Quem disse que o Blognejo não dá certo?

Olá, galerinha querida.

Este post serve somente para mostrar alguns dados estatísticos pra vocês. Observem o gráfico abaixo:

grafico-1

As faixas amarelas indicam a quantidade de visitas, as azuis o número de páginas vistas e as vermelhas a quantidade de novas visitas. Tudo isso enumerado diariamente. A linha horizontal mostra os dias e a vertical a quantidade marcada. Notem que, em menos de um mês, o valor médio das quantidades marcadas pelo medidor (nesse caso o histats) mais que dobrou, e a tendência é continuar aumentando. Claro, sempre com a ajuda de vocês. No gráfico abaixo, as quantidades diárias desde o dia em que o Blognejo entrou no ar (a inauguração ocorreu cerca de duas semanas após a entrada do site do ar).

grafico-2

Vale lembrar que o Blognejo ainda é um bebê. Completa essa semana apenas dois meses de existência. O mais incrível é que o Blog No Embalo, que deu origem ao Blognejo, continua batendo recordes, mesmo sem receber atualizações.

O legal é que esse crescimento acontece de maneira independente das opiniões contrárias que sempre, de certa forma, atrapalharam um melhor desempenho do Blognejo. Fãs que não concordam com as opiniões aqui expressadas, ou pessoas que julgam que o Blognejo não age de forma “ética” ao expor as mazelas dos trabalhos lançados e as atitudes de alguns artistas em situações às vezes vexatórias, ou simplesmente de gente que pensa que a música sertaneja deve continuar a ser abordada da mesma forma travada, comprada e retrógrada que muitos meios de comunicação insistem em continuar usando.

O Blognejo é assim. É um blog de opinião, que serve tanto para entreter quanto para informar e, se preciso, criticar. Faz parte da nossa política de trazer dignidade à música sertaneja. E, digam o que quiserem, é dessa forma que estamos definitivamente influenciando cada vez mais essa mudança na relação entre música sertaneja e Internet. A mudança hoje já é regra, e muito disso se deve ao Blognejo. Música sertaneja é MÚSICA, antes de qualquer coisa. E como expressão artística, deve estar sujeita a opiniões, críticas, e uma abordagem mais incisiva, assim como sempre estiveram o rock, a MPB, o samba e todos os outros segmentos tidos pela elite cultural como “de bom gosto”.

Muito obrigado a todos vocês que fazem do Blognejo uma ferramenta importante na divulgação da música sertaneja pelas entranhas da Internet. E peço desculpas àqueles que não consideram o Blognejo um meio ético e confiável de informação sobre o segmento sertanejo. Mas, como visto nos gráficos, tem dado certo assim. E não é nossa intenção mudar.

Obs.: Todos os dados podem ser conferidos clicando-se nas tabelas do campo “Estatísticas”, localizado ali no canto direito do Blognejo.