26 set 2016 | Na Estrada
Zé Neto e Cristiano em Cuiabá: um novo e largo passo na carreira com DVD grandioso

Um dos grandes sucessos da temporada 2015/2016, Zé Neto & Cristiano chegam ao segundo semestre de 2016 com a missão de seguir adiante. E como em qualquer caso de promessa cumprida, decidir sobre o que fazer em seguida torna-se crucial, com essa decisão devendo ser pautada preferencialmente, pelo menos em teoria, em subir um degrau acima ao da etapa anterior da carreira.

É claro que isso varia de artista para artista. Alguns preferem continuar um trabalho de sucesso com outro no mesmíssimo formato, justamente por acreditarem que, se na primeira vez deu certo, acontecer o mesmo na segunda é mais provável do que seria caso se arriscasse em algo maior. Mas a ideia da Workshow sempre foi a de subir de nível depois de acertar um trabalho. Com Henrique & Juliano, por exemplo, cada DVD gravado é superior em estrutura ao anterior. E estão programados DVDs grandiosos também para Maiara & Maraísa e Marília Mendonça em 2016, depois do acerto com DVDs menores. É claro que com Zé Neto & Cristiano a história não seria diferente.

Com a cidade de Cuiabá escolhida como palco do novo e aguardado projeto, Zé Neto & Cristiano passaram ainda por alguns apuros antes de poderem gravar o DVD. Depois de uma falha de comunicação entre escritórios, dois grandes eventos acabaram sendo marcados para o mesmo dia na cidade. Além da gravação do DVD de Zé Neto & Cristiano, Cuiabá receberia no mesmo dia o projeto “Clássico”, com Bruno & Marrone e Chitãozinho & Xororó. Semanas antes da data, Jorge & Mateus foram anunciados como reforços na grade do evento que traria o “Clássico” e Zé Neto & Cristiano, que gravariam o DVD sozinhos, acabaram anunciando as participações dos principais colegas de escritório e um show de Henrique & Juliano após a gravação do DVD.

Ainda bem que o bafafá que se formou por conta da famigerada data de 03/09 nos bastidores do meio artístico acabou, no fim das contas, servindo de combustível para o sucesso de ambos os eventos. Os ingressos para a gravação do DVD, por exemplo, acabaram se esgotando uma semana antes da data. Mas como nada é fácil nesse mundo da música sertaneja, um outro problema pegou todos de surpresa: frio e chuva em Cuiabá.

Este bocó que vos escreve havia feito a mala para Cuiabá com a certeza de que não havia qualquer necessidade de incluir um agasalho. Ora, era Cuiabá, afinal de contas. Mas os 14 graus do dia 03/09 definitivamente deixaram muita gente passando frio, assim como eu. E para piorar, uma garoa fina ameaçava o sucesso da gravação, já que o palco era todo ao ar livre, sem qualquer cobertura. Porém, como mágica dos céus, a garoa fina acabou sendo um incremento e tanto para a gravação. Acompanhei a maior parte do show pelo painel de LED instalado no backstage e fiquei surpreso com o belíssimo efeito que a garoa trouxe ao vídeo. Apesar da chuva atrasar em alguns minutos o início da gravação, o céu ficou aberto durante todo o show e, nos poucos momentos em que garoou, o aspecto no vídeo era muito similar ao de neve caindo. Nem se isso tivesse sido planejado teria ficado tão bom.

Montado no parque de exposições da cidade, mas do lado oposto ao de onde geralmente se realizam os shows, o palco do DVD aproveitou a arquibancada como cenário. Painéis de LED foram montados em todo o entorno do recinto, inclusive na arquibancada, passando uma sensação de profundidade e deixando o recinto da gravação com um aspecto ainda mais marcante de arena. E com o público marcando presença de forma maciça, mesmo com o frio e a ameaça de chuva. Ou seja, tudo vinha dando certo. Só faltava mesmo Zé Neto & Cristiano mandarem bem no palco.

E é óbvio que eles fizeram isso. A dupla já tem, na minha opinião, um dos shows mais bacanas da atualidade. O carisma, então, nem se fala. Transmitir isso para o DVD foi fácil, mesmo com um repertório composto quase em sua totalidade por canções inéditas. Resgatando apenas os principais hits (“Seu Polícia”, “Te amo” e “Eu ligo pra você”, se bem me lembro), a dupla gravou um repertório cheio de músicas novas na linha do que havia sido gravado no primeiro DVD, ou seja, boas canções românticas e agitadas chiclete. Afinal, pelo menos em repertório, realmente não dá pra mudar de proposta quando se acerta. Até “Seu polícia” ganhou uma sucessora com “Amigo Taxista”. Destaque também para “O mundo dá vodkas”, “Hoje eu tô excelente” e principalmente para o hit certo “Cadeira de Aço”, que tem tudo pra ser o grande sucesso do DVD. A produção musical é do Jenner Melo, cuja primeira produção foi com a dupla e, depois do sucesso do DVD (o segundo disco em parceria com eles), passou a ser um dos mais requisitados do meio.

O show começou com um VT que trazia atores mirins interpretando Zé Neto e Cristiano na infância, quando se conheceram. E, além da grande quantidade de LEDs, muitos fogos de artifício também foram usados como artifício para a gravação (sim, o trocadilho foi proposital), o que sempre dá um efeito incrível quando os fogos são lançados de forma sincronizada com a música.

Além da atual música de trabalho, “Sonha Comigo”, a dupla havia liberado na web várias canções do novo DVD em formato estúdio, tal qual haviam feito no DVD anterior. Assim, o público (pelo menos os mais participativos) chegaram ao DVD já sabendo cantar boa parte delas, abafando aquela frieza comum em DVDs gravados apenas com inéditas.

Agora com um DVD grandioso, Zé Neto & Cristiano se colocam perante o mercado como artistas preparados para um novo patamar. Se em 2015 e 2016 eles já foram um dos grandes sucessos comerciais do meio sertanejo, a intenção agora é a da consolidação. Ao gravar um DVD deste tamanho, a dupla mostra que tem condições de peitar qualquer grande evento e de ser a principal atração de qualquer feira ou festival pelo Brasil afora. Bem, a verdade é que eles já vinham ocupando essa posição em boa parte dos eventos em que se apresentavam. O DVD vem, portanto, apenas para consagrar esse status.

Abaixo, fotos da gravação tiradas pelo sempre incólume Maurício Antônio.

DVD Zé Neto & Cristiano em Cuiabá

4 comentários
  • carlos: (responder)
    26 de setembro de 2016 às 12:24

    Uma das melhores duplas que apareceram depois de Henrique e Juliano, sem duvidas esses caras são tops demais.

  • tairo: (responder)
    26 de setembro de 2016 às 15:23

    fui num show dessa dupla em maio , achei eles muito fracos nao sei se vai ter uma carreira tao longa assim nao

  • Fuzencio: (responder)
    26 de setembro de 2016 às 17:15

    Não é questão de criticar quem está fazendo sucesso, mas não acho eles tudo isso não, tem até boas músicas, mas a diferença é muito pequena em relação ao Henrique e Juliano, questão de voz, repertório, sei lá, não curto.

  • leonardo: (responder)
    26 de setembro de 2016 às 21:41

    Na minha singela opinião o novo sertanejo falta identidade vocal tem um monte de dupla nova ai que você escuta a musoca no rádio pela primeira vez e não sabe quem ta cantando

Redes sociais
Sobre o autor
Marcus Bernardes é bacharel em direito e entusiasta da música sertaneja. Criou o Blognejo com o intuito de falar de maneira séria e digna sobre o segmento. Hoje é o veículo mais respeitado do meio, sendo referência em coberturas de eventos, lançamentos, entrevistas e análise de mercado.