24 fev 2014 | Na Estrada
Na Estrada – Pedro Paulo & Alex gravam DVD e coroam bom trabalho realizado

Quando eu coloquei Pedro Paulo & Alex como principal aposta na música sertaneja para o ano de 2014, eu não estava fazendo jabá, como tantos me acusam em ocasiões como essas. Eu coloquei a dupla no topo da lista porque eles fizeram um 2013 exemplar no estado do Paraná. Segundo TODOS os contratantes e radialistas do estado, foram o principal produto no estado durante o ano passado. Chegaram a fazer uma média superior a 25 shows em alguns meses.

E o mais interessante de se dizer quando falamos em Pedro Paulo & Alex é a forma como esse trabalho foi realizado. Parece mentira, principalmente em se tratando do mercado de hoje como ele é, mas Pedro Paulo & Alex podem se gabar de fazer parte do seletíssimo grupo de artistas que começaram do zero e conquistaram um grande espaço apenas com o próprio trabalho. “Ah, Marcão, vai me falar que os caras não gastaram nada na carreira?”. Ora, claro que gastaram, mas comparando com o que se gasta em média para um artista emplacar hoje em dia, Pedro Paulo & Alex fizeram milagre. O principal mérito foi saber escolher da forma certa as parcerias.

A gravação do primeiro DVD serviu, portanto, para coroar esse bom trabalho, pelo menos num primeiro momento. Até porque num segundo momento a função deste DVD é, sem dúvida, romper as barreiras do Paraná e ajudar a dupla a repetir o mesmo êxito em outros estados. E a julgar pelo barulho que a dupla já vem fazendo no interior de São Paulo, Minas e Mato Grosso do Sul, o DVD não poderia acontecer em melhor hora.

A escolha do local da gravação foi um dos grandes acertos do evento. Umuarama é, em primeiro lugar, a cidade de origem da dupla. Então já pesa aquela coisa toda da valorização do público que primeiro ajudou a alavancar o projeto. E por se tratar de uma cidade pouco acostumada a eventos dessa natureza (gravações de DVD), a participação e interação do público durante o show não poderia ser melhor. É uma tecla na qual venho batendo há tempos: se for gravar um DVD, vá pra um lugar que não está acostumado a DVDs ainda. A energia é outra, o público é muito mais receptivo, entre outros diversos pontos positivos.

Outro acerto foi a escolha da empresa responsável pela direção visual. A Caverna Filmes, do André Jacques, tem crescido muito no segmento de clipes e principalmente no de DVD’s. Depois de gravar diversos projetos regionais, faltava apenas uma grande oportunidade para projetar seu trabalho nacionalmente, oportunidade essa que muito provavelmente será suprida com este projeto, que a empresa soube valorizar muito bem. A qualidade dos cenários e a preocupação com a qualidade do vídeo com certeza farão muita diferença.

Sobre repertório, o DVD vai servir como registro de alguns dos maiores sucessos da dupla. E entre os diversos acertos do projeto deles até o momento, eles podem se gabar ainda de terem conseguido emplacar nas regiões em que trabalharam mais do que uma única canção. É claro que “Fama de Pegador” sai na frente, mas “Mamãe passou açúcar em mim”, “Tá calor”, entre outras, alcançaram enorme repercussão.

Nem vou entrar a fundo na questão vocal da dupla, mesmo sabendo que esse vai ser um dos pontos mais explorados nos comentários que serão postados ali embaixo. Acontece que, digam o que quiserem, mas eles conseguiram formar uma identidade bem diferenciada, que mesmo remetendo a nomes como Jads & Jadson e outros ainda é bem marcante, o que ajudará a dupla a conquistar um mercado maior de forma ainda mais rápida.

Aliás, a respeito dessa identidade vocal da dupla, é bom salientar também o mérito do produtor Jimmy Oliveira, que desde o começo produz as músicas da dupla. Ele ajudou a dupla a moldar essa identidade vocal para que ela fosse ficando cada vez mais diferenciada. Houve uma preocupação do Jimmy em usar também elementos não muito usuais dentro do sertanejo, como sanfona e bateria eletrônicas, o que dentro do som da dupla Pedro Paulo & Alex é bastante explorado.

Ao término da gravação ficou bem claro que um projeto dos bons vem por aí. Visualmente, ficou bem legal. Musicalmente, ainda que a galera mais conservadora torça o nariz, é bastante comercial. Agrada muito a galera da balada e, convenhamos, é esse o público mais almejado pela galera sertaneja. Isso tudo sem falar da ótima presença de palco dos caras. Agora só resta a Pedro Paulo & Alex largar de vez o osso e sair da zona de conforto que é o estado do Paraná na carreira deles e se arriscar a nível Brasil. Mas pelo andar da carruagem, daqui a pouco o slogan “Sucesso nas repúblicas” já não vai fazer mais jus nenhum ao tamanho da dupla.

Abaixo, algumas fotos da gravação, que contou também com a participação de Zé Ricardo & Thiago. A foto em destaque no post é do intrépido e sempre incrível Maurício Antônio.

22 comentários
  • Alan: (responder)
    24 de fevereiro de 2014 às 22:38

    É verdade..esses caras tocaram pra caralho aqui no Paraná. Não gosto muito deles, mas pelo menos a voz eles tem diferente e uma ou outra coisa.

  • Nicolas Peracchi: (responder)
    24 de fevereiro de 2014 às 23:10

    Meus amigos q estudam agronomia em Cascavel só falavam nesses dois era tao incrivel q eles chegavam a defender o artista com unhas e dentes e falando q eles foram as maiores figuras do Paraná n meio sertanejo do ano passado…pelo menos carisma eles tem, e as músicas sao mto boas pra uma balada msm…moro no Maranhão

  • Jackson A.: (responder)
    24 de fevereiro de 2014 às 23:17

    Os meninos merecem todo o sucesso do mundo, eles tão tocando muito aqui no interior de SP, já fui mostrar algumas músicas minhas pra eles qd vieram fazer show na minha cidade e me atenderam super bem com muita simpatia e humildade. nesse ano não vai ter pra ninguém #PPA

  • LUCIANO SILVA: (responder)
    24 de fevereiro de 2014 às 23:52

    Cantores fazem o que mesmo?
    Resp: ?
    Que saudade do tempo em a maior dificuldade do artista era gravar as suas músicas.

    • Alan: (responder)
      25 de fevereiro de 2014 às 07:58

      Em mercado prefiro muito mais hoje do que a ERA AMIGOS, sinceramente..tudo bem que tem muito lixo que estoura, mas abre espaço pra duplas talentosas estourarem mais rápido também.

      • LUCIANO SILVA: (responder)
        25 de fevereiro de 2014 às 12:29

        Alan, acho todos nós preferimos a democracia dos meios de gravação e de divulgação. No entanto, seria melhor que tivéssemos a quantidade limitada do que a qualidade, como ocorreu na ERA AMIGOS e anterior. Infelizmente, a evolução e as facilidades que se tem hoje com esses novos formatos de mídias nem sempre se convertem em trabalhos de nível mais elevado.

        • Renan - SP: (responder)
          25 de fevereiro de 2014 às 19:24

          Alan, esse “estouro rápido” não tem nada a ver com a era AMIGOS, e sim com a era Internet/Youtube/Redes sociais/celular/Blog’s.
          Na era AMIGOS “estouraram”, João Paulo e Daniel, Rionegro e Solimões, Bruno e Marrone, Rick e Renner, e artistas de outros gêneros…
          E outros sertanejos como, Gian e Giovani, Chrystian e Ralf, Cézar e Paulinho, Sérgio Reis, Cleiton e Camargo, Milionário e José Rico, conseguiam seus discos de Ouro e Platina…
          Naquela época como em qualquer outra, talento + empatia popular, definiam o sucesso, e como em todos os tempos, sempre tem uns bons que não conseguiram fazer sucesso.
          Dos anos 2000 pra cá, talento é o de menos, tendo empresário, escritório, mídia jabazeira, e contando com a queda de nível acentuada da educação no país, fazer sucesso é mole, basta malhar os músculos e se vender.

          • LUCIANO SILVA: (responder)
            25 de fevereiro de 2014 às 21:25

            Exatamente Renan, mesmo aqueles que não eram do primeiro escalão não deixavam a desejar em qualidade vocal e vendagem de discos. Podemos citar ainda: Adalberto e Adriano, Renê e Ronaldo, Ataíde e Alexandre, Durval e Davi, Felipe e Falcão, Mato Grosso e Mathias, Roberta Miranda entre outros. Hoje até uma dupla comendo paçoca ou bolacha de sal canta.

            • Alan: (responder)
              26 de fevereiro de 2014 às 00:20

              Ah, Chrystian e Ralf reclamam que até os AMIGOS mexeram em uns negócios de show deles que eles contaram em off pro marcão. Se for ver bem por exemplo Bruno e Marrone chegaram ao topo só com o fim da era e com um acústico bem legal. Sem contar Rick e Renner que só começaram a vender em 1998 e etc. É ilusão pensar que não era monopólio.

              • Renan - SP: (responder)
                26 de fevereiro de 2014 às 00:56

                Alan, você ouviu isso da boca do Chrystian e Ralf?
                Então seu disser pra você que o Michael Jackson esteve aqui em casa no dia, 29/02/2008, e me disse que o Sertanejo Universitário é a evolução da música brasileira e mundial, você acredita?
                Se eles falassem em público, aí tudo bem.
                E outra o que os AMIGOS fizeram exatamente?
                Foram eles ou algum empresário/contratante?
                Rick e Renner estouraram em 98, e o boom do AMIGOS foi em 99, quando o programa passou a ser semanal aos domingos na Globo, onde inclusive, todo mundo da música brasileira foi, conseguindo visibilidade.
                A primeira grande venda e grande sucesso do Bruno e Marrone foi “Vida Vazia” em 99, já eram conhecidos por todo público sertanejo.
                Monopólio é Audiomixe, FSLS, pagar jabá nas rádios para não tocar o concorrente…
                Shows superfaturados com prefeituras…
                Festivais de panelinha, onde não há convidados, só o pessoal de contrato assinado…

                • Alan: (responder)
                  26 de fevereiro de 2014 às 13:42

                  ate lembro que a gente discutiu em um post ano passado sobre isso do negocio do show do Ch&R. E mantenho minha opiniao Sobre a era amigos

  • Alexsandro: (responder)
    25 de fevereiro de 2014 às 10:59

    uma vez fui no show deles e cheguei a comentar que era uma dupla de momento, hoje querendo ou não a dupla estourou, e a musica “vem vem” ja entre as mais tocadas aqui no estado (PR)

  • Paulo Ricardo: (responder)
    25 de fevereiro de 2014 às 11:00

    Vi algumas matérias sobre a dupla aqui no Blognejo, e hj resolvi ouví-los. Procurei no kboing e pus pra tocar. Na segunda música, minha mulher(que não é saudosista e nem conservadora) gritou: “Aaah que merda! Tem nada melhor aí, não?”
    kkkkk
    Felizmente esses aí não tocam em minha vitrola. :)

  • ED JUNIOR: (responder)
    25 de fevereiro de 2014 às 11:41

    QUERO PARABENIZAR A DUPLA E O MEU GRANDE AMIGO E PARCEIRO JIMMY OLIVEIRA PELO EXCELENTE TRABALHO. MAIS E MAIS SUCESSO PRA VCS

  • Carol: (responder)
    25 de fevereiro de 2014 às 17:18

    Sou um exemplo de que não podemos julgar sem conhecer.. estava em um carro e começou tomar uma musica deles, não gostei e pedi para trocar, depois fui em um show em Foz Do Iguaçu e uma grande surpresa, fiquei encantada com a musica deles, e com eles também porque são otimos.. Em menos de 4 meses fui em 3 shows deles e também fui na incrível gravação, com certeza são uma grande promessa para a música brasileira e fico feliz em fazer parte desse sucesso! Sou fã!!

  • Graziela: (responder)
    26 de fevereiro de 2014 às 00:59

    Meu Deus!!!!! Sou do Paraná esses dois acabam com a musica…. são muito ruins; muito ruins; voz, músicas, shows, são ridículos no palco… São chacotas onde passam…….. não podem dizer q são sertanejos…. são funk da pior qualidade pra baixo…. sem futuro daqui um ano ninguem vai lembrar q eles passaram….

  • chico: (responder)
    26 de fevereiro de 2014 às 15:12

    eu acho que o marcão é muito gordo, mais é sexy tambem

    • enio: (responder)
      26 de fevereiro de 2014 às 15:56

      kkkkkk mitou

  • carla: (responder)
    26 de fevereiro de 2014 às 17:12

    E você é uma ignorante “Graziela”..

    • Graziela: (responder)
      26 de fevereiro de 2014 às 23:27

      Fã Carla……. Não sou ignorante!!! Sou graduada em música no USA; conheço o que estou falando… não analiso Fã Clube; analiso o artista, produção musical, letras, arranjos, qualidade vocal, desenvolvimento em shows e gêneros musical…. Não são sertanejos (sertão); só comparar com os grandes artistas da música sertanejo do passado e atual… Por isso que falo que eles são ruins e não tem futuro no mercado…. Pq estudei isso durante 5 anos e sei o que estou falando…. Abs

  • Silvio Aloni: (responder)
    26 de fevereiro de 2014 às 21:35

    Os meninos merecem todo o sucesso que estão fazendo. Só faz sucesso quem o publico elege e eles são os eleitos da vez. Parabéns ao Marinho (empresario e compositor do sucesso FAMA DE PEGADOR)que conheci na época das vacas magras, quando trouxe um artista dele pra fazer um show em conjunto conosco aqui em Cambui MG. Veio com banda e tudo lá de Maringá numa van e não ganhou nem pra pagar as despesas. Mas Deus colocou Pedro Paulo & Alex na vida dele e agora desfruta da realização do sonho. SUCESSO SEMPRE!!!! Ps: Só acho que esqueceu da promessa de quem fizesse sucesso primeiro puxaria o outro Rsssss.

  • keli: (responder)
    19 de abril de 2014 às 23:35

    sou super fa de pedro paulo e alex sou do interior de SP

Redes sociais
Sobre o autor
Marcus Bernardes é bacharel em direito e entusiasta da música sertaneja. Criou o Blognejo com o intuito de falar de maneira séria e digna sobre o segmento. Hoje é o veículo mais respeitado do meio, sendo referência em coberturas de eventos, lançamentos, entrevistas e análise de mercado.