REVIEW – Matheus & Kauan – Mundo Paralelo Ao Vivo

REVIEW – Matheus & Kauan – Mundo Paralelo Ao Vivo

Levando em conta o que costumamos ver acontecendo no mercado sertanejo a cada novo lançamento, as primeiras grandes tacadas de artistas novos geralmente vêm lotadas de fórmulas fáceis, o que envolve músicas consideradas comerciais demais e escolhas pouco ou nada arriscadas. É bem difícil ver uma dupla nova sendo ousada e criativa logo de cara na maioria dos aspectos relacionados a um disco, o que torna este primeiro DVD da dupla Matheus & Kauan ainda mais empolgante.

O primeiro ponto a salientar a respeito da dupla é a qualidade dos dois enquanto compositores, principalmente do Matheus, que tem se destacado mais nesse ponto. Ele emplacou dezenas de músicas esse ano, incluindo algumas de trabalho e outras muito elogiadas nos discos do Luan Santana, Michel Teló e outros. Vai fechar o ano talvez como o compositor de maior destaque no mercado sertanejo, sem dúvida alguma. E o Kauan costuma ter tanto talento quanto o Matheus na composição, apesar de não ter o costume de repassar canções para outros artistas tanto quanto o irmão.

Este DVD é praticamente autoral, com quase todas as músicas levando a assinatura dos dois ou de pelo menos um deles. E esse é, de fato, o principal trunfo da dupla no momento. A quantidade de músicas que o Matheus tem emplacado e a qualidade das composições dos dois provam que eles são hoje dois dos mais talentosos compositores que o segmento tem à disposição. Tem uma música do Kauan em parceria com o Samuel Deolli que está pra sair em breve que, meeeeeeeeu amigo, é simplesmente coisa de outro mundo.

E o melhor de tudo é que ainda foi possível equilibrar o repertório do DVD com as músicas que eles vêm repassando para outros artistas. Geralmente, quando um compositor bem cotado no mercado que também tem uma carreira artística grava um DVD ou CD, ou as melhores músicas ficam com os artistas que gravam sua obra ou ele guarda as melhores para si e reserva para outros nomes apenas as “sobras”. Em se tratando de Matheus & Kauan, no entanto, foi possível emplacar canções como “Se tudo fosse fácil” e “Tudo o que você quiser” no repertório de outros artistas e ainda assim encaixar canções fantásticas como “Mundo Paralelo”, “Praia e Mar” e “Você me dominou” no próprio disco.

A linha de composição dos dois, bem pop, diz muito sobre o som que já era pra estar sendo feito há tempos mas que só agora foi de fato assimilado à dupla. Não à tôa, quem assina a produção musical e os arranjos é o Dudu Borges, especialista nesse tipo de som. O resultado é um disco altamente pop, que ousa até em arranjos que em outras situações ganhariam contornos mais simples mas que nesse DVD surpreenderam, como o da música “Flash”, que leva a participação do Michel Teló. “Mundo Paralelo” é outra música que dá a idéia dessa linguagem pop gringa que foi aplicada de forma fantástica à sonoridade deles através deste disco.

A qualidade do repertório e a ousadia e bom gosto dos arranjos parecem ter refletido até na direção visual. É um dos trabalhos recentes mais inspirados do Anselmo Troncoso e do cenógrafo Zé Carratu, sem dúvida. O cenário, bem diferenciado e criativo, sem aquela mesmice e previsibilidade dos painéis de LED, ganhou ainda mais qualidade por conta do vídeo, gravado com câmeras de textura diferente das costumeiramente usadas pela At+G. O resultado é uma textura de vídeo bem mais próxima do videoclipe.

Talvez um dos poucos pontos controversos do disco seja a escolha feita para a questão vocal. Para quem não sabe, tanto o Matheus quanto o Kauan fazem primeira e segunda voz, e muito bem, o que é raro. Entretanto, só pela música “Praia e Mar” já dá pra notar que o Kauan tem uma identidade vocal incrível, muito particular, e que não merece ser relegada a apenas duas ou três músicas do disco. Mesmo assim, optaram por deixar o Matheus fazendo a primeira voz na maioria das músicas ao invés de pelo menos dividir o repertório meio a meio, com cada um fazendo a primeira voz em metade das músicas, o que seria muito mais ousado.

A controvérsia a respeito desse aspecto do disco, entretanto, não prejudica a qualidade do projeto em momento algum. O som extremamente pop alimentou comparações com a dupla Jorge & Mateus, principalmente na questão vocal. Este DVD, entretanto, traz um som ainda mais pop do que o de Jorge & Mateus, ouso dizer.

E por falar em Jorge & Mateus, a participação de grandes nomes de variados escritórios (Jorge & Mateus, Humberto & Ronaldo, Michel Teló e Luan Santana) mostra o quanto a dupla já é respeitada no circuito sertanejo, mesmo com a carreira ainda no começo. Este DVD supera as expectativas do mercado com relação a eles, mesmo podendo ser considerado ousado demais em alguns aspectos. Mesmo assim, coloca a dupla em um patamar interessante de ótima aposta para o futuro do gênero sertanejo. Para quem reclama da música sertaneja do jeito que está, o contraponto à mesmice atual oferecido por Matheus & Kauan através deste disco talvez seja, enfim, a solução.

Nota: 10