04 jan 2011 | Top Five
TOP FIVE – Apostas para 2011

Antes de enumerar aqueles que eu humildemente creio que vão despontar no ano de 2011 no segmento sertanejo, faz-se necessário uma balanço das listas de apostas já postadas aqui no Blognejo. Bom para verificar o quanto acertamos e qual foi o padrão de escolha utilizado nas listas. Foram 4 as listas de apostas postadas aqui. A primeira em julho de 2008 e a última no segundo semestre de 2010. Sem contar uma lista de apostas baseadas na minha vontade pessoal, que fiz sem ligar muito para os desdobramentos da música sertaneja. Outro ponto interessante a se observar é como as coisas fluem de forma tão rápida. Por isso, desde o ano passado, eu posto não uma, mas duas listas de apostas, uma no início de cada semestre, afinal de contas nesse meio 6 meses são uma eternidade.

A primeira lista trazia os então nacionalmente desconhecidos João Neto & Frederico, Fernando & Sorocaba e Hugo Pena & Gabriel. Isso foi no segundo semestre de 2008. Cada uma destas duplas estava prestes a lançar um DVD, o primeiro com lançamento nacional e não apenas regional, cada um em uma gravadora direferente. Enfim, naquela lista, a julgar pelo fato de que o Blognejo estava engatinhando apenas, não tínhamos ainda o respaldo dos grandes profissionais do segmento e, portanto, não conhecíamos ainda de forma precisa as entrelinhas e os papos de bastidores. Se compararmos com os dias atuais, então…

Já na segunda lista, no início de 2009, fui mais “ousado” e decidi apostar em nomes até então desconhecidos do grande público. Luan Santana acabava de lançar o CD “Meteoro” e não tinha nada que garantisse que fosse dar certo. Maria Cecília & Rodolfo estavam despontando com a música “Você de Volta”, mas ainda não tinham gravado o primeiro DVD lançado pela Som Livre. Enfim, o trabalho ainda não estava consolidado. Mas sem dúvida o texto, apesar de alguns errinhos, trazia uma frase realmente profética: “de fato é isso que eu acho que vai acontecer no segmento: uma universalização definitiva do estilo“. Apesar de não trazer nenhuma lista de apostas no segundo semestre do 2009, trouxemos uma lista com artistas por cujo sucesso eu mais torço no segmento sertanejo. Cliquem AQUI e confiram, na ordem de torcida: Marco & Mário, que entraram na lista de apostas em 2008, Marcos & Belutti, que entrariam em 2010, e outros artistas.

Em 2010, mais uma lista, dessa vez um pouco menos ousada e procurando apontar artistas que iriam se consolidar em 2010. Já no segundo semestre, no entanto, voltamos a arriscar as fichas em gente nova ou que estava buscando novamente um espaço. Por isso, colocamos Michel Teló em primeiro, Gusttavo Lima em segundo, Henrique & Diego em terceiro e Munhoz & Mariano em quinto. Nem preciso lembrar tudo de bom que aconteceu com eles nesses seis meses que se passaram. Todos estes artistas estão praticamente consolidados. O mais engraçado naquela postagem eram os comentários desdenhando das apostas no Michel Teló. 6 meses depois, alguém ainda tem coragem de desdenhar?

Depois de feito o balanço das apostas e deixando as conclusões para vocês, queridos leitores, quanto à quantidade de acertos ou erros em cada uma delas, chegou a hora de mais uma aguardada lista de apostas do Blognejo. Vou tentar de novo ser um pouco mais ousado, novamente apostando em nomes nacionalmente desconhecidos. Afinal, apostar em quem já está consolidado não é apostar, não é mesmo? Não tem como comprar bilhete de loteria depois de saber que estão premiados, ora bolas. O complicado no caso da lista de hoje é que, baseando-me no boca a boca e nas conversinhas de bastidores, cheguei a quase 14 nomes, e não imaginei que seria tão difícil reduzir para 5. Por isso mesmo, dedicarei um último parágrafo, logo após o TOP FIVE, para as menções que eu julgar necessárias.

FRED & GUSTAVO

Sei que muita gente acha que estou chovendo no molhado ao falar desses caras. Acontece que eu ainda não os tinha incluído em nenhuma lista de apostas até agora. São uma das duplas mais admiradas pelos colegas sertanejos da nova geração. O Fred é um excelente compositor (compôs “Sufoco” e várias outras) e o Gustavo é um dos melhores segundeiros que eu já vi ao vivo (sério, e olha que eu vi quando ele cantava com o Dablio ainda). Já há algum tempo, assinaram contrato com um dos maiores escritórios de eventos do Brasil, o Clube do Cowboy. Para o ano de 2011, preparam um DVD de grande porte, com a marca de um dos maiores produtores da atualidade (não sei se posso divulgar ainda) e, pelo que ouvi, um dos melhores repertórios que já selecionaram para um de seus discos. Depois de uns dois anos aí na batalha, acho que enfim chegou a hora de brilharem.

AMANNDA

Vamos falar a verdade. O rebuliço que até um tempo atrás existia em torno das mulheres na música sertaneja deu uma esfriada. Poucas conseguiram realmente se destacar. Mas o fato é que ainda tem gente acreditanto muito que uma das novas caras da música sertaneja pode ser feminina. A Amannda vem de um trabalho realizado com o apoio da dupla Fernando & Sorocaba, conhecidos por estourarem todos os artistas que costumam apoiar. Ela não chegou a entrar para o escritório da dupla, mas fechou contrato com a EMI, o que pode ser seu principal trunfo. Isto é, se a EMI tiver finalmente aprendido a trabalhar com música sertaneja. Até hoje não deram uma dentro. Resta tocer para que desta vez seja diferente. Já estão planejando um DVD, o que pode ser um bom sinal, obviamente.

PEDRO HENRIQUE & FERNANDO

No rastro da dupla João Carreiro & Capataz, Pedro Henrique & Fernando seguem uma linha tradicional, mas com o bom humor à frente dos trabalhos. Eles foram uma grata surpresa neste último ano com a música “Tô mais bonito”. Além das músicas engraçadíssimas, têm como trunfo o próprio show, que, segundo ouvi dizer, também é contagiante. Talvez seja hora também de Cuiabá finalmente mostrar a cara e desviar de Campo Grande um pouco da atenção.

HUMBERTO & RONALDO

Sejamos práticos. Tudo o que passou pelas mãos da Audiomix e/ou da Dut’s Eventos estourou. Tudo. Na ordem, Jorge & Mateus em 2008, Maria Cecília & Rodolfo em 2009 e Gusttavo Lima em 2010. Só sobrou a dupla Humberto & Ronaldo no escritório e, pela lógica, em 2011 os trabalhos da Audiomix e da Dut’s Eventos (que são sócias também neste projeto) devem se focar bastante nesta dupla. Já estão com uma música na trilha da novela das seis, aliás, e estão selecionando repertório para o primeiro grande DVD. Muitas pessoas dizem, no entanto, que dentro do próprio escritório eles podem acabar conflitando com a dupla Jorge & Mateus por possuírem estilos parecidos. Mas convenhamos, será que Jorge & Mateus precisam realmente se preocupar em perder espaço? Se a Audiomix e a Dut’s Eventos continuarem seguindo o mesmo ritmo de trabalho, é provável que Humberto & Ronaldo terminem o ano de 2011 estourados.

BRUNINHO & DAVI

Músicas extrovertidas são comuns na música sertaneja, mas nunca com essa pegada jovem e moderninha. Ou “pop”, apesar de muita gente odiar esse termo (quase como odiavam o termo “universitários”). Essa é a principal diferença deles para com as outras duplas e artistas sertanejos que fazem a mesma linha “engraçadinha”. São divertidos, contagiantes, descolados, desinibidos e despreocupados. “Ah, mas as rádios nunca vão tocar uma música como ‘Zona Sul'”. Talvez não as rádios de São Paulo, que são conhecidas pelo seu conservadorismo. Mas o fato é que esses rapazes têm o apoio de muita gente graúda, a começar pelo Dimas e sua já conhecida ousadia. Sem dúvida eles terão a Internet como seu principal meio de divulgação. E na era do Twitter e Facebook alguém duvida que isso pode dar certo?

Bom, essa é a minha lista para 2010. Mas confesso que foi meio complicado montar uma lista de apenas 5 nomes tendo listado inicialmente mais de 10.Por conta disso, acho que esse texto merece um adendo para mencionar outros artistas que também podem obter grande destaque em 2011.

Para começar, o grupo de mulheres Barra da Saia talvez tenha em 2011 a melhor oportunidade da carreira. Recentes participações em grandes programas de TV (como o Faustão e a Hebe, em cujo DVD gravaram participação e de quem ainda ganharam um programa inteiro com elas tocando) demonstraram o potencial dessa nova fase. O jovem Dablio é a aposta da Universal para a nova e consolidada fatia do mercado sertanejo: a dos jovens cantores solo. O grupo Nashville saiu de uma chave de cadeia (o antigo empresário) e agora têm voltado a ganhar destaque em festas no estado de Minas Gerais e Goiás. Lançarão um DVD em breve. A seu favor, têm o fato de serem pioneiros nessa fase recente da música sertaneja. O grupo Kanoa têm o carisma e incrível talento do vocalista e compositor Danilo Dyba como um dos pontos fortes. O grupo, aliás, têm começado a ser assunto frequente em rodinhas de conversa. Jean & Jullio têm um trabalho consolidado no Paraná e agora começam a ganhar destaque nacional com a música “Baladeira”. Thúlio & Tiago preparam-se para lançar um disco que conta com a produção do Kwen em parceria com o Flavinho Coelho. E a julgar pela primeira música que soltaram vem coisa muito boa por aí.

Não é fácil para um artista estourar nacionalmente, ainda mais num mercado concorrido como o da música sertaneja. Dinheiro nem sempre é a resposta. Os artistas que contam com um trabalho diferenciado com certeza saem à frente dos outros, mas é como se fosse uma Coca-cola. Ninguém ainda conseguiu descobrir qual o ingrediente secreto que deixa o gosto tão diferente e único. Essa fagulha que faz com que determinado artista estoure e outro não também não foi descoberta ainda. Um dia, quem sabe, ela seja descoberta. Mas não vejo isso acontecendo ainda. Talvez nunca, aliás.

107 comentários

Redes sociais
Sobre o autor
Marcus Bernardes é bacharel em direito e entusiasta da música sertaneja. Criou o Blognejo com o intuito de falar de maneira séria e digna sobre o segmento. Hoje é o veículo mais respeitado do meio, sendo referência em coberturas de eventos, lançamentos, entrevistas e análise de mercado.