30 abr 2009 | Top Five
Top Five – A Maldição do Segundeiro
Entre os mais leigos, corre uma infame, porém recorrente piadinha sobre o fato de os segundeiros serem quase sempre os primeiros das duplas a partir dessa vida para uma outra melhor. O estranho é que se formos prestar atenção, isso acontece mesmo. Não são poucas as duplas que acabam sofrendo a perda do segundeiro antes do “primeireiro”. A listinha de hoje traz alguns dos casos mais notórios.
SANDRO – (SANDRO & GUSTAVO)


No ano de 1999, uma dupla estourou nas paradas de sucessos de todo o Brasil com uma música bem peculiar, chamada “A garagem da Vizinha”. A dupla que interpretava a canção era figura tarimbada em todos os programas de auditório. No entanto, alguns meses mais tarde, a hepatite acabou vitimando o Sandro, segundeiro da dupla, cunhad
o do Gustavo. O Gustavo ainda continua cantando sozinho, mas jamais repetiu o sucesso daquele disco.

DUDUCA (DUDUCA & DALVAN)


Uma das duplas mais tocadas nos anos 80, responsáveis por sucessos como “Ela disse não”, e pela difusão de clássicos como “Dama de Vermelho” e “Igrejinha da Serra”. O Duduca original faleceu em 1993 (não sei a causa da morte) e o Dalvan seguiu cantando sozinho, até recentemente, quando arrumou outro parceiro e retomou o nome que o consagrou.

TONICO (TONICO & TINOCO)


O ano era 1994. A dupla estava prestes a completar 60 anos de carreira. Infelizmente o Tonico partiu, deixando o irmão Tinoco sozinho. O legado deixado transformou a dupla na maior de todos os tempos, segundo a opinião de muita gente.

JOÃO PAULO (JOÃO PAULO & DANIEL)


A dupla estava em franca ascensão, quando em 1997, devido a um grave acidente automobilístico, João Paulo partiu. Alguns dizem que a dupla estava prestes a se tornar a maior dupla sertaneja do Brasil na época. Tanto que depois da morte do parceiro Daniel continuou cantando sozinho, alcançando um sucesso estrondoso, chegando até a estrelar um filme e uma novela.

LEANDRO (LEANDRO & LEONARDO)


A morte do Leandro, em 1998, ganhou contornos dramáticos, dada a imensa popularidade da dupla e a voracidade do câncer que o matou. O Leonardo titubeou por um bom tempo quanto a continuar ou não cantando. Ainda assim, a dupla detém até hoje recordes como: os dois discos sertanejos mais vendidos da história e maior vendagem na proporção discos lançados – anos de carreira (25 milhões em 9 anos). Além disso, a dupla é tida como a responsável pela definitiva inclusão da música sertaneja moderna na grande mídia, numa proporção bem mais intensa que a de Chitãozinho & Xororó.

Curiosamente, a maldição costuma ser citada também na versão “primeiros nomes”. Notem que na maioria acachapante das duplas, o primeiro nome parte primeiro, como Tião Carreiro & Pardinho, e até Claudinho & Buchecha. Ainda assim, a modalidade “segundeiros” é mais difundida.

No fim de tudo, uma observação: sou o segundeiro e detenho o primeiro nome na minha dupla. Será que estou com os dias contados por causa disso? Melhor olhar por onde e com quem ando de hoje em diante. Vai que eu morro, né? Quem é que vai ser xingado aqui no blog no meu lugar?

7 comentários
  • Karina Paula: (responder)
    28 de maio de 2012 às 17:18

    Gostaria muito de ter contato com a esposa e as filhas do Sandro. no ano de 1990 até 2000 meu pai trabalhou para o sandro.por favor me ajudem a encontrar eles.

  • Kandace Prueter: (responder)
    14 de julho de 2013 às 20:48

    I simply want to say I’m very new to blogs and definitely liked this page. Probably I’m going to bookmark your site . You surely have good articles and reviews. Cheers for sharing your webpage.

  • Naomi Shira: (responder)
    17 de julho de 2013 às 04:05

    mw3 want aimbot and wallhack dude !

  • more…: (responder)
    17 de julho de 2013 às 23:34

    Yet another thing I would like to state is that rather than trying to fit all your online degree training on days of the week that you end work (since the majority people are exhausted when they come home), try to receive most of your lessons on the saturdays and sundays and only a couple of courses for weekdays, even if it means a little time off your end of the week. This is really good because on the saturdays and sundays, you will be far more rested as well as concentrated for school work. Thanks a lot for the different recommendations I have discovered from your blog site.

  • clicky: (responder)
    20 de julho de 2013 às 10:18

    Between me and my husband we’ve owned more MP3 players over the years than I can count, including Sansas, iRivers, iPods (classic & touch), the Ibiza Rhapsody, etc. But, the last few years I’ve settled down to one line of players. Why? Because I was happy to discover how well-designed and fun to use the underappreciated (and widely mocked) Zunes are.

  • close window: (responder)
    20 de julho de 2013 às 10:30

    If you’re still on the fence: grab your favorite earphones, head down to a Best Buy and ask to plug them into a Zune then an iPod and see which one sounds better to you, and which interface makes you smile more. Then you’ll know which is right for you.

Redes sociais
Sobre o autor
Marcus Bernardes é bacharel em direito e entusiasta da música sertaneja. Criou o Blognejo com o intuito de falar de maneira séria e digna sobre o segmento. Hoje é o veículo mais respeitado do meio, sendo referência em coberturas de eventos, lançamentos, entrevistas e análise de mercado.