14 out 2008 | Lançamentos
SERGINHO PINHEIRO – HOJE EU QUERO TE AMAR – AO VIVO

Eu já o inclui no Top Five com cantores solo promissores. Como eu mencionei no referido post, ele já era amplamente conhecido entre os nomes do segmento por ser um grande intéprete e compositor. Sua voz se assemelha um pouco com a do Zezé di Camargo, de quem é amigo pessoal, tal como de vários outros cantores sertanejos de sucesso, como Bruno. Antigamente corria um boato de que ele servia de “estepe” nas gravações que o Zezé tinha que fazer e não conseguia, na fase negra da garganta ruim. Só boatos, mas enfim…

Já havia um tempo que eu queria escrever um release sobre este trabalho. Mas só hoje eu consegui assistir ao DVD (faz parte da minha política jamais falar de um DVD sem tê-lo assistido por completo, não apenas escutado). Confesso que veio a calhar, porque assim eu vou poder abranger outro assunto: hoje eu pude constatar que esse DVD, assim como o mais recente trabalho do Eduardo Costa, representa o início de outros tempos no Studio Mosh, um dos mais renomados e históricos estúdios de gravação do Brasil, e que ajudou muitas duplas sertanejas em suas carreiras.

O DVD foi gravado no Mosh, para poucos convidados. Foi produzido, é claro, por César Augusto, que se encarrega de todas as produções sertanejas do Mosh. Dentre os músicos participantes, monstros sagrados da história recente da música sertaneja, como Albino Infantozzi (bateria), Laércio da Costa (percussão), Pedro Ivo (baixo), Caixote (piano elétrico), Gabriel Jacob (violão) e Zel Moreira (co-produção, violão e arranjos). É o que se espera de uma produção do César Augusto. Os backing vocals ficaram por conta da banda BR100, do próprio César Augusto, apesar de ele não ter feito parte da gravação. Acordeon, por conta do João Gustavo, ou Neguinho do Acordeon.

Com relação ao repertório, digamos que foi bem selecionado. Várias canções do início da carreira da dupla Zezé di Camargo & Luciano que já estavam empoeiradas foram resgatadas, como “Por Deus”, “Depois que você matar meu coração”, “Muda de Vida”, além de outras canções históricas, como “Hoje eu quero te amar” (nome do DVD), “Esse amor que me mata” (com a participação sempre marcante do Eduardo Costa. Várias outras regravações, como “Locutor” (com a participação do Luiz Carlos do Raça Negra), a até a depravadíssima “Cabritinha” (…eu gosto de mamar nos peitos da cabritinha…) estão no DVD. O Luiz Carlos, aliás, não participou da gravação do DVD em si. Ele gravou a voz em estúdio e sua participação foi incluída como clipe especial (que conta ainda com a figuração inusitada do César Augusto e do Luciano, da dupla com o Zezé). O DVD traz também a canção “Te busquei nas avenidas”, da extinta dupla Sérgio & Tchelo, da qual o Serginho fazia parte.

O Vídeo do DVD ficou bem legal. Apesar de ser um estúdio pequeno, a empresa responsável pela captação e edição (Cinema Vídeo) soube aproveitar o pouco espaço com um cenário discreto e ainda assim bonito. Só achei que a edição poderia ter sido mais cuidadosa, já que ele troca de roupa durante o DVD pelo menos umas 8 vezes. Eram só três peças de roupa, ou seja, as músicas deveriam ser agrupadas de modo a ficar mais coerente com a troca de roupa. Fora isso, o vídeo foi bem produzido sim.

A produção do áudio, mais voltada para uma roupagem moderna do estilo, também ficou interessante. Nada muito inovador, é verdade, mas bem em sintonia com o momento que a música sertaneja vive, não fosse por um detalhe, e é aí que entra o negócio de “outros tempos” no Mosh: a masterização do CD não ficou 100%. Dá pra perceber isso ao notar que o DVD aparentemente está com o áudio baixo. A bateria teve pouco destaque e a voz do Serginho, que deveria ter ganhado um peso fora do comum, porque o cara canta muito, ficou meio sem destaque. É até esquisito dizer isso, mas parece que os caras responsáveis pela masterização foram meio preguiçosos. Faltou aquele grave na voz, sabe. Faltou aquele efeito, aquele que dá o brilho à voz. Mas quem sou eu pra opinar numa masterização feita no Mosh…

O sinal de outros tempos num dos estúdios mais renomados na história da música sertaneja está também no fato de que não existe mais aquele monopólio de antigamente. Hoje um cara com um equipamento de qualidade pode fazer um CD incrível no quartinho dos fundos de casa. Vou ser cagoete por um breve momento e dizer umas palavras que me foram ditas pelo Giuliano da dupla Luiz Cláudio & Giuliano: “Se o cara acha que ter o CD produzido no Mosh é garantia de sucesso, está muito enganado. O César Augusto já não tem mais aquela gana de antigamente, nem os macetes da atualidade.” Ficou a impressão nesse DVD que o Serginho Pinheiro usou de sua influência para que ele pudesse ser realizado da melhor forma possível, com todo o apoio do Mosh. Nos últimos anos, eles têm prezado por apoiar trabalhos de artistas solo, geralmente com a voz marcante como era a do Zezé di Camargo.

O Serginho poderia, na minha opinião, ter valorizado mais seu dom como compositor. As melhores canções do CD são as que ele compôs, como “Aeroporto”. Foram muito poucas as canções de autoria própria gravadas por ele. Fora esses detalhes, o DVD é um trabalho importante, sim. Serginho Pinheiro é hoje um dos artistas solo mais tocados da música sertaneja e merece um trabalho à altura de seu talento, tanto como cantor quanto como compositor.

Nota: 7,0

21 comentários
  • Flavia Winbush: (responder)
    14 de julho de 2013 às 19:33

    I simply want to tell you that I am just very new to blogging and site-building and honestly liked your blog site. Likely I’m going to bookmark your blog post . You amazingly have superb well written articles. Appreciate it for sharing with us your blog.

  • Omar Sjaarda: (responder)
    17 de julho de 2013 às 05:45

    for black ops 2 cheat it awesome

  • this site: (responder)
    18 de julho de 2013 às 01:43

    What i don’t understood is actually how you’re not actually much more well-liked than you might be right now. You are so intelligent. You realize thus considerably relating to this subject, produced me personally consider it from a lot of varied angles. Its like women and men aren’t fascinated unless it is one thing to accomplish with Lady gaga! Your own stuffs great. Always maintain it up!

Redes sociais
Sobre o autor
Marcus Bernardes é bacharel em direito e entusiasta da música sertaneja. Criou o Blognejo com o intuito de falar de maneira séria e digna sobre o segmento. Hoje é o veículo mais respeitado do meio, sendo referência em coberturas de eventos, lançamentos, entrevistas e análise de mercado.