25 jul 2012 | Notícias,Reviews
REVIEW – Zezé di Camargo & Luciano – 20 anos de sucesso

Enfim saiu. O DVD gravado há cerca de um ano para comemorar os 20 anos da dupla Zezé di Camargo & Luciano acabou saindo em comemoração aos 21. A demora no lançamento do disco não condiz em nada com a velocidade com que as coisas acontecem na música sertaneja hoje em dia, afinal tem gente que lança os primeiros vídeos de seus DVDs em menos de uma semana após a gravação. Mas assim como muitos aspectos da carreira da dupla (como os reais motivos da briga que quase os separou e que se transformou em motivo de piada e vergonha, admitida pelos próprios), provavelmente isso também vai para o baú dos segredos. E nem adianta tentar entendê-la.

Nesse meio tempo, a dupla lançou um disco que reunía as inéditas gravadas no DVD com algumas outras gravadas em estúdio, que por incrível que pareça ficaram muito melhores que as inéditas do DVD. Se a intenção era lançar o DVD logo depois de lançar o CD, porque não lançar um box ou algo parecido, ou então pelo menos o CD com todas as músicas do DVD, ao invés de um CD que vai ter que dividir espaço com o DVD durante os trabalhos de divulgação?

Até porque, de forma geral, o DVD é, com certeza, melhor que o CD recém lançado, mesmo as inéditas de estúdio do CD sendo melhores que as inéditas do DVD. A preocupação da dupla em tentar sempre trabalhar com canções inéditas (o que talvez seja o principal motivo do lançamento do CD) não se mostra muito plausível. Tirando exemplos até dos colegas da mesma geração da dupla, como Chitãozinho & Xororó e Leonardo, alguns dos melhores trabalhos recentes desse pessoal foi composto basicamente por regravações da própria carreira. E nem Chitãozinho & Xororó e nem Leonardo têm mais hits na carreira do que Zezé di Camargo & Luciano. Exaltar estes hits não é um risco, é uma obrigação.

E sem dúvida está na escolha deste repertório de grandes sucessos e na forma como essas músicas foram executadas um dos maiores trunfos do disco. Tudo na unha, sem as frescuras das correções exageradas de estúdio, com a voz do Zezé a mais natural possível, com os músicos tocando naturalmente, do jeito que o “ao vivo” deve ser. Mesmo que o timbre do teclado em algumas canções seja incrivelmente antiquado e apesar da falta que fez uma mixagem que valorizasse mais as guitarras, o ao vivo de fato, que está nas canções antigas regravadas neste disco e em algumas das canções inéditas, é o que torna este DVD agradável. Até as canções inéditas, que no CD não soaram tão boas, ganham bem mais energia no DVD, exceto as que foram descaradamente corrigidas ou editadas e estúdio.

Talvez a demora tenha sido motivada por uma teórica dificuldade que talvez a dupla tenha ou ache que o público tem de aceitar que a voz do Zezé mudou. Outra preocupação que, se existe, é completamente infundada. O DVD é justamente ótimo por causa da naturalidade tanto da interpretação da dupla quanto da banda. E é nas correções mais evidentes, na inserção exagerada do vozerio do público em algumas das canções inéditas (como), ou seja, nas partes artificiais, que o DVD dá uma deslizada. Mas nada que comprometa o resultado final.

A competente direção de vídeo também é algo a se destacar. O belo cenário, com um posicionamento excelente da banda na área central, e a dupla num palco ao redor da banda que permitiu com que interagissem com praticamente todo o público presente no recinto da gravação e não apenas com a galerinha do burburinho, ambos se destacaram no vídeo. Nada de exageros de LEDs e essas coisas repetitivas, apenas uma estrutura central de luz e alguns móbiles discretos espalhados. E até os bailarinos foram bem menos destacados do que de costume, tanto na roupa mais discreta como na quantidade de closes no vídeo, o que também é um ponto positivo.

Ainda é complicado entender o motivo de lançarem dois trabalhos diferentes seguidos se o DVD por si só ja conseguiria aingir os mesmos objetivos do CD, até porque é, como eu disse, evidentemente melhor. As canções inéditas de estúdio do CD talvez ficassem inclusive melhores que as inéditas do DVD se tivessem sido gravadas no lugar delas. No fim das contas, enquanto celebração de 20 anos de carreira, o DVD diz a que veio. Canções sensacionais, como quase sempre foram as músicas gravadas pela dupla durante os primeiros 15 anos de carreira. Os últimos 5 anos é que têm sido meio estranhos, com altos e baixos, mas pra uma carreira tão brilhante isso passa praticamente despercebido. Principalmente para o público da dupla, que de tão fiel chega a ser até irritante.

Nota: 9,0

28 comentários
  • Teco: (responder)
    25 de julho de 2012 às 16:54

    São mestres, tiro o meu chapéu. A voz dele mudou sim, mas e daí ? Haaa ele não canta mais ao vivo, e se for e daí ? Quem dos 15 de mais sucesso hj quem são eles que são perfeitos ao vivo ? 5 ? talvez.

    Parabéns ZCL !!!

  • JaQuIsSoN: (responder)
    25 de julho de 2012 às 17:10

    Os caras sao bons, isso é fato, e tem seus nomes gravados na história da música sertaneja, depois da presepada da separacao perderam o respeito de muita gente, e com toda razao!
    Nos últimos anos gozaram de altos e baixos, da quase genialidade do double face (regravacoes) e da bizarrice extrema no cd “Diferente”(pior disco, que eu já comprei na minha vida).

  • Lucas Vieira: (responder)
    25 de julho de 2012 às 17:59

    Resumindo… se a dupla fosse organizada e tivesse um direcionamento e uma gestão de carreira sérios, seria um DVD nota 10.
    Imagina… um DVD com os maiores sucessos daquela que pra mim (suspeito a falar) é a maior dupla sertaneja da história, comemorando seus 20 anos… seria perfeito!
    Claro, se eles não ‘melassem’ o lançamento desse DVD com uma puta história mal contada de separação, além de um lançamento quase simultâneo de um CD de inéditas!
    Mas mesmo assim, Zezé di Camargo & Luciano estão de parabéns. Saibam que, apesar de tudo, ainda continuo fã!

  • carlos cesar: (responder)
    25 de julho de 2012 às 18:59

    Eles São bons no que fazem e isso é fato

  • Gustavo Zanelatto: (responder)
    25 de julho de 2012 às 19:54

    Como é bom ver o Zezé reinterpretando Toma Juizo, Preciso ser amado, Coração esta em pedaços, Vivendo por viver, etc. Zezé….por favor…pare de cantar algumas musicas que ja deram o que tinham que dar da epoca de 2000 pra cá, como A Ferro e Fogo, Pra mudar a minha vida, etc….O DVD é otimo justamente pela nostalgia, que seria muito melhor se tivessem entrado cançoes como Muda de vida, Coração na contra mão, Felicidade que saudade de voce, Vem cuidar de mim, salva meu coração, entre tantas outras!!!!! sua voz mudou Zeze, agente aceitou isso..mas volte a cantar os grandes classicos e esqueça sua discogafria de 2000 prá cá!!!!

  • Osvaldo Eaf: (responder)
    25 de julho de 2012 às 21:05

    Do jeito que tá indo, o novo do Jorge e Mateus também vai sair um ano depois da gravação…não há informação em lugar nenhum sobre data de lançamento.

  • Daniel Moreira: (responder)
    26 de julho de 2012 às 08:03

    Desculpe, o texto está ótimo e Zezé e Luciano realmente são ótimos também, e o DVD realmente está muito bom. Mas dizer que Chitão e Leonardo não tem mais hits que eles? Peraí né… me ajuda ae !

    • Marcus Vinícius: (responder)
      26 de julho de 2012 às 12:09

      Uai, te desafio a enumerar os hits das 3 duplas pra ver se Zezé e Luciano não ganham..,

      • Daniel Moreira: (responder)
        26 de julho de 2012 às 14:50

        Marcus, peço desculpas pela ironia do meu comentário.
        Em relação ao Leonardo, creio que Zezé vença sim (mesmo L&L + as musicas de Leonardo), tem razão, porém com C&X, C&X se perderem, perdem de pouco, pois eles tem 10 anos antes da dupla de Zezé em relação a sucesso. Tirei por base nisso, e nos CDs que tenho, e imaginando e contando também, as participações dessas duplas em parceria com outros artistas. Não contei porém, as composições de Zezé na voz de outras duplas, aí sim, creio que Zezé vence em qtde. de hits.

  • Erik: (responder)
    26 de julho de 2012 às 09:46

    Bom, devo ser da turma dos irritantes… kkkkk

    Mas o DVD ficou bom sim, principalmente, como disse o Gustavo, na parte nostálgica, visto que as inéditas agradaram a poucos.

    Eu gostaria de ver um DVD gravado só com os “lados B” da dupla: Pedras, Por amor te deixo ir, Coração na contra mão, entre outras…

  • Fabio Roque: (responder)
    26 de julho de 2012 às 11:55

    Boas as considerações finais!
    Ainda não ví também, mas parece ser melhor mesmo que o CD, que na minha opinião é bom, mas soa estranho demais.

  • Alex: (responder)
    31 de julho de 2012 às 09:23

    Olha Marcão,parabéns pelo blog, qndo vc fala que zéze di camargo e luciano tem mais hits do que leonardo, vc se refere a carreira solo do leonardo não é? Prque no geral acho que não existe, artista sertanejo nenhum, com mais hits do que Leandro e Leonardo, mais tudo é questão de opnião, gostei também desse novo dvd de ZC & L..

  • Luiz Paulo Bomfim de Araújo Júnior: (responder)
    31 de julho de 2012 às 14:04

    O dvd está muito bom,a questão da voz do Zezé a gente já sabe,eu acho o dvd nota 10!!!

  • Sugel: (responder)
    1 de agosto de 2012 às 13:47

    Das 14 músicas, 8 foram extraídas do show de gravação do DVD e 6 foram gravadas em estúdio. Todas as músicas são inéditas ou regravações de sucessos da música brasileira, mas que nunca haviam sido gravadas pela dupla em nenhum outro disco. Entre as regravações estão a música de trabalho “Sonho de amor”, “Tudo deu em nada” e “Labirinto”, esta última do repertório da dupla Chrystian & Ralf.

  • Tequila Flori: (responder)
    14 de julho de 2013 às 15:32

    I just want to say I am all new to weblog and certainly enjoyed your web site. Likely I’m going to bookmark your blog . You surely come with beneficial article content. Thanks for sharing with us your webpage.

  • refillable leather sketchbook: (responder)
    20 de julho de 2013 às 10:38

    Zune and iPod: Most people compare the Zune to the Touch, but after seeing how slim and surprisingly small and light it is, I consider it to be a rather unique hybrid that combines qualities of both the Touch and the Nano. It’s very colorful and lovely OLED screen is slightly smaller than the touch screen, but the player itself feels quite a bit smaller and lighter. It weighs about 2/3 as much, and is noticeably smaller in width and height, while being just a hair thicker.

Redes sociais
Sobre o autor
Marcus Bernardes é bacharel em direito e entusiasta da música sertaneja. Criou o Blognejo com o intuito de falar de maneira séria e digna sobre o segmento. Hoje é o veículo mais respeitado do meio, sendo referência em coberturas de eventos, lançamentos, entrevistas e análise de mercado.