Luiza, aquela do Canadá…

Luiza, aquela do Canadá…

Acho que nós, seres humanos, habitantes do planeta Terra, usuários de Internet, chegamos a um ponto meio preocupante de nossa existência nesse mundo. É um fato extremamente preocupante um país parar com todos os debates acerca dos problemas que enfrenta para dedicar seu precioso tempo a falar ininterruptamente de uma frase dita em um comercial de forma totalmente avulsa, sem qualquer intenção oculta, e que, por motivos que ninguém é capaz de explicar e/ou entender senão por teorias das mais estapafúrdias possíveis, se tornou o centro de toda e qualquer discussão nos últimos dois dias. Por dois dias, só se falou dessa bobagem no Brasil. Sem motivo nenhum, sem explicação nenhuma. Porque era engraçado. Mas por que era engraçado, aliás???

Enfim, o fato é que talvez essa seja a ocasião em que mais rapidamente algo virou meme e repercutiu na mídia, gerando lucro para os envolvidos, ampla cobertura dos maiores veículos de comunicação do país, seguida da constatação de que definitivamente não temos nada melhor para fazer do que repercutir bobagens na Internet. Como não podia deixar de ser, sertanejos e afins se apressaram em trazer a sofrida história da Luíza e seu intercâmbio no Canadá para a música. Abaixo as mais rápidas versões feitas na história dos memes de Internet.

* Gui Bittencourt

O jovem cantor uberlandense, grande compositor, amigo meu inclusive, foi um dos que mais rapidamente divulgou uma música baseada no caso da Luíza. Sua música já repercutiu bastante e, na onda da Luíza, o próprio Gui já foi convidado a conceder diversas entrevistas a respeito. Em dois dias, mais de 60 mil visualizações no Youtube. Vejam abaixo:

* Bonilha

O Bonilha é compositor da música “Seja fã você também”, que a dupla Rosa & Rosinha vem trabalhando. Sua versão da história da Luiza já conta com mais de 40 mil visualizações, em menos de dois dias no ar. Assistam:

* Marky (Léo & Marky)

Ele foi bem esperto e aproveitou para divulgar a música de trabalho da própria dupla dentro da música feita em homenagem à Luiza. Vejam só:

* Versões, montagens e paródias de “Ai se eu te pego”

Óóóóóóóóóóóóóóóóóóbvio que quando o caso da Luiza virou o que virou, os “criativos” de todo o Brasil se apressariam em apresentar versões da música “Ai se eu te pego” contando a história da Luiza ou fazendo montagens de qualquer natureza com a música, a fim de conseguir algumas visualizações no Youtube. Abaixo, algumas das pérolas.

– Banda Timbrown

– Montagem em estilo, eerrr, “documental”…

– Montagem em estilo, eeerrrr, “simplista” – botaram a foto da Luiza com a música de fundo. E só. Sério. Verdade…

– Essa é sem comentários…

– E mais uma pra fechar com chave de ouro

Até o Dan Rocha da Paranaíba FM entrou na brincadeira e produziu uma vinheta para a “nova rádio” inaugurada em homenagem à Luiza, a rádio que o Brasil inteiro está escutando, menos a Luiza… porque né…

Amanhã, um novo meme e uma nova história como essa para contarmos aos nossos netos e divagarmos sobre como era bom quando a Internet demorava um dia para construir um fenômeno. Porque do jeito que a coisa vai, no futuro essas coisas vão acontecer em questão de minutos.

UPDATE:

O Léo Rodriguez já está é trabalhando uma nova canção sobre a Luiza. Ouçam abaixo: