25 dez 2013 | Reviews
REVIEW – Matheus & Kauan – Mundo Paralelo Ao Vivo

Levando em conta o que costumamos ver acontecendo no mercado sertanejo a cada novo lançamento, as primeiras grandes tacadas de artistas novos geralmente vêm lotadas de fórmulas fáceis, o que envolve músicas consideradas comerciais demais e escolhas pouco ou nada arriscadas. É bem difícil ver uma dupla nova sendo ousada e criativa logo de cara na maioria dos aspectos relacionados a um disco, o que torna este primeiro DVD da dupla Matheus & Kauan ainda mais empolgante.

O primeiro ponto a salientar a respeito da dupla é a qualidade dos dois enquanto compositores, principalmente do Matheus, que tem se destacado mais nesse ponto. Ele emplacou dezenas de músicas esse ano, incluindo algumas de trabalho e outras muito elogiadas nos discos do Luan Santana, Michel Teló e outros. Vai fechar o ano talvez como o compositor de maior destaque no mercado sertanejo, sem dúvida alguma. E o Kauan costuma ter tanto talento quanto o Matheus na composição, apesar de não ter o costume de repassar canções para outros artistas tanto quanto o irmão.

Este DVD é praticamente autoral, com quase todas as músicas levando a assinatura dos dois ou de pelo menos um deles. E esse é, de fato, o principal trunfo da dupla no momento. A quantidade de músicas que o Matheus tem emplacado e a qualidade das composições dos dois provam que eles são hoje dois dos mais talentosos compositores que o segmento tem à disposição. Tem uma música do Kauan em parceria com o Samuel Deolli que está pra sair em breve que, meeeeeeeeu amigo, é simplesmente coisa de outro mundo.

E o melhor de tudo é que ainda foi possível equilibrar o repertório do DVD com as músicas que eles vêm repassando para outros artistas. Geralmente, quando um compositor bem cotado no mercado que também tem uma carreira artística grava um DVD ou CD, ou as melhores músicas ficam com os artistas que gravam sua obra ou ele guarda as melhores para si e reserva para outros nomes apenas as “sobras”. Em se tratando de Matheus & Kauan, no entanto, foi possível emplacar canções como “Se tudo fosse fácil” e “Tudo o que você quiser” no repertório de outros artistas e ainda assim encaixar canções fantásticas como “Mundo Paralelo”, “Praia e Mar” e “Você me dominou” no próprio disco.

A linha de composição dos dois, bem pop, diz muito sobre o som que já era pra estar sendo feito há tempos mas que só agora foi de fato assimilado à dupla. Não à tôa, quem assina a produção musical e os arranjos é o Dudu Borges, especialista nesse tipo de som. O resultado é um disco altamente pop, que ousa até em arranjos que em outras situações ganhariam contornos mais simples mas que nesse DVD surpreenderam, como o da música “Flash”, que leva a participação do Michel Teló. “Mundo Paralelo” é outra música que dá a idéia dessa linguagem pop gringa que foi aplicada de forma fantástica à sonoridade deles através deste disco.

A qualidade do repertório e a ousadia e bom gosto dos arranjos parecem ter refletido até na direção visual. É um dos trabalhos recentes mais inspirados do Anselmo Troncoso e do cenógrafo Zé Carratu, sem dúvida. O cenário, bem diferenciado e criativo, sem aquela mesmice e previsibilidade dos painéis de LED, ganhou ainda mais qualidade por conta do vídeo, gravado com câmeras de textura diferente das costumeiramente usadas pela At+G. O resultado é uma textura de vídeo bem mais próxima do videoclipe.

Talvez um dos poucos pontos controversos do disco seja a escolha feita para a questão vocal. Para quem não sabe, tanto o Matheus quanto o Kauan fazem primeira e segunda voz, e muito bem, o que é raro. Entretanto, só pela música “Praia e Mar” já dá pra notar que o Kauan tem uma identidade vocal incrível, muito particular, e que não merece ser relegada a apenas duas ou três músicas do disco. Mesmo assim, optaram por deixar o Matheus fazendo a primeira voz na maioria das músicas ao invés de pelo menos dividir o repertório meio a meio, com cada um fazendo a primeira voz em metade das músicas, o que seria muito mais ousado.

A controvérsia a respeito desse aspecto do disco, entretanto, não prejudica a qualidade do projeto em momento algum. O som extremamente pop alimentou comparações com a dupla Jorge & Mateus, principalmente na questão vocal. Este DVD, entretanto, traz um som ainda mais pop do que o de Jorge & Mateus, ouso dizer.

E por falar em Jorge & Mateus, a participação de grandes nomes de variados escritórios (Jorge & Mateus, Humberto & Ronaldo, Michel Teló e Luan Santana) mostra o quanto a dupla já é respeitada no circuito sertanejo, mesmo com a carreira ainda no começo. Este DVD supera as expectativas do mercado com relação a eles, mesmo podendo ser considerado ousado demais em alguns aspectos. Mesmo assim, coloca a dupla em um patamar interessante de ótima aposta para o futuro do gênero sertanejo. Para quem reclama da música sertaneja do jeito que está, o contraponto à mesmice atual oferecido por Matheus & Kauan através deste disco talvez seja, enfim, a solução.

Nota: 10

20 comentários
  • Leonardo C. Pina: (responder)
    25 de dezembro de 2013 às 17:13

    Realmente, o Matheus é um dos compositores fodas da atualidade que respeito muito. As músicas que ele/eles compõem não são apelativas. Sem falar no talento que o Matheus tem em compor música romântica que vira o sucesso de quem regrava. Agora falando sobre a dupla, no meu ponto de vista, eles não conseguem fazer virar sucesso as músicas boas que compõem. Sempre quem regrava que faz sucesso. As músicas desse dvd novo, são muito moderninhas.

    As músicas: “Mundo Paralelo”, “Eu Vou Te Merecer”, “Praia e Mar”, “Você Me Dominou” são as únicas que salvam do dvd. As outras moderninhas demais que se tornam chatas e nada marcante.

    Enfim, espero que eles consigam ir pro topo logo como cantores, e não como compositores. Afinal uma dupla de Duas primeiras vozes, e duas segundas vozes não é fácil de se achar hoje em dia.

    Parabéns Marcos, seu blog cada dia mais vai ganhando conceito no mundo sertanejo. Sua iniciativa, seu profissionalismo e sua ousadia em escrever, e em entrevistar as duplas, foi que fizeram do seu blog um SUCESSO. Nem acesso mais o u̶n̶i̶v̶e̶r̶s̶o̶ ̶s̶e̶r̶t̶a̶n̶e̶j̶o̶ depois que conheci seu blog.

  • maykao: (responder)
    25 de dezembro de 2013 às 17:37

    a dupla e muita boa, mereçe ser trabalhada com mais atençao no mercado.. e sem duvida nehuma uma das melhores dupla da nova geraçao, tem tudo pra daqui alguns anos serem os `novos jorge e mateus´´´ repertorio de qualidade a musica se tem paixao e uma das melhores do disco.. boa analise marcao.. e pra fexa pra mim ta entre os tres melhores discos do anos..

  • Gustthavo Ramos | SD: (responder)
    25 de dezembro de 2013 às 17:40

    Na Minha Opinião Melhor DVD Sertanejo De 2013

    Nota:10 Tbm E Igual o Comentario do Parceiro Nem Acesso Mais o u̶n̶i̶v̶e̶r̶s̶o̶ ̶s̶e̶r̶t̶a̶n̶e̶j̶o

  • Alan: (responder)
    25 de dezembro de 2013 às 20:56

    Bons cantores e compositores. Eles tem tudo pra estar pau a pau com o jorge e mateus daqui um tempo. Tem futuro esses caras.

  • Fábio Roque: (responder)
    25 de dezembro de 2013 às 21:12

    Só ouvi o áudio, mas gostei muito!

  • Mauro Ronaldo: (responder)
    25 de dezembro de 2013 às 22:30

    Comprei o DVD na Som Livre, baita de rerpertorio, presença de palco, participações, mas 10 Marcão, deve ta de brincadeira, agora td é 10, esse blog ta uma merda, Marcão amizade é amizade negocio a parte.

    • Marcus Vinícius: (responder)
      25 de dezembro de 2013 às 22:36

      Uai, vc mesmo disse: “baita de rerpertorio, presença de palco, participações”… Por que não 10?

      • Mauro Ronaldo: (responder)
        25 de dezembro de 2013 às 22:41

        Oche Marcão eu sou o Blogueiro agora, composições fraca, algumas boas outra ótimas, para dar 10 tem que ser td ótimo, esse 10 foi exagerado.

        • Marcus Vinícius: (responder)
          25 de dezembro de 2013 às 23:15

          mas o repertório é top uai. Achei todas as músicas muito boas. Algumas melhores que as outras, como em qualquer disco, mas nenhuma ruim.

  • Artur: (responder)
    25 de dezembro de 2013 às 23:52

    Marcao, acho sim que esse merece um 10. Pra mim foi o melhor trabalho do ano. Só acho que as vezes vc usa duas medidas. Dar a mesma nota pro cd do victor e leo e pro da maria Cecília é uma falta de respeito. Sao estilos totalmente diferentes, mas em níveis de qualidade também muito diferentes. Jads e jadson tb nao mereciam um 10, na minha opinião claro. Esse ano, 10 só pra matheus e kauan, jorge e mateus e bruno e marrone.

    • Jonas: (responder)
      26 de dezembro de 2013 às 12:00

      Arthur!
      Dificilmente ele dará uma nota condizente para Victor e Leo. Ele tem uma certa birra com eles. Todos sabem disso. Ele sempre dará uma nota de 0,5 a 1 ponto à menos.

    • Marcus Vinícius: (responder)
      26 de dezembro de 2013 às 13:25

      4 anos escrevendo reviews e até hoje vocês ainda não entendem que review analisa o projeto e não o artista. Eu dar a mesma nota pro dvd da maria cecília e pro cd do victor e leo quer dizer que os dois trabalhos ficaram similares em qualidade. Os TRABALHOS, não os ARTISTAS de uma forma geral. Perceba que no título dos reviews vem o nome do disco e não apenas o nome do artista.

      • Marcus Vinícius: (responder)
        26 de dezembro de 2013 às 13:25

        4 anos não, 6 anos.

  • joanderson: (responder)
    26 de dezembro de 2013 às 00:52

    Corcordo plenamente com o 10 marcão, esse pra mim foi o grande album de 2013, repertório excelente com todas as musicas ótimas, uma melhor que a outra. Os meninos tem um futuro brilhante pela frente, em pouco tempo estarão no mesmo patamar de jorge e mateus e Victor e Leo. Esse mês os garotos fizeram um show aqui na minha cidade e eu fiquei impressionado com a performance dos 2 no palco, sabem conduzir e agitar a galera do começo ao fim do show, no dia seguinte era quase unanimidade a forte aprovação com relação ao show deles realizado aqui. Enfim devemos valorizar esses artistas completos( composiçâo e interpretação) esses sim demontram que nasceram para a musica, gostei bastante. Estão no meu top 3 ao lado de Victor e Leo e Jorge e Mateus.

  • Alexandre Wallisson: (responder)
    26 de dezembro de 2013 às 03:42

    Muito bom esse DVD, diferente do que se via no mercado, esses meninos tem um entrosamento extraordinário, tem tudo pra estourar no Brasil inteiro.
    Só queria deixar uma obervação, como a AUDIOMIX ta acertando em artistas revelação, foi assim com praticamente todos que estão no CASTING, sem dúvidas nenhuma que já é o maior escritório no segmento !

  • Adalton Sertanejo: (responder)
    26 de dezembro de 2013 às 09:44

    Dvd de Matheus & Kauan mais pop que Jorge & Mateus? Tá de zueira neh. kkkkkk.

    • Marcus Vinícius: (responder)
      26 de dezembro de 2013 às 13:29

      uai faz uma comparação. ouve um seguido do outro e me diz depois se o do m e k não é mais pop do que o j e m.

      • Adalton Sertanejo: (responder)
        26 de dezembro de 2013 às 20:07

        Pois fiz isso antes mesmo de ler seu bom texto, ouço todos artistas e analiso (pra mim) cada um. Pois j&m tem o repertório e show mais pop dos artistas sertanejos, a não ser no dvd de londres onde eles voltaram a cantar as músicas do início da carreira. Já m&k usam bem menos os arranjos do pop e solos de guitarra que o mateus (jorge) usa e que não me agrada. Enfim, se eu gostei mais do cd de matheus e kauan do que os últimos de jorge e mateus é porque o do m&k está mais sertanejo. rs

        • Marco Gomes: (responder)
          27 de dezembro de 2013 às 02:25

          Ponto para o Adalton! Também acho J e M mais pop. E pra quem ouviu os cds anteriores de Matheus e Kauan, dá pra notar essa evolução gradual para algo mais pop.
          Pra mim a música “Aonde Nasce o sol” de Bruninho e Davi, retrata bem o que dá certo e o que dá errado quando partem pra essa vertente.

  • Moda Boa: (responder)
    27 de dezembro de 2013 às 23:43

    As melhores musicas na minha opinião é “Se tem paixão” “Mundo Paraleto” e “Sete Mares” que ficou MIL VEZES melhor com eles do que com o Gusttavo Lima

Redes sociais
Sobre o autor
Marcus Bernardes é bacharel em direito e entusiasta da música sertaneja. Criou o Blognejo com o intuito de falar de maneira séria e digna sobre o segmento. Hoje é o veículo mais respeitado do meio, sendo referência em coberturas de eventos, lançamentos, entrevistas e análise de mercado.