Guilherme & Santiago revivem sucessos de 20 anos de carreira e assumem lado tradicional em DVD acústico

Guilherme & Santiago revivem sucessos de 20 anos de carreira e assumem lado tradicional em DVD acústico

Na sexta-feira do dia 13/11, aconteceu em Brasília a gravação do novo DVD da dupla Guilherme & Santiago. Comemorando 20 anos de carreira, a dupla reuniu alguns de seus principais hits com diversas canções inéditas num formato mais simples, acústico, bem próximo àquele do DVD “Tudo tem um porquê”, que consagrou a música “E daí”, até porque a produção deste novo projeto esteve novamente nas mãos do Maestro Pinocchio.

Gravado no Espaço Villa Mix, o novo DVD da dupla também representa uma aposta numa sonoridade mais tradicional ou “sertaneja”, caracterizada pela presença maciça de bachatas e músicas num formato menos de “balada”, como era visto na sonoridade da dupla até antes do sucesso da música “Jogado na Rua”.

Foi com ela, inclusive, que a dupla abriu o DVD, já dando o tom do que seria esse projeto, pelo menos no que diz respeito à pegada das inéditas. Apesar de anunciar o projeto como um trabalho acústico, tanto a banda como a dupla gravaram o DVD inteiro em pé, com apenas algumas canções com a dupla interpretada sentada na escada que compunha o cenário. Também um pouco fora do que costuma englobar a ideia do “acústico”, havia a presença da guitarra na parte musical, principalmente nos arranjos das músicas que a dupla regravou do próprio repertório, que foram quase todos mantidos em seu formato original.

A presença do Pinocchio na produção, inclusive, colocou fim a uma indefinição que já durava alguns meses. Em pré-produção com o Eduardo Pepato, conforme mostravam as redes sociais, a dupla acabou fechando com o Pinocchio poucos meses antes da gravação. Uma decisão que faz bastante sentido, afinal a presença do maestro na carreira da dupla é deveras marcante, seja nos primeiros anos como compositor (“Coração virou peão”, “Peão não chora”, etc) ou num período mais recente como produtor, inclusive no projeto de maior sucesso da carreira da dupla, o “Tudo tem um porquê”. O Maestro também é responsável por algumas grandes canções da dupla a partir da fase “E daí”, como “Mete sua boca na minha”, “O batidão de Goiás” e algumas neste novo projeto.

Do repertório clássico da dupla, foram resgatadas canções como “Me Esqueça”, “Azul”, “Som e Imagem”, “Essa paixão me machucou”, “Franguinho na Panela”, “Só falta você” (ovacionada pelo público), entre outras, além das mais recentes como “Jogado na Rua” e “Meia-noite e meia”. Não consegui acompanhar toda a gravação para saber quais as outras regravadas por conta do horário do meu vôo, mas até onde acompanhei estas foram algumas das canções do repertório antigo da dupla resgatadas neste DVD.

Além do Maestro Pinocchio, o produtor Giuliano Matheus, que assina a produção de “Jogado na Rua” e “Meia-noite e meia” (nesta também a composição ao lado do filho Thiago Matheus), também participou do DVD tocando justamente estas duas canções.

Entre as inéditas, como expliquei mais acima, foi possível notar uma pendência para um lado mais tradicional, que anda em alta no sertanejo e que tem tudo a ver com a dupla. É sempre bom lembrar que eles foram uma das primeiras duplas a estourar uma bachata (“Jogado na Rua”) nesta nova fase do ritmo junto ao gênero sertanejo, quando as músicas nesta vertente começavam a engatinhar. Várias músicas do novo disco seguem essa mesma vertente musical, que cai muito bem na interpretação e no dueto da dupla.

Mesmo com a temática dos 20 anos de carreira, o DVD não contou com participações especiais ou com uma produção “especial” de acordo com o tema. A intenção da dupla pareceu mesmo gravar um DVD de carreira, mas com algumas releituras de alguns de seus grandes sucessos. Há 10 anos, a dupla já havia lançado um disco comemorativo, que trazia diversas canções antigas da dupla numa pegada mais moderna em formato acústico. Naquele disco, eles haviam gravado a canção “Magia e Mistério”, lembram? Inclusive, a versão de “Essa paixão me machucou” presente neste novo DVD segue a linha da versão gravada naquele disco de 10 anos.

Como disco de carreira, o DVD deve manter o nível alto da dupla por conta das boas canções inéditas. Ao apostar numa pegada sonora similar (mas mais simples por conta do formato acústico) à do DVD “Tudo tem um porquê”, especialidade do maestro Pinocchio, a dupla volta a apostar numa fórmula que deu muito certo. Como fã da dupla desde os tempos de “Do outro lado da cidade”, eu confesso que senti falta de mais canções clássicas, como “Mentira de Amor”, “Dói demais te perder” e outras. Mas já que a proposta pareceu mesmo ser a de dar mais espaço a canções inéditas e menos (pelo menos dessa vez) aos sucessos da dupla, a falta delas até que é compreensível.

Abaixo, algumas fotos da gravação, do fotógrafo Peter Fonda. As duas últimas fotos e a foto em destaque são do Rubens Cerqueira.