04 dez 2010 | Notícias
Roda de sertanejos: improvisos na televisão

O sertanejo não mudou porque mudança implica em abandonar um velho hábito e tem coisas que não se perdem nunca. Penso que esse novo modelo é mais um galho que vem fazer sombra na grande árvore da música sertaneja.

Eu sempre digo que o sertanejo sempre foi um estilo curinga. Talvez pela essência do Brasil que tem os contornos adornados pelos valores do campo, ainda que nunca se tenha tido contato direto, é uma questão de genética, de sangue mesmo. Assim, as emissoras de televisão sempre se valeram dessa paixão nas entranhas dos brasileiros, de alguma forma ou de outra.

Principalmente na década de 90, vimos infinitos especiais com a turma em geral que evidenciava a importância do gênero. Espetáculos como o Amigos, que trazia Zezé e Luciano, Chitão e Xororó e o Leandro e Leonardo, enfim, as grandes produções eram constantes, pois era Ibope na certa.

Contudo, penso que nada dança com maior propriedade em minha memória quanto os programas mais simples, onde se reuniam os cantores e seus instrumentos apenas. Havia cenários que coadjuvavam com o espetáculo simples que fazia com que a lembrança viajasse anos luz. Fazendas, salas de casa, nada muito programado, deixando se evidenciar apenas as canções e prosas recheadas de bom humor, sempre característicos dos sertanejos. Até mesmo os tradicionais programas de auditório extrapolaram horários, formatos e afins para aproveitar o que os sertanejos oferecem.

Essa simplicidade é o que reunía famílias em frente à televisão para ouvir clássicos ou ainda o estouro do momento e o melhor: ao vivo. Gostaria de ver com mais ênfase essas reuniões, desta vez com a galera que chegou há pouco. Programas que aproveitassem melhor o potencial dessa turma que em sintonia com a vanguarda serão sempre a dose certa de bom humor e música, que nos dá a sensação de estar dentro da tela participando de tão animada roda!

Acontecem sim, encontros nos palcos da vida. Contudo, apenas os privilegiados que acompanham o show têm acesso a tal momento, por isso transmitir pela TV e até mesmo pela internet torna o evento mais democrático. Tenho visto pouco na televisão esses programas, penso que pode ser pela agenda dos artistas cada vez mais atribulada, mas quero ver cada vez mais a música sertaneja explorada, mostrada em todas as suas nuances para que sejamos justos com nossa própria identidade.

É importante frisar que o intuito não é colecionar gravações de uns com os outros que agora acontece constantemente e sim reuní-los em rodas de violão e viola para nos mostrar, cada um, o que os leva a viajar o país inteiro com a bandeira do sertão. No mais, fica uma sensação nostálgica que nos remete às reuniões com pais, avós, amigos ou ainda, uma simples vontade de participar do simples encontro da amizade.

Gostaria de pedir aos amigos leitores, que caso conheçam links relativos ao assunto, por favor, postar nos comentários…. no mais, é só!

* João Paulo & Daniel no programa do Sérgio Reis:

* Sertanejos: Índia

* Sertanejos reunidos na novela Paraíso:

* Bruno e Marrone e o Milionário e José Rico. Destaque para o Marrone fazendo segunda para o Zé Rico e depois cantando um trecho solo.

* Sertanejos: Jogo do Amor

* Sertanejos: Sonho de um caminhoneiro

* Sertanejos: Tropeiro

* Zezé e Daniel

* Chrystian conta piada para sertanejos

* Sérgio Reis na roda

* Almir Sater e Sérgio Reis na novela Rei do Gado

* Almir Sater e Tião Carreiro

19 comentários
  • Idella Roser: (responder)
    14 de julho de 2013 às 21:25

    I just want to mention I am beginner to blogging and site-building and seriously savored your blog. Likely I’m want to bookmark your website . You actually have impressive writings. Many thanks for revealing your web-site.

  • Michel Sneider: (responder)
    17 de julho de 2013 às 01:07

    single and multi working perfectly for me! cheers Fury

Redes sociais
Sobre o autor
Marcus Bernardes é bacharel em direito e entusiasta da música sertaneja. Criou o Blognejo com o intuito de falar de maneira séria e digna sobre o segmento. Hoje é o veículo mais respeitado do meio, sendo referência em coberturas de eventos, lançamentos, entrevistas e análise de mercado.