12 set 2011 | Artigos,Notícias
O artista muda, a imagem não…

É mais do que constante a reclamação de diversas pessoas com relação à forma de se fazer música sertaneja. A metodologia é praticamente a mesma há anos. Alguém lança um trabalho diferente, inovador, e que justamente por conta disso acaba fazendo um grande sucesso. Aí uma gigantesca turma de “chupinhões” vem seguindo a mesmíssima onda e lança trabalhos parecidos ou até iguais ao que foi lançado primeiro e que fez sucesso, como se aquela fosse a maior das respostas para a grande dúvida “como fazer sucesso na música sertaneja?”. Isso já é uma situação frequente na música sertaneja e aparentemente nada vai mudar isso. Pelo menos não tão cedo.

Agora, seguindo sempre essa metodologia de se “copiar o que faz sucesso”, muitos artistas estão esquecendo inclusive de trabalhar a própria imagem e às vezes até o próprio nome simplesmente por acreditarem que o correto é fazer igual ao que já está consolidado no mercado. Isso é ainda mais facilmente perceptível em artistas solo, que agora parecem trabalhar sempre com base numa mistura entre Luan Santana e Gusttavo Lima. Segundo essas “regras” nas quais a galera passa a acreditar depois que alguém estoura, o nome deve sempre ser composto, a camisa deve ser sempre xadrez (de preferência vermelha) com uma camiseta branca por baixo ou, se possível for, um colete sobre uma camiseta, tênis da moda, cabelo espetado pra cima às custas de litros de gel e por aí vai. Além das músicas, é claro, que continuam sendo claramente influenciadas (para não dizer cópias) pelas músicas dos artistas que de fato chegaram lá. Até entre duplas sertanejas é comum essa coisa de se padronizar um estilo. São muito comuns hoje em dia os blazers em pelo menos um dos membros da dupla. O outro fica com o estilo mais despojado.

É engraçado pegar diversas capas de discos ou mesmo simples fotografias de artistas que estão batalhando por um lugar no hall da fama e botar lado a lado para uma simples comparação. A camisa xadrez quase sempre vermelha com uma camiseta branca por baixo se tornou praticamente um item indispensável segundo o “livro de regras” da música sertaneja. O desafio fica sendo achar diferenças entre eles. Talvez a única (talvez) seja mesmo no timbre de voz, o que só vai ser percebido mesmo depois que se botar o disco no toca-fitas (hehe, fui longe hein) pra ouvir. Mas aí é que tá, com tanta coisa visualmente igual, qual deles escolher para ouvir?

Na história sertaneja, aliás, essa coisa de se padronizar o visual sempre foi comum. Houve uma época em que era regra utilizar muitas correntes e anéis, parecendo um bicheiro. Em outra época, a regra passou a ser usar calças apertadas, apelidadas carinhosamente de calças “separa-bolas”. E essas calças passaram inclusive a ser associadas aos artistas que cantavam com voz aguda, também uma regra na mesma época, justamente porque alguns brincavam que a voz fina era um dos efeitos colaterais de se usar calças tão apertadas.

Mesmo assim, a história da música sertaneja comprova que até no visual é possível deixar a sua marca. Além do talento, é claro, muitos artistas devem parte do seu sucesso a alguns elementos marcantes de seu visual. Quando se pensa em óculos escuro na música sertaneja, a comparação com o Zé Rico é imediata. Os cabelos espetados de Chitãozinho & Xororó foram praticamente personagens à parte na carreira da dupla. E a dupla do cara alto e do baixinho Rionegro & Solimões? E olha que o Rionegro nem é alto. O Solimões é que é muito baixo, o que faz com o Rionegro pareça mais alto do que realmente é. João Paulo & Daniel ficaram marcados também pela questão interracial, que até então não tinha sido tão marcante na música sertaneja. Cesar Menotti & Fabiano, se não fossem a dupla dos “gordinhos”, provavelmente não teriam uma imagem tão forte. Num tempo em que o chapéu andava esquecido, o Sorocaba com aquele chapéu diferente acabou reacendendo o interesse por esse acessório. E o próprio Luan Santana, que acabou consolidando o penteado espetado às custas de muito gel e o colete. A sua gravatinha acabou se tornando o item que o diferencia do restante dos artistas que vieram na sua cola e acabaram adotando o mesmo estilo que ele. Se alguém mais aparecer de gravatinha, aliás, aí sim vai virar piada.

O problema é que o livro oculto de regras da música sertaneja, no qual muita gente insiste em acreditar, impede os novos artistas de se arriscarem. É melhor ficarem na zona menos arriscada da utilização de um estilo já comum do que arriscar na escolha de um visual ou até de um nome diferente. É preferível pegar o primeiro nome e jogar um sobrenome formal logo depois do que pensar num nome diferente e possivelmente mais marcante. Isso pelo menos na cabeça da maioria dos profissionais.

O que a galera parece não entender, no entanto, é que o livro oculto de regras traz logo na primeira página a maior das regras, que todo profissional de música sertaneja deveria saber de cor e salteado: seja diferente. Ser apenas uma cópia ou um projeto mal sucedido de clone não leva ninguém pra frente. Talvez dê algum fôlego inicial, claro, por isso tantos e tantos empresários têm se interessado em arriscar seu dinheiro em “projetos de Luan Santana”. Mas depois que passa a fase inicial da empolgação, o que sobra? Fica no mercado apenas quem tem a capacidade de mostrar um trabalho diferente. E talvez a busca por uma imagem diferente e não apenas de uma imagem que sempre vai ser associada àquela do artista de maior sucesso no qual a imagem deste novo artista foi baseada seja um dos pontos cruciais dessa coisa de se mostrar algo diferente do que está aí. O problema é que ninguém se arrisca.

34 comentários
  • Tammera Wicka: (responder)
    12 de julho de 2013 às 21:32

    it will not totally remove the plugin….

  • Maynard Napoleon: (responder)
    14 de julho de 2013 às 15:32

    I simply want to tell you that I am beginner to weblog and truly liked you’re web blog. More than likely I’m planning to bookmark your website . You actually have great articles. Thanks a lot for sharing with us your webpage.

  • new retro jordans: (responder)
    17 de julho de 2013 às 04:42

    gfcfalfo.efbj, Life insurance american, zgPkkNg.

  • Sang Wolden: (responder)
    17 de julho de 2013 às 07:20

    single and multi working perfectly for me! cheers Fury

  • Lanny Wenzel: (responder)
    17 de julho de 2013 às 12:44

    cheap car insurance in kentucky

  • visit site: (responder)
    17 de julho de 2013 às 21:59

    One more important area is that if you are a mature person, travel insurance intended for pensioners is something you need to really consider. The more mature you are, the harder at risk you will be for making something poor happen to you while in another country. If you are not really covered by several comprehensive insurance policies, you could have some serious troubles. Thanks for revealing your guidelines on this website.

  • my review here: (responder)
    18 de julho de 2013 às 00:06

    I was very happy to find this web site. I wanted to thank you for your time for this wonderful read!! I definitely savored every bit of it and i also have you book-marked to look at new stuff in your site.

  • Gail Morvant: (responder)
    18 de julho de 2013 às 05:19

    Set tough goals high but get them to be possible to succeed in. Don’t set the c’s members around fail. Here is the best practice to fail and display to the world that leadership isn’t an very good leader by any means.

  • Esmeralda Saulsbery: (responder)
    18 de julho de 2013 às 12:38

    Keep working ,fantastic job!

  • Click The Link: (responder)
    18 de julho de 2013 às 19:03

    This web site is containing a fastidious material of humorous YouTube video lessons, I liked it a lot.

  • Laurie Kuti: (responder)
    19 de julho de 2013 às 01:15

    Souls in theVery good Morning, I just stopped in to go to your web site and imagined I’d say I loved myself. Waves

  • uk seo company: (responder)
    19 de julho de 2013 às 02:04

    You are so awesome! I don’t think I’ve truly read a single thing like this before. So nice to discover somebody with unique thoughts on this subject matter. Seriously.. thank you for starting this up. This website is one thing that is needed on the web, someone with some originality!

  • go to my blog: (responder)
    19 de julho de 2013 às 04:04

    Good day! This is my first comment here so I just wanted to give a quick shout out and say I genuinely enjoy reading your articles. Can you recommend any other blogs/websites/forums that cover the same topics? Thanks a ton!

  • Clicking Here: (responder)
    19 de julho de 2013 às 12:16

    This is my first time go to see at here and i am really impressed to read all at single place.

  • company web site: (responder)
    20 de julho de 2013 às 01:13

    Just to let you know your website looks a little bit different on Safari on my pc with Linux .

  • Werner Toboz: (responder)
    20 de julho de 2013 às 06:34

    After study a couple of of the blog posts in your web site now, and I actually like your method of blogging. I bookmarked it to my bookmark website checklist and might be checking again soon. Pls try my website online as nicely and let me know what you think.

  • sheds reading pa: (responder)
    20 de julho de 2013 às 07:54

    If you’re still on the fence: grab your favorite earphones, head down to a Best Buy and ask to plug them into a Zune then an iPod and see which one sounds better to you, and which interface makes you smile more. Then you’ll know which is right for you.

Redes sociais
Sobre o autor
Marcus Bernardes é bacharel em direito e entusiasta da música sertaneja. Criou o Blognejo com o intuito de falar de maneira séria e digna sobre o segmento. Hoje é o veículo mais respeitado do meio, sendo referência em coberturas de eventos, lançamentos, entrevistas e análise de mercado.