“Capa da Gaita”: um clássico instantâneo?

“Capa da Gaita”: um clássico instantâneo?

No último domingo foi postado no Youtube um videoclipe no mínimo inusitado. Assim que chegou às redes sociais, o vídeo viralizou quase que instantaneamente. O motivo não era a presença de um artista renomado, ou a qualidade da música. Pelo contrário, o vídeo explodiu nas redes sociais por ser talvez a coisa mais grotesca, nonsense e absurda lançada no mercado sertanejo desde que o novo sertanejo dominou as paradas. Tanto que gerou uma dúvida inclusive neste que vos escreve: seria este vídeo apenas uma brincadeira ou o astro do clipe estava realmente lançando um novo single no mercado?

O vídeo traz uma música intitulada “Capa da Gaita”, que conta a história de um caboclo que não conseguia pegar ninguém por estar demasiadamente magro, ou seja, só a capa da gaita, rsrs. A estrela do vídeo é o Anderson Ramos. O clipe traz ainda, pra variar, um Camaro, três modelos, e um ator magrinho para as cenas que fazem jus ao título da canção, ou seja, o “antes”. O “depois” no vídeo ficou por conta do Anderson Ramos, que não se importou em tirar a camisa, mostrar os músculos e fazer uma performance digna do Clube das Mulheres, o que aliás chega a ser mencionado na letra da música. Vejam abaixo:

O vídeo rapidamente ganhou o ódio do público nas redes sociais. Já é sabido que o sertanejo atual anda dando muita vazão à aparência de seus cantores, mas pelo jeito o limite era justamente o que foi ultrapassado por este clipe. Uma enxurrada de comentários negativos tomou conta do vídeo, tanto na sua respectiva página no Youtube como nas redes sociais. Mesmo assim, a dúvida ainda pairava: é ou não é um vídeo de carreira, algo feito com a intenção de ser levado a sério? Afinal, os views continuam subindo rapidamente, chegando hoje próximo à marca das 350 mil visualizações, isso em dois dias.

Pois a resposta veio no próprio campo de comentários do vídeo. Depois de apagarem todos os demais comentários, provavelmente todos descendo o sarrafo no vídeo, o próprio Anderson Ramos deixou um comentário dizendo que aquela era a história da sua vida e que o clipe foi feito justamente para rir da situação. E para deixar a história ainda mais clara e responder à dúvida apontada acima de forma mais minuciosa, o produtor Robson Vaz, em outro comentário, ironizou a reação do público e explicou que o vídeo é apenas uma curtição. O cantor Anderson Ramos é na verdade empresário do ramo de suplementos alimentares, além de fisiculturista.

O que mais chamou a atenção sobre essa situação toda não foi tanto o vídeo, que por si só já é deveras engraçado, mesmo se tivesse sido postado com uma intenção séria. A reação do público ao que parecia um disparate sem precedentes é que surpreendeu. Afinal, o público sertanejo atual tem sido acusado de abraçar as mudanças mais polêmicas da música sertaneja, incluindo essa da valorização do porte físico dos artistas e da beleza, antes de avaliarem a qualidade musical ou do videoclipe. A reação negativa a essa música, antes que se soubesse que se tratava apenas de uma brincadeira, mostra que o público sertanejo talvez ainda não está tão perdido como pensam os mais conservadores. Ao que parece, o filtro do grande público sertanejo ainda funciona. E no fim das contas, a piada ainda valeu.