Fátima Leão: pra desbotar a saudade

fatima-leao-1

Um fenômeno da composição. Assim é possível definir de forma direta o trabalho de uma goiana que é uma verdadeira fábrica de escrever músicas. Assisti há alguns dias uma entrevista de Aparecida de Fátima Leão e fiquei abismada com quantidade. Também pudera: são 20 canções escritas por semana. Inspiração à parte, ela é caprichosa com as palavras e melodia em cada uma das obras que põe no papel.

Penso que no meio sertanejo poucos nomes tem o currículo desta mulher. Cantora, produtora e compositora, tem a certeza que todo mundo sabe que seja balbuciar algumas coisas que saíram de sua cabeça. A temática é diversificada, não se limita as coisas do coração, mas embalou os anos 90 com suas músicas.

O estilo de canções atuais é bem variado quando comparado aos tempos áureos de Fátima Leão. Naquela época, casada com Felipe que forma dupla com Falcão, entregou nas mãos de dinossauros da nossa atualidade várias pérolas que se tornaram obrigatórios nas prateleiras e HDs de colecionadores.

As letras contam com elementos de relação. Fátima utiliza as palavras de forma que retratam sentimentos de forma mais elaborada. Outra linha das poesias das canções que ela escreve é a de exaltação do campo, que dão aquela sensação gostosa de nostalgia. As melodias têm uma leve tendência a se adaptar nas vozes de tom mais alto, apesar de não ser uma regra, afinal, quem disse que existem regras para compor? De qualquer forma esses fatores são básicos nas canções dela.

fatima-leao-2

Fátima gravou lá seus 5 ou 6 discos. Como cantora é fantástica. Um timbre que lembra Fafá de Belém mais doce. Logo no primeiro disco do Zezé e Luciano participou em um dueto com o Zezé na canção “Pra Desbotar a Saudade”. Contudo, acredito que quando um talento é tão forte, como no caso dela para compor, o canto acaba sendo coadjuvante ainda que seja brilhantemente bom. Assim foi com Fátima: saiu de casa para ser cantora e se firmou como uma referencia na composição.

É interessante reforçar também que em 1992 chegou a ter 14 canções suas no topo das paradas. A parceria com Zezé di Camargo é talvez a mais notória, por canções que sagraram Zezé o grande “coronel” do sertanejo. Mãezona da vanguarda, Fátima segue atualmente pelas tendências virtuais aproveitando o máximo que sua condição lhe permite em todos os sentidos.

Uma coisa é fato: Zezé e Luciano devem muito de seus sucessos à ela. Seja em parceria ou autoria total, as musicas da Fátima lhe renderam bons frutos. Isso só para citar um, afinal, todas as grandes duplas tem lá em seus discos – (Fátima Leão). Hoje Fátima continua se apresentando como cantora, compondo como uma máquina e produzindo em seu estúdio.

Veja algumas músicas compostas por ela:

*Você só me faz feliz – gravada por João Paulo e Daniel entre outros

*Dormi na Praça, O Campeão, Fruto Especial – Bruno e Marrone

*E Deus por Nós, Muda de Vida (para economizar na lista) – Zezé di Camargo e Luciano