Autonomia e Versatilidade: Blognejo em nova fase

Autonomia e Versatilidade: Blognejo em nova fase

Alguns leitores mais atentos provavelmente notaram alguns problemas no blog hoje. Bem, na verdade não se tratavam de problemas. É que o Blognejo de certa forma voltou às origens e passou desde hoje mais cedo a cuidar de si mesmo, como lá nos primórdios, hehe. Depois de passarmos pelo Vírgula e depois pelo Terra, encerramos hoje uma parceria de um ano com o portal R7 e passamos, a partir de agora, a contar com um servidor semi-dedicado próprio, o que acarretará numa série de benefícios para os leitores e para este que vos escreve.

* COMENTÁRIOS 100% ATIVOS

Um dos problemas ocasionados pela parceria do Blognejo com os portais supra-mencionados foi o bloqueio do formato comum de comentários. Algumas pessoas observaram que a média de comentários caiu, não só aqui como em vários blogs sertanejos. Não sei quanto aos outros, mas aqui o problema foi bem simples. A estrutura do portal parceiro bloqueava automaticamente boa parte dos comentários, às vezes pelo tamanho, às vezes por achar que se tratava de um spam. O resultado disso foi um enxurrada de reclamações no último ano quanto à dificuldade de comentar em alguns textos. Isso fez com que os debates outrora épicos promovidos nos campos de comentários do blog fossem perdendo o brilho. Isso mesmo, amigos, a média de comentários não caiu apenas porque passamos a postar muitos publieditoriais, como alguns acusam.

Com a mudança para um novo servidor, passamos a administrar nossa própria estrutura de trabalho, ou seja, o servidor não vai simplesmente bloquear um comentário. A não ser que nós mesmos façamos essa determinação. Ou seja, podem voltar a comentar com textos longos novamente, porque agora o comentário vai ser aceito sem qualquer problema. Exceto, é claro, se houverem palavrões desnecessários e coisas do gênero.

Por falar em comentários, a mudança de servidor realizada hoje aproveitou um backup feito na sexta-feira. Por esse motivo, os comentários postados desde sexta-feira não puderam ser aproveitados. Só pra deixar claro que nenhum deles foi propositadamente apagado.

* AUMENTO DA VELOCIDADE DE ACESSO

É provável que vocês já estejam notando uma certa melhoria na navegabilidade do site. Se antes o blog andava lento, agora a situação é um pouco diferente. Como o servidor que contratamos vai hospedar apenas o nosso blog, a velocidade de acesso passará a ser bem maior do que antes. E os problemas, claro, serão solucionados com muito mais rapidez. Nunca me esqueço uma ocasião em que ficamos 3 dias fora do ar porque a área técnica do Portal Terra simplesmente não atendia aos fins de semana.

* PORTAL SERTANEJO (???)

Minha passagem por 3 grandes portais diferentes me mostrou que a maioria dos grandes portais não sabe muito bem administrar a união com um blog ou site sertanejo, principalmente um já consolidado junto ao mercado. Ao contrário do que vocês leitores possam pensar, essa relação não é tão simples quanto parece. Ao contrário dos blogs de moda ou de entretenimento, por exemplo, os blogs sertanejos não são fortes em visita. A força dos blogs sertanejos está na formação da opinião do leitor, não na quantidade de visitas acumuladas diariamente. E é isso o que a maioria dos portais ainda não consegue entender e administrar. Nosso forte é o conteúdo e o prestígio conquistado junto à classe sertaneja, isto é, entre os profissionais da área e os fãs mais atuantes, o que não representa nem 10% da totalidade de fãs, creio eu. Por mais forte que seja o segmento sertanejo, o ouvinte médio de música sertaneja ou o frequentador médio de uma boate sertaneja não é necessariamente o leitor médio de um blog do gênero. Pelo contrário.

E sem querer parecer arrogante ou ingrato, mas vocês hão de concordar que o Blognejo chegou aonde chegou sem a ajuda dos portais com os quais tínhamos parceria. Ninguém nunca se referiu ao Blognejo como o “blog sertanejo do Terra” ou o “blog sertanejo do R7”. Minha intenção com as parcerias fechadas com os portais sempre foi fortalecer o segmento sertanejo junto a um grande veículo de informação e fomentar quantitativamente a visitação do blog, coisa que nunca ocorreu, salvo raríssimas exceções nas quais um post ganhava uma chamada na página principal do portal, o que refletia apenas na quantidade de visitas daquele dia específico.

Juntem a isso o fato de de eu não ter formação acadêmica como jornalista e nem gostar de seguir um padrão jornalístico no blog, além do fato de eu residir fora dos grandes centros urbanos, o que me impossibilita acompanhar de perto a parceria. É tudo por telefone ou por e-mail. Nunca fiz sequer uma reunião em pessoa, o que, admito, eu poderia até ter feito. Por conta disso e por entender que o Blognejo sempre foi muito bem independentemente dessas parcerias, decidi que seria melhor seguir autônomo a partir de agora. “Mentira, Marcão, você foi dispensado“. Bem, tenho aqui todos os e-mails devidamente arquivados, caso queiram fazer um tira-teima.

Mesmo assim, por entender que a música sertaneja ainda carece da devida atenção da grande mídia, estou trabalhando num novo projeto que vai unir diversos sites e blogs sertanejos independentes em um grande e único portal de informações exclusivo para o segmento, A ideia ainda está no começo. Assim que o projeto for andando, a gente vai postando as novidades. Assim, ao invés de ajudar um grande portal que nem sempre faz questão da nossa ajuda, estarei contribuindo para o fortalecimento do segmento sertanejo na Internet e para o sucesso de outros companheiros blogueiros. E se alguém resolver sair na frente e copiar a ideia, vocês já sabem que a gente pensou nisso primeiro, rsrsrs.

* ETC…

Aproveitando essa nova fase do Blognejo, enfim disponibilizaremos o nosso aplicativo para IOS e Android, que eu já venho anunciando há um ano. Já está em fase de finalização. Mais alguns dias e estará disponível na App Store e depois no Google Play. Sobre o layout do blog e tudo mais, ainda está cedo para mudarmos, já que o atual não tem nem um ano ainda.

Pois bem, fiquem ligados no Blognejo e continuem participando, porque este é agora, enfim, um espaço totalmente nosso.