Mais um retorno um tanto quanto surpreendente: Cleiton & Camargo

Mais um retorno um tanto quanto surpreendente: Cleiton & Camargo

Mais uma dupla das boas parece estar retomando as atividades em parceria. Cleiton & Camargo, respectivamente o primo e o irmão da dupla Zezé di Camargo & Luciano, estão retomando a dupla, separada já há alguns anos.

Neste meio tempo, Cleiton chegou a montar uma outra dupla e, depois, passou a trabalhar como backing vocal dos primos Zezé & Luciano. Sua qualidade vocal, aliás, sempre foi bastante elogiada. Camargo (ou Camarguinho) montou uma dupla com o cantor Marcelinho de Lima, chegando a conquistar certo prestígio na região de Belo Horizonte, com um DVD produzido pelo Pinnochio e uma agenda consistente de shows nos últimos anos, principalmente em Minas Gerais.

O retorno da dupla Cleiton & Camargo implica, portanto, no fim da dupla Marcelinho de Lima & Camargo. Antes da dupla, Marcelinho de Lima já havia gravado um grande DVD como artista solo, repleto de participações e, ao que tudo indica, ele pretende continuar o trabalho realizado naquela época. Também não foi informado se os constantes problemas do Camargo com a justiça por conta de pensões alimentícias contribuíram para o fim da dupla e retomada da parceria com o Cleiton.

A dupla Cleiton & Camargo conquistou um considerável espaço na música sertaneja, sendo talvez a dupla que naquela época tenha se dado melhor entre as duplas formadas por parentes de artistas do primeiro time, como Tiãozinho & Alessandro, Carlos & Alessandro, Maurício & Mauri, etc. Várias canções ficaram marcadas na música sertaneja, a maioria versões, como “Na hora de amar”, “Agenda Rabiscada”, “Outra chance”, “Pra sempre em meus braços”, “Ilusão”, “Quando um grande amor se faz”, “Vê se volta comigo” e a minha preferida, “Não posso ouvir essa música”, todas cantadas sempre em tons altíssimos.