O Guia dos Curiosos…

A internet é mesmo um lugar interessante para se ver coisas diferentes. Zapeando ontem à tarde pela rede, me deparei com o site “Guia dos Curiosos”. As  histórias do site são fruto de pesquisas feitas pelo jornalista Marcelo Duarte e chegaram a virar livros. Marcelo trabalhou ainda nas revistas Veja, Placar, Playboy e Ação Games.

Como não sou de ferro, fui procurar algo relacionado à música sertaneja e imaginem só: claro que encontrei. Entre as inúmeras  “curiosidades” do tal site algumas me chamaram a atenção, e são essas pérolas que agora compartilho com vocês.

Segundo o Guia:

– O apelido de Marrone (Bruno & Marrone) foi inspirado na série de TV “Kate Marrone”? No programa, Kate era uma policial durona. Como eles eram desengonçados no palco, a Abril Music, segunda gravadora da dupla, sugeriu que Bruno & Marrone se apresentassem sentados. No início, a dupla aceitou a sugestão.

– Antes de se tornarem famosos, Chitãozinho & Xororó participaram dos programas Show de Calouros, exibido pelo  SBT e apresentado por Silvio Santos, e do Cidade Sertaneja, na TV Bandeirantes.

– O primeiro nome da dupla Pena Branca e Xavantinho era Peroba e Jatobá. Depois, mudaram para Zé Miranda e Beira Mar e Xavante e Xavantinho. Este último foi escolhido em homenagem a uma tribo indígena brasileira. Em 1970, durante um festival promovido pela Rádio Cometa, um cantor os procurou dizendo que já havia registrado o nome Xavante. Por isso, decidem mudar novamente e adotam Pena Branca, que batizava um trio musical do qual participaram.

– Aldair Teodoro da Silva e Alcino Alves de Freitas (Teodoro & Sampaio) começaram a cantar juntos na década de 1980. Um de seus primeiros sucessos foi Alô, Mulherada (Alô, mulherada encalhada / Separada, desquitada / Que arranha o azulejo / Se precisar de um cheiro no cangote / Tô pronto para dar o bote).

– Teodoro é hoje criador de gado de elite e possui uma coleção de 100 chapéus e 300 bonés.

– Em 3 de março de 2005 o dono de um bar em Orlando, Estados Unidos, quase impediu Zezé Di Camargo de beber. Ele achou que o cantor fosse menor de idade e, portanto, não poderia tomar drinques alcoólicos. Zezé precisou apresentar seus documentos.

– O cantor que mais se apresentou na história do programa global “Domingão do Faustão” foi o sertanejo Leonardo (55 vezes). Leandro & Leonardo também foi a primeira dupla sertaneja a emplacar uma música em rádios cariocas: “Pense em Mim”. Já a música “Paz na Cama” bateu recordes ao ser tocada 2.500 vezes num único dia  em 1991.

– Dia 13 de julho é comemorado o dia do cantor e compositor sertanejo.

Obviamente alguns desses casos são questionáveis. Se você conhece outras versões, escreva nos comentários que as enviaremos ao  “Guia dos Curiosos” para que sejam corrigidas. E se você conhece ainda algum outro caso interessante sobre artistas sertanejos, por favor nos avise, que teremos prazer em compartilhar com os leitores do Blognejo.

Para acessar o site “Guia dos Curiosos” é só clicar sobre a imagem acima.