Leo Chaves Repaginado

Leo Chaves Repaginado

Já de alguns meses pra cá, tem causado certo estranhamento junto ao público a forma com que o cantor Leo, da dupla com o Victor, tem se mostrado. Mudanças drásticas tanto no visual quanto na postura puderam ser observadas em cada uma de suas aparições em público. Entre os sempre fiéis fãs da dupla Victor & Leo, há quem não esteja entendendo muito bem as causas dessa mudança, mas também há os que não parecem estar ligando tanto assim para essa nova roupagem do seu ídolo. A primeira turma, entretanto, parece estar bem maior no momento.

O começo da mudança, ao que tudo indica, se deu quando o Leo rasgou a própria camisa, propositalmente, durante um show. Procurei aqui o vídeo no Youtube mas não encontrei. Ao que parece, ele havia rasgado a camisa depois que alguém o questionou quanto à marca da mesma e que ele, como figura pública, não deveria divulgar uma marca assim gratuitamente. Bom, pelo menos foi isso que entendi pelo discurso. Um tanto quanto revoltado, ele aproveitou a deixa para, perante o público do show, discursar sobre marcas e sobre gostos pessoais e, de quebra, rasgar a dita cuja.

Passado algum tempo desde essa ocasião um tanto quanto enigmática, pra não dizer estranha, o Leo começou a modificar certos aspectos de sua personalidade e aparência. A primeira mudança, facilmente perceptível, foi no jeito de cantar. No DVD gravado em Floripa, ao invés da sua forma tradicional de proferir as palavras enquanto cantava, o Leo começou a cantar puxando um pouco mais o “S” nas músicas, mostrando certa influência gringa na interpretação. Por vezes, inclusive, houve quem dissesse que ele “americanizou” a própria forma de cantar. A música “Não me perdoei” deixa bem evidente no refrão essa nova característica da sua interpretação.

Continuando as mudanças, tempos depois o Leo começou a aparecer na mídia televisiva com um visual bastante diferente da tradicional camisa xadrez para fora da calça que ele e o irmão haviam consagrado e que o Victor ainda mantém até hoje. Ao invés do xadrez, camisas mais despojadas, sempre com os botões abertos até um pouco acima do umbigo, colares e pulseiras. Fora o cabelo, que ganhou o que parece ser uma escova progressiva.

Depois do jeito de cantar e de se vestir, o Leo também começou a mostrar uma mudança no comportamento. Ao invés do já conhecido distanciamento, ele parece ter passado a se preocupar um pouco mais com a interação com os fãs (que reclamaram até o fim da vida da falta de informações sobre o casório do Victor) e principalmente com os demais profissionais do circuito sertanejo. Passou a sair de casa para, vejam só, participar de eventos que nem sempre tinham ligação com a dupla Victor & Leo. Esteve presente, por exemplo, no lançamento do novo disco do Michel Teló, realizado no dia 23/05 na boate Brook`s, em São Paulo. Fora isso, ele criou há pouco tempo um perfil pessoal no Instagram (@leoczsp) e tem seguido por lá inclusive pessoas ligadas a artistas até ontem tidos como concorrentes pelo grande público. Segue a esposa do Jorge, da dupla Jorge & Mateus, por exemplo.

Aqui em Uberlândia, cidade onde a dupla reside, ele não só foi capa da mais recente edição da revista República Cult Sertaneja, da qual o Blognejo é parceiro, como também fez questão de participar do coquetel de lançamento. A revista, aliás, traz o que parece ser a melhor explicação até agora para a mudança de postura do Leo. Acontece que as roupas e as jóias que ele tem usado fazem parte de uma nova grife chamada Rock Nest, que ele montou junto com a esposa. A grife traz apenas artigos exclusivos e a linha usada pelo Leo leva inclusive o nome dele, aliás, uma variação do nome dele: Rock Nest – Leo Zapa. A marca leva o slogan “Free Your Soul”. Segundo o próprio Leo, a influência do rock já era bastante marcante na sua vida e ele aparentemente resolveu finalmente formalizar isso através das roupas, pra parar de se preocupar também com as cobranças que o levavam a rasgar as roupas como no tal vídeo que eu mencionei. Essa influência do rock também poderia servir como explicação para a mudança na interpretação das músicas, talvez.

Todas essas mudanças parecem ter sido acompanhadas, segundo alguns fãs, por uma sutil modificação no relacionamento com o irmão. Houve quem dissesse que o Leo passou a reivindicar um pouco mais de participação nas decisões sobre o lado profissional da dupla, bem como demonstrar um pouco mais de personalidade e de liderança nas entrevistas e ocasiões similares. Ele abriu espaço para novos compositores no repertório da dupla e, pasmem, assumiu a produção do novo disco, e sozinho. Em entrevista recente à Marília Neves, do portal IG, a dupla revelou que o Leo é quem está produzindo o novo CD e compondo boa parte das músicas. O Victor, aliás, garantiu estar surpreso com a qualidade das músicas.

Não tive ainda a oportunidade de conversar pessoalmente com a dupla e principalmente com o Leo sobre essas mudanças e sobre o significado de todas elas. A princípio, enxergo tudo isso como algo positivo, de uma maneira geral. Convenhamos que musicalmente, ainda que o trabalho seja de altíssima qualidade, a dupla já vinha precisando de uma roupagem nova, já que há anos eles fazem um som com praticamente os mesmos elementos. A banda foi quase toda modificada recentemente, o que pode ser mais um indício dessa renovação.

Ainda que a maior parte do público cativo da dupla tenha levado um susto com esse Leo Chaves repaginado, as mudanças parecem ser para melhor. Pelo menos a maioria delas. Muita gente tem reclamado, claro. Cada show da dupla transmitido pela TV me rende uma série de e-mails e mensagens de várias pessoas no Twitter e Facebook questionando seu significado. Já não era sem tempo, pelo menos, que a dupla se tornasse um pouco mais acessível e próxima dos demais “colegas” do sertanejo. Ainda que o Victor esteja inerte e mantenha o mesmo estilo e comportamento, o Leo parece empenhado em fazer de Victor & Leo uma dupla engajada em se mostrar atuante no mercado. E pelo menos tentando mostrar algo novo, o que por si só já é bastante louvável. Aguardemos o próximo disco para ver se deu ou não deu certo.