caras têm obtido destaque na área da composição, mesmo que o foco principal sempre tenha sido a dupla. É deles a autoria de músicas como “Chuva”, “Tarde demais”, ambas gravadas por João Bosco & Vinícius, “Quem tem sorte é sortero”, gravada pelo Gusttavo Lima, “Dia da farra e do beijo”, com a Claudia Leitte, “Quem vai chorar não sou eu”, com Israel & Rodolffo, entre outras. A entrada iminente em diversos escritórios por diversas ocasiões acabou deixando a dupla um pouco calejada, mas em contrapartida mais preparada para batalhar o sucesso sozinha. Saíram de Santa Fé do Sul, no interior de São Paulo, e acabaram se mudando para Goiânia há algum tempo.

A ocasião deste DVD vem num período intermediário da carreira deles. Conforme o próprio Marcos Paulo me relatou, ao invés de optarem por um projeto grandioso, caro, a dupla, que até hoje tem apenas um CD gravado, preferiu seguir o conselho de alguns amigos do meio musical e encarar um projeto menor, sem participações. O Euler e o Flavinho Coelho acabaram sugerindo que o projeto fosse acústico e apenas com músicas derramadas, e com percussão ao invés da bateria. A dupla abraçou a idéia. E nada de gastar a bala com possíveis participações já de cara e não poder usá-las num eventual projeto maior, que a dupla ainda pretende realizar em um momento oportuno.

Um projeto com essas características, cheio de modas derramadas e feito numa atmosfera mais intimista, vem de encontro a um momento mais consciente da música sertaneja. João Bosco & Vinícius, Marcos & Belutti, Kleo Dibah & Rafael, entre outros, todos preparando ou lançando projetos nessa linha, com um repertório mais tradicional ao invés da modinha contemporânea. Aliado a isso, tem-se o fato da dupla Marcos Paulo & Rulian simplesmente “cantar para caralho”, com o perdão da expressão. A primeira voz do Rulian é daquelas brutas, que dá gosto de ouvir, e a segunda do Marcos Paulo é a cereja do bolo. Afinadíssimos.

O Flavinho Coelho acabou sendo o eleito da dupla para a produção musical do projeto, já que ele é quem deu a ideia. Para quem não lembra, o Flavinho é aquele cara que mói o violão de nylon e tocou durante muito tempo com a dupla João Bosco & Vinícius. Ele montou uma gig com músicos não tão conhecidos do grande público, mas ainda assim excelentes. O destaque vai para o percussionista, que até essa gravação simplesmente não havia tido contato com a música sertaneja, mesmo sendo de Campo Grande. “Então é assim que é uma gravação de DVD?”, perguntou ele depois que o projeto já havia sido concluído. E o cara tocou de tudo, desde vaneiras a bachatas, guarânias e demais ritmos absolutamente sertanejos. E perfeitamente, diga-se de passagem. Detalhe: a dupla e a banda garantiram que não havia nada pré-gravado, mesmo que fosse essa a impressão durante a gravação. Tudo foi gravado ali, ao vivo, na unha. Bom, pelo menos foi isso o que a dupla garantiu.

O repertório, como se espera de um projeto assim, é uma das muitas qualidades do futuro disco. Entre as baladas românticas, muita coisa de alto nível dentro da linha séria do atual sertanejo, com destaque para as músicas “Tormento” e “Feitiço”. Duas guarânias, sendo uma inédita e uma regravação de “Eu disse não”. Uma baladinha folk que promete ser um dos destaques do disco. Várias regravações na linha universitária, com o resgate de canções dos anos 90. Mas a provável música de trabalho, dada a reação do público, é uma bachata gravada pela dupla com uma linha melódica e letra bem “bregonas”, na falta de uma palavra melhor.

Quem cuidou da direção visual do DVD foi o Rafael Terra, que havia me confidenciado dias antes que este disco seria uma oportunidade para que as pessoas vissem que ele também faz trabalhos menores e não apenas DVDs de grande porte. É que, segundo ele, muita gente às vezes deixa de procurá-lo em ocasiões como essa por achar que ele não faz trabalhos pequenos. Para este trabalho, ele usou máquinas fotográficas e uma RED, que vão deixar o DVD com aquela peculiar qualidade de videoclipe. No cenário, apenas um painel de alta no fundo, com uma moldura imitando um quadro. As imagens do “quadro” eram modificadas a cada canção.

No fim dos trabalhos, a constatação de que aquele foi de fato um ótimo evento. Fãs de uma música sertaneja mais tradicional com certeza vão se esbaldar com o disco que será lançado a partir dali. Uma ótima dupla cantando ótimas músicas, com uma pegada musical incrível que não se vê e nem ouve mais com tanta frequência. Um DVD daqueles que a gente torce de dedos cruzados para dar certo.

Abaixo, duas galerias de fotos de parceiros do Blognejo presentes ao evento.

* Rubens Cerqueira

marcusblognejo's DVD MARCOS PAULO E RULIAN - BY RUBENS CERQUEIRA album on Photobucket

* Danilo Contijo

marcusblognejo's DVD MARCOS PAULO E RULIAN - BY DANILO CONTIJO album on Photobucket
4 comentários
  • Teco: (responder)
    4 de julho de 2013 às 14:31

    São bons sim, vamos esperar o DVD pra ver se os 90 voltarão ou não …rsrs

  • Paulo Ricardo: (responder)
    4 de julho de 2013 às 21:52

    Ansioso pelo lançamento!

  • Fabio Nizza: (responder)
    5 de julho de 2013 às 16:25

    Que Deus abençoe esse trabalho, um abração rapaziada!

  • marcelo lima: (responder)
    7 de julho de 2013 às 17:31

    top gosto desse estilo torço pra que essa verdadeira sertaneja volte com tudo!
    os caras sao top brutos!Deus abençoe!

Redes sociais
Sobre o autor
Marcus Bernardes é bacharel em direito e entusiasta da música sertaneja. Criou o Blognejo com o intuito de falar de maneira séria e digna sobre o segmento. Hoje é o veículo mais respeitado do meio, sendo referência em coberturas de eventos, lançamentos, entrevistas e análise de mercado.