26 mar 2014 | Notícias
Rafael Torres aposta no romantismo na belíssima “5 Minutos”. Assista o vídeo.

Vocês devem ter acompanhado aqui no Blognejo a entrevista que realizamos com o Rafael Torres, isso em fevereiro do ano passado. Naquela época, ele divulgou a canção “Eu vou morar em Salvador” através de um banner que até bem pouco tempo atrás ainda estava sendo veiculado aqui no blog.

De lá pra cá, muita coisa aconteceu, mas o mais bacana foi que desenvolvemos uma grande amizade. Ele se tornou um grande amigo, do tipo que hospeda a gente em casa e que a gente hospeda na nossa, além de me carregar pra todo lado quando preciso cumprir alguns compromissos na cidade de São Paulo.

E hoje, com muito orgulho, o Blognejo traz a nova e excelente canção de trabalho do Rafa. “5 minutos” não só mostra sua evolução como compositor, mas também como cantor. E ainda evidencia a sua maturidade, já que tem que ser corajoso para apostar em uma canção romântica quando se é um cantor novato. A tática funciona bem pros veteranos, mas para os novatos é bem ousada.

Mesmo assim, creio ser essa uma aposta certeira. A música, incrível, é uma composição do próprio Rafael Torres em parceria com o Vinícius Loyola, outro grande amigo. A produção é do grande William dos Santos, que também dirigiu o vídeo, em parceria com o Gustavo do Vale. O vídeo foi gravado no WSTF Estúdios.

Confiram abaixo. Para baixar a música, clique AQUI.

31 comentários
  • Alexandre Vieira: (responder)
    26 de março de 2014 às 20:26

    legal

  • Lucas Vitor: (responder)
    26 de março de 2014 às 21:33

    A composição, a letra em si, é realmente bem legal, bem escrita, porém é rock. De qualquer forma ficou legal :)

    • Rafael Torres: (responder)
      30 de março de 2014 às 00:48

      Valeu, companheiro… Acho q o CD vai ter uma mais pesada ainda rsss
      Abraço!

  • Luciana: (responder)
    27 de março de 2014 às 02:36

    Uma palavra: EXCELENTE! Vou falar do que eu entendo um pouquinho, com a ressalva de quem ainda não ouviu “ao vivo” mas sentiu a melhora em relação ao post do ano passado: timbre bacana, é um rapaz novo, se estudar um pouquinho das técnicas de canto, vai melhorar o alcance, a música é boa, o moleque tem ousadia… Dei valor! Mas concordo com o comentário de cima: se fosse pra rotular, diria que isso é uma rock ballad. Mas o rótulo quanto ao estilo não desmerece as melhoras do rapaz! Parabéns pro guri!

    • Rafael Torres: (responder)
      30 de março de 2014 às 00:50

      Muito obrigado, Luciana! Fiquei muito feliz com suas palavras! Bjoo

  • Allan: (responder)
    27 de março de 2014 às 12:39

    Gente esqueçe esse negocio de rotulo, o importante que é uma musica não repetitiva igual todas do mercado com sanfoninha brega, valeu apena por não seguir as musicas atuais, parabéns por não ser um modinha, espero que nos seus show a sanfoninha não esteja presente.

    • Bruno: (responder)
      27 de março de 2014 às 14:27

      Concordo plenamente com que a música ficou boa e diferente, e não era música pra sanfona.
      Mas você tá querendo tirar a sanfona do sertanejo? Sério isso?

      • Allan: (responder)
        27 de março de 2014 às 23:30

        Do jeito que anda essas melodias ruins de sanfona poderia tirar sim, hoje em dia não tem arranjador que sabe fazer bons arranjos de sanfona.

        • Bruno: (responder)
          28 de março de 2014 às 15:34

          Então problema não é a sanfona, o problema tá nos produtores e arranjadores, mas é meio difícil imaginar o sertanejo sem sanfona

          • Rafael Torres: (responder)
            30 de março de 2014 às 00:56

            Concordo com vc, Bruno!! Tem que ter sanfona com bons arranjos! Ainda bem que o sanfoneiro q eu mais gosto (William) ta produzindo meu disco… rs
            Abração!

      • Felippe Said: (responder)
        28 de março de 2014 às 02:02

        Concordo sobre a banalização da sanfona. Foi tãããããão estressada na onda do arrocha, que virou sinônimo de porcaria quando mal utilizada.

        A música “Maus Bocados”, “Cê topa”, e algumas poucas que andam saindo por ai, souberam utilizar a sanfona com êxito.

    • Rafael Torres: (responder)
      30 de março de 2014 às 00:52

      Valeu, Allan… Assim c me complica pow! Meu produtor é sanfoneiro… rss
      Abraçao!!!

  • Toninho: (responder)
    27 de março de 2014 às 13:26

    Muito bom. O menino ta de parabéns.

  • Nanji: (responder)
    27 de março de 2014 às 15:06

    Gostei! Música boa, excelente interpretação! – “Ah Nanji…mas vc é do Rock…” – cacilda meu… eu sou da MÚSICA… o povo do sertanejo tá ficando chato igual ao povo do rock, que se esqueceu que NOTAS MUSICAIS só existem 12, em qualquer estilo !!! como diria meu amigo DJ e produtor Raone Franco: MÚSICA É TUDO IGUAL CARA, SÓ MUDA O CORTE DE CABELO !!!

    • Felippe Said: (responder)
      28 de março de 2014 às 01:59

      PORRA!!! NANJI DO TÂMISA????
      UAHUAHUAHUAHUAHAHUHAUAHUAHUA
      Cara, canseeei de fazer serenata para as meninas do colégio com a sua música “Como um sonho” e “Seu nome”

      Curti demais o comentário… tb concordo com vc, há músicas boas em todos os estilos

      • Nanji: (responder)
        29 de março de 2014 às 09:08

        uhuuuuu!!! sou eu mesmo Felipe!!! inclusive eu acho que eu tb fiz mais serenata do que show nessa vida ein… devia ter montado era uma SERESTA!!! haiehaiheiahae

    • Rafael Torres: (responder)
      30 de março de 2014 às 01:00

      Nanji!!! Que honra ler um elogio seu, cara…
      Sou seu fã!
      Brigado demais pelas palavras!

      Abração!

      • Nanji: (responder)
        1 de abril de 2014 às 18:19

        Rafael, não tem que agradecer, mas foi muito legal você vir aqui e responder todos os comentários, um por um. Desejo muito sucesso pra você parceiro. Que as outras modas venham lindas como essa aí!!!

  • Luciano Sousa: (responder)
    27 de março de 2014 às 18:50

    Pelo texto percebi que o Rafael é seu amigo pessoal e certamente não teve que pagar pela matéria. E a musica é das melhores que ja foi lançada aqui. Isso só aumentou a minha certeza que o problema do mercado sao os artistas que acham que cantam que arrumam investidor (burro) pra jogar dinheiro fora e lançar porcaria aqui e em qualquer outro blog. Sucesso pra você Rafael. Abraço Marcão

  • Mary: (responder)
    28 de março de 2014 às 00:50

    Raaaaaafa <3 meu orgulho
    Ja sou sua fã de corpo e alma meu lindo

    • Rafael Torres: (responder)
      30 de março de 2014 às 01:07

      Eiiita, meu anjo!
      Brigado pelo carinho viu?! :)

      Super beijo pra vc!

  • Felippe Said: (responder)
    28 de março de 2014 às 02:04

    Música bacana, voz bacana…. sobre a roupagem da música, FODAAASSS. Victor e Leo vivem passeando por outras roupagens, Zezé di Camargo e Luciano, Leonardo, Daniel…. todos tem músicas com produções que fogem um pouco do esteriótipo sertanejo

    • Rafael Torres: (responder)
      30 de março de 2014 às 01:09

      Valeuu, Felippe!
      Q bom q vc me compreende, cara! rs

      Abração!

  • Douglas Berthi: (responder)
    28 de março de 2014 às 17:45

    AEEEEE Rafinha!! Muito bom, mano!! Você arrebentou!! Meus parabéns, sucesso pra você!!

    • Rafael Torres: (responder)
      30 de março de 2014 às 01:11

      Aoooow, Maestro!!!
      Valeu demais mano!!! Vamo compor mais, pow!

      É nois!

  • Lucas: (responder)
    29 de março de 2014 às 17:51

    MILAGRE
    O MARCÃO LANCOU UMA MUSICA BOA AQUI NO BLOG kkkkkkkk

    • Rafael Torres: (responder)
      30 de março de 2014 às 01:13

      Valeu, companheiro! Kkk
      Mas sempre tem moda top sendo lançada aqui, pow!

      Abraço!

Redes sociais
Sobre o autor
Marcus Bernardes é bacharel em direito e entusiasta da música sertaneja. Criou o Blognejo com o intuito de falar de maneira séria e digna sobre o segmento. Hoje é o veículo mais respeitado do meio, sendo referência em coberturas de eventos, lançamentos, entrevistas e análise de mercado.