13 mai 2009 | Top Five
Top Five – Amigos da Música Sertaneja
Hoje, um Top Five com algumas das personalidades brasileiras que sempre demonstraram apoio e carinho pela música sertaneja. Pessoas que, teoricamente, não tem nada a ver com o segmento. Selecionei alguns dos mais conceituados, e que gozam de grande prestígio junto à sociedade.
CARLOS MASSA, O RATINHO


O polêmico apresentador sempre fez questão de levar ao seu programa cantores da boa e velha música sertaneja. É fã declarado de Matogrosso & Mathias e Chico Rey & Paraná, por exemplo. Chegava a criar quadros semanais em seus programas apenas para apresentar duplas e artistas sertanejos. E seu programa nunca foi temático. É um programa do povão, e ele sabe que o povão gosta mesmo é de música sertaneja.

ANTÔNIO FAGUNDES


Um dos maiores atores da história da dramaturgia brasileira é fã declarado de música caipira. Chegou a gravar um disco inteiro em homenagem ao grandissíssimo compositor João Pacífico, com o qual alcançou mais de 100 mil cópias.

FAUSTO SILVA


Na ocasião da festa de aniversário dos 40 anos da rede Globo, ele reclamou em seu programa , ao vivo, da total falta de reconhecimento dada pelos executivos da rede à música sertaneja. Afinal o estilo proporcionou sempre grandes índices de audiência à emissora. Se vocês notarem, sempre que vai uma dupla sertaneja em seu programa, ele promove desafios do tipo: canta uma do fulano, agora uma do beltrano, agora do ciclano. Quando vão bandas de rock, ele não pede canções. Nem quando vão pagodeiros ou artistas de outros segmentos. Se isso não prova que ele é fã de sertanejo, não sei o que mais prova.

BENEDITO RUY BARBOSA


Um dos maiores novelistas da história. E em TODAS as suas novelas, ele faz questão de abordar temas que remetem à cultura da música sertaneja. E sempre faz questão de trazer nas trilhas sonoras das produções inúmeras canções do nosso estilo. Em sua mais recente novela, “Paraíso”, não é diferente.

LUIZ INÁCIO LULA DA SILVA


O presidente é fã assumido de música sertaneja. Na ocasião de sua eleição, ele foi entrevistado pelo Fantástico e declarou, quando perguntado que tipo de música gostava: “música sertaneja, de Jacó & Jacozinho a Zezé di Camargo & Luciano” (na verdade, não me lembro as exatas palavras, mas foi algo nesse sentido). Na campanha vitoriosa de 2001, a música tema foi uma canção de Zezé di Camargo (“Meu país”), um de seus maiores e mais expressivos apoiadores na época. Chegou até a causar uma certa polêmica por ter confessado que assistiu a uma cópia pirata do filme “2 filhos de Francisco”.

Até mais, minha gente!!!
3 comentários

Redes sociais
Sobre o autor
Marcus Bernardes é bacharel em direito e entusiasta da música sertaneja. Criou o Blognejo com o intuito de falar de maneira séria e digna sobre o segmento. Hoje é o veículo mais respeitado do meio, sendo referência em coberturas de eventos, lançamentos, entrevistas e análise de mercado.