31 dez 2015 | Top Five
TOP FIVE – Melhores discos de 2015

Como é tradição aqui desde o começo do blog, num post especial que inspirou listas de fim de ano na maioria dos blogs de música sertaneja da Internet, chegamos ao fim de 2015 e, portanto, chegou também a hora de listar os melhores discos lançados no período.

Até o ano passado, procurei fazer todas as listas de fim de ano de forma metódica, seguindo exatamente a as notas distribuídas nos reviews, para que a lista tivesse uma justificativa. Elas serviam de base para um ranking e os 5 primeiros colocados do ranking apareciam aqui. Este ano, no entanto, resolvi abolir as notas. Os reviews, portanto, não deixam claro quais discos eu acho melhores. Assim, fica mais fácil de trabalhar e a pressão é menor, o que deve se refletir na retomada dos reviews em datas mais próximas dos lançamentos dos referidos discos a partir do ano que vem.

Este ano, escrevi sobre um número bem reduzido de discos. Foram cerca de 18, apenas. Talvez por ter procrastinado demais, acabei não analisando muitos discos. Mesmo assim, resenhei todos os discos que fazem parte da lista de melhores do ano na opinião deste humilde e modesto blogueiro. E, como sempre, é bom ressaltar que não levei em conta apenas os aspectos técnicos de cada disco. É um conjunto de fatores, entre eles os resultados obtidos, a qualidade das músicas, da produção, dos arranjos, e o apelo junto ao público.

Dito isso, vamos à lista.


CHITÃOZINHO & XORORÓ – TOM DO SERTÃO

Apesar de parecer clichê e de soar como um disco feito para buscar a aceitação da MPB e de seus representantes, o disco da dupla Chitãozinho & Xororó com músicas de Tom Jobim surpreende por sair do lugar comum. Ao invés de trazer os sucessos mais conhecidos do Tom, Chitãozinho & Xororó fizeram um disco com músicas que remetem ao campo, mostrando que Tom Jobim também tinha um lado sertanejo. O resultado é um repertório sensacional e que casou perfeitamente com Chitãozinho & Xororó. Incrível. Vai virar DVD no ano que vem.


JOÃO BOSCO & VINÍCIUS E SEUS ÍDOLOS – ESTRADA DE CHÃO

Um disco que demorou 3 anos para sair, mas que valeu cada dia de espera. Entre os discos de releituras que vem sendo gravados e lançados nos últimos dois ou três anos pelos mais diversos artistas, este é sem dúvida o melhor deles, por diversos motivos. Além de reunir um time lendário de participações, inclusive de artistas que não costumam ser chamados para este tipo de projeto, o disco foge do óbvio no repertório e resgata canções pouco ou nunca antes regravadas, mostrando que um repertório de regravações de clássicos do sertanejo pode ir muito além de “Saudade da Minha Terra”, “Telefone Mudo”, “Seu amor ainda é tudo” e outras que todo mundo já cansou de ouvir. Sem falar dos arranjos de alto nível, mesmo para um formato acústico simples. É para botar no som, deitar na rede e curtir música por música.


MARCOS & BELUTTI – ACÚSTICO TÃO FELIZ

Uma das melhores duplas do Brasil enfim encontrou o seu ritmo perfeito de trabalho. Depois do sucesso com o primeiro DVD “Acústico” no ano passado e do mega estouro do hit “Domingo de Manhã”, que provou ao Brasil que duplas boas e músicas românticas também tem vez, Marcos & Belutti repetiram a fórmula, desta vez com um repertório quase todo inédito. E acertaram de novo. Tiveram novamente um dos hits do ano, “Aquele 1%”, e reuniram um repertório que consegue ser ainda melhor que o do disco anterior, principalmente nas músicas que exigem mais da interpretação da dupla e nas quais eles podem provar que são realmente fantásticos.


MAIARA & MARAÍSA – AO VIVO EM GOIÂNIA

Enfim um disco feminino sem frescuras e sem regras pré-definidas. O melhor repertório do ano poderia tranquilamente ser gravado por qualquer dupla masculina, e provavelmente seria estouro nacional. Mas como se trata de duas mulheres, o público ainda está aprendendo a aceitar. Mas o melhor de tudo é que finalmente o público está aceitando, haja vista os resultados obtidos em 2015 por nomes como Maiara & Maraísa, Marília Mendonça e diversas outras, o que pode significar a abertura definitiva do mercado sertanejo para as mulheres em geral, que até hoje foram tratadas como exceções à regra. Já passou da hora do público entender que há espaço sim para várias mulheres ao mesmo tempo e não apenas para uma a cada 5 anos, no máximo, como foi até hoje. O disco da Maiara & Maraísa é o mais viciante do ano e a tendência é que isso se repita nos próximos anos, não apenas com elas mas com todo o batalhão feminino do segmento.


LUAN SANTANA – ACÚSTICO

Um disco sem defeitos. Tecnicamente impecável, com um repertório sensacional, uma produção fantástica de cenário e de vídeo e o Luan Santana sendo cada vez mais… Luan Santana. O artista mais completo do Brasil caminha a passos largos para se tornar uma lenda muito antes do que os artistas da música costumam se tornar. O cara não tem nem dez anos de carreira e já tem o cuidado de lançar trabalhos dignos de artistas com décadas de trabalho nas costas. É um caso que com certeza será estudado no futuro. O disco “Acústico” consegue ser ainda melhor que o disco “O nosso tempo é hoje”, que reuniu a mesma equipe. Depois de dois trabalhos impecáveis e com o segundo superando o primeiro, fica até difícil pensar no que o Luan e o produtor Dudu Borges estão preparando pela frente. Só sei que quero estar vivo para assistir.

33 comentários
  • Luiz Floriano: (responder)
    31 de dezembro de 2015 às 14:07

    Boa lista, Marcão! Não concordei muito com o Luan em 1º, o CD foi muito bem produzido mas, em pegar com o povo e em ter o CD inteiro sendo tocado, Maiara e Maraisa tiveram mais chance.
    Além disso, a 5ª posição pra CH&X, apesar deles serem medalhões e do diferencial das regravações MPB, não me desce. Eles são fodas, mas daria o 5º lugar pra Matheus & Kauan, que tiveram um CD com ótimo repertório e muito bem produzido.
    Enfim, boa lista, Marcão! E que venha 2016, um ano de muita disputa (H&J e J&M são fortíssimos candidatos antes mesmo de lançarem seus CDs).

  • José da Silva: (responder)
    31 de dezembro de 2015 às 14:33

    Luan Santana, rei da TV, do rádio, YouTube, e quem diria: Dos blogs ” independentes ” também! Imagine se ele soubesse cantar?

    • Marcus Vinícius: (responder)
      31 de dezembro de 2015 às 15:13

      Eita. Rumo a Holywood.

      • Stretch: (responder)
        25 de novembro de 2016 às 15:50

        Olá, adorei seus trabalho é maravilhoso!!! Amei também seus filhos de pelo….Gostaria de convida-lá para participar do sorteio que está acontecendo no meu blog, de um kit de corujinhas…Ficarei mto feliz com sua pato.cipação!!!ateliedagra.blogspot.crmibrBeijocaGra

      • http://www./: (responder)
        30 de dezembro de 2016 às 05:06

        I found so many interesting stuff in your blog especially its discussion. From the tons of comments on your articles, I guess I am not the only one having all the enjoyment here! keep up the good work.

      • kredit 0 noch heute geld leihen: (responder)
        12 de fevereiro de 2017 às 16:13

        This does look promising. I’ll keep coming back for more.

  • tairo: (responder)
    31 de dezembro de 2015 às 14:48

    Marcao chitaozinho e xororo tom do sertao foi o melhor CD do ano , mais eu sei que você nao iria coloca eles em 1º o jaba nao deixa , marcos e belluti , maiara e maraisa na frente deles ??? vc nao falo nada sobre o fantástico cd do Eduardo costa vivendo e aprendendo e nem sobre o dvd do zeze e falo sobre cd de lixo como PPA e outras coisa muda o nome de blognejo pra jabanejo

    • Marcus Vinícius: (responder)
      31 de dezembro de 2015 às 15:13

      brother, o jabá do blog tá nos cantos direito e esquerdo e no topo, com a galera que paga pra ter um banner ali. Beijos e feliz ano novo.

  • Daniel Assis: (responder)
    31 de dezembro de 2015 às 14:56

    Fiz um top 5 de cabeça, antes de ver sua lista, e concordamos nas 5 posições. Esse trabalho do Luan é fantástico. O pessoal que critica é porque não consegue analisar pela ótica correta das coisas, ou seja, o artista se propôs a fazer certo tipo de projeto e conseguiu magistralmente. Digo sem medo de errar que a qualidade da música sertaneja produzida em 2015 foi superior que a produzida em 2014. Espero que 2016 surpreenda mais ainda …

  • Augusto: (responder)
    31 de dezembro de 2015 às 17:11

    Gostei da lista, o DVD do luan realmente é o melhor e não há exagero quando vc fala dele, só não me entrou na cabeça porque você gostou do CD do chx que é mpb e criticou a transposição de músicas românticas da mpb pro ótimo DVD do Daniel

  • kevin: (responder)
    31 de dezembro de 2015 às 17:59

    Acho que o Face A Face Merecia estar aí!!

  • Reinaldo: (responder)
    31 de dezembro de 2015 às 18:10

    1- Marcos & Belutti – Tão Feliz.
    2- Maiara & Maraísa- Show completo ao vivo.
    3- Marília Mendonça
    4- Victor & Leo- Irmãos.
    5- João Carreiro

    Foi um ano com discos excelentes e tomara que 2016 seja assim também! Destaco o disco do Zé Neto & Cristiano que se não foi melhor chega bem perto ao do Henrique & Juliano do ano passado.

    Paula Fernandes, Eduardo Costa, Luan Santana, Jorge & Mateus, Cristiano Araújo e muitos outros lançaram discos de altíssima qualidade.

    Léo Magalhães está precisando inovar o estilo dele!

  • Luiz Floriano: (responder)
    31 de dezembro de 2015 às 20:13

    Tava comentando com um amigo esses dias, como a qualidade das músicas aumentou nesse ano!
    De arrochas de letra boba ou das músicas de carro que vieram antes, esse ano tivemos letras bem feitas, boas histórias contadas e um alto nível de produção!! Em 2015, se um CD não ganhou com letra, ganhou com a produção.
    Tô com um bom pressentimento pra 2016!

  • Leonardo Barros: (responder)
    31 de dezembro de 2015 às 23:16

    Nunca vou concordar com esse disco do Luan Santana em primeiro, e dos 5 não escutei o do CH&X e o do Marcos e Bellutti, talvez por isso minha lista fique tão diferente…

    Fora isso(e o meu descontentamento em não ver M&K ou V&L aí), destaco que esse ano a música sertaneja realmente ganhou muito em qualidade…parece que a época em que escolhiam 2 músicas pra fazer sucesso e as outras pra encher o disco ficou pra trás (ao menos por enquanto). Antigamente era difícil ouvir um disco do início ao fim, sem pular música, mas de 2 anos pra cá a coisa saltou da água pro vinho e espero que continue com essa qualidade! *E também espero que surja outra tendência além da bachata, não quero enjoar dela*

    Feliz ano novo pra toda a galera aí!

  • Wesley Lucas: (responder)
    1 de janeiro de 2016 às 15:41

    Parabéns pela matéria Marcão… Grande análise adorei. Porem na minha opinião o melhor cd do ano de 2015 foi Maiara e Maraisa.

  • Gustavo Henrique Menezes: (responder)
    1 de janeiro de 2016 às 19:15

    O blog caiu muito esse ano, Cd do Eduardo Costa onde maiorias das pessoas esperavam você fazer o review, você não fez Fora que não teve a lista de melhores trabalho Independentes, Falando da Lista Top five Creio que os trabalhos do Matheus e Kauan e Victor e Leo poderia entrar no lugar do Chitão e Xororo, Claro é a sua opinião e também não é nada de anormal essa lista . Creio na minha opinião o trabalho do Luan Santana foi bom , mas creio que não passou muita empolgação , mas se paramos para analisar é um trabalho sem erro !

  • leonardo: (responder)
    1 de janeiro de 2016 às 21:31

    amigos,o nosso ilustrissimo marcao,deixa de fazer review de eduardo costa pra fazer de pedro paulo e alex,lucas lucco,ta de brincadeira e de mau gosto,o marcus ta passando por cima daquilo que ele fala que prega,pra fazer reviews de merda como ele vem fazendo ao longo do ano.alias,os lixos que ele faz review precisam sim de review,porque e muito ruim,a galera tem que dar pau mesmo.trabalhos como eduardo costa,dispensam esse review de merda,fajurto.

  • tairo: (responder)
    2 de janeiro de 2016 às 12:19

    Não fazer o review do CD do eduardo costa foi a piada o ano msm ,

  • thiago ferr: (responder)
    2 de janeiro de 2016 às 13:49

    O projeto cabare por ser grandioso acabou ofuscando o cd de carreira do eduardo costa,senti falta do rick sollo e tem q se compreender q e uma pessoa so fazendo tudo,ou vcs acham q o marcao deve terceirizar?

  • leonardo: (responder)
    2 de janeiro de 2016 às 16:35

    tiago,tbm concordo com vc.o cabare foi algo que ninguem imaginava que seria esse estrondoso sucesso,nem os proprios cantores.so que querendo ou nao o eduardo tem que gravar todo ano,a gravadora impoe isso pra todos,um cd por ano.a questao nao e ser um so,mas sim aproveitar bem o tempo pra falar do que interessa ,a galera sente falta quando falta um material desse tipo.mas analisando o trabalho solo dele achei espetacular o disco dele,tem bolero,bachata,flamenco,instrumental impecavel,elementos sonoros que boa parte nao tem coragem de usar.e sem contar que sao ineditas e autorais,coisa que o ilustrissimo marcao o criticava sempre por isso,mas nunca falou na cara dele como dizia no blog.eduardo costa e outro departamento perto dessa moçada nova do sertanejo.

  • Gustavo Henrique Menezes: (responder)
    3 de janeiro de 2016 às 00:21

    Brincadeira , monte de review de qualidade Ivan e Alexandre , Eduardo Costa , Edy Brito e Samuel , felipe e ferrari até o Cd do Joao Neto e Frederico você deixou para trás marcão , Pô marcão espero que você faz aí algum desse reviews no começo do ano ,

    • Gustavo Henrique Menezes: (responder)
      3 de janeiro de 2016 às 01:19

      Zé ricardo e thiago o Cd não me chamou atenção , mas algumas músicas são boas , além de a dupla está em uma escritório de ponta e já conhecidá dentro do sertanejo Merecia um review do dvd

  • Li: (responder)
    3 de janeiro de 2016 às 01:23

    Tinha o do baile do telo , que foi um bom dvd , Bem diferente, teve a troca de produção musical nesse não teve o dupla , e verdade monte de trabalho que ficou pra trás

  • Joe: (responder)
    4 de janeiro de 2016 às 17:23

    Boa lista, mas cabia o excelente dvd Face a Face de Matheus e Kauan, que tem um repertória tão bom quanto o de Maiara e Maraísa. Alem disso, o Dvd Irmãos, de Victor e Léo deveria estar nessa lista, pois é brilhante!

    João Bosco e Vinicius e Ch&x foram ótimos cds mas não estão no top 5…

    No mais, assim como o restante da galera, não entendi por que deixar trabalhos muito bons para trás e fazer resenhas de lixos como PPA e Lucco….

  • emerson: (responder)
    4 de janeiro de 2016 às 17:31

    Ze Neto e Cristiano nao estar na lista e bizarro, muito superior ao disco do Marcos e Belluti, mas como e uma opinião pessoal eu respeito.

  • Fabio Costa: (responder)
    4 de janeiro de 2016 às 23:41

    Marcão… acho que a WorkShow trabalhou muito bem esse ano, então acho que o Zé Neto e Cristiano mereciam uma vaga aí… Abraço!!!

  • Rodrigo: (responder)
    5 de janeiro de 2016 às 16:03

    Respeito seu ponto de vista Marcão mas não concordo com ela, trabalhos como Gusttavo Lima no boteco, Matheus e Kauan, Zé Neto e Cristiano, Eduardo Costa e Marília Mendonça mereciam uma vaga no lugar de algum da sua lista pois tiveram uma ótima aceitação do público.

  • Érike Melo: (responder)
    7 de janeiro de 2016 às 09:01

    Sabe aquele disco que você escuta da primeira à última faixa… sem pular nenhuma, querendo repetir a que acabou de tocar, mas não repete pq quer ouvir a próxima? Face a Face, Matheus e Kauan!

  • Warley: (responder)
    7 de janeiro de 2016 às 19:54

    Na minha humilde opinião os discos citados acima são bons, mas abaixo listo excelentes discos que não ganharam tanta atenção:

    – Edson & Hudson – Escândalo de amor
    – Victor & Leo – Irmãos
    – João Neto & Frederico – Só modão 2
    – Boteco do Gusttavo Lima
    – Eduardo Costa – vivendo e aprendendo
    – Kleo Dibah & Rafael – só uma história
    – Zé Neto & Cristiano – Ao Vivo em São José do Rio Preto
    – Matheus & Kauan – Face a Face
    – João Carreiro – Solo – 2015
    – Bruno & Barretto – Pinga, Farra e Foguete
    – Fernando & Sorocaba – Anjo de Cabelos Longos
    – Victor Hugo & Americano – Beijo Envenenado
    – Michel Teló – Baile do Teló

    entre outros

  • Bruno: (responder)
    8 de janeiro de 2016 às 23:40

    Zé Neto & Cristiano, melhor CD do ano, inclusive quando se fala de aceitação ao público, saíram do anonimato para tudo que é porta-mala.
    Matheus & Kauan, todas músicas ótimas.
    Marília incrível.
    Kleo Dibah & Rafael ótimo também.
    Discos de inéditas, muito melhores que os de regravações mencionados.

  • Ana Flávia Rodrigues: (responder)
    14 de janeiro de 2016 às 19:33

    Alguém acha essa musica Chuva de Arroz verdadeiramente boa? uma das piores desde que reinventaram o sertanejo.

  • Renan: (responder)
    23 de janeiro de 2016 às 14:59

    “Victor & Leo – Irmãos” fora dessa lista? Sem mais..

  • cristian: (responder)
    25 de janeiro de 2016 às 15:23

    Cara, é complicado, cada um tem um gosto, e cada um aqui vai divulgar sua lista, mas há coisas que não tem como discordar, ex: Maiara e Maraisa é sem dúvida o melhor DVD-CD, enfim, o melhor trabalho do ano, o melhor repertório do ano. É um dos poucos discos em que você escuta inteiro sem mudar de música, só musicão, as meninas são fantásticas. Outra coisa que não dá pra discutir é o DVD do Luan Santana, concordo com a maioria, nem de longe foi o melhor do ano, aliás, ficou muito longe disso. Foi uma super produção, com arranjos impecáveis e tudo mais, mas não agradou não, o repertório não caiu no gosto do povo, isso é fato. Tirando a Escreve aí, as demais músicas são muito chatas, a Chuva de Arroz virou sucesso porque é o Luan, a música não é ruim não, mas é chata de ouvir do início ao fim. Não colocaria ele nem entre os dez melhores do ano. CH e X, tudo bem, o CD ficou bom, afinal, eles são mitos, mas foi mais pra agradar um público que não é o deles, pois, não me lembro de ter ouvido uma vez sequer uma música desse CD no rádio, e, pra mim, o rádio é o termômetro, e depois os carros. É difícil classificar os 5 melhores, mas sem dúvida Cleber e Cauã figuram na lista. Segue a minha lista;
    1º Maiara e Maraisa
    2º Victor e Leo
    3º Cabaré
    4 ºBruno e Barreto
    5º João Bosco e Vinicius-Estrada de chão

Redes sociais
Sobre o autor
Marcus Bernardes é bacharel em direito e entusiasta da música sertaneja. Criou o Blognejo com o intuito de falar de maneira séria e digna sobre o segmento. Hoje é o veículo mais respeitado do meio, sendo referência em coberturas de eventos, lançamentos, entrevistas e análise de mercado.