REVIEW – João Neto & Frederico – Ao Vivo em Vitória

O mercado da música tem certas peculiaridades que infelizmente são inevitáveis. Não raro, alguns bons trabalhos costumam não ter tanta repercussão ou simplesmente ficam travados e têm seu lançamento adiado por conta de processos de transição de artistas que estão saindo de um escritório para entrar em outro ou para montar o seu próprio. Isso acontece com mais frequência do que se pensa e, em 2014, João Neto & Frederico foram uma das duplas que sofreram com isso. Lançaram um ótimo trabalho que acabou não repercutindo tanto quanto merecia porque, nos bastidores, a galera ficou mais interessada em falar da mudança de escritório pela qual a dupla passou do que no DVD em si.

Chega a ser um pouco frustrante, afinal de contas João Neto & Frederico são, sem dúvida, uma das melhores duplas do Brasil. Impecáveis na parte vocal, sempre, eles ainda têm uma facilidade enorme para escolher boas canções em seus projetos, o que faz com a que a dupla mantenha sempre a atenção do público. É claro que em alguns momentos da carreira ela vem de uma forma mais intensa e em outros momentos menos.

O novo DVD, gravado em Vitória, equilibra mais uma vez os dois lados da dupla, o romântico e o agitado. É verdade que o lado mais extrovertido sempre esteve um pouquinho mais em evidência na carreira deles, mas desde que eles emplacaram “Pega Fogo Cabaré” e “Só de você” praticamente na mesma época eles mostraram que tinham sintonia com as duas vertentes. Mesmo assim, desde o CD “Indecifrável” e agora com o DVD “Ao Vivo em Vitória” eles têm se voltado mais ao lado romântico na hora de escolher as músicas de trabalho.

Musicalmente, este disco traz bastante da identidade já marcante do produtor Eduardo Pepato, carregando características bem similares às do DVD “Ao Vivo em Palmas”, como o trio de metais em algumas faixas. O repertório também se assemelha ao daquele disco, até mesmo na presença de algumas faixas um pouco mais picantes, mais ou menos como foi com “Le Le Le”.

Nota-se, também, que a dupla aproveitou este DVD para consolidar sua posição no mercado. Mesmo sendo uma das duplas que mais grava DVDs no Brasil (este é o sexto ou sétimo, se não me engano), eles só haviam convocado participações no DVD de modões, que não era um disco de trabalho, por assim dizer. Desta vez, reuniram participações de peso, como Bruno & Marrone, Cristiano Araújo, César Menotti & Fabiano e Henrique & Juliano, que até então ainda eram colegas de escritório. A música gravada com Bruno & Marrone, “Chamam isso de traição”, é um dos melhores lançamentos de 2014, na minha opinião. Isso mostra o prestígio da dupla no mercado sertanejo.

Já no dia da gravação dava pra perceber que este DVD seria um dos melhores do ano no aspecto visual. É um dos projetos de 2014 que traz a marca da Hit Music, que também trabalhou nos DVDs da dupla Munhoz & Marino e do Cristiano Araújo, sobre os quais devo falar hoje ou amanhã. A Hit Music, ancorada pelo talento incrível do diretor Tiago Silva, tem se mostrado uma das mais criativas empresas na concepção cenográfica de alguns dos DVDs lançados recentemente. Este DVD da dupla João Neto & Frederico traz, além da abertura incrível, com a dupla interagindo com uma espécie de representação digital dos dois e um elevador, oum dos cenários mais marcantes do ano, com um painel em círculo que parecia de fato ser uma bola, cujo desenho se modificava a cada canção.

Mesmo com todos esses aspectos positivos, o DVD esbarrou naquilo que eu falei lá no começo. A saída da dupla da Work Show e a mudança de escritório (hoje eles estão na Mega Produções) fez com que o mercado desviasse o foco da atenção dada à dupla para o que aconteceria na carreira deles dali em diante, deixando de prestar atenção no DVD, que merecia um pouco mais de repercussão. É mais um bom projeto de uma dupla que consegue sempre manter a qualidade dos seus trabalhos. Ainda não se sabe o que vem pela frente, mas se o nível for mantido com certeza vem coisa boa.

Nota: 9,0