14 jun 2010 | Artigos
Nos bastidores dos grandes eventos – parte 1

Essa é a primeira parte deste texto. Aqui, falaremos apenas sobre a forma como se deu minha participação nos eventos que serão citados abaixo. No próximo texto, entraremos de maneira mais profunda nos detalhes acerca de cada um deles.

Nas últimas empreitadas do Blognejo, participamos de alguns grandes eventos sertanejos pelo Brasil. Acompanhamos o show da dupla Marcos & belutti no Villa Country em São Paulo na quarta-feira, dia 02/06. Na sexta, acompanhamos novamente a dupla Marcos & Belutti, dessa vez na Festa do Peão de Americana-SP, dividindo a noite com a dupla João Bosco & Vinícius, no dia 04/06. Na quita-feira da semana passada, dia 10/06, acompanhamos a dupla Jorge & Mateus em um show na cidade de Araguari-MG. O interessante em todos esses eventos foi que pudemos acompanhar tudo por uma ótica diferente: pelo lado de dentro.

No Villa Country, tudo já estava pronto. Providenciei as credenciais daqui mesmo de Uberlândia. Só precisei pegar os documentos na porta do Villa. O legal, como dito há alguns dias, foi conhecer vááárias pessoas com as quais eu já mantinha contato frequentemente através da Internet. Fora isso, seguimos o cronograma normal do atendimento à imprensa nos eventos desse tipo. Fila na porta do camarim e tudo mais. No meu caso, no entanto, conversar com a dupla Marcos & belutti nos camarins virou coisa de praxe. Entro, a gente bate papo, tiro umas fotos e tudo mais. Afinal é notório e não tenho nem como fingir que não apóio a dupla abertamente. Desde que os ouvi pela primeira vez eu torço pelo sucesso da dupla e faço tudo o que está ao meu alcance para apoiar o trabalho deles. Nos tornamos amigos. Então, quando converso com eles, é sempre de uma forma diferente, mais informal, mais zoação mesmo, hehe.

No dia do show no Villa, inclusive, era grande a quantidade de pessoas aguardando atendimento. Até matéria com o TV Fama estava rolando. Muitos fãs e tudo mais. A quantidade de mais de 7 mil pessoas no show dava mais ou menos uma idéia da badalação do evento. Depois dos trabalhos nos camarins, fiquei no meio da galera mesmo. No dia seguinte, até ouvi uma bronca do Ivan Miyazato, que me perguntou por que não fui para o camarote. Na verdade nem sei dizer ao certo porque não fui. Acho que ainda não estou acostumado às facilidades proporcionadas pelo trabalho do Blognejo e sua repercussão. Depois do show, só deu tempo mesmo de dar mais um abraço e os parabéns ao Belutti (o Marcos já tinha ido embora) pelo grande show, que por incrível que pareça era o primeiro da dupla que eu tinha assistido até hoje.

Na sexta, no dia 04/06, eu sequer havia me preparado para participar da festa em Americana. Mas lembrei do convite feito pela dupla Marcos & Belutti e decidi ir. Liguei para o Belutti, que intermediou meu contato com o Fernando Hiro, e assim me desloquei de Guarulhos a Americana. Uma vez lá, a coisa foi um pouco diferente. Estacionei meu carro no hotel e fui de lá até o recinto da festa no carro do Hiro, que acompanharia a van da dupla, com um comboio de carros e batedores da polícia militar. Imagina só, o Marcão aqui sendo escoltado pela polícia militar. Em outras épocas, tal fato só ocorreria se eu estivesse indo para a prisão, hehehe.

Já na Festa do Peão de Americana, dessa vez sem a formalidade de uma cobertura de imprensa, fiquei nos bastidores junto com os amigos da dupla, familiares, banda e outros. Fui para curtir e confraternizar. Levei a câmera mesmo só para tirar algumas fotos e ilustrar esta postagem. Assisti o show do palco. Aliás, trechos do show. Afinal, o frio e a chuva estavam tão intensos que era meio complicado ficar lá em cima durante todo o período.

Nos bastidores, enquanto rolava o show da dupla Marcos & Belutti, a movimentação dava conta da chegada também da dupla João Bosco & Vinícius. Não me preocupei em conseguir contato com a dupla, nem para tirar fotos e tal. Afinal, eu estava lá a convite da dupla Marcos & Belutti. Me aproveitar disso para me aproximar da dupla João Bosco & Vinícius seria no mínimo uma coisa babaca da minha parte. Se acontecesse, beleza. Se não acontecesse, beleza também.

Acabou acontecendo, em parte. O João Bosco ficou boa parte do tempo do lado de fora do camarim, conversando com algumas pessoas. Acabamos trocando algumas palavras, mas nada tãããão profundo. Disse que me acompanhava no Twitter e que estava de olho nas coisas que eu andava escrevendo. Assim que Marcos & Belutti terminaram o show, partimos para o camarote, de onde assistimos a uma parte do show da dupla João Bosco & Vinícius.

No dia 10/06, era a vez de acompanhar um pouco do corre e corre nos bastidores de um show da dupla Jorge & Mateus. Fui para o hotel onde a dupla estava hospedada para poder aguardar a hora de ir para o show. Eu seguiria acompanhando a van com meu carro. Antes da saída, intensa movimentação na porta do hotel. O Mateus estava chegando de Itumbiara e o Jorge estava descendo do quarto onde estava hospedado. Assim que chegou no hotel, o Mateus me cumprimentou e elogiou o trabalho que temos desenvolvido, agradecendo o apoio dado à nova geração.

Já no recinto da festa, muvuca armada. Show de Jorge & Mateus na região de Itumbiara (o que comporta cidades em um raio de 300 km) é seeeempre sinônimo de gente aparecendo dos mais impensados locais com desculpas do tipo “ah, deixa eu falar com o Jorge, sou primo da vizinha da irmã do cunhado de uma tia dele, ele me conhece e bla bla bla bla”. É um saco. Fora as dezenas de duplas que aparecem querendo fazer uma participação no show, como se isso fosse a coisa mais simples do mundo. Assunto para a parte 2 deste texto.

Acompanhei a movimentação nos bastidores e conversei com a dupla por um tempo. Pouco, aliás, afinal eu precisava dar espaço para as outras pessoas que aguardavam atendimento. Minha relação com a dupla também está bem informal, afinal o Mateus mantém contato comigo via Twitter, conhece e reconhece meu trabalho no Blognejo e tudo mais. Coisas desse tipo deixam as conversas mais interessantes e agradáveis.

No próximo texto, detalhes sobre as minúcias que envolvem os bastidores dessas festas das quais participei. Fiquem de olho.

14 comentários
  • Afton Hughey: (responder)
    14 de julho de 2013 às 22:09

    I simply want to mention I am all new to blogging and honestly loved you’re blog site. Probably I’m going to bookmark your blog post . You actually come with terrific stories. Thanks a bunch for revealing your webpage.

  • try what she says: (responder)
    17 de julho de 2013 às 22:55

    I would like to thnkx for the efforts you’ve put in writing this website. I am hoping the same high-grade web site post from you in the upcoming also. Actually your creative writing skills has inspired me to get my own web site now. Really the blogging is spreading its wings rapidly. Your write up is a good example of it.

  • matematyka: (responder)
    26 de julho de 2013 às 04:00

    Forest rangers, or a forest police theme is the concern of helping forest survive and the stop of destruction. The inhabitants of these forests are of great though for everyone. How to take care of them while making sure outside forces do not destroy life is a main concern of environmentalists. Everyone can pull together to help keep Earth clean and avoid the destruction of everything living on her. Items such as crop rotations, soil leeching, destruction of fish, etc are some of the truths that will be learned. Environmentalists have a great desire and love for the living and make sure the living stay that way. Understanding Environment and environmental studies degrees helps put the needed personnel in position to make differences. Sophia Peters maintains a website on colleges and careers. Read more about Renewable Energy Training and Solar Energy Training on this comprehensive site.

Redes sociais
Sobre o autor
Marcus Bernardes é bacharel em direito e entusiasta da música sertaneja. Criou o Blognejo com o intuito de falar de maneira séria e digna sobre o segmento. Hoje é o veículo mais respeitado do meio, sendo referência em coberturas de eventos, lançamentos, entrevistas e análise de mercado.