Di Paullo & Paulino – Ao Vivo em Goiânia


Eu sempre encarei Di Paulo & Paulino como uma dupla, digamos, “underground”. É que eles sempre tiveram muitos fãs, mas nunca foram um estouro, por assim dizer. E, de olho no sucesso que eles faziam com um público fiel, mas relegado a um segundo plano, vários artistas regravavam músicas que Di Paulo & Paulino haviam gravado antes. Rionegro & Solimões regravaram “Tô por aí” e “Tô indo embora” e Rick & Renner regravaram “Onda anda você” e a mesma “Tô por aí”.

Diante disso, nada mais justo que se gravar um DVD para esse público, mas tentando conquistar novos fãs. Gravado no Atlanta Music Hall, em Goiânia, nos dias 18 e 19 de outubro de 2007, o novo DVD é uma celebração da carreira da dupla. Todos os grandes sucessos estão no repertório. Bem como algumas regravações que já haviam entrado num CD ao vivo da dupla anterior, este gravado em Uberlândia.

O estilo da dupla é peculiar. É uma das poucas duplas nas quais se pode perceber um estilo próprio. O Paulino, com seu indefectível violão de 12 cordas, faz questão de tocar a maioria dos solos do disco, exceto os de acordeon e os de guitarra, é claro. A banda que acompanha a dupla ficou por conta também da gravação. Fora a participação do violonista Bino Alves, que costuma gravar pra todo mundo. Eles têm a sorte de contar na banda com um dos maiores e mais requisitados bateristas da atualidade, o Luciano, que faz praticamente todas as gravações de bateria do Studio Melody, de Guilherme Bicalho e Giovani Fernandes. Mas o DVD não foi produzido pelo Studio Melody. A própria dupla se encarregou da produção e direção do DVD, seguindo a atual tendência do mercado, que cada vez mais exige trabalhos pessoais e com a assinatura do artista.

O DVD está, na verdade, dividido em duas partes. A primeira é o show propriamente dito. A segunda, nos extras, é uma roda de viola com a participação de diversas duplas, gravado numa varanda de fazenda. Não chega a ser nem uma participação das outras duplas. Di Paulo & Paulino cederam o espaço para que as outras duplas se apresentassem. Eles não cantam na roda de viola, apenas as duplas convidadas, quais sejam: Osmano & Manito, Irmãs Freitas, Mozart & Mozair, Ouro Negro & Dorivan e Guto & Léo.

O show de Goiânia contou com a participação de Gino & Geno cantando a canção “Amor de Primavera”, maior sucesso de Di Paullo & Paulino, e que acabou entrando duas vezes no DVD. Fora Gino & Geno, o show não contou com mais nenhuma participação. Di Paullo & Paulino poderiam, então, ter aproveitado o prestígio que têm para talvez levar mais umas duas participações consagradas, tendo em vista que o DVD foi composto basicamente de regravações.

Outro fator que eu achei desfavorável ao bom desempenho do DVD foi a fraquíssima presença de palco da dupla. Eles se limitaram a ficar atrás do microfone cantando e tocando. Se o DVD tivesse sido gravado com a banda toda sentada, eu compreenderia, mas foi com a banda em pé, incluindo os dois. Então, não pegou bem os dois ficarem totalmente travados numa única posição por praticamente todo o show. Faltou dinâmica.

Os cenários e a fotografia do disco foram bem concebidos. Cenários simples, discretos como a dupla foram um ponto a favor, sem dúvida. Optou-se também por deixar a platéia bem iluminada, ao contrário da maioria dos DVDs. Creio que resolveram acender as luzes por causa da casa lotada. Afinal de contas, muita gente resolve deixar as luzes apagadas pra disfarçar uma possível falta de público, o que não ocorreu nesse DVD.

Confesso que não sou muito adepto do trabalho de Di Paullo & Paulino, mas esse DVD até que me agradou no fim das contas. Eu costumo dar votos de confiança aos contratados da gravadora “Atração”, por considerar essa gravadora a que mais valoriza a música sertaneja no Brasil. Então, Di Paulo & Pauliono merecem sim o nosso voto de confiança, não só de quem é fã do estilo “underground” que eles adotam, mas também de todo aquele que é fã de uma boa música sertaneja.

Nota: 7,5